02 interdisciplinaridade e planejamento coletivo

4.419 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.419
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
724
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
131
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

02 interdisciplinaridade e planejamento coletivo

  1. 1. como trabalhar de maneira interdisciplinar a partir de um planejamento coletivo
  2. 2. Conceitos básicos: Disciplina: Qualquer área de conhecimento estudada e ministrada em um ambiente Escolar ou acadêmico. A palavra disciplina significa, em sentido acadêmico, matéria , aula, cadeira ou cátedra
  3. 3. Disciplinaridade: É a interação entre as disciplinas ou áreas do saber. Pode acontecer em níveis de complexidade diferentes .
  4. 4. Multidisciplinaridade Representa o primeiro nível de integração entre os conhecimentos disciplinares. Caracteriza-se por uma ação simultânea de uma gama de disciplinas em torno de uma temática comum. Ocorre quando a solução de um problema requer a obtenção de informações de uma ou mais ciências ou setores do conhecimento. Não existe nenhuma relação ou cooperação entre elas
  5. 5. Pluridisciplinaridade Observa-se já a presença de algum tipo de interação entre os conhecimentos disciplinares, embora eles ainda se situem num mesmo nível hierárquico, não havendo ainda nenhum tipo de coordenação proveniente de um nível hierarquicamente superior. Alguns estudiosos não chegam a estabelecer nenhuma diferença entre a multidisciplinaridade e a pluridisciplinaridade.
  6. 6. Interdisciplinaridade A interdisciplinaridade representa o terceiro nível de interação entre as disciplinas. Interdisciplinaridade é a integração de dois ou mais componentes curriculares na construção do conhecimento. É caracterizada pela presença de uma base de conhecimento comum a um grupo de disciplinas conexas e definida no nível hierárquico imediatamente superior, o que introduz a noção de finalidade.
  7. 7. Supõe um eixo integrador, que pode ser o objeto de conhecimento, um projeto de investigação, um plano de intervenção. Nesse sentido, ela deve partir da necessidade sentida de explicar, compreender, intervir, mudar, prever algo que desafia uma disciplina isolada e atrai a atenção de mais de um olhar, talvez vários.
  8. 8. O especialista é aquele que possui um conhecimento cada vez mais extenso relativo a um domínio cada vez mais restrito.” G.K. Chesterston “A exigência interdisciplinar impõe a cada especialista que transcenda sua própria especialidade, tomando consciência de seus próprios limites para acolher as contribuições das outras disciplinas.” George Gusdorf
  9. 9. Na prática a interdisciplinaridade é um esforço de superar a fragmentação do conhecimento, tornar este relacionado com a realidade e os problemas da vida moderna. Muitos esforços tem sido feitos neste sentido na educação. Na ciência, por sua vez, os esforços estão na busca de respostas, impossíveis com os conhecimentos fragmentados de uma única área especializada.
  10. 10. Transdisciplinaridade. Representa um nível de integração disciplinar além da interdisciplinaridade. Trata-se de uma proposta relativamente recente no campo do estudo do conhecimento (epistemológico). Termo criado por Piaget em 1970. É uma coordenação de todas as disciplinas e interdisciplinas do sistema de ensino inovado, sobre uma base de conhecimento geral.
  11. 11. Transdisciplinaridade. A transdisciplinaridade é uma abordagem científica que visa a unidade do conhecimento. Desta forma, procura estimular uma nova compreensão da realidade articulando elementos que passam entre, além e através das disciplinas, numa busca de compreensão da complexidade. Além disso, do ponto de vista humano a transdisciplinaridade é uma atitude empática de abertura ao outro e seu conhecimento (Rocha Filho, 2007).
  12. 12. PLANEJAMENTO INTERDISCIPLINAR PROBLEMA NÃO É SUFICIENTEMENTE RESOLVIDO POR UMA DISCIPLINA BUSCA DE SOCORRO EM OUTRAS DISCIPLINAS DEFINIÇÃO DAS DISCIPLINAS QUE VÃO INTERAGIR INICIA O TRABALHO INTERDISCIPLINAR DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA DEFINIÇÃO DOS OBJETIVOS
  13. 13. ESTABELECIMENTO DAS METAS SELEÇÃO DOS CONCEITOS E CONTEÚDOS DEFINIÇÃO DAS AÇÕES PEDAGÓGICAS ELABORAÇÃO DAS ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM EXECUÇÃO DAS ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM AVALIAÇÃO COMUNICAÇÃO DOS RESULTADOS
  14. 14. Principais autores brasileiros: Ivani Fazenda Hilton Japiassu Olga Pombo
  15. 15. Obrigado colegas, podemos parar por aqui, e mudamos de assunto Jorge Chierighini

×