Vantagens do modelo de negócio.

207 visualizações

Publicada em

Conheça as vantagens do modelo de negócio que está sendo adotado pela L'acqua di Fiori, o marketing multinível. Mais informações você obtém em www.equipelivre.com

Publicada em: Carreiras
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
115
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vantagens do modelo de negócio.

  1. 1. Vantagens do modelo de negócio. Versão atual: agosto de 2015. Acompanhe atualizações desta apostila acessando apostila.equipelivre.com
  2. 2. Primeiro gostaríamos que você visse o atual cenário do mundo. População mundial atual: 7,2 bilhões de pessoas. Riqueza mundial atual: 241 trilhões de dólares. 0,7% da população mundial criou 41% da riqueza. 9,3% criaram 45%. Ou seja: 10% da população (720 milhões de pessoas) criaram 86% desses 241 trilhões (o que dá 207,26 trilhões). 90% da população (6 bilhões e 480 milhões de pessoas) criaram apenas 14% desses 241 trilhões (o que dá 33,74 trilhões). Fontes: Estudo “Global Wealth Report 2013”, do banco Credit Suisse. Estudo “World Population Prospects - The 2012 Revision”, das Nações Unidas.
  3. 3. Agora mais um cenário que gostaríamos que você visse. No final de março de 2013 o site PayScale utilizou dados divulgados pela revista Fortune e fez uma lista das maiores diferenças entre o rendimento anual de presidentes de companhias e a média de rendimento anual dos funcionários das mesmas companhias. Esses presidentes também são contratados; não são donos das empresas. Abaixo, as 10 maiores diferenças. Eliminamos a coluna que apresentava o nome das empresas por questão de espaço (mas o link da matéria está abaixo). Os rendimentos estão em dólares. Presidente Rendimento anual do presidente Média de rendimento anual dos funcionários No de vezes em que o rendimento anual do presidente supera a média de rendimento anual dos funcionários 1 Michael T Duke 23.150.000,00 22.400,00 1033.57 vezes 2 Gregg W Steinhafel 17.890.000,00 29.900,00 597.43 vezes 3 Robert A Iger 31.630.000,00 56,800,00 557.01 vezes 4 David M Cote 32.860.000,00 74.700,00 439.69 vezes 5 James A Skinner 9.550.000,00 22.000,00 434.53 vezes 6 K Rupert Murdoch 24.790.000,00 60.700,00 408.56 vezes 7 Irene B Rosenfeld 25.360.000,00 65.300,00 388.18 vezes 8 Randall L Stephenson 26.000.000,00 68.100,00 381.67 vezes 9 Brian L Roberts 18.760.000,00 50.600,00 370.48 vezes 10 James Dimon 19.050.000,00 53.800,00 354.37 vezes payscale.com/data-packages/ceo-income-2013/fortune-100
  4. 4. Você há de convir que os dois cenários que apresentamos são desconfortantes. Dois pilares têm enorme papel nesses cenários: salário fixo e hierarquia. Mas eles não são “vilões”. Sem o salário fixo as empresas não acumulam capital. E sem acúmulo de capital, nenhum avanço seria possível; pois tudo que você conhece só se tornou realidade graças a pesquisas e estruturas frutos de grandes investimentos. Se o dinheiro fosse distribuído assim que fosse ganho, todo o avanço científico atual não existiria, incluindo o aparelho que você está usando neste momento para ver esta apostila. E a hierarquia, por sua vez, faz com que tudo aquilo que foi planejado não seja modificado ao gosto de cada um ao longo da cadeia. Mas seria interessante se existisse um sistema onde não houvesse rendimento fixo e hierarquia. Onde se pudesse ganhar mais que aqueles que estão acima. Um sistema assim no setor de produção de uma empresa não é possível. No de administração também não. Mas na busca de clientes um sistema assim é perfeitamente possível. E ele existe. Chama-se marketing multinível. Nele você divulga uma empresa de forma paralela ao seu trabalho e às suas outras atividades. Algumas pessoas tornam-se apenas consumidoras fiéis dos produtos ou dos serviços da empresa, mas outras acabam querendo também desenvolver o negócio. Dessa forma uma rede vai sendo gerada em vários níveis de profundidade e a empresa paga a você porcentagens do dinheiro que ela não gasta com publicidade e com funcionamento de lojas.
  5. 5. (1) Fonte: WFDSA. wfdsa.org/files/pdf/global-stats/Fact_Sheets_Final_6-20-2012.pdf (2) Fonte: WFDSA. wfdsa.org/files/pdf/global-stats/sales-report-2014.pdf (3) Fonte: DSA. dsa.org/docs/default-source/research/11gofactsheet.pdf?sfvrsn=2 (4) Fonte: DSA. dsa.org/research/industry-statistics (5) Bill Clinton é ex-presidente dos Estados Unidos. Bill Gates é fundador da Microsoft. É a pessoa mais rica do mundo. Warren Buffet é considerado o mais habilidoso e bem sucedido investidor norte-americano. É a terceira pessoa mais rica do mundo.. (6) Fonte: ABEVD. abevd.org.br/imprensa/indicadores-do-setor/vendas-diretas-atingem-r-4166-bilhoes-em-volume-de-negocios- em-2014 Esse modelo já representa 56% do setor de vendas diretas no mundo(1) – setor este que já possui 99,7 milhões de participantes ao redor do planeta e que já movimenta 182,8 bilhões de dólares anuais(2). Nos Estados Unidos o multinível já representa mais de 95% desse setor(3) – que por lá já movimenta 34,4 bilhões de dólares anuais(4). Lá a quantidade de participantes já é maior que a população de todo o Estado do Rio de Janeiro (mais de 18 milhões de pessoas).(4) A cada dia mais personalidades, como Bill Clinton, Bill Gates e Warren Buffet endossam esse modelo de negócio.(5) O Brasil é uma ótima oportunidade, pois o multinível ainda não chega a representar 15% do setor de vendas diretas – setor que tem aqui a sua quarta maior movimentação no mundo, com 41,6 bilhões de reais anuais.(6) E a tendência é se repetir o que ocorreu nos Estados Unidos, onde o setor já é quase todo multinível.
  6. 6. Algumas vantagens em relação ao sistema tradicional de negócios. Na publicidade tradicional a divulgação tem conteúdo fixo e é paga antes de se saber se resultará em vendas. No marketing multinível a divulgação tem a adaptabilidade do contato pessoal e só é remunerada depois que o produto ou serviço é efetivamente adquirido. Conta-se com mais um tipo de compra: a de produtos para demonstração. Um exemplo disso é um homem comprar um batom para poder falar sobre o produto. Este tipo de compra não existe no sistema tradicional de comércio. Beneficia-se de uma estrutura que inclui imóveis, veículos e linhas telefônicas sem que se tenha que gastar um centavo para mantê-la, pois tudo pertence aos afiliados. É um negócio que funciona até nos fins de semana e feriados. A maioria dos afiliados procura atuar também nesses dias. E os afiliados mais graduados costumam ser palestrantes em eventos. Afiliados não fazem greve e não geram prejuízos como desfalque financeiro ou desvio de material. Afiliados trabalham pelo crescimento da empresa. Funcionários trabalham apenas pela manutenção do tamanho que ela tenha, já que vão ganhar a mesma coisa se ela crescer.
  7. 7. Não é necessário enviar executivos para abrir novos mercados no país, pois a expansão da rede já se encarrega disto e acaba criando líderes locais. A opinião do público chega aos ouvidos constantemente. Isso evita o gasto de dinheiro com pesquisas de opinião e permite identificar de forma muito mais ágil a necessidade de uma correção de rumos. Ao contrário de lojas, a rede de afiliados não corre risco de incêndios, enchentes, assaltos, etc. Cada afiliado atua nos dias e horários que puder ou quiser. Como na rede não há hierarquia, qualquer um pode ganhar mais do que aqueles que estejam acima e obter títulos de liderança maiores que os deles. No sistema tradicional de trabalho, mesmo que se tenha um desempenho destacado, a promoção ainda depende da boa vontade de superiores. Pode-se usar os pontos fortes para afiliar pessoas boas naquilo em que ainda não se é tão bom. Pode-se ter rede em todos os países em que a empresa esteja presente. Pode-se deixar uma boa rede para os filhos e netos.
  8. 8. Na prática os produtos ou serviços, quando existem, são comprados somente pelos afiliados e não são realmente utilizados, já que geram pouco interesse além do financeiro. Se a empresa parar de gerar dinheiro por parar de crescer, a única motivação das compras acaba e tudo começa a se desfazer de baixo para cima. Os produtos ou serviços visam satisfazer reais necessidades ou vontades e assim conseguem atrair para consumo até pessoas que não querem fazer parte do negócio (os clientes). 9 diferenças entre marketing multinível e pirâmide. É usado para a comercialização de produtos ou serviços que a empresa já dispõe para entrega. Marketing Multinível Pode ser iniciada com a promessa de inclusão de produtos ou serviços no futuro. Capitalizar-se dessa forma não é permitido. Pirâmide Não há pagamento de bônus aos afiliados usando-se dinheiro da adesão de novas pessoas, caso não haja aquisição de um produto ou serviço nessa adesão. Pode haver pagamento de bônus aos afiliados com dinheiro retirado de uma taxa de adesão que não envolve aquisição de um produto ou serviço. Isso é considerado algo piramidal mesmo que a empresa tenha produtos ou serviços sendo adquiridos em etapas posteriores à da adesão.
  9. 9. O plano de bonificação faz com que se possa ganhar mais do que aqueles que estejam acima na rede. Na prática ninguém consegue ganhar mais do que aqueles que estejam acima na rede. Se uma pessoa sai, a “empresa” fica com a rede dela, ficando também com o dinheiro que deveria passar a ir para os que estavam acima dessa pessoa.* Se um afiliado sai, a rede dele sobe para o primeiro afiliado que esteja ativo. A empresa não promete ganhos. Os números apresentados nos planos de bonificação são apenas exemplos de projeções de ganhos. A “empresa” pode prometer ganhos pré-fixados mediante o puro investimento, alegando nem ser necessário formar rede. E pode prometer ganhos ainda maiores para investimentos que, apesar de altíssimos, não envolvem montagem de loja física e nem aquisição de grande quantidade de produto. A “empresa” nem passa perto da porta da associação de vendas diretas do país. A empresa que o utiliza submete-se à análise da associação de vendas diretas de seu país e consegue se afiliar a ela. *Esta prática, conhecida como “quebra de corrente”, quase não ocorre hoje em dia. Mas no passado foi uma das que fizeram as autoridades perceberem o caráter fraudulento das pirâmides.
  10. 10. Os últimos afiliados a entrar ficam no prejuízo quando a empresa quebra; pois, como na prática não se consegue revenda, a recuperação de valores investidos só se dá com formação de rede, coisa que esses afiliados ainda não têm.(2) Ninguém depende de formar rede para recuperar o investimento inicial, pois a revenda do que foi adquirido faz a recuperação e ainda gera lucro.(1) Não coloca como exigência para recebimento de bônus a constante afiliação de novas pessoas. Isso permite uma aposentadoria. (1) Geralmente o investimento inicial numa empresa de multinível é a compra de uma quantidade maior de produtos. A compra de manutenção (do 2º mês em diante) pode ser o consumo da própria residência do afiliado, ou pouco acima disso. (2) Empresas com produtos ou serviços de excelente qualidade também podem ser investigadas como pirâmides se exigirem como investimento a compra de quantidades absurdas e não tiverem política de devolução por desistência. Obs.: Ser registrada nunca foi quesito para considerar uma empresa como séria. Na hora em que emite autorizações o poder público não tem como saber se uma empresa vai cometer crimes. Querer isso é como querer que ele adivinhe quais bebês vão virar bandidos na hora em que esteja emitindo as certidões de nascimento. Pode exigir que se tenha sempre um mínimo de novas afiliações para se receber bônus. Dessa forma ninguém consegue se aposentar e viver da rede que construiu. Além disso, há uma óbvia questão: depois de várias décadas de empresa, e da quase extinção do público ainda não trabalhado, como seria possível fazer novas afiliações para continuar recebendo bônus?
  11. 11. “Mas como é possível ganhar mais do que aqueles que estejam acima na rede?” O que permite isso são as regras dos bônus. Veja este exemplo com um bônus que paga até o quinto nível de profundidade. Simone está abaixo de Felipe, mas ganha mais do que ele por possuir mais pessoas até o seu quinto nível. Felipe Simone 1º nível 2º nível 5º nível 1º nível 5º nível
  12. 12. Veja agora outro exemplo. Um bônus que envolve os chamados títulos de liderança. Neste caso a empresa separa uma parte de seu lucro e coloca em um fundo que é dividido entre todos os afiliados que tenham o título de Diamante. A regra é simples: o Diamante recebe uma parte da divisão do fundo para cada linha descendente onde haja alguém com o título de Ouro ou um título maior. Marcos recebe 2 partes da divisão do fundo, pois tem 2 linhas descendentes onde há alguém com título de Ouro ou um título maior (Felipe e Andréia). Já Andréia recebe 12 partes da divisão do fundo, pois tem 12 linhas descendentes onde aparece alguém com título de Ouro. Marcos (Diamante) Felipe (Ouro) Andréia (Diamante)
  13. 13. “Mas muita gente para depois de um tempo.” Isso é verdade. Mas é exatamente como em qualquer outra atividade. De todos os negócios do mercado tradicional que são fundados (como lojas, por exemplo), muito menos da metade permanece de portas abertas depois de pouquíssimos anos. A enorme maioria fecha. No entanto, se o fundador da empresa onde você trabalha tivesse colocado a maior parte do peso nisso antes de se decidir a ter negócio próprio, hoje você não teria emprego. Mas não fiquemos apenas nos negócios. As pessoas desistem de coisas muito menos estressantes e dispendiosas que eles. A maioria que decide aprender violão para. A maioria que decide frequentar academia para. E assim vai. E acredite: no universo do multinível do Brasil já houve quem parasse depois de já estar ganhando mais de oito mil reais por mês! Portanto, falta de ganhos também não explica tudo quando o assunto é este. Para ter sucesso basta fazer levando em conta a rotatividade de pessoas. Todos os atuais milionários do multinível passaram pelo mesmo. Por isso a dedicação precisa ser constante durante seus anos iniciais nessa atividade. Dedicação dentro do tempo de que você disponha, mas constante. Basta perseverar.
  14. 14. Agora, por mais entusiasta que se seja a respeito dessa atividade, é preciso ter cuidado em reproduzir certas informações, sob pena de se passar uma imagem amadora. Nesta parte da apostila vamos ajudar a desfazer os três mais famosos mitos do multinível. Tais mitos não nasceram no Brasil, e sim nos Estados Unidos. E por lá já estão desmentidos há bem mais de uma década! Assim como em boa parte do mundo. Mas como o Brasil é sempre o último a saber de tudo, as pessoas por aqui continuam os reproduzindo. Vamos ao primeiro: “O marketing multinível é ensinado nas universidades de Harvard e Stanford.” Não, nunca foi. Atualmente uma universidade de Chicago oferece um seminário anual sobre multinível com direito a certificado. Mas não existe cadeira de multinível em universidade alguma. A seguir você vê os outros dois mitos.
  15. 15. “O Wall Street Journal afirmou que, até o ano 2000, 60 a 70% de todos os bens e serviços serão vendidos através do marketing multinível.” Como você vê, essa é velha. Ainda usa-se por aqui algumas adaptações dessa frase. Mas nenhum jornal diria tamanha bobagem. Comparada à infindável diversidade de tipos de bens e serviços que existe, a quantidade que combina com multinível fica pequena. Vamos usar um exemplo prosaico. Digamos que o resistor (chamado erroneamente de “resistência”) do seu chuveiro queime no meio do inverno. A última coisa que você vai querer é telefonar para todos que conhece para saber se alguém faz algum multinível de artigos elétricos e ir até a casa dessa pessoa. Você irá para a loja mais próxima que venda isso e pronto. O multinível nunca, jamais, em tempo algum, vai ameaçar a existência do comércio tradicional. “20% do PIB dos Estados Unidos já são gerados pelo marketing multinível.” PIB dos Estados Unidos em 2014: 17,41 trilhões de dólares. 20% de 17,41 são 3,48 trilhões. Movimentação do setor de Vendas Diretas nos Estados Unidos em 2014 (ano mais recente do qual a DSA forneceu dados até o presente momento): 34,47 bilhões de dólares. Considerando-se que a participação do multinível no setor de Vendas Diretas de lá já é de mais de 95% (vide página 5 desta apostila), vamos arredondar para 100% para facilitar nossa vida. Você concorda que, de 34,47 bilhões de dólares para 3,48 trilhões, ainda falta um bocado de dinheiro?
  16. 16. É hora de encerrar. E para isso vamos deixar você com as palavras de um “guru”. “A ideia de trabalhar 35 anos para alguém e depois se aposentar para ganhar um terço de algo que sequer foi suficiente para os 35 anos simplesmente não faz sentido. O emprego é realmente uma solução de curto prazo para um problema de longo prazo.” “Consegui finalmente enxergar os benefícios exclusivos que o setor de marketing de rede proporciona às pessoas que desejam mais da vida.” Robert Kiyosaki Investidor norte-americano e autor de diversos livros sobre educação financeira, incluindo o célebre “Pai Rico Pai Pobre”.
  17. 17. Seja bem vindo à Equipe Livre. Suce$$o! Acompanhe atualizações desta apostila acessando: apostila.equipelivre.com

×