12 - Mercado urbano - uma visão de negócio - SCGÁS

750 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
750
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
54
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

12 - Mercado urbano - uma visão de negócio - SCGÁS

  1. 1. Apresentação elaborada por Giancarlo Luchetta Bedin Mercado Urbano - Uma visão de negócio. Giancarlo Luchetta Bedin, Gerente de Mercado Urbano e Veicular
  2. 2. agenda 1. Mercado Urbano hoje 2. Visão Retrospectiva 3. Expansão 4. Projetos 5. Questões Relevantes
  3. 3. Mercado urbano hoje
  4. 4. Mercado urbano hoje Segmento Comercial:  208 clientes, espalhados por toda extensão dos cerca de 900 km de rede da SCGÁS;  Venda média diária de 2011 projetada em 15.300 m³/dia;  Faturamento 2011 de R$ 9,2 milhões;  R$ 4,0 milhões margem de contribuição em 2011.
  5. 5. Mercado urbano hoje Segmento Residencial:  2070 consumidores, espalhados em 2 cidades atendidas, Criciúma e Florianópolis. Projeção de 3200 ao final de 2011;  Venda média diária de 2011 projetada em 1.800 m³/dia;  Faturamento 2011 de R$ 1,56 milhões;  R$ 890 mil margem de contribuição em 2011.
  6. 6. Segmento Segmento Comercial ResidencialVisão Retrospectiva
  7. 7. Segmento Segmento Comercial ResidencialVisão Retrospectiva
  8. 8. Visão Retrospectiva Vendas 16.000 200% 14.000 175% 12.000 150% 10.000 125% Segmento Comercial 8.000 100% 6.000 75% 4.000 50% 2.000 25% 0 0% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Vendas médias (m³/dia) Crescimento (%) Clientes Faturamento250 200% R$ 10.000,00 175%200 R$ 8.000,00 150% 125%150 R$ 6.000,00 100%100 75% R$ 4.000,00 50%50 25% R$ 2.000,00 0 0% 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 R$ - Número de Clientes Crescimento (%) 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011
  9. 9. Segmento Segmento Comercial ResidencialVisão Retrospectiva
  10. 10. Visão Retrospectiva 2000 Vendas 1600 1200 m³/dia Segmento Residencial 800 400 0 Consumidores 2007 2008 2009 2010 2011 3500 R$ 2.000.000 Faturamento 3000 R$ 1.600.000 2500consumidores 2000 R$ 1.200.000 1500 R$ 800.000 1000 R$ 400.000 500 0 R$ - 2007 2008 2009 2010 2011 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011
  11. 11. Estratégia Segmento Segmento Investimentos Custos e Comercial Residencial Estrutura Expansão
  12. 12. Estratégia Segmento Segmento Investimentos Custos e Comercial Residencial Estrutura Expansão
  13. 13. Estratégia Segmento Residencial Núcleo Geração de projetos de malhas de rede de distribuição de gás em cidades previamente escolhidas. Projetos gerados incorporam a carteira da companhia. Os melhores projetos são selecionados para incorporação ao Plano Plurianual de Negócios, entrando em rotina de implantação. Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  14. 14. Estratégia Segmento Residencial Pontos Relevantes  Comunicação de valor;  Gestão por projetos, com acompanhamento de indicadores específicos;  Parametrização de atividades;  Foco na experiência do cliente;  Desenvolvimento de competências;  Foco e permanências nas cidades escolhidas. Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  15. 15. Estratégia – Segmento Comercial Expansão de mercado através da geração de projetos de saturação da infra-estrutura de redes de distribuição já implantadas. Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  16. 16. Estratégia Segmento Segmento Investimentos Custos e Comercial Residencial Estrutura Expansão
  17. 17. Expansão VendasProjeção m³/dia Segmento Comercial 21.302 24.612 18.792 16.812 15.300 14.332 Clientes 800 620 2011 2012 2013 2014 2015 469 3692402712011 2012 2013 2014 2015
  18. 18. Expansão Participação no Resultado Projeção 3,50% 3,00% 2,50% Segmento Comercial 2,00% 1,50% 1,00% 0,50% Fat & Margem 0,00% 2011 2012 2013 2014 201518.000.00016.000.000 Participação na Margem (%)14.000.00012.000.00010.000.000 8.000.000 6.000.000 4.000.000 2.000.000 - 2011 2012 2013 2014 2015 Faturamento anual (R$) Margem de Contribuição anual (R$)
  19. 19. Estratégia Segmento Segmento Investimentos Custos e Comercial Residencial Estrutura Expansão
  20. 20. Expansão VendasProjeção m³/dia 19.307 Segmento Residencial 12.658 7.404 4.057 1.800 Consumidores 30046 2011 2012 2013 2014 2015 20448 11937 640432462011 2012 2013 2014 2015
  21. 21. Expansão Participação no Resultado 5,00% Projeção 4,00% 3,00% Segmento Residencial 2,00% 1,00% 0,00% Fat & Margem 2011 2012 2013 2014 201520.000.000 Participação na Margem (%)15.000.00010.000.000 5.000.000 - 2011 2012 2013 2014 2015 Faturamento anual (R$) Margem de Contribuição anual (R$)
  22. 22. Estratégia Segmento Segmento Investimentos Custos e Comercial Residencial Estrutura Expansão
  23. 23. Projeção de CrescimentoInvestimentos 2011 - 2015:  Redes de Distribuição R$ 62,2 milhões  Conversão de redes internas R$ 13,5 milhões  Marketing & Comunicação R$ 3,4 milhões  Comercialização Terceirizada R$ 2,7 milhões
  24. 24. Estratégia Segmento Segmento Investimentos Custos e Comercial Residencial Estrutura Expansão
  25. 25. Ampliação de Estrutura Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  26. 26. Ampliação de Estrutura Áreas com previsão de crescimento Marketing; Gestão de mercado; Atendimento ao cliente; Suporte; Operação; Engenharia; Finanças. Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  27. 27. Evolução de Custos Custo Total (R$/m³)* Segmento Comercial 2,00 Custo total (R$/m³) 1,50 Segmento ResidencialR$/m³ 1,00 3,00 0,50 2,50 Custo total (R$/m³) 2,00 0,00 R$/m³ 2011 2012 2013 2014 2015 1,50 1,00 0,50 * Custo Total considera: Aquisição de gás, impostos, custo operacional e custo de 0,00 comercialização e comunicação 2011 2012 2013 2014 2015
  28. 28. Projetos2011 - 2015
  29. 29. 32 km de RDGN Clientes  6.500 un. Residenciais  40 Comércios Rentabilidade  Fase 1: TIR 16,3%  Fase 2: TIR 14,9% Investimentos InícioRede:  2010 R$ 7,2 milhõesConversão: R$ 4,81 milhõesMkt e Vendas: Projeto Criciúma R$ 1,75 milhões Fases 1 e 2 Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  30. 30. 93 km de RDGN Clientes  11.250 unidades residenciais  50 Comércios Rentabilidade  Fase 1: TIR 12,2 %  Fases 2, 3, 4: TIR 5,0% Investimentos InícioRede:  2011 R$ 26,8 milhõesConversão: R$ 4,70 milhões Projeto BlumenauMkt e Vendas: R$ 2,58 milhões Fases 1, 2, 3 e 4 Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  31. 31. Investimentos Clientes Rede:  7.550 un residenciais R$ 20,3 milhões  50 Comércios Conversão: R$ 3,28 milhões Rentabilidade Mkt e Vendas: Fase 1: TIR 12,8% R$ 1,81 milhões  Fases 2 e 3: TIR 7% Início  2011 Projeto Joinville70 km de RDGN Fases 1, 2 e 3 Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  32. 32. 7,6 km de RDGN Clientes  2.900 un residenciais  30 Comércios Rentabilidade  15,7% TIR Início Investimentos  2013Rede: R$ 2,05 milhõesConversão: R$ 1,65 milhõesMkt e Vendas: Projeto São José R$ 0,65 milhões Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  33. 33. 36,7 km de RDGN Clientes  15.700 unidades residenciais  100 Comércios Rentabilidade  F Comp Norte TIR 19,8%  F Comp Sul TIR 13%  F Trindade TIR 14,8% Investimentos  F Coqueiros Abr TIR 13%Rede: R$ 13 milhões InícioConversão: R$ 10 milhõesMkt e Vendas: Projeto  2013 R$ 3,9 milhões Florianópolis Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  34. 34. 16,5 km de RDGN Clientes  10.000 un residenciais  30 Comércios Rentabilidade  21,27 % TIR Início Investimentos  2012Rede: R$ 5,45 milhõesConversão: R$ 0,00 milhõesMkt e Vendas: Projeto Pedra Branca R$ 150 mil Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  35. 35. Clientes  380 Comércios, espalhados ao longo de toda a extensão da rede de distribuição de gás natural de Santa Catarina. Rentabilidade  Média de 20% de TIR InvestimentosRede: Início R$ 12milhões  2011Conversão: R$ 2,10 milhõesMkt e Vendas: R$ 0,00 Projetos de Saturação Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  36. 36. QuestõesRelevantes
  37. 37. Questões Relevantes 1. A meta de médio prazo é, paradoxalmente, desafiadora e irrelevante; 2. Afinal de contas, qual é o mercado captável?? Qual é o mercado alvo?? 3. Não há empresas parceiras suficientes, especialmente na área de instalações internas, para fazer face aos objetivos estabelecidos; Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  38. 38. Questões Relevantes4. Abordagem da companhia para disponibilização de estrutura interna é muito tímida, tanto na comparação com as possibilidades quanto com as demandas.5. Como transformar a cultura das empresas, tirando foco de infra-estrutura e indústria para mercado e consumidor?? Encontro do Segmento Residencial – João Pessoa - Agosto 2011
  39. 39. Giancarlo Luchetta BedinGerente de Mercado Urbano eVeicular www.scgas.com.br 0800 48 5050

×