3 - Soluções tecnológicas para o mercado de varejo - SCGÁS

775 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
775
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3 - Soluções tecnológicas para o mercado de varejo - SCGÁS

  1. 1. Soluções Tecnológicas para o Mercado de Varejo SCGÁS
  2. 2. Identidade Organizacional da SCGÁS <ul><li>MISSÃO </li></ul><ul><ul><li>Dotar o Estado de Santa Catarina com rede de gasodutos, distribuir e fomentar a utilização de gás. </li></ul></ul><ul><li>VISÃO </li></ul><ul><ul><li>Estar presente em todas as regiões do Estado com padrão de excelência sob a ótica do cliente. </li></ul></ul><ul><li>VALORES </li></ul><ul><li>NEGÓCIO </li></ul><ul><ul><li>Soluções energéticas. </li></ul></ul><ul><li>Praticar inovação </li></ul><ul><li>Praticar segurança </li></ul><ul><li>Atuar com responsabilidade sócio - ambiental </li></ul><ul><li>Acreditar nas pessoas </li></ul><ul><li>Ser transparente </li></ul><ul><li>Priorizar o cliente </li></ul>
  3. 3. Estrutura da SCGÁS
  4. 4. Criação da GETEC <ul><li>Atendimento diferenciado/personalizado </li></ul><ul><li>Identificar e atender as necessidades dos clientes </li></ul><ul><li>Confiança e credibilidade </li></ul><ul><li>Maior conhecimento do cliente pela Companhia </li></ul><ul><li>Visão de longo prazo (fidelização) </li></ul>Estratégia da Diferenciação 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Prêmio TOP GAS Prêmio TOP GAS 2011 2012 Rio Oil and Gas WGC Argentina IGRC Seul Rio Oil and Gas GEPLAN: PD&T Criação da GETEC GECOM: Suporte Técnico
  5. 5. Áreas de Atuação A crescente demanda dos clientes da SCGÁS por apoio técnico e Tecnológico foi o fator motivador para que em 2006 fosse criada a Gerência de Tecnologia de Gás Natural (GETEC) Sendo assim, sua área de atuação se dividiu em três eixos: Suporte Técnico Disseminação do Conhecimento Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico
  6. 6. SUPORTE TÉCNICO
  7. 7. SUPORTE TÉCNICO <ul><li>Objetivo: Consolidar e aprimorar o relacionamento com o mercado através de soluções tecnológicas de aplicação do gás natural. Oferecer serviços técnicos através de solicitações feitas por engenheiros das gerências comerciais. </li></ul><ul><li>Estas solicitações podem ser dos seguintes tipos: </li></ul><ul><li>Apoio a conversão </li></ul><ul><li>Apoio Técnico </li></ul><ul><li>Estudos de Viabilidade </li></ul><ul><ul><li>Geração e Cogeração de Energia, </li></ul></ul><ul><ul><li>Substituição de Combustíveis, </li></ul></ul><ul><ul><li>Conversão de Equipamentos e Processos, etc. </li></ul></ul><ul><li>Projetos Especiais: GNC, GNL, etc. </li></ul>
  8. 8. SUPORTE TÉCNICO Volume agregado na base de clientes
  9. 9. PESQUISA & DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO (P&DT)
  10. 10. Carteira de Projetos A GETEC elabora anualmente uma carteira de projetos de PD&T, onde são apresentadas e priorizadas propostas de projetos. Estes projetos são originados das demandas dos clientes, das necessidades identificadas nas visitas realizadas pela gerência e dos parceiros da SCGÁS. Processos de seleção e execução dos projetos:  Levantamento de demandas  Elaboração/Recebimento de PPPs (interno e externo)  Elaboração da Carteira de Projetos  Elaboração do projeto final  Processo de contratação  Execução e controle do projeto  Encerramento
  11. 11. Priorização dos Projetos <ul><li>44 projetos de P&DT concluídos; </li></ul><ul><li>16 projetos em carteira e 4 em execução; </li></ul><ul><li>R$ 7 milhões investidos; </li></ul><ul><li>Orçamento anual da SCGÁS para P&DT: 0,25% da margem bruta; </li></ul>
  12. 12. AQUECEDOR COMPACTO Objetivo Desenvolver um aquecedor de água de passagem compacto baseado na tecnologia de combustão em meios porosos que atenda aos seguintes requisitos de projeto: a) Alto desempenho, permitindo que o aquecedor seja usado com uma mini central de água quente fornecendo a vazão necessária para até 2 banhos simultâneos, b) Alta eficiência de operação aliada a facilidade de controle, tornando o custo de operação vantajoso em relação a aquecedores a gás convencionais, c) Baixa emissão de poluentes, principalmente monóxido de carbono, d) Conforto e segurança de operação, sendo adequado para instalações residenciais e comerciais.
  13. 13. AQUECEDOR COMPACTO Aquecedor compacto Gases de exaustão Entrada de água quente Saída de água quente Entrada dos reagentes (Ar/GN) Meio poroso Isolamento
  14. 14. AQUECEDOR COMPACTO
  15. 15. AQUECEDOR COMPACTO Anéis de injeção Gases de exaustão Trocador de calor <ul><ul><li>Meio Poroso utilizado nos testes </li></ul></ul>
  16. 16. AQUECEDOR COMPACTO Aquecedor compacto Nova Configuração Gases de exaustão Meio poroso Trocador de calor Entrada de água Injeção dos reagentes Isolamento térmico
  17. 17. FORNO DE PADARIA
  18. 18. FORNO DE PADARIA Elétrico - convencional Gás – termossifões 1ª versão Gás – termossifões 2ª versão
  19. 19. FORNOS DOMÉSTICOS
  20. 20. FORNO DE BISCOITO
  21. 21. LABTUCAL – Laboratório de Tubos de Calor UFSC Parceiros no Desenvolvimento de Fornos
  22. 22. LEVANTAMENTO DE MERCADO POTENCIAL DE ELETROTERMIA RESIDENCIAL E COMERCIAL <ul><li>Objetivo : Levantamento do mercado potencial da eletrotermia nos segmentos residencial e comercial, mapeamento e cadastramento dos equipamentos e processos disponíveis e prospecção de demandas de desenvolvimento tecnológico, visando a substituição da eletrotermia pela queima do gás natural. </li></ul><ul><li>Fases </li></ul><ul><ul><li>Pesquisa Preliminar </li></ul></ul><ul><ul><li>Levantamento de Dados </li></ul></ul><ul><ul><li>Cadastramento das Tecnologias Disponíveis </li></ul></ul><ul><ul><li>Análise da Prospecção Visando Conversão/Aplicação de GN </li></ul></ul>Equipamentos a Gás Equipamentos Elétricos
  23. 23. ESTUDO DE MERCADO E COMPETITIVIDADE DE PROJETOS DE IMPLANTAÇÃO DE COGERAÇÃO NO MERCADO URBANO Objetivo Apresentar o resultado das pesquisas realizadas nos 32 potencias clientes apresentados pela SCGÁS para análise de mercado e viabilidade técnica econômica do negócio de cogeração com Gás Natural no mercado urbano nos municípios de Florianópolis e São José – Santa Catarina Análise Quantitativa Foi realizado um levantamento completo em cada cliente dos dados de: Tipos de “energéticos; Consumo; Equipamentos atuais; Perfil de consumo; Cargas térmicas; Instalações atuais. Análise Qualitativa Identificar as oportunidades e avaliação do “grau de dificuldade” e “grau de importância”, na visão de cada cliente, de parâmetros relacionados à implementação do projeto em seus aspectos técnicos e comerciais.
  24. 24. ESTUDO DE MERCADO E COMPETITIVIDADE DE PROJETOS DE IMPLANTAÇÃO DE COGERAÇÃO NO MERCADO URBANO Código da Planilha Identificação do Cliente e dos Equipamentos Selecionados Aba de Dados Utilizam informações da aba “ Dados ” para os cálculos.
  25. 25. PARCEIROS
  26. 26. DISSEMINAÇÃO DO CONHECIMENTO
  27. 27. <ul><ul><li>Divulgação de Pesquisas em Eventos Comerciais </li></ul></ul><ul><ul><li>Palestras em Congressos </li></ul></ul><ul><ul><li>Realização de Cursos Internos </li></ul></ul><ul><ul><li>Publicação de Artigos Técnicos e Informativos </li></ul></ul><ul><ul><li>IGRC Seul 2011: 5 artigos enviado e aprovados </li></ul></ul>DISSEMINAÇÃO DO CONHECIMENTO
  28. 28. Grato pela atenção Ricardo Konishi Gerente de Tecnologia de Gás Natural e-mail: konishi@scgas.com.br Telefone: 48 3229-1108 www.scgas.com.br

×