BPM & Transformação Digital

98 visualizações

Publicada em

BPM & Transformação Digital

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
98
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 1) As organizações precisam mudar (pressão interna ou externa)
    2) Fazer rápido e com baixo custo
  • 1) As organizações precisam mudar (pressão interna ou externa)
    2) Fazer rápido e com baixo custo
  • BPM & Transformação Digital

    1. 1. Rio de Janeiro | São Paulo | Belo Horizonte | Brasília
    2. 2. Rio de Janeiro | São Paulo | Belo Horizonte | Brasília | Fortaleza | Curitiba | BPM & TRANSFORMAÇÃO DIGITAL Como o ciclo de vida de BPM deve ser repensado para impulsionar a transformação digital
    3. 3. | 3©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 TRILHAS TEMÁTICAS Seis temas, grandes debates, resultados excepcionais RACIONALIZAÇÃO E REDUÇÃO DE DESPESAS REDUÇÃO DE CUSTO E DESPERDÍCIOS EM PROCESOSS ORGANIZAÇÃO E PESSOAS CONCEPÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE SOLUCÕES DE TI POR MEIO DE PROCESSOS BPM E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL Como reduzir custos estruturando melhores contratos com fornecedores e racionalizando gastos com despesas gerais de materiais e serviços. Como otimizar o custo dos seus processos através da alocação eficiente dos recursos humanos (sizing) e de ações focadas em redução de perdas e desperdícios? Como processos habilitam transformações de pessoas e organizações, contribuindo para a produtividade e a competitividade. Como entregar melhores soluções e acelerar projetos de desenvolvimento conectando as abordagens de BPM, especificação de sistemas e desenvolvimento ágil Os 3 desafios de um BPMS: Velocidade e autonomia no desenvolvimento de soluções! Produtividade e experiência digital na execução de seus processos! INSIGHTS E LIÇÕES APRENDIDAS E PROJETOS DE TRANSFORMAÇÃO O O que aprendemos com os últimos 10 anos e mais de 2000 projetos de BPM realizados.
    4. 4. | 4©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 TRILHAS TEMÁTICAS Seis temas, grandes debates, resultados excepcionais RACIONALIZAÇÃO E REDUÇÃO DE DESPESAS REDUÇÃO DE CUSTO E DESPERDÍCIOS EM PROCESOSS ORGANIZAÇÃO E PESSOAS CONCEPÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE SOLUCÕES DE TI POR MEIO DE PROCESSOS BPM E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL Como reduzir custos estruturando melhores contratos com fornecedores e racionalizando gastos com despesas gerais de materiais e serviços. Como otimizar o custo dos seus processos através da alocação eficiente dos recursos humanos (sizing) e de ações focadas em redução de perdas e desperdícios? Como processos habilitam transformações de pessoas e organizações, contribuindo para a produtividade e a competitividade. Como entregar melhores soluções e acelerar projetos de desenvolvimento conectando as abordagens de BPM, especificação de sistemas e desenvolvimento ágil Os 3 desafios de um BPMS: Velocidade e autonomia no desenvolvimento de soluções! Produtividade e experiência digital na execução de seus processos! INSIGHTS E LIÇÕES APRENDIDAS E PROJETOS DE TRANSFORMAÇÃO O O que aprendemos com os últimos 10 anos e mais de 2000 projetos de BPM realizados.
    5. 5. 5 Um novo paradigma: Transformação Digital
    6. 6. | 6©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
    7. 7. | 9©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    8. 8. | 10©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    9. 9. | 11©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 ELOGROUP DIGITAL MINDSET
    10. 10. | 12©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 ELOGROUP DIGITAL MINDSET
    11. 11. Como BPM deve ser repensado para impulsionar a transformação digital
    12. 12. | 14©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria CICLO DE VIDA DE BPM NO MUNDO DIGITAL
    13. 13. | 15©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    14. 14. | 16©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria O QUE MUDA NA FORMA COMO PROJETAMOS E IMPLEMENTAMOS PROCESSOS E SOLUÇÕES?? Lean Mindset
    15. 15. | 17©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 O IMPACTO DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NA PRODUTIVIDADE DAS ORGANIZAÇÕES
    16. 16. | 18©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 QUAL SERÁ O IMPACTO DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
    17. 17. | 19©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Perda por retrabalho Perda por controle e burocracia excessiva Perda por ociosidade Perda por mal uso de recursos Perda por falha na contratação /fiscalização Perda por produto entregue com erro Perda por descontinuidade
    18. 18. | 20©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 O QUE APRENDEMOS COM ESTAS EMPRESAS?
    19. 19. | 21©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria O QUE MUDA NA FORMA COMO PROJETAMOS E IMPLEMENTAMOS PROCESSOS E SOLUÇÕES?? Lean Mindset Design Ágil
    20. 20. | 22©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 1.Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas 2.Software em funcionamento mais que documentação abrangente 3.Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos 4.Responder a mudanças mais que seguir um plano COMO TRAZER OS PRINCÍPIOS DO MOVIMENTO ÁGIL PARA O MUNDO DE BPM
    21. 21. | 23©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Custo Período de iteração Conhecimento Tempo Custo Conhecimento Período de iteração MATERIALIZANDO AS PRINCIPAIS IDEIAS DO MOVIMENTO ÁGIL
    22. 22. | 24©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 • No entendimento e análise dos processos atuais? • No desenho dos processos futuros? • Na implementação de melhorias associadas a pessoas/organização? • No desenvolvimento e implementação de sistemas? Desafio: migrar de meses para semanas! QUANTO TEMPO VOCÊ LEVA PARA CONDUZIR UM PROJETO HOJE?
    23. 23. | 25©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria O QUE MUDA NA FORMA COMO PROJETAMOS E IMPLEMENTAMOS PROCESSOS E SOLUÇÕES?? Lean Mindset Design Ágil Implementação Ágil
    24. 24. | 26©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 ORGANIZAÇÃO BIMODAL E O DUPLO PAPEL DE TI
    25. 25. | 27©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 USUÁRIOS INTERFACE USUÁRIOS AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS SERVIÇOS SISTEMAS e PRODUTOS ERP ORÇAMENTO FOLHA DE PAGAMENTO PATRIMONIO PONTO ELET. DEPARTAMENTO FINANCEIRO DEPARTAMENTO DE RH ALMOXARIFADO Adaptado de Braher (2007) ANALISTA DE RH GESTOR DA ÁREA ANALISTA DE RH PROCESSO COMO ORQUESTRADOR DE PESSOAS E DE SISTEMAS JÁ EXISTENTES
    26. 26. | 28©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria O QUE MUDA NA FORMA COMO PROJETAMOS E IMPLEMENTAMOS PROCESSOS E SOLUÇÕES?? Lean Mindset Design Ágil Implementação Ágil Autonomia na Implementação
    27. 27. | 29©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Requisitos Especificação TEMPO Design Desenvolvimento Homologação Requisitos Especificação Desenvolvimento Design Homologação Requisitos PROTÓTIPO Requisitos PROTÓTIPO Homologação Homologação Requisitos PROTÓTIPO Homologação Design Desenvolvimento Homologação DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS
    28. 28. | 30©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 6 ANALISTAS DE NEGÓCIOS 100 REQUISITOS DEMANDADOS 16 DESENVOLVEDORES 20 REQUISITOS IMPLEMENTADOS ! GARGALO DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL MINIMIZAR DEPENDÊNCIA DA TI NA CONSTRUÇÃO DE PROCESSOS AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS 50 REQUISITOS DE BPM FILTRADOS + 50 REQUISITOS IMPLEMENTADOS16 ANALISTAS DE NEGÓCIOS 4 DESENVOLVEDORES
    29. 29. | 31©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria O QUE MUDA NO FORMA COMO OS PROCESSOS SÃO EXECUTADOS?? Jornada Digital do Cliente
    30. 30. | 33©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    31. 31. | 34©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Self-Service JORNADA DO CLIENTE DIGITAL
    32. 32. | 35©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 EXPERIÊNCIA DO CLIENTE INTEGRADA ENTRE OS MÚLTIPLOS CANAIS
    33. 33. | 36©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    34. 34. | 37©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    35. 35. | 38©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria O QUE MUDA NO FORMA COMO OS PROCESSOS SÃO EXECUTADOS?? Jornada Digital do Cliente Processos Flexíveis
    36. 36. | 39©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    37. 37. | 40©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    38. 38. | 41©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 COMO MODELAMOS NOSSOS PROCESSOS? COMO OS PROCESSOS ACABAM SENDO EXECUTADOS? O QUE FAZER?
    39. 39. | 42©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 O QUE NÃO FAZER?
    40. 40. | 43©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 TAREFAS AD HOC CHAT Recrutamento Seleção Admissão Seleção Interna Movimen- tação GESTÃO DO TRABALHO ESTRUTURADO GESTÃO DO TRABALHO NÃO ESTRUTURADO
    41. 41. | 44©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Emitir pedido Analisar Atender Buscar parceiro Encaminhar Emitir pedido PRE ANÁLI SE Atender Buscar parceiro Encaminhar ANÁLISE COMO O PROCESSO É EXECUTADO? COMO ELE TERIA SIDO MODELADO
    42. 42. | 45©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Emitir pedido Analisar Atender Buscar parceiro Encaminhar Emitir pedido Analisar Atender Buscar parceiro Encaminhar Emitir pedido Analisar Atender Buscar parceiro Encaminhar Emitir pedido Analisar Atender Buscar parceiro Encaminhar Emitir pedido Analisar Atender Buscar parceiro Encaminhar Emitir pedido Analisar Atender Buscar parceiro Encaminhar
    43. 43. | 46©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Emitir pedido Analisar Atender Buscar parceiro Encaminhar Emitir pedido Atender Buscar parceiro Encaminhar Analisar Parecer Jurídico COMO O PROCESSO É EXECUTADO? COMO ELE TERIA SIDO MODELADO
    44. 44. | 47©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 PROCESSOS FLEXÍVEIS CENTRADOS NO PACIENTE
    45. 45. | 48©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria O QUE MUDA NO FORMA COMO OS PROCESSOS SÃO EXECUTADOS?? Jornada Digital do Cliente Processos Flexíveis Processos Conectados
    46. 46. | 49©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 O REAL VALOR DA INTERNET DAS COISAS ESTÁ NAS CONEXÕES ENTRE PESSOAS, PROCESSOS, DADOS E OBJETOS
    47. 47. | 50©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria O QUE MUDA NO FORMA COMO OS PROCESSOS SÃO EXECUTADOS?? Jornada Digital do Cliente Processos Flexíveis Processos Conectados Processos Personalizados
    48. 48. | 51©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 PERSONALIZAÇÃO DOS PROCESSOS
    49. 49. | 52©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    50. 50. | 53©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 PROCESSO “TRILHO” PROCESSO “GPS” PROCESSOS PARA A ORGANIZAÇÃO BIMODAL
    51. 51. | 54©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 EXEMPLO
    52. 52. | 55©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria CICLO DE VIDA DE BPM NO MUNDO DIGITAL Tempo Real
    53. 53. | 56©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    54. 54. | 57©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria CICLO DE VIDA DE BPM NO MUNDO DIGITAL Tempo Real Inteligência em Processos
    55. 55. | 58©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 • Gargalos • Caminhos críticos • Erros e retrabalhos mais frequentes • Taxa de Alocação de Recursos • Etc. ANÁLISES INTELIGENTES A PARTIR DA COLETA DE DADOS SOBRE EXECUÇÃO
    56. 56. | 59©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 QUÃO INTELIGENTES SÃO SEUS PROCESSOS? Inteligência em Processos  BI aplicado a processos  Visão de dashboard de processos em execução  Reportes do histórico  Conteúdo apenas do BPMS Inteligência sobre processos
    57. 57. | 60©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria CICLO DE VIDA DE BPM NO MUNDO DIGITAL Tempo Real Inteligência em Processos Processos Inteligentes
    58. 58. | 61©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 QUÃO INTELIGENTES SÃO SEUS PROCESSOS? Inteligência em Processos Processos inteligentes  BI aplicado a processos  Visão de dashboard de processos em execução  Reportes do histórico  Conteúdo apenas do BPMS Inteligência sobre processos  Dashboards acionáveis  Automatizar atividades com base em eventos externos  Conteúdo de múltiplas fontes Processos que agem de forma inteligente
    59. 59. | 62©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015
    60. 60. | 63©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 Design e Implementação Execução Monitoramento e Melhoria CICLO DE VIDA DE BPM NO MUNDO DIGITAL Tempo Real Inteligência em Processos Processos Inteligentes Jornada Digital do Cliente Processos Flexíveis Processos Conectados Processos Personalizados Lean Mindset Design Ágil Implementação Ágil Autonomia na Implementação
    61. 61. | 65©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 ALINHAMENTO DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL X AUTOMAÇÃO DE PROCESSSOS
    62. 62. | 66©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL
    63. 63. | 67©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. UC-003 Descrição: Buscar passagem Fluxo principal: - Após selecionar o passageiro o usuário deve inserir os dados do vôo para procurar as passagens disponíveis. Devem ser preenchidos os campos: - Origem - Destino - Data da ida - Data da volta # CASO DE USO UC-001 Realizar login no sistema UC-002 Selecionar passageiro UC-003 Buscar passagem UC-004 Selecionar passagem UC-005 Enviar comprovante ESFORÇO DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL
    64. 64. | 68©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO PASSAGEIRO ORIGEM DESTINO IDA / / VOLTA / / OBSERVAÇÕES ‘ DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL
    65. 65. | 69©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL
    66. 66. | 70©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL
    67. 67. | 71©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO DESENVOLVIMENTO TRADICIONAL
    68. 68. | 72©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO AUTOMAÇÃO
    69. 69. | 73©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO AUTOMAÇÃO
    70. 70. | 74©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO AUTOMAÇÃO
    71. 71. | 75©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO AUTOMAÇÃO
    72. 72. | 76©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO AUTOMAÇÃO
    73. 73. | 77©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO AUTOMAÇÃO
    74. 74. | 78©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO AUTOMAÇÃO
    75. 75. | 79©EloGroup| Todos os direitos reservados 2015 REDESENHO REQUISITOS PROTOTIPO DESIGN DESENVOLV. HOMOLOG. ESFORÇO AUTOMAÇÃO
    76. 76. ANDRÉ MACIEIRA andre.macieira@elogroup.com.br

    ×