O lixo e nossa saúde

2.121 visualizações

Publicada em

Qual é a importância do lixo doméstico que produzimos para a nossa saúde e a saúde das pessoas que estão a nossa volta?
A resposta a essa pergunta sempre foi importante, mas nos dias atuais ganhou ainda mais atenção devido ao aumento de casos de dengue na maioria das cidades de nossa região.
Não é segredo que esse aumento do contágio que se dá pela picada do Aedes aegypti se deve também pelo acúmulo inadequado de lixo nas nossas residências e nas ruas de nossos bairros. No entanto, o que percebemos em nossas escolas é que embora essa informação não seja segredo, não esteja escondida, ela ainda não foi apreendida, incorporada, pelos nossos alunos. Basta ver o modo como eles lidam com o lixo dentro da própria escola em que estudam.
A intenção é que ao final desse projeto os alunos tenham respostas para as seguintes questões:
• Em nosso mundo atual é possível viver sem produzir lixo?
• É possível viver produzindo menos lixo do que produzimos nos dias atuais?
• Por que produzimos tanto lixo?
• O lixo que produzimos pode ser descartado em qualquer lugar?
• Segundo alguns estudos já feitos, qual é a média atual de produção de lixo doméstico por pessoa?
• Quais são os tipos de lixo doméstico que produzimos? É possível separá-los?
• Qual é o tempo de degradação de cada tipo de lixo que descartamos?
• O lixo sempre causa doença? Quais?
• Qual é a relação existente entre o lixo doméstico e a dengue?

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.121
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O lixo e nossa saúde

  1. 1. O lixo e nossa saúde TEMA:
  2. 2. JUSTIFICATIVA O crescente aumento do número de casos de dengue em nosso município, Leme, tem uma forte relação com a forma com que tratamos o lixo que produzimos. A produção e o descarte de lixo afeta, diretamente, nossas vidas. Devemos aprender modos saudáveis de conviver com ele.
  3. 3. OBJETIVOS • Refletir sobre a produção de lixo no mundo moderno; • Vincular os termos “lixo”, “descaso”, “doenças”; • Criar uma relação direta entre a forma com que descartamos nosso lixo e a proliferação da dengue em nossa cidade;
  4. 4. METODOLOGIA • Assistir a um vídeo que nos dará uma ideia de como nossa vida moderna está inserido num paradigma que resulta numa produção crescente de lixo; • Bate papo sobre o vídeo assistido; • Pesquisa na internet sobre a relação entre o lixo e as doenças;
  5. 5. • Confecção de cartazes que relacionem o lixo e as doenças; • Palestra com convidado da área de saúde sobre a relação da dengue com o lixo. • Produção de um texto individual;
  6. 6. ATIVIDADES • Assistir ao vídeo “A história das coisas”, encontrado no endereço https://www.youtube.com/watch? v=7qFiGMSnNjw; • Conversa, bate-papo, sobre o conteúdo assistido no vídeo e sua relação com a produção de lixo na escola;
  7. 7. • No laboratório de informática, em grupos de 3 alunos, pesquisarão sobre a relação entre lixo e doenças; • Cada grupo fará um cartaz sobre os resultados de sua pesquisa, contendo as principais doenças;
  8. 8. • Os alunos assistirão uma palestra com um convidado da área de saúde municipal sobre o descarte de lixo e a dengue; • Após a palestra os alunos farão um texto reflexivo sobre o tema “O que posso fazer para conter o avanço da dengue?”;
  9. 9. AVALIAÇÃO • Os cartazes produzidos pelos grupos sobre as doenças produzidos pelo contato do homem com o lixo serão expostos na escola;
  10. 10. • Os alunos lerão as redações finais uns dos outros e darão opiniões sobre como elas poderiam ficar melhores. Após as possíveis modificações elas serão expostas para que todos leiam.

×