Elo Group ConvergêNcia Em GestãO E AutomaçãO De Processos (Iqpc)

1.621 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.621
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
284
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Elo Group ConvergêNcia Em GestãO E AutomaçãO De Processos (Iqpc)

    1. 1. Convergência em Gestão e Automação de Processos Integrando e Priorizando Iniciativas em Processos Rafael Clemente Sócio-Diretor
    2. 2. ELO Group - Visão Institucional <ul><li>Quadro de consultores altamente capacitado atuando como professores em MBAs e cursos diversos da COPPE / UFRJ; </li></ul><ul><li>Fundada no Parque Tecnológico da COPPE/UFRJ , um dos mais reconhecidos centros de pesquisa e desenvolvimento da América Latina; </li></ul><ul><li>Spin-off do Grupo de Produção Integrada, da Engenharia de Produção da COPPE/UFRJ; </li></ul><ul><li>Fundadora do Consórcio ISG & ELO no desenvolvimento de novos negócios, inovação e gestão de serviços. </li></ul><ul><li>Consultoria especializada nas áreas de Gestão de Processos e Gestão de Riscos </li></ul><ul><li>Experiência em projetos em diversos segmentos (financeiro, seguradoras, varejo, elétrico, petróleo, fármacos, telecomunicações, governo, construção e manufatura) </li></ul>
    3. 3. Experiências e Referências Experiência anterior dos sócios e equipe de consultores do consórcio ISG & ELO em projetos de consultoria e treinamentos em clientes públicos e privados
    4. 4. Agenda <ul><li>Divergências no entendimento de BPM </li></ul><ul><li>Abordagem combinada de processos e riscos </li></ul><ul><li>Principais problemas na convergência das iniciativas relacionadas a BPM </li></ul><ul><li>Garantindo a convergência entre as iniciativas: Portal BPM e a Governança de Iniciavas de BPM </li></ul><ul><li>Casos de aplicação da Governança e do Portal BPM </li></ul>
    5. 5. <ul><li>Como as organizações entendem o termo BPM? </li></ul>
    6. 6. Fonte: The State of Business Process Management, 2006
    7. 7. <ul><li>Quais os motivadores para a adoção de BPM? </li></ul>
    8. 8. Fonte: The State of Business Process Management, 2006
    9. 9. <ul><li>Que iniciativas em BPM vêm sendo executadas nas organizações? </li></ul>
    10. 10. Fonte: The State of Business Process Management, 2006
    11. 11. <ul><li>Como é a responsabilização pelas ações de BPM? </li></ul>
    12. 12. Fonte: The State of Business Process Management, 2006
    13. 13. Desafios da Gestão de Processos Fonte: The State of Business Process Management, 2006 Múltiplos Entendimentos Múltiplas Iniciativas Múltiplos Motivadores Múltiplas Responsabilidades
    14. 14. Combinação entre processos e riscos Insatisfação Custos excessivos riscos Outros
    15. 15. Abordagem combinada de processos e riscos Processo como lógica de entendimento Risco como linguagem universal para análise e melhoria “ Risco é o efeito da incerteza nos objetivos” (ISO/TMB/WG Risk Management)
    16. 16. Como se dá a gestão das iniciativas em BPM? Iniciativa 1 Iniciativa 2 Iniciativa 3 Responsáveis Interessados Processo 1 Processo 2 Processo 3 Processo 4
    17. 17. Quais as competências necessárias para o processo? Os funcionários estão satisfeitos? Quais as principais fontes de reclamações dos clientes? Quais os requisitos de sistemas a serem atendidos? Quais as vulnerabilidades à fraude e roubos existentes? Quais requisitos legais não estão sendo atendidos? O processo é capaz de suportar a estratégia da empresa? Qual o desempenho operacional do processo? Quais os riscos de terceirização da atividade? Contratos RH Ouvidoria Segurança TI Gerência Diretoria Jurídico ?????
    18. 18. Principais sintomas... <ul><li>Incapacidade de priorização </li></ul><ul><li>Dispersão de iniciativas </li></ul><ul><li>Sobreposição de esforços </li></ul><ul><li>Falta de clareza de responsabilidades </li></ul><ul><li>Inconsistência de informações </li></ul><ul><li>Múltiplos pontos de contato </li></ul>
    19. 19. Como se dá o alinhamento das iniciativas em BPM? Iniciativa 1 Iniciativa 2 Iniciativa 3 Responsáveis Interessados Processo 1 Processo 2 Processo 3 Processo 4 Portal BPM – Riscos como linguagem de priorização Governança de iniciativas de BPM – alinhamento e responsabilização Portal BPM – Convergência das informações sobre BPM
    20. 20. Portal BPM e Governança Quais as competências necessárias para o processo? Os funcionários estão satisfeitos? Quais as principais fontes de reclamações dos clientes? Quais os requisitos de sistemas a serem atendidos? Quais as vulnerabilidades à fraude e roubos existentes? Quais requisitos legais não estão sendo atendidos? O processo é capaz de suportar a estratégia da empresa? Qual o desempenho operacional do processo? Quais os riscos de terceirização da atividade? Contratos RH Ouvidoria Segurança Gerência Diretoria Jurídico TI
    21. 21. Qual o principal tipo de vulnerabilidade existente nos meus processos relativo ao atendimento ao cliente? Qual a relação do meu volume de perdas com multas e a falta de monitoração nos processos em que elas ocorrem? Qual a relação entre processos fragmentados em silos funcionais e a quantidade de erros e atrasos que vem ocorrendo? Quais são os impactos de uma nova lei no desempenho do meu processo e como compensar possíveis perdas? Quais foram as principais mudanças ocorridas e o impactado delas nos processos? A implantação de um novo sistema irá interferir em quais áreas e processos? Quais atividades eu posso automatizar? Qual a maturidade dos processos de negócios estratégicos? Portal BPM e Governança Contratos RH Ouvidoria Segurança Gerência Diretoria Jurídico TI
    22. 22. Principais vantagens... <ul><li>Riscos como linguagem de priorização </li></ul><ul><li>Alinhamento e acompanhamento das iniciativas de melhoria </li></ul><ul><li>Distribuição dos esforços de forma orquestrada </li></ul><ul><li>Governança das iniciativas </li></ul><ul><li>Consistência das informações </li></ul><ul><li>Único ponto de “contato” </li></ul>
    23. 23. Suporte a todo o ciclo de um processo <ul><li>Uniformização da linguagem </li></ul><ul><li>Definição e Priorização das Iniciativas </li></ul><ul><li>Definição dos investimentos </li></ul><ul><li>Definição de planos de ação </li></ul><ul><li>Estabelecimento das sinergias </li></ul><ul><li>Definição da governança </li></ul><ul><li>Acompanhamento das iniciativas </li></ul><ul><li>Integração das ações </li></ul><ul><li>Difusão das iniciativas </li></ul><ul><li>Dashboards personalizados </li></ul><ul><li>Colect once satisfy many </li></ul><ul><li>Realimentação do ciclo </li></ul>Governança de iniciativas de BPM Portal BPM - Dashboards Portal BPM - Riscos
    24. 24. Framework de atuação ELO Group
    25. 35. Obrigado! Rafael Clemente rafael.clemente @elogroup.com.br (21) 8162-2362 (21) 2561-5619 RIO DE JANEIRO – SÃO PAULO - CAMPINAS

    ×