Relatório maio

868 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
868
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
387
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório maio

  1. 1. Programa Observatório da Educação/MEC/CAPES/INEP IES sede: Universidade Federal do Rio Grande do Sul / UFRGS Coordenação Institucional: Profª. Drª. Sandra Mara Corazza Núcleo: Universidade Estadual do Oeste do Paraná / UNIOESTE Coordenação do Núcleo: Ester Maria Dreher Heuser Escrileituras: um modo de ler-escrever em meio à vida Projeto N° 91 - Edital 038/2010 RELATÓRIO DE PESQUISA REFERENTE AO MÊS DE MAIO – 20124. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS E RESULTADOS ALCANÇADOSIndicador da atividade Objetivo da atividade Descrição sucinta da atividade (inserir início e Resultados alcançados período de realização) 1. 01/05/2012 FERIADO. 2. Ideias/ Ideias de trabalho 08/05/2012 Leitura do livro: Nicolau tinha Os resultados foram positivos. Ao em grupo/ ajudar uma ideia. Ruth Rocha. Leitura e desenvolver os desenhos nas ideias e conversação sobre a história. solicitados os alunos soltaram a contribuir para a Projeto “Escrileituras: um modo de imaginação e criaram formas eTexto para Jornal do multiplicação de ler-escrever em meio à vida” em desenhos diversificados partindo Oeste – Toledo ideias. de um único símbolos (Exemplo : Toledo. Paraná. Quadrado).
  2. 2. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXX Divulgar o Escrileituras através do Jornal “Jornal do Como foi enviado o texto para o e-mail do Oeste”. jornal do Oeste- Aos cuidados da jornalista Janaí. Disparador de cenários que pensam a Educação com e na Vida, o Projeto Interinstitucional (UFRGS, UFPel, UNIOESTE, UFMT) “Escrileituras: um modo de ler-escrever em meio à vida”, vinculado ao Programa Observatório de Educação MEC/CAPES/INEP, encontra potência no ato de criação textual por meio de Oficinas de Transcriação. Trata-se de uma proposta que visa alargar as possibilidades dos modos de escrever, ler e viver nas escolas e na universidade. O projeto de pesquisa cria o próprio caminho de sua investigação que se utiliza de percursos desconhecidos, através de uma espécie de infância do mundo, para produzir a leitura e a escrita a partir da Filosofia da Diferença, das Artes e da Literatura, desde os anos iniciais. É assim que o projeto, coordenado pela professora de Filosofia da UNIOESTE Dra. Ester Maria Dreher Heuser, está acontecendo na cidade de Toledo. Desde 2011, na Escola Municipal André Zenere e no Colégio Estadual Jardim Europa onde alguns educadores da Educação Básica, graduandos e mestrandos da Filosofia da UNIOESTE, todos bolsistas do projeto, criam e desenvolvem oficinas semanais com os estudantes. Entre os dias 23 e 26 de abril alguns bolsistas participaram em Cuiabá do “I Seminário 2
  3. 3. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXX Integrador - Observatório da Educação em Chapada: Escrileituras em Mato” e realizando oficinas em escolas públicas. Mais informações em <http://escrileituras.blogspot.com.br>.3. Encontro de estudos Conversação sobre a 10/05/12 Nesse encontro nos reunimos a O encontro foi muito produtivo na Unioeste. viagem para Cuiabá/ partir das 14:00 nas dependências da tanto pelos relatos de experiências, Esclarecimentos Unioeste de Toledo-Paraná. Neste encontro quanto pela explicação sobre o quanto ao modelo de os intregrantes que estiveram em Cuiabá – relatório, uma vez que sanamos as relatório 2012 MT no Seminário Integrador - Observatório duvidas e organizamos alguns da Educação na Chapada: Escrileituras em Mato detalhes nos relatórios. de 23 a 27 de abril. Relataram suas experiências e expectativas quanto ao encontro, uma vez como bem ressaltou a nossa coordenadora do Escrileituras núcleo Toledo Professora Doutora Ester é um dos poucos momentos que todos os núcleos do projeto encontram-se e conversam sobre o mesmo. No mesmo encontro a coordenadora aproveitou para explicar o modelo do novo relatório para o ano de 2012. 4. Oficina de Questionamento: 15/05/2012 Leitura do livro “Luas e Luas” Os alunos responderamTranscriação “Nomes” Podemos ter tudo o pelo professor Neuton Avila, conversação positivamente a leitura e que queremos? E sobre: Como vemos as coisas? O que nos faz atividades propostas. com que intensidade conhecer as coisas? Reflexão sobre as queremos as coisas? maneiras diferentes que podemos interpretar uma mesma informação. 5. Encontro de Divulgar o Projeto – No dia 17/05/2012 Luciana e eu Elissiane O resultado foi maravilhoso,Estudos/Planejamento. “Escrileituras um Aparecida Zen do Amaral, nos encontramos levamos muito material didático modo de ler e para organizar um resumo sobre o projeto produzido com os alunos da Escola escrever em meio à “Escrileituras – Um modo de ler e escrever Municipal André Zenere, e vários vida.” em meio à via”. Uma vez que o livros e propostas de leitura das apresentaremospara o grupo de cursistas do mais variadas, além é claro das Proletramento – Alfabetização e Linguagem, cópias das oficinas que estamos grupo sábado Turma Português, em Toledo – desenvolvendo com os alunos da Paraná. Escola Municipal André Zenere. 3
  4. 4. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXX 6. A Organizaçao do No dia 19 de maio de 2012, (sábado) Luciana Divulgar o Escrileituras e Proletramento – tempo pedagógico e e eu Elissiane Aperecida Zen do Amaral estabelecer um elo entre Alfabetização e o planejamento do fomos convidadas a falar sobre o Projeto escolas/alunos/professores. linguagem. Toledo Ensino – Os tempos “Escrileituras – um modo de ler e escrever Espandir as fronteiras da leitura e Paraná e os meios de leitura em meio à vida” durante o desenvolvimento da escrita ou vice-versa. Estamos na sala de aula. de mais um dia (manhã) de curso do conseguindo. Ao assistir o vídeo Proletramento – Alfabetização e Linguagem. muito bem produzido para o SEU, fiquei particularmente feliz em ouvir a fala da nossa coordenadora Professora Doutora Ester Maria Dreher Heuser, explicando : O que é o Escrileituras? pois Luciana e eu lembramos de quando sentamos para conversar e pensar no que relatar ao grupo no sábado, percebemos que realmente estamos compreendendo O que é o escrileituras? Como ele funciona? Como estão divididas as modalidades das oficinas enfim, entender-se enquanto leitor e escritor, praticar a filosofia da diferença com as crianças e saber que estamos no caminho certo, me acalma, me anima, me entusiasma. Era bonito de se ver os olhos das professoras ali presentes brilhando, querendo conhecer e fazer parte do projeto, levar para as suas salas de aula as nossas propostas de trabalho, a proposta da Filosofia da Diferença. De não dar o conhecimento pronto, mas, 4
  5. 5. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXX levar os alunos a questionarem e a descobrirem através das conversações propostas em sala os conhecimentos da grade curricular. Torna-los leitores e escritores de fato e não massa de manobra para sustentar privilégios alheios. (DEMO, 1996, p.32). 7. Leituras para Leitura/ esboço e Durante o mês de maio realizei leitura/ Leituras, esboços e melhoramentos organização das escrileituras das releitura das obras: Caderno de notas 1 – das ideias descritivas para as Oficinas de oficinas. Projetos, notas e ressonâncias. Ester Maria oficinas anteriormente transcriação – Dreher Heuser. mencionadas.“Música nossa de cada Filosofia para Crianças – na prática escolar- dia – Ouvindo, por Walter Omar Kohan.entendendo e vivendo a músicalidade” eOficina de trancriação de “matemática”. Ambas com nomes provisórios. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 5
  6. 6. 5. DESCRIÇÃO DA PRODUÇÃO EDUCACIONAL GERADA5.1) PRODUÇÕES DIDÁTICO-PEDAGÓGICASNeste grupo enquadram-se produtos do tipo: banners e cartazes pedagógicos produzidos, criação debanco de imagens, criação de banco de sons, criação de Blogs, criação de kits de experimentação,estratégias e sequências didáticas, folders, mapas conceituais, mídias e materiais eletrônicos, planosde aula, Plataforma Moodle e outras, (Wikipédia), preparação de aulas e estratégias didáticas,preparação de estratégias e sequências didáticas para o Portal do Professor, preparação deminicursos, produção de cadernos didáticos, produção de objetos de aprendizagem, produção deroteiros experimentais, produção de softwares, projetos educacionais realizados, sínteses e análisesdidáticas; outros.1) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total2) Tipo do produto: Ideias Indicador atividade: 2Leitura e visualização da história: Nicolau tinha uma ideia, da autora Ruth Rocha, (na sala devídeo)com o objetivo de demonstrar que se unirmos ideias podemos conseguir melhores resultados,Nicolau faz a união de várias ideias e essas por sua vez geram resultados maravilhosos. Depois daleitura do texto o professor Neuton iniciou uma conversação com os alunos: Do que se refere o livroque acabamos de ler? O que são ideias? Podemos imaginar ou criar algo que não existe? E comotemos a ideia de como é uma cadeira, ou para que ela serve? Temos ideia do que não conhecemos?Como? E como Nicolau conseguiu evoluir suas ideias? Ele uniu as ideias das pessoas e queresultados surgiram a partir disto? Após a conversação voltamos para a sala de aula e o professorNeuton registrou na lousa alguns desenhos: Uma garrafa, um quadrado, uma linha vertical e a partirdesses desenhos eles poderiam criar outros desenhos, também disponibilizamos lantejoula, palitos,algodão para que fossem colocados nos desenhos para complementar as ilustrações.http://escolaandrezenere.blogspot.com.br/
  7. 7. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXXComo foi publicado:Desde janeiro do ano passado professores e acadêmicos de Toledo participam do ProjetoInterinstitucional ‘Escrileituras: um modo de ler-escrever em meio à vida’ vinculado ao ProgramaObservatório de Educação MEC/Capes/Inep. A proposta do projeto envolve oficinas de leitura e escritaque são desenvolvidas no ambiente escolar. Com o objetivo de alargar as possibilidades dos modos deescrever, ler e viver nas escolas e na universidade, o projeto de pesquisa cria o próprio caminho deinvestigação e utiliza de percursos ainda inesplorados. “Através de uma espécie de infância do mundoé possível produzir a leitura e a escrita a partir da Filosofia da Diferença, das Artes e da Literatura,desde os anos iniciais”, comenta uma das participantes do projeto, professora Elissiane Amaral.Segundo a professora, desde abril de 2011, alunos do 1º e 4º ano da Escola Municipal André Zenereparticipam das oficinas que acontecem uma vez na semana. “Neste período de atividades já foipossível observar mudanças em todas as faixas etárias. Eles passaram a apresentar maior poder deconcentração, enriqueceram o vocabulário, passaram a formular ideias e argumentar com maisclareza, entre outros pontos positivos”, esclareceu. O projeto também está sendo desenvolvido noColégio Estadual Jardim Europa e envolve todos os estudantes. Aproximadamente 20 pessoasparticipam do projeto e aplicam o aprendizado dentro das oficinas. A pretensão é que as atividades seestendam até dezembro de 2014.http://www.jornaldooeste.com.br/cidade/projeto-escrileituras-auxilia-no-aprendizado-dos-alunos-21939/ Quantidade total3) Tipo do produto:Encontro de Estudos na Unioeste Indicador atividade: 3A coordenadora do Escrileituras Toledo Professora Doutora Ester e a professora do colégioEstadual Jardim Europa comentaram sobre a viagem e as trocas de experiências quanto aviagem à Cuiabá. Outros integrantes do grupo que também foram a viagem falaram sobresuas espectativas e que estas se confirmaram quanto aos pontos positivos e trocas deexperiências significativas que surgiram nesse encontro. Em seguida recebemos explicaçõessobre o modelo de relatório que nos foi solicitado para o corrente ano, uma vez que váriosintegrantes do grupo estavam com dificuldade em desenvolver o mesmo. Os professoresMichelle e Neuton mostraram seus relatórios e estes foram elogiados pela coordenadora Ester,que também nos aresentou os novos integrantes : Luana e Rafael, ambos estudantes doprimeiro ano de Filosofia da Unioeste de Toledo. A c oordenadora também esclareceu que oprofessor Neuton ficará no grupo apenas até o mês de junho, pois ele se dedicará ao projeto demestrado. Então a estudante Luana acima citado entra em seu lugar, embora já estejaacompanhando o grupo, e o estudante Rafael irá também auziliar nas oficinas da escolamunicipal André Zenere. A coordenadora do grupo Escrileituras e o integrante Rafael seausentaram da sala para desenvolver o vídeo para a semana academica de Filosofia daUnioeste de Toledo – Paraná. O restante do grupo permaneceu na sala para que pudessemosdesemvolver os relatórios e acrescentar as informações necessárias. Ainda neste dia ficoucombinado que os relatórios seriam todos feitos/refeitos desde Janeiro deste ano, no mesmomodelo, conforme explicações. Aproximadamente as 17:30 finalizamos as atividades.http://escolaandrezenere.blogspot.com.br/ 7
  8. 8. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXXb) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total4) Tipo do produto:Oficina de Transcriação “Nomes” Indicador atividade: 4Neste dia os alunos ouviram a história Luas e Luas, sem observar imagem alguma apenas ouvindo ahistória. Depois houve um grande momento para conversações sobre como vemos e percebemos ascoisas, pessoas entre outros objetos. Entregamos para cada aluno uma folha sulfite para que elesdesenhassem a Lua. Qual será a cor da Lua? Seu formato? Ou formatos? Os resultados foram beminteressantes.http://escolaandrezenere.blogspot.com.br/b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total5) Tipo do produto: Indicador atividade: Divulgar o Escrileituras Indicador da atividade: 5/6No dia 19 de maio de 2012, (sábado) Luciana e eu Elissiane Aperecida Zen do Amaral fomosconvidadas a falar sobre o Projeto “Escrileituras – um modo de ler e escrever em meio à vida”durante o desenvolvimento de mais um dia (manhã) de curso do Proletramento –Alfabetização e Linguagem, isso aconteceu porque em vários momentos mencionamos oprojeto desde o início do Proletramento (dia 03 de março de 2012), tanto com a tutora : AnaPaula Santi professora da Escola Municipal Anita Garibaldi, quanto com as demais cursistas.Tivemos vinte minutos para falar e como falamos! Tentamos resumir o que é o Escrileituras, etambém expor as oficinas que estão sendo desenvolvidas. Deixamos os materiais expostosdurante toda a manhã, o que facilitou o trabalho, uma vez que não ficamos estanques a falarsomente no tempo estabelecido, mas, fizemos várias falas, durante toda a manhã. O encontroera sobre os tempos de leitura na sala de aula e das maneiras de se fazer/realizar leituras.Então conseguimos contribuir muito com o grande grupo. No momento do intervalo fomosvisitadas e questionadas pelas cursistas do Proletramento de matemática, o que nos deixoubem felizes.http://escolaandrezenere.blogspot.com.br/b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total6) Tipo do produto: Indicador atividade: 8
  9. 9. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXX(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total5.2. PRODUÇÕES BIBLIOGRÁFICASNa produção bibliográfica destacam-se: artigo técnico-científico publicado; dissertação de mestradoem andamento ou concluída; edição, organização e/ou coordenação de livros ou coleções;publicação de jornais na escola; publicação de livro; publicação de capítulo de livro; publicação deresumo técnico-científico; publicação de trabalho completo; publicação individual de crítica eresenha científico-educacional ou prefácio de obras especializadas ou espetáculos; tese dedoutorado em andamento ou concluída; trabalho de conclusão de curso em andamento ou concluída;tradução de capítulo de livro; tradução de peças teatrais, de óperas encenadas e livros; outros.1) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total2) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade totaln) Tipo do produto:________________________________________Indicador atividade: _____ 9
  10. 10. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXXa) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total5.3) PRODUÇÕES ARTÍSTICO-CULTURAISEste grupo engloba todos os resultados artístico-culturais desenvolvidos no programa, tais como:adaptação de peças teatrais; atividades de grafitagem, atividades de leitura dramática ou e peçaradiofônica; atividades de restauração de obras artísticas; autoria de peças teatrais, roteiros, óperas,concertos, composições musicais, trilha sonora, cenografia, figurino, iluminação e/ou coreografiaintegrais apresentadas ou gravadas nas IES e escolas participantes; criação de espetáculos dedança; criação de filmes e atividades cênicas; criação de grupos musicais; criação de rádio escolar;desenho e pintura; exposição artístico-educacional; exposição de fotos e imagens; festivais de dançana escola; festivais de música; maquetes; transcrição e/ou arranjos de obras musicais; participaçãode alunos em concertos, recitais ou gravações; participação de alunos em peças teatrais; sarauescolar, vernissage, dentre outros.1) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total2) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total 10
  11. 11. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXXn) Tipo do produto:________________________________________Indicador atividade: _________a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total5.4) PRODUÇÕES DESPORTIVAS E LÚDICASAs atividades de caráter lúdico e esportivo, como: criação de times de modalidades esportivas(basquete, vôlei, futebol, etc), competições esportivas, criação de materiais para recreação; criaçãode rodas de capoeira; desenvolvimento de novas modalidades esportivas na escola; gincanasescolares; jogos para recreação e socialização; jogos inter-classes; desenvolvimento de jogosespeciais para inclusão (goalball, futebol de 7, futebol de 5, voleibol sentado, natação, bocha,outros); jogos populares; jogos dos povos indígenas (arco e flecha, cabo de força, corrida de tora,natação em águas abertas, hipip; akô, insistró, kagót, peikran, corrida de fundo, outros); atividadeslúdicas para recreios e intervalos escolares; desenvolvimento de brincadeiras; brinquedos ebrinquedotecas; maratonas escolares; olimpíadas esportivas; dentre outros.1) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total2) Tipo do produto:__________________________________________Indicador atividade: ______a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) 11
  12. 12. ____________________________________________Relatório de Atividades do Programa XXXXX Quantidade totaln) Tipo do produto:________________________________________Indicador atividade: _________a) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink)b) Descrição do produto gerado (Max. 100 palavras):(Anexo XXXX em mídia digital e ou hiperlink) Quantidade total Bolsista (Nome e Assinatura) Visto, de acordo Ester Maria Dreher Heuser Coordenadora do Núcleo UNIOESTE 12

×