Maratona CBOK 2012 - Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP

98 visualizações

Publicada em

Maratona CBOK 2012 - Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
98
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Maratona CBOK 2012 - Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP

  1. 1. Maratona BPM Desenho de Processos Brasília, 23/10/2012
  2. 2.  Guido Augusto Prantoni Junior, RUP, CBPP, PMP – Consultor de processos de negócio, especialista em Qualidade e Engenharia de Software – Currículo detalhado vide http://br.linkedin.com/in/guidoprantoni – E-mail de contato: guido.prantoni@plano.inf.br Sobre o Palestrante
  3. 3.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  4. 4. Desenho de Processos – Contexto BPM CBOK
  5. 5.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  6. 6.  Especificações para um novo processo de negócio, garantindo: – que informações geradas sejam usadas – eficácia, eficiência e agilidade dos processos – qualidade e precisão da planta baixa do processo.  Aplicação do resultado gerado na Análise do Processo Desenho de Processo
  7. 7.  Fluxo de trabalho  Desempenho desejado  Recursos de dados  Plataformas tecnológicas  Controles financeiros e operacionais  Integração com processos internos e externos  Desenho lógico – que atividades são executadas  Desenho físico – como as atividades são executadas Desenho de Processo Deve Descrever
  8. 8.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  9. 9.  Definir o novo processo  Definir atividades dentro do processo  Analisar intervalos e comparações  Criar o desenho físico  Analisar e desenhar a infraestrutura de TI  Criar um plano de implementação  Simular, testar e aceitar o modelo Atividades Básicas no Desenho de Processos
  10. 10.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  11. 11.  Interações com clientes  Atividades com adição de valor  Redução de handoff  Trabalho onde faz mais sentido  SPC  Fluxo Contínuo  Desenhar, depois automatizar  Processos padronizados  Regras de negócio  Conformidade Princípios do Desenho de Processos
  12. 12.  Equipes unidas para questões complexas  Terceirização  Qualidade no início  Envolver o menor número de pessoas  Reduzir tamanho do lote  Antecipar necessidades de informação no fluxo  do processo  Criar processo separado para cada grupo Outros Princípios de Desenho de Processos
  13. 13.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  14. 14.  Envolvimento direto e liderança da equipe executiva  Colocar a responsabilidade pelo sucesso da iniciativa nos ombros do dono do processo  Criação de programas de incentivo e recompensas  Participação efetiva das pessoas envolvidas no processo que tomam decisões-chave  Desenho de processo deve ser de melhoria contínua  Liderança deve fazer o investimento necessário para assegurar que o projeto de processo de negócio seja bem sucedido  Entendimento da estratégia de negócio  Conhecer as necessidades do cliente Fatores-Chave de Sucesso
  15. 15. OBRIGADO! PlanoPro2 SRTVS Qd. 701, Ed. Multiempresarial, Salas 708/711 Brasília-DF, 70040-020 Fones: (61) 3322-1010 (61) 3964-9404 Fax: (61) 3964.9403 www.planopro2.com.br

×