ConcretismoDefinição – Características - Obras
CONCRETISMO• Foi um movimento vanguardista que ocorreunas artes plásticas, na música e na poesia. Surgiuna Europa, na déca...
• Max Bill (Winterthur,Suíça, 1908 mdash; 9 dedezembro de 1994) foium designer gráfico,designer de produto,arquiteto, pint...
• Pierre Henri Marie Schaeffer, nasceu emNancy, 14 de agosto de 1910 - 19 deagosto de 1995. Foi um compositor da França,co...
19 de julho de 1893 – 14de abril de 1930. Foium poeta, dramaturgo eteórico russo,frequentemente citadocomo um dos maioresp...
CONCRETISMO NO BRASIL
• Foi um grupo de poetas formado em 1952, em SãoPaulo, Brasil. Foi integrado por Haroldo de Campos,Décio Pignatari, August...
• Augusto Luís Browne deCampos (São Paulo, 14 defevereiro de 1931) é um poeta,tradutor e ensaísta brasileiro. Éum dos cria...
• Usando recursos visuais como adisposição geométrica das palavras napágina, a aplicação de cores e dediferentes tipos de ...
• Seus textos críticos podem ser lidos em Teoriada poesia concreta, Balanço da Bossa, À margemda margem e o Anticrítico, e...
• Nasceu em Jundiaí (20 de agosto de 1927) éum poeta, ensaísta, professor e tradutor brasileiro.• Desde os anos 1950, real...
• Nasceu em São Paulo (19 deagosto de 1929 — 16 deagosto de 2003) foi um poetae tradutor brasileiro.Ingressou na Faculdade...
CARACTERÍSTICAS• Elaboração artística em busca da forma precisa;• Ênfase na racionalidade, no raciocínio e naciência;• Uso...
Pra raciocinar!
Teoria da Poesia ConcretaAugusto de Campos
Pop-cretos (1964)Augusto de Campos
Galáxias (1963)Haroldo de Campos• (…) e o mar converte pois de mar se trata do marque bate sua nata de escuma se eu lhe di...
• A estrutura Galáxias pretende chegar a linguagem em estado bruto:Não há pontos, nem vírgulas nem pontos finais, nem letr...
Onde quer que você estejaEm Marte ou EldoradoAbra a janela e vejaO pulsar quase mudoAbraço de anos-luzQue nenhum sol aquec...
Concretismo By: Elayne Farias!
Concretismo By: Elayne Farias!
Concretismo By: Elayne Farias!
Concretismo By: Elayne Farias!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Concretismo By: Elayne Farias!

2.052 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.052
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Concretismo By: Elayne Farias!

  1. 1. ConcretismoDefinição – Características - Obras
  2. 2. CONCRETISMO• Foi um movimento vanguardista que ocorreunas artes plásticas, na música e na poesia. Surgiuna Europa, na década de 1950, e teve seu augeaté a década de 1960. Os artistas precursoresdeste movimento foram: Max Bill, PierreSchaeffer e Vladimir Mayakovsky.
  3. 3. • Max Bill (Winterthur,Suíça, 1908 mdash; 9 dedezembro de 1994) foium designer gráfico,designer de produto,arquiteto, pintor,escultor, professor eteórico do design, cujaobra o coloca entre osmais importantes einfluentes designers doséculo XX.
  4. 4. • Pierre Henri Marie Schaeffer, nasceu emNancy, 14 de agosto de 1910 - 19 deagosto de 1995. Foi um compositor da França,conhecido por ter inventado a música concreta.
  5. 5. 19 de julho de 1893 – 14de abril de 1930. Foium poeta, dramaturgo eteórico russo,frequentemente citadocomo um dos maiorespoetas do século XX,,bem como "o maior poetado futurismo".
  6. 6. CONCRETISMO NO BRASIL
  7. 7. • Foi um grupo de poetas formado em 1952, em SãoPaulo, Brasil. Foi integrado por Haroldo de Campos,Décio Pignatari, Augusto de Campos e,posteriormente, por Ronaldo Azeredoe José LinoGrünewald.• Com este grupo se inicia o movimento da PoesiaConcreta no Brasil e no seu círculo se desenvolvetoda a teoria deste tipo de poesia em sua plenitude.• Noigandres é uma palavra de sentido nãoidentificado.
  8. 8. • Augusto Luís Browne deCampos (São Paulo, 14 defevereiro de 1931) é um poeta,tradutor e ensaísta brasileiro. Éum dos criadores da PoesiaConcreta, junto com seu irmão,Haroldo de Campos, e DécioPignatari, que ao romperem como Clube de Poesia, lançaram arevista Noigandres.
  9. 9. • Usando recursos visuais como adisposição geométrica das palavras napágina, a aplicação de cores e dediferentes tipos de letras, Augusto criouPoetamenos (1953), Pop-cretos (1964),Poemóbiles (1974) e CaixaPreta (1975).Boa parte dessa produção está reunidanas coletâneas Viva Vaia (1979),Despoesia (1994) e Não (2004).
  10. 10. • Seus textos críticos podem ser lidos em Teoriada poesia concreta, Balanço da Bossa, À margemda margem e o Anticrítico, entre outros. Suaobra dialoga com a música, tem parceria emcanções gravadas por Caetano Veloso e ArrigoBarnabé e gravou o CD Poesia é Risco, junto como filho Cid Campos (1994).
  11. 11. • Nasceu em Jundiaí (20 de agosto de 1927) éum poeta, ensaísta, professor e tradutor brasileiro.• Desde os anos 1950, realizava experiências com alinguagem poética, incorporando recursos visuais ea fragmentação das palavras.• Sua obra poética está reunida em Poesia Pois éPoesia (1977). Publicou também o volume decontos O Rosto da Memória (1988) e oromance Panteros (1992), além de uma obra paraoteatro, Céu de Lona.
  12. 12. • Nasceu em São Paulo (19 deagosto de 1929 — 16 deagosto de 2003) foi um poetae tradutor brasileiro.Ingressou na Faculdade deDireito da Universidade deSão Paulo, no final da décadade 1940, lançando seuprimeiro livro em 1949, OAuto do Possesso.
  13. 13. CARACTERÍSTICAS• Elaboração artística em busca da forma precisa;• Ênfase na racionalidade, no raciocínio e naciência;• Uso de figuras abstratas nas artes plásticas.• União entra a forma e o conteúdo na obra dearte;• Na literatura, os poetas concretistas buscavamutilizar efeitos gráficos, aproximando a poesia dalinguagem do design;
  14. 14. Pra raciocinar!
  15. 15. Teoria da Poesia ConcretaAugusto de Campos
  16. 16. Pop-cretos (1964)Augusto de Campos
  17. 17. Galáxias (1963)Haroldo de Campos• (…) e o mar converte pois de mar se trata do marque bate sua nata de escuma se eu lhe disser que omar começa você dirá que ele cessa se eu lhe disserque ele avança você dirá que ele cansa se eu lhedisser que fala você dirá que ele cala e tudo será mare nada será o mar o mar mesmo aberto atrás dapopa como uma fruta roxa uma vulva frouxa no seumel orgasmo no seu mal espasmo o mar gárgulo egargáreo gorjeando gárrulo esse mar esse mar livroesse livro mar marcado e vário murchado e flóreomultitudinoso mar purpúreo marúleo mar azúleo emas e pois e depois e agora e se e embora e quando eoutrora e mais e ademais mareando marujandomarlunando marlevando marsoandopolúphloisbos(...)
  18. 18. • A estrutura Galáxias pretende chegar a linguagem em estado bruto:Não há pontos, nem vírgulas nem pontos finais, nem letras emtamanhos maiores, muito menos qualquer outro sinal que não seja aletra. Haroldo também não coloca títulos, muito menos numeraçãonas páginas, não dá nem para dizer se são versos ou um grandepoema em prosa pois disposição do texto sugere ambos. Écomo se eledissesse que nada disso importa, o que importa é o que está sendo dito.
  19. 19. Onde quer que você estejaEm Marte ou EldoradoAbra a janela e vejaO pulsar quase mudoAbraço de anos-luzQue nenhum sol aqueceE o oco escuro esquece

×