O IMPRESSOO IMPRESSO
GoiÂnia, aBril de 2014
a noTÍcia eM suas MÃos
Jornal
Número 31 | Ano 3 | preço: R$ 3,00 | www.jornalo...
2 Goiânia, abril de 2014
O IMpresso
JornalOpinião
Fique por dentro
F G PROMOÇÕES E PUBLICIDADE LTDA
CNPJ 03.814.308/0001-6...
3Goiânia, abril de 2014
O IMpresso
Jornal
Cmeis ganham reforço para
alimentação de crianças
Secretaria do Trabalho oferece...
4 GOIÂNIA, ABRIL DE 2014
O IMPRESSO
JornalCidades
8ª edição do Festival Gastronômico
Cidade de Goiás
da Redação - Além das...
5Goiânia, abril de 2014
O IMpresso
Jornal
Caldas Novas
Prefeitura inaugura
nova iluminação
Festa do Trabalhador será
nesta...
6 Goiânia, abril de 2014
O IMpresso
JornalEstado
Secretaria da Fazenda divulga
repasses aos municípios
Via Única simplific...
7Goiânia, abril de 2014
O IMpresso
Jornal
Ex-atletas negros do Brasil cobram punições
contra o racismo e apoiam Daniel Alv...
8 Goiânia, abril de 2014
O IMpresso
JornalEspecial
Festival de Música de Aruanã
Da redação com agências. O Aru-
anã Em Can...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

31a edição jornal o impresso- ano3

494 visualizações

Publicada em

Design e diagramação do Jornal O Impresso em sua 31a edição

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
494
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

31a edição jornal o impresso- ano3

  1. 1. O IMPRESSOO IMPRESSO GoiÂnia, aBril de 2014 a noTÍcia eM suas MÃos Jornal Número 31 | Ano 3 | preço: R$ 3,00 | www.jornaloimpresso.com.br Racismo Influenza Aruanã Em Canto Saúde Jogadores do passado da seleção manifestaram apoio a Daniel Alves. Até o dia 9 de maio segue a Campanha de Vacinação contra a Influenza. Festival abre importante espaço aos artistas. ESPORTES 7 ESPECIAL 8 GERAL 3 ArquivoDivulgação O Detran goiano solicitou à Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em Goiás que não apreenda veículos por estarem identificados com placas antigas, ou seja, aquelas que tenham lacre de chumbo até que seja concluída a substituição pelos modelos novos, que seguem todas as determinações do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Placas refletivas para evitar apreensão Resistência a antibióticos é ameaça global Relatório alerta que uso inadequado de remédios pode fazer com que pessoas morram de infecções tratáveis há décadas. O órgão analisou dados de 114 países e afirmou que essa resistência está ocorrendo “em todas as regiões do mundo”. Divulgação ESTADO 6 OPINIÃO 2
  2. 2. 2 Goiânia, abril de 2014 O IMpresso JornalOpinião Fique por dentro F G PROMOÇÕES E PUBLICIDADE LTDA CNPJ 03.814.308/0001-69 - INSC. MUNC. 188.034-9 www.jornaloimpresso.com.br Fale com a redação: Fone - (62) 3091-2184 Fax: 3091-2195 Tiragem: 5.000 exemplares Sede: Rua Renato Camilo, 121 - Bairro Santa Cruz - Bela Vista de Goiás - Go CEP: 75.240-000 Central de Comercialização: Rua 94-A Nº112 Setor Sul Goiania -GO O Jornal O Impresso se reserva no direito de não aceitar material publicitário que infrinja as leis e a ética jornalística. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos, colunas ou matérias assinadas são de responsabilidade de quem os assina, não tendo, necessariamente, o endosso da direção. Glênio Isaac - Diretor Executivo Breno Isaac - Gerente de Marketing Flávia Guedes - Gerente Comercial Manuela Queiroz - Diretora de Jornalismo Érika Sandra - Diretora de Arte (compassoarte@gmail.com) Resistência a antibióticos é ameaça global, afirma OMS Divulgação Minha Saúde - Relatório alerta que uso inadequado de remédios pode fazer com que pessoas morram de infecções tratáveis há décadas. O órgão analisou dados de 114 países e afirmou que essa resistência está ocorrendo “em todas as regiões do mundo”. A OMS disse que caminha- mos rumo a uma “era pós- -antibiótico”, em que pessoas morrem de infecções simples que são tratáveis há décadas. Ainda acrescentou que provavelmente haverão con- sequências “devastadoras” a não ser que medidas sejam tomadas com urgência. Doenças comuns O relatório trata de sete bactérias que causam doenças comuns, ainda assim sérias, como pneumonia, diarreia e infecções sanguíneas. O documento indica que dois antibióticos-chave não funcionam em mais da me- tade dos pacientes, em vá- rios países. Um deles, o carbapedem, é usado como um “último re- curso” para tratar infecções potencialmente mortais, como pneumonia, infecções sanguíneas e infecções em re- cém-nascidos, causadas pela bactéria K.pneumoniae. Bactérias normalmente sofrem mutações até se tor- narem imunes a antibióticos, mas o mal uso desses medica- mentos - como sua prescrição desnecessária por médicos ou pacientes que não terminam seus tratamentos - faz com que isso ocorra mais rápido. Novos antibióticos A OMS diz que novos anti- bióticos devem ser desenvol- vidos, enquanto governos e indivíduos devem tomar me- didas para retardar o processo de resistência das bactérias. No relatório, o órgão diz que a resistência a antibióti- cos como o usado para com- bater a bactéria E.coli em in- fecções urinárias aumentou de “praticamente zero” nos anos 1980 para mais da meta- de dos casos atuais. Em alguns países, o anti- biótico usado para tratar essa infecção não funcionaria em “mais da metade das pessoas tratadas com o medicamento”. “Sem uma ação urgente e coordenada entre as diferen- tes partes envolvidas nessa questão, o mundo caminha rumo a uma era pós-antibióti- co, em que infecções comuns e ferimentos simples que são tratáveis há décadas podem matar novamente”, afirma Keiji Fukuda, diretor-geral as- sistente da OMS. Fukuda diz que os antibi- óticos têm sido um dos “pila- res” que levaram as pessoas a viver por mais tempo e de forma mais saudável. “A não ser que medidas se- jam tomadas para melhorar os esforços de prevenir infec- ções e mudar a forma como produzimos, prescrevemos e usamos antibióticos, o mun- do perderá uma das armas da saúde pública”, afirma Fuku- da. “As implicações disso se- rão devastadoras.” Falha O relatório também iden- tificou que um tratamento usado como último recurso para combater a gonorréia, infecção transmitida sexu- almente e que pode levar à infertilidade, “havia falhado” no Reino Unido, na Áustria, na Austrália, no Canadá, na França, no Japão, na Noruega, na África do Sul, na Eslovênia e na Suécia. Mais de um milhão de pessoas no mundo contraem gonorréia diariamente, se- gundo a OMS. O relatório lista medidas como melhores práticas de higiene, acesso a água lim- pa, controle de infecções em centros de saúde e vacinação como formas de reduzir a ne- cessidade de antibióticos. “Nós encontramos taxas altíssimas de resistência a antibióticos em nossas ope- rações de campo”, diz a Jen- nifer Cohn, diretora médica da organização Médicos Sem Fronteiras, para quem o re- latório da OMS deve servir como um alerta. “Governos devem incen- tivar o desenvolvimento de novos antibióticos de baixo custo que não dependam de patentes e que sejam adapta- dos às necessidades de países em desenvolvimento.” Plano global Cohn acrescenta que um plano de ação global deve ser criado para o “uso racional de antibióticos” e para que “me- dicamentos de qualidade che- guem a quem precisa deles, mas sem serem usados em de- masia ou vendidos a um preço que os tornem inviáveis”. Nigel Brown, presidente da Sociedade de Microbiologia Geral do Reino Unido, diz ser vital que microbiológos e ou- tros pesquisadores trabalhem juntos para desenvolver no- vas abordagens para lidar com essa resistência de bactérias. “Isso inclui novos antibi- óticos, mas também estudos que levem à criação de for- mas mais ágeis de diagnósti- co, que ajudem a entendem como os micróbios se tornam resistentes a medicamentos e sobre como o comportamento humano influencia essa resis- tência.”
  3. 3. 3Goiânia, abril de 2014 O IMpresso Jornal Cmeis ganham reforço para alimentação de crianças Secretaria do Trabalho oferece 152 vagas de emprego Juliana Barcelos/Secom Goiânia. A Prefeitura de Goiânia aderiu na semana passada à estra- tégia do governo federal para fortificação da alimentação de crianças, com idade entre zero e 3 anos de idade, pelo Pro- grama Saúde na Escola (PSE). Por meio do NutriSUS, como é batizada a ação, os Centros Municipais de Educação In- fantil da Capital (CMEI) re- ceberão, a partir do segundo semestre, sachês de micro- nutrientes a serem oferecidos diariamente às crianças. O NutriSUS visa potenciali- zar o desenvolvimento infantil, a prevenção e o controle das deficiências nutricionais na infância, em especial a ane- mia por deficiência de ferro. ‘Todos os dias as merendeiras colocarão um sachê em uma das refeições de cada crianças. O pozinho não tem cheiro nem gosto, mas fará uma grande diferença’, comenta a apoio pedagógica da Secretaria Mu- nicipal de Educação e enfer- meira, Marislei Brasileiro. A princípio, a capital rece- berá cerca de 75 mil sachês, compostos por 15 vitami- nas e minerais em pó, para atender a 375 educandos de seis instituições. A adesão à ação federal reforça o com- prometimento e empenho do prefeito Paulo Garcia com a educação infantil. Para 2015, a expectativa da prefeitura é ampliar o número de insti- tuições contempladas pela iniciativa, que também faz parte do Brasil Carinhoso. Saúde na Escola - O pro- grama Saúde na Escola (PSE) do Governo Federal é desen- volvido em Goiânia desde 2008 por meio da parceria en- tre SME e a secretaria de Saú- de (SMS). A proposta envolve ações que avaliam as con- dições de saúde dos alunos, promovem a importância dos cuidados e da prevenção de doenças e ainda capacitam as equipes técnicas para acom- panhar as crianças e jovens. Nos últimos 12 meses, 80 instituições participaram do PSE.Nesseperíodo,aSMEcon- tabilizou 37 mil alunos atendi- dos em ações de promoção e gestão, que incluem exames e encaminhamentos e o envolvi- mento de mais de 170 equipes de atenção básica à saúde. Merenda escolar ganha reforço com o NutriSUS Geral Saúde reforça importância da vacinação contra Influenza Até o dia 9 de maio segue a Campanha de Vacinação contra aInfluenza.Focadaempúblicos- -alvo específicos, esta edição visa imunizar mais de 1.112 milhão de goianos pertencentes ao gru- po de risco. Nos últimos 15 dias duas pessoas morreram em de- corrência de complicações da Influenza do tipo H1N1. Desde o início do ano foram contabiliza- das 14 mortes em todo o Estado. Conforme explica a médica integrante da Superintendência deVigilância em Saúde, Samanta Teixeira Furtado, após a pande- mia registrada em 2009, quando o vírus circulou pela primeira vez por todo o mundo, os casos de Influenza se tornaram sazonais. “Sua letalidade no início foi mui- to alta e ainda continua sendo, porém hoje contamos com uma memória de defesa que está con- tribuindo para reduzir as mor- tes”, avalia. A importância da vacina, ex- plica a médica, é que ela imu- niza contra três tipos de vírus: o H1N1, H3N2 e a Influenza B. “Por ser trivalente, ela contribui para a melhor proteção dos in- divíduos imunizados”, reforça. Integram o público-alvo da cam- panha crianças até cinco anos, grávidas e mães em período de amamentação, profissionais da saúde, idosos, população indíge- na, população carcerária e doen- tes crônicos. A Influenza é manifestada como uma síndrome gripal co- mum, com sintomas de febre, tosseedordegarganta.Noentan- to, sua evolução para um quadro de piora, com crises broncorespi- ratórias, ocorre de forma rápida. Campanha de vacinação Goiás recebeu mais de 1.409 milhão de doses para atender a todo o Estado. Estão envolvidos na campanha 12.250 profissio- nais que estão atuando em 888 postos fixos e 1.776 postos mó- veis. Também são utilizadas 864 viaturas e embarcações. Prefeitura aderiu ao NutriSUS, ação do governo federal que incluirá nutrientes na merenda escolar Para preencher a ficha ca- dastral basta se dirigir até a unidade do Sine. A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria doTra- balho, Emprego e Renda (Se- trab) e Sine Municipal, ofe- rece diversas oportunidades de emprego para o trabalha- dor que esteja desempregado ou busca uma alternativa de atuação no mercado de tra- balho. Estão abertas no Sine Municipal 152 novas vagas de emprego. Para preencher a ficha ca- dastral, basta se dirigir até a unidade do Sine, localfizado à Rua 4, esquina com a Rua 6, edifício Parthenon Center, setor Central. O período de atendimento é das 7h30 às 18h30. O interessado deve estar munido de Carteira de Tra- balho, identidade pessoal, CPF, além de comprovante de endereço atualizado. Se as características do candidato estiverem de acordo com as exigências da empresa con- tratante, ele será encaminha- do pelo Sine-Setrab à firma empregadora. Vagas u Alinhador de direção - 3 vagas; u Atendente de balcão - 40 vagas; u Atendente de farmácia - 5 vagas; u Atendente de lanchonete - 15 vagas; u Auxiliar de limpeza - 20 vagas; u Camareira de hotel - 5 vagas; u Copeiro - 5 vagas; u Cuidador de idosos - 4 vagas; u Encanador industrial - 2 vagas u Eletricista - 3 vagas; u Montador de automóveis - 2 vagas; u Operador de caldeira - 2 vagas; u Operador de estação de tratamento de esgoto - 3 vagas; u Operador de máquinas fixas, em geral - 5 vagas; u Operador de telemarketing ativo - 20 vagas; u Porteiro - 10 vagas; u Tapeceiro de veículos - 3 vagas; u Torneiro mecânico - 3 vagas; u Vendedor de serviços - 2 vagas;
  4. 4. 4 GOIÂNIA, ABRIL DE 2014 O IMPRESSO JornalCidades 8ª edição do Festival Gastronômico Cidade de Goiás da Redação - Além das ativida- des ligadas à gastronomia, o evento terá atrações musicais. No dia 9 será a vez de Ma- íra, enquanto que no dia 11, o cantor e compositor Lenine comanda o show da noite. Re- alizado pela Agência Estadual de Turismo (Goiás Turismo), o Festival gastronômico terá a participação de chefs convi- dados como Henrique Fogaça, Luis Yscava, Olivier Anquier, Lucas Corazza e Fabrizio Gio- vanni Abbate. Os chefs Rose de Lena, Dennis Leeuw, Gil- mar Borges, Manoel (Mr. Le- Programa Trilhas do Cerrado na TV Brasil Central Todo Sábado às 9h da manhã Fotos: Divulgação Com uma programação que inclui apresentações artísticas, palestras, feira gastronômica e degustação guiada, a 8ª edição do Festival Gastronômico será realizada na Cidade de Goiás, de 8 a 11 de maio, com entrada gratuita, das 9 às 19 horas nha), Beth Alves, Marcus Cos- ta, Cris Souza e Ian Baiocchi também estão confirmados no festival. Estão programados ainda a cozinha show, o mo- mento do vinho, degustação orientada, exposições e outras atividadesnodecorrerdosdias do festival, que tem curadoria de Humberto Marra, Emilia- na Azambuja e Edna Gomes. Além dos chefs convidados, o festival vai contar ainda com o contador de histórias, Aloísio Godinho; o barista, Magdiel ; o sommelier de vinho, Wan- derson de Jesus; o sommelier de cerveja, Alberto Nascimen- to e doceiras locais. A antiga capital estará toda em festa com música regional e clássica em vários pontos da cidade que é patrimônio histó- rico e cultural da humanidade. Cantora MaíraCantor Lenine Chef Olivier
  5. 5. 5Goiânia, abril de 2014 O IMpresso Jornal Caldas Novas Prefeitura inaugura nova iluminação Festa do Trabalhador será nesta quarta-feira Franciso Frotas - Secom Caldas Novas Franciso Frotas - Secom Caldas Novas SECOM - Caldas Novas - A pre- feitura de Caldas Novas rea- liza nesta quarta-feira, 30 de abril, a inauguração da nova iluminação pública da Aveni- da Orcalino Santos, no bairro Central. A solenidade acon- tecerá a partir das 16h30min, com a presença do prefeito Evandro Magal (PP) e o vice- -prefeito Marco Aurélio Pal- merston (PSDB). A Avenida Orcalino San- tos recebeu nova iluminação Solenidade será realizada a partir das 16h30min na Praça Monteiro Lobato, com a presença do prefeito Evandro Magal e o vice-prefeito Marco Aurélio Palmerston Nova iluminação da Avenida Orcalino Santos Dupla Lucas e Lorena se apresentará na Festa do Trabalhador com lâmpadas de LED, de 250 watts, que são mais potentes e consomem menos ener- gia elétrica que as antigas, que eram de apenas 70 wat- ts. Também foram instalados novos braços de apoio para as luminárias, de três metros de cumprimento. O chefe do executivo afir- mou que o objetivo é levar a nova iluminação para todo o município. “Nós estamos fazendo uma verdadeira re- volução nesta área, ilumi- nando a cidade e deixando ela mais bonita e mais se- gura, tanto para os morado- res, como para os turistas. A nossa intenção é que todos os setores de Caldas Novas contem com esses e muitos outros benefícios”, declara o prefeito Evandro Magal. A inauguração será reali- zada na Praça Monteiro Lo- bato, às 16h30min, em fren- te ao Shopping CTC. Toda a população está convidada a participar da solenidade de entrega de benefícios. Cidades EventopromovidopelaFor- ça Sindical e prefeitura muni- cipal irá sortear um carro zero quilômetro e três motocicletas. Haverá shows artísticos a partir das 19h A Força Sindical e a prefei- tura de Caldas Novas promo- vem nesta quarta-feira, 30 de abril, a Festa do Trabalhador. No evento será sorteado um carro zero quilômetro e três motocicletas. Também haverá opçõesdeentretenimentopara crianças e adultos, com parque infantil e shows artísticos. O presidente da Força Sin- dical, Rodrigo Carvelo, que também é vice-prefeito de Ca- talão, contou que esta será a quinta comemoração ao Dia do Trabalho realizada pela en- tidade no Estado de Goiás. A cada ano um novo município é escolhido para sediar o evento. A comemoração contará comshowsartísticoscomadu- pla Lucas e Lorena, o cantor Cauã Alves, e também os ser- tanejos Guilherme e Eduardo. A entrada será um quilo de ali- mento não perecível, exceto sal e fubá. Os gêneros alimentícios arrecadados serão doados para instituições filantrópicas. Deacordocomopresidente da Força Sindical, foram distri- buídos aproximadamente 300 mil cupons para o sorteio que será promovido nesta quarta- -feira. “Nós esperamos que to- dososmoradorescompareçam para comemorarmos juntos nesta homenagem especial para os queridos trabalhadores deCaldasNovas.Seráumeven- to para toda à família se diver- tir”, destaca Rodrigo Carvelo. O prefeito de Caldas No- vas, Evandro Magal (PP), disse o objetivo da administração municipal é oferecer lazer de qualidade para os morado- res. “O Dia do Trabalho é uma data muito especial, e que não poderia passar em branco na nossa cidade. No ano passa- do, realizamos um rodeio em comemoração à Semana do Trabalhador, e ainda haverão outras grandes homenagens para todos homens e mulheres que fazem do nosso município uma grande potência no turis- mo de todo o Brasil”, declara o prefeito Evandro Magal. A Festa do Trabalhador será realizada pontualmente a partir das 19h, no Centro Municipal de Eventos, ao lado do Ginásio de Esportes Agos- tinho Gonzaga de Menezes. O sorteado só receberá o prêmio se estiver presente no evento, não podendo ser representa- do por terceiros. Serviço u Prefeitura inaugura nova iluminação da Avenida Orcalino Santos Data: Nesta quarta-feira, 30 de abril Horário: A partir das 16h30min Local: Na Praça Monteiro Lobato, em frente ao Shopping CTC
  6. 6. 6 Goiânia, abril de 2014 O IMpresso JornalEstado Secretaria da Fazenda divulga repasses aos municípios Via Única simplifica registro de empresas em GoiásReprodução Detran providencia placas refletivas para evitar apreensão Por meio de ofício, o De- tran goiano solicitou à Su- perintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em Goiás que não apreenda veículos por estarem identi- ficados com placas antigas, ou seja, aquelas que tenham lacre de chumbo até que seja concluída a substituição pelos modelos novos, que seguem todas as determinações do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Segundo o presidente do Detran, João Furtado, a medida foi tomada diante de relatos de retenção de veículos com placa lacrada com material plúmbeo. João Furtado pediu, por meio do documento, a com- preensão da PRF e informou que o Detran já está implan- tando o novo sistema, a fim de dar efetivo cumprimen- to às Resoluções 231/2007, 241/2007, 372/2011, todas do Conselho Nacional deTrânsito (Contran) e Portaria 272/2007 do Denatran. Os documentos preveem, entre outras medi- das, a instalação de placas re- fletivas em veículos automo- tores e de lacres de segurança com controle sistêmico. A substituição das placas/ lacres em Goiás foi iniciada no dia 10 de abril apenas para os veículos que realizam o pri- meiro emplacamento, transfe- rência de UF ou que perderam a placa/lacre. Posteriormente, será elaborado um calendário de chamamento da frota para atender às determinações do Denatran e Contran. Goiás agora. A medida permi- te aos prefeitos, vereadores e sociedade em geral conhecer a arrecadação dos 246 muni- cípios de Goiás. Os dados já estavam disponíveis no Portal da Transparência. Essa não foi a única inova- ção do site da Sefaz neste mês. Também foram ampliados os espaços das seções Pergun- tas/Respostas e Consultas/ Pareceres, da área da Receita, para atender a Lei de Acesso à Informação (LAI) e o Código do Contribuinte. Municípios No ícone Repasses de Re- cursos aos Municípios foram incluídas as tabelas mensais de 2010 a 2013, com os valo- res que o Tesouro Estadual repassou referentes às trans- ferências constitucionais obri- gatórias de ICMS, IPVA e IPI – Exportação. O gerente de Administração Financeira da Superintendência do Tesouro, Luciano Bandeira, afirma que a partir de agora a publicação será mensal com os dados do mês anterior. Segundo o gerente, as in- formações foram publicadas no site por causa da grande demanda de prefeituras, jorna- listas, estudantes e entidades que se relacionam com o setor público.“A Sefaz recebe muitos pedidos por telefone, ofício ou via Ouvidoria e por isso deci- dimos publicar os dados no site”, detalha. As tabelas estão disponíveis no site www.sefaz. go.gov.br, no menu Repasses de Recursos aos Municípios, na Área de Atuação Finanças. Consultas Com o objetivo de melhorar o atendimento ao contribuin- te, a Sefaz também ampliou o número de Perguntas e Respos- tas no site. Foram incluídos 180 itens referentes à Escrituração Fiscal Digital, Operações Espe- ciais, Substituição Tributária e Fomentar/Produzir, temas re- gulamentados pelo Código Tri- butário Estadual, totalizando 929 Perguntas e Respostas. Já sobre Consultas/Parece- res, que tratam de orientações da Receita em resposta a ques- tionamentos de contribuintes sobre a Legislação Tributária, foram publicados 305 pareceres de 2013 e 2014 e serão incluídos no mês de maio, os pareceres de 2012, informa o gerente de Orientação Tributária, Gener Otaviano Silva. O gerente explica que a di- vulgação dessas informações ajuda o contribuinte na hora de fazer a escrituração fiscal de sua empresa, unifica o posicio- namento da Sefaz, o que facilita o trabalho do fisco e desafoga o atendimento nas unidades. As perguntas e respostas e os pa- receres podem ser acessados na página inicial do site na Área de Atuação Receita Estadual. A Secretaria da Fazenda mostra agora em seu site os quadros dos repasses do Estado aos municípios goianos dos últimos quatro anos, ao lado dos demonstrativos mensais de 2014 A partir do mês de maio não será mais necessário encaminhar três vias de documentação para a abertura de empresas em Goiás. “Vamos implantar o sistema de Via Única. Com ele, o cliente pre- cisará de apenas uma via do pro- cesso protocolado para análise, aprovaçãoearquivamentonaJun- taComercial”,explicaopresidente da Juceg, Alexandre Caixeta. Com o novo sistema, o procedimento de registro de atos empresariais vai ficar mais ágil e seguro. Hoje, o usuário encaminha três vias e precisa ir à Junta Co- mercial para levar e buscar do- cumentos. Caixeta explica que com o Via Única, ele vai à Juceg apenas para dar entrada no pro- cesso. Com o novo sistema, o futuro empresário poderá con- sultar a aprovação e baixar o do- cumento pelo portal de serviços na internet. Outra vantagem da Via Única é a verificação eletrô- nica da autenticidade por meio do número de protocolo e da chave de acesso ao documento no portal de serviços da Juceg. “Isso é revolucionário. Se o empresário precisa de um do- cumento de ato empresarial, não será mais necessário tirar cópia do documento e auten- ticá-lo”, esclareceu. O novo procedimento ainda garantirá maior mobilidade ao empre- sário, que passará a retirar sua via pelo portal da Juceg e com opções de imprimir quantas có- pias quiser, sem a necessidade de autenticar em um cartório, além de excluir a necessidade da existência da via adicional. Como vai funcionar O prazo médio para análi- se e aprovação do documento permanece sendo de três dias e depois de aprovado, o empre- sário tem 60 dias para fazer o download. Para validar, basta entrar no site da Juceg com o número do protocolo, que está no termo de autenticação. A chave de segurança fica no ro- dapé do documento. Imagem do site da Secretaria
  7. 7. 7Goiânia, abril de 2014 O IMpresso Jornal Ex-atletas negros do Brasil cobram punições contra o racismo e apoiam Daniel Alves “Morte de Senna está salvando muita gente”, diz ex-piloto sobre segurança na F1 Esporte A morte trágica de Ayrton Senna no GP de San Marino de 1994 abriu os olhos da FIA (Fede- ração Internacional de Automo- bilismo)comrelaçãoàsegurança dos pilotos da Fórmula 1. De 20 anos para cá, foram adotadas di- versas medidas que fizeram com que a categoria não tivesse mais nenhum acidente fatal. Para Alex Dias Ribeiro, ex-piloto e amigo do tricampeão mundial, seu aci- dente em Imola “está salvando a vida de muita gente”. “Foi um marco. Porque de- pois daquilo a FIA resolver le- var a sério o tema da segurança, que era muito exigido pelos pi- lotos e muito pouco atendido. Com a morte do Ayrton Senna todo mundo acordou para isso e o Bernie Ecclestone deu carta branca ao doutor Sid Watkins”, afirmou Ribeiro ao iG Esporte. E as mudanças foram mui- tas. A começar pelos cockpits: antes o piloto ficava com toda a cabeça e parte dos ombros para fora do carro. Agora, apenas a parte superior do capacete está exposta. A chamada “célula de sobrevivência” ganhou placas de reforços lateral e frontal e é feita de material mais resistente. A altura dos chassis também é mais alta hoje. Da redação com agências. Joga- dores do passado da seleção brasileira manifestaram apoio a Daniel Alves depois do caso de racismo de que ele foi víti- ma no último fim de semana em partida do Barcelona con- tra o Villarreal. Mauro Silva, campeão do mundo com a seleção brasi- leira em 1994, e por 13 anos jogador do Deportivo La Co- ruña, na Espanha, disse que sofreu um ato racista logo no seu primeiro ano no país, em partida contra o Tenerife. Ainda assim, por conta dos anos vividos no país euro- peu, reprova a generalização que tomou conta de alguns debates no Brasil. Ele diz que a maioria dos espanhóis não são racistas e que a minoria que é, se punida, vai tornar esse grupo ainda menor. “O que motiva todo esse comportamento de racismo é a impunidade. A violência nos estádios, nas ruas, o pre- conceito, tudo isso é fruto da Mauro Silva, campeão em 1994, cita NBA como exemplo e Coutinho, ex-Santos, disse que também comeria banana impunidade. A punição rigo- rosa é que vai inibir outras pessoas a se portar assim”, disse o camisa 5 da campa- nha do quarto título mundial do Brasil. Ele lembra da pu- nição recebida pelo torcedor do Villarreal, banido do clube para toda a vida, e de Donald Sterling, ex-dono do do Los Angeles Clippers, expulso da liga da NBA para sempre. “Muitas vezes as respos- tas ficam nas palavras. Se fala muito e se faz pouco. As ações são importantes. As autori- dades políticas e esportivas precisam ter uma posição como a que aconteceu na NBA. Uma resposta imedia- ta e contundente, rigorosa e severa”, disse o ex-volante de 46 anos, que hoje tem uma empresa de consultoria em marketing esportivo. Segundo ele, no debate do racismo, o maior risco é a ge- neralização, o rótulo de todo um país como racista. “Eu não gosto quando se generaliza, quando dizem que na Espa- nha todos são racistas. Esse é o comportamento de deter- minadas pessoas em vários países. Acontece no Brasil, na Espanha, nos Estados Unidos e em outros lugares também. A gente nunca pode tachar, rotular uma sociedade des- sa forma. É uma minoria. Me preocupa quando o debate é polarizado”, disse. Coutinho ignora atos racistas Parceiro de Pelé na época de ouro do Santos e jogador da seleção brasileira entre 1960 e 1965, Coutinho tem uma rea- ção bem menos ponderada ao racismo do que Mauro Silva. Para ele, o racismo no esporte deve ser combatido com iro- nia ou até mesmo ignorado. “Eu não dou a mínima para quem não gosta de ne- gros, para quem fala isso ou faz aquilo. Eu ignoro, sempre ignorei. Quando jogava fala- vam um monte pra mim e eu não dava bola. Nunca dei. Eu faço o meu, vivo minha vida e se falam algo comigo, deixo falando sozinho. Se jogassem uma banana em mim eu co- meria. Na verdade tudo isso é uma grande bobagem”, disse Coutinho, de 70 anos. Romário, campeão com Mauro Silva em 1994, e depu- tado federal desde 2011 pelo PSB-RJ, acredita que as mani- festações racistas na Espanha, onde defendeu o Barcelona, são mais contra o brasileiro, sob o ponto de vista esportivo e da rivalidade, do que um pre- conceito racial. “Se você repa- rar, muitas dessas histórias de racismo têm acontecido com jogadores da seleção brasilei- ra, na Europa. É que o Brasil é o time a ser batido. Pode haver alguma manipulação aí”, disse Romário ao jornal “Folha de S. Paulo”. “Mas racismo é coisa do passado, não era para estar acontecendo. Punições fortes são necessárias”, completou. Sobre a campanha impul- sionada por Neymar, com o slogan“Somos todos macacos”, Romário disse que não está de acordo. “Macaco é macaco e gente é gente. Eu não bateria uma foto com banana para dizer que sou macaco. Agora, cada um é um. Infelizmente a hipocrisiaeooportunismocor- rem soltos no nosso país”, co- mentou. Luciano Huck, apre- sentador da TV Globo, lançou camisetaaopreçodeR$70com a frase da campanha Mauro Silva foi vítima de racismo na Espanha e não generaliza que todos sejam racistas por lá Ayrton Senna conversa com SidWatkins após acidente de Roland Ratzenberger em Ímola Djalma Vassão/Gazeta Press Divulgação
  8. 8. 8 Goiânia, abril de 2014 O IMpresso JornalEspecial Festival de Música de Aruanã Da redação com agências. O Aru- anã Em Canto promovido pelo Governo do Estado de Goiás, através GoiásTurismo e apoio da Prefeitura de Aruanã é um fes- tival destinado à promoção do turismo noVale do Araguaia, in- centivando o fluxo de visitantes e turistas. Tem como plano de fundo abrir importante espaço aos compositores e intérpretes goianos, voltados para os gêne- ros: sertanejo, MPB e pop/rock. Busca ainda incentivar o inte- resse da população pela música como fonte de cultura e lazer, Evento promete abrir espaço para novos talentos, além de garantir show de famososP fomentando, claro, o turismo. Ou seja, o festival agrega uma sé- rie de resultados: revela talentos musicais; impulsiona o turismo da região e, ao mesmo tempo, divulga o rico universo ecológico de nosso Estado, valorizando e conscientizando a sustenta- bilidade da região do Araguaia que hoje é um dos principais destinos da pesca esportiva e esportes náuticos. Temoobjetivodepromovera cidadeearegião,conscientização para a temporada do Araguaia, valorizaçãodosartistasregionais, arrecadação de alimentos para OVG e promoção através de ar- tistas de nível nacional. A1ªediçãodoAruanãEmCan- to, será aberto nesta quarta-feira (30) com a Apresentação da Or- questra Jovem de Goiás. O evento que começa hoje, vai até o próxi- mo dia 3 de maio e terá diversas apresentações musicais com sho- ws de Victor e Léo, Maria Rita e O Rappafechandoofestival. Além de apresentação dos cantores nacionais, cantores re- gionais como MR.GYN, Marcelo Barra, Almir Pessoa, Grace Car- valho, e Roberto Corrêa também irão subir ao palco no festival. Os vencedores do Concurso Minha Arte Em Canto também irão se apresentar no evento. Divulgação TUDO EVOLUI 1 2 3ACESSE: WWW.DETRAN.GOIAS.GOV.BR E CLIQUE NO BANNER MINHA PRIMEIRA CNH. SIGA AS ORIENTAÇÕES PARA PREENCHER CORRETAMENTE OS DADOS E IMPRIMA O BOLETO PARA PAGAMENTO. APÓS O PAGAMENTO, IMPRIMA O FORMULÁRIO RENACH E VÁ ATÉ O VAPT-VUPT INDICADO NO BOLETO PARA ENTREGA DOS DOCUMENTOS E CONTINUIDADE DO PROCESSO. AGORA, VOCÊ PODE INICIAR O PROCESSO PARA TIRAR SUA CNH PELA INTERNET. E DE TIRAR A SUA CNH. O JEITO DE OUVIR MÚSICA E VÁ ATÉ O VAPT-VUPT INDICADO NO BOLETO PARA ENTREGA PARA TIRARPARA TIRAR SUA CNH PELASUA CNH PELA INTERNET.INTERNET. MAIS RÁPIDA MAIS FÁCIL SUA CNH Aruanã Em Canto Apresentação da Orquestra Jovem de Goiás

×