INQUIETAÇÕES   PRESENTES   NASVOZES DOS PROFESSORES ACERCADOS       PROJETOS         DEAPRENDIZAGEM
A partir das ações do projeto de pesquisadesenvolvidas nas escolas, partilhamos asnarrativas        de        uma      pro...
[...]   mesmo     tendo     entrado        recentemente   noprojeto, observo as inquietações dos professores nasescolas, p...
Possíveis contribuições para odesenvolvimento de Projetos deAprendizagem     na    escola
No    que   se     refere    aos     Projetos     deAprendizagem, Magdalena e Costa (2003, p. 17)destacam                 ...
Realizada a escolha do tema do Projeto de Aprendizagem, éimportante que o professor ouça os argumentos dos estudantessobre...
O que querem saber? Pois são as dúvidas temporárias quevão orientar o processo de busca das informações pelosaprendizes e ...
PERCEBEMOS QUE A MAIOR ANGUSTIA DOS PROFESSORES EMTRABALHAR PROJETOS DE APRENDIZAGEM E POR ACHAR DIFÍCILA INSERÇÃO DOS CON...
Um dos conceitos mais importantes é o de Zona dedesenvolvimento proximal, que se relaciona com adiferença entre o que a cr...
Esta proposta pedagógica em sala de aula é baseado no conceito deaprender a aprender e não o de ensinar. Segundo MAGDALENA...
São processos que:*partem das indagações dos alunos e do conhecimento que elesjá têm;*desenvolvem-se com a colaboração/coo...
Nesse ambiente os alunos podem:• levantar hipóteses;• analisar, organizar e selecionar informaçõespara tomada de decisões ...
O professor passa a ser:• orientador, desafiador;• aprendiz;• pesquisador;• inovador;• autônomo.
MAPEANDO A REALIDADELÍNGUA PORTUGUESA                                              3ª Fase do 3° ciclo• leitura;• interpre...
PASSAR VIDEO DO YoUTUBEAPRENDIZAGEM COLABORATIVA
Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos
Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos

563 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
563
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
208
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inquietações presentes nas vozes dos professores acerca dos

  1. 1. INQUIETAÇÕES PRESENTES NASVOZES DOS PROFESSORES ACERCADOS PROJETOS DEAPRENDIZAGEM
  2. 2. A partir das ações do projeto de pesquisadesenvolvidas nas escolas, partilhamos asnarrativas de uma professoraformadora/pesquisadora no fórum doambiente colaborativo de aprendizagemeproinfo6que evidencia as inquietações dos professoresno que se refere à metodologia de Projetos deAprendizagem:
  3. 3. [...] mesmo tendo entrado recentemente noprojeto, observo as inquietações dos professores nasescolas, parece-me que as inquietações deles estão alémdos estudos teóricos sobre a metodologia, mas sim emcomo colocar em prática essa metodologia deaprendizagem, seja pela falta de hábito do trabalhocoletivo e mais ainda nas questões práticas queenvolvem o trabalho na escola (espaço físico, tempopara esse planejamento coletivo), sei que com o avançodos estudos muitas perguntas serão respondidas, masessas inquietações já estão nas falas dos envolvidos noprojeto.
  4. 4. Possíveis contribuições para odesenvolvimento de Projetos deAprendizagem na escola
  5. 5. No que se refere aos Projetos deAprendizagem, Magdalena e Costa (2003, p. 17)destacam que:[...] cada grupo, cada escola terá que criar seusmodelos metodológicos. E é nessa criação que anossa proposta terá relevância, na medida emque poderá oferecer alguns processos jádesenvolvidos e analisados, alguns papéis jádesempenhados e algumas generalizações jápossíveis de ser colocadas em ação.
  6. 6. Realizada a escolha do tema do Projeto de Aprendizagem, éimportante que o professor ouça os argumentos dos estudantessobre o que já sabem sobre o tema selecionado. Por que isso énecessário? Fagundes, Sato e Maçada (1999) apontam que osaprendizes não são tábuas rasas, ou seja, eles possuemconhecimentos prévios, já pensam antes de desenvolverqualquer projeto. Assim, é de fundamental importância que osaprendizes, em grupo ou individualmente, registrem suascertezas provisórias7 acerca do tema do Projeto deAprendizagem. Do mesmo modo que os aprendizes possuemcertezas provisórias,eles devem, também, ser desafiados a registrar suas dúvidastemporárias, ou seja, suas questões de pesquisa.
  7. 7. O que querem saber? Pois são as dúvidas temporárias quevão orientar o processo de busca das informações pelosaprendizes e professores, bem como o planejamento daspropostas educativas. E as tecnologias digitais etelemáticas, quando são úteis nesse processo? Como podemser feitos os registros das certezas provisórias e dúvidastemporárias? Será que os aprendizes podem fazer oregistro das certezas e dúvidas no Editor de Texto? Seráque podem ser materializados em formato de mapasconceituais? Podem ser representados em forma dedesenhos no Paint?
  8. 8. PERCEBEMOS QUE A MAIOR ANGUSTIA DOS PROFESSORES EMTRABALHAR PROJETOS DE APRENDIZAGEM E POR ACHAR DIFÍCILA INSERÇÃO DOS CONTEÚDOS PRÉ-ESTABELECIDOS NOS PROJETOSDE APRENDIZAGEM. PORÉM, O CONCEITO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE PAULO FREIRE: É LEVAR O ALUNO A BUSCAROS CONHECIMENTOS NA PRÁTICA DO COTIDIANO.PARA LEV VYGOTSKY
  9. 9. Um dos conceitos mais importantes é o de Zona dedesenvolvimento proximal, que se relaciona com adiferença entre o que a criança consegue realizarsozinha e aquilo que, embora não consiga realizarsozinha, é capaz de aprender e fazer com a ajuda de umapessoa mais experiente (adulto, criança mais velha oucom maior facilidade de aprendizado, etc.). A Zona deDesenvolvimento Proximal é, portanto, tudo o que acriança pode adquirir em termos intelectuais quando lheé dado o suporte educacional devido. Este conceitoserá, posteriormente desenvolvido por JeromeBruner, sendo hoje vulgarmente designado por etapa dedesenvolvimento.
  10. 10. Esta proposta pedagógica em sala de aula é baseado no conceito deaprender a aprender e não o de ensinar. Segundo MAGDALENA E COSTA(2003, P. 16-17), o objetivo é de construir e não o de instruir. Tendo comoidéias centrais:conhecimento/construção;processo interativo;prática como suporte da reflexão;interdisciplinaridade;* cooperação/reflexão/tomada de consciência;* autonomia.
  11. 11. São processos que:*partem das indagações dos alunos e do conhecimento que elesjá têm;*desenvolvem-se com a colaboração/cooperação interna eexterna (diversidade);*rompem com horários, disciplinas, seqüências, pré-requisitos, hierarquias, espaço...;*fazem dos alunos e dos professores aprendizes, construindoconhecimento interdisciplinar, em ambientes informatizados.
  12. 12. Nesse ambiente os alunos podem:• levantar hipóteses;• analisar, organizar e selecionar informaçõespara tomada de decisões conscientes;• desenvolver novas formas autônomas decriação, comunicação e expressão nasCiências, Artes e Técnicas;• intuir, refletir e imaginar;• ser solidário e cooperativo.
  13. 13. O professor passa a ser:• orientador, desafiador;• aprendiz;• pesquisador;• inovador;• autônomo.
  14. 14. MAPEANDO A REALIDADELÍNGUA PORTUGUESA 3ª Fase do 3° ciclo• leitura;• interpretação;• Produção textual tipologias textuais; gêneros textuais; concordâncias nominais e verbais ; conjugação verbal; pontuação; coesão e coerência; conjunção; orações coordenadas e subordinadas ortografia e acentuação que serão trabalhadas no cotidianoPodendo aparecer a necessidade de trabalhar outros conteúdos no decorrer do ano letivo
  15. 15. PASSAR VIDEO DO YoUTUBEAPRENDIZAGEM COLABORATIVA

×