História da Propaganda   e da Publicidade    Prof. Ms. Elizeu N. Silva
O RÁDIOA necessidade de umacomunicaçãoabrangente, queultrapassasse acomunicaçãointerpessoal e pudesseatingir a grande mass...
O RÁDIOIsso começou a se tornarpossível em 1864 com asteorias sobre ondaseletromagnéticasdesenvolvidas pelo físicoescocês ...
O RÁDIOEm 1887, o físico alemão Heinrich Rudolf Hertz não apenascomprovou a teoria de Mawell, como construiu um aparelhoca...
O RÁDIOEm 1896, o italiano GuglielmoMarconi faz a primeira transmissãode mensagem (em Código Morse)através de ondas eletro...
O RÁDIO                                      No Brasil, reivindica-se a                                      primeira tran...
O RÁDIOComo veículo de comunicação, orádio começou a ser utilizado nosEUA nos anos 1920.Frank Conrad, empregado daWestingh...
O RÁDIOComo veículo de comunicação, o         Em 1922, nos EUA járádio começou a ser utilizado nos      existiam 300EUA no...
O RÁDIONo Brasil, a primeira utilização   Do alto dopública do rádio ocorreu em        Corcovado, a antena1922, durante as...
O RÁDIOEm 20 de abril de 1923 foiinaugurada a primeiraemissora, a RádioSociedade do Rio deJaneiro – iniciativa deEdgard Ro...
O RÁDIONo começo da década de           Em março de 1932, o1930 já existiam mais de 50      presidente Getúlioemissoras em...
O RÁDIOOs primeiros textos              Segundo GOMESpublicitários limitavam-se ao    JÚNIOR, a introduçãonome dos patroci...
O RÁDIOEm 1932 a verba publicitária destinada ao rádiosuperou verba a painéis e cartazes.As emissoras começaram acontratar...
O RÁDIOUm dos principais nomes docomeço da propaganda norádio é Ademar Casé.Fez tanto sucesso comocorretor da Rádio Philip...
O RÁDIOSeguindo a filosofia de Roquette-Pinto, inicialmente oprograma de Casé tocava música erudita eapresentava conteúdos...
O RÁDIONo Brasil, o auge do rádio ocorre entre os anos 1940 e1950.A Era de Ouro caracteriza-se pela sagração de cantores e...
O RÁDIOArtistas do Programa do Casé.
O RÁDIONo rádio, a mensagem publicitária tradicionalmente éformatada no padrão de 30 segundos, admitindo-sereduções para 1...
O RÁDIOb) SKETCH: mensagem dialogada ou dramatizada. À informação   sobre o produto, acrescenta-se sua utilidade e benefíc...
O RÁDIOA chegada da televisão ao Brasil nos anos 1950, e o crescimentodesta a partir de 1960, reduz drasticamente a influê...
O RÁDIOAinda na década de 1960 surgem as primeiras emissorasFM no Brasil, especializadas na transmissão de músicaambiente....
O RÁDIODIVISÃO DO BOLO PUBLICITÁRIO EM 2010:TV Aberta (63,2%), Jornal (13,2%), Revista (6,1%), Rádio (4,6%), Internet(4,5%...
O RÁDIOReferências:GOMES JÚNIOR, José. A publicidade no rádio:origem e evolução.MARANGONI, Nivaldo. Memória do rádio de Mo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 04 história da publicidade e propaganda

1.397 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.397
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
77
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 04 história da publicidade e propaganda

  1. 1. História da Propaganda e da Publicidade Prof. Ms. Elizeu N. Silva
  2. 2. O RÁDIOA necessidade de umacomunicaçãoabrangente, queultrapassasse acomunicaçãointerpessoal e pudesseatingir a grande massa emtempo eficiente remonta aosprimórdios da humanidade.
  3. 3. O RÁDIOIsso começou a se tornarpossível em 1864 com asteorias sobre ondaseletromagnéticasdesenvolvidas pelo físicoescocês James ClerkMaxwell.Com sua tese, provou quesom e luz se propagam pelo James Clerk Maxwell. 1831–1879espaço através de ondas.
  4. 4. O RÁDIOEm 1887, o físico alemão Heinrich Rudolf Hertz não apenascomprovou a teoria de Mawell, como construiu um aparelhocapaz de medir a frequência/intensidade destas ondas. Em homenagem ao invento, as ondas passaram a ser chamadas “Ondas Hertizianas.Heinrich Hertz. 1857–1894
  5. 5. O RÁDIOEm 1896, o italiano GuglielmoMarconi faz a primeira transmissãode mensagem (em Código Morse)através de ondas eletromagnéticas.O evento marca a invenção dotelégrafo sem fio.Embora a comunidade internacionalo reconheça como inventor do rádio.Patenteou o invento no mesmo ano. Guglielmo Marconi. 1874–1937
  6. 6. O RÁDIO No Brasil, reivindica-se a primeira transmissão em rádio como façanha do padre gaúcho Roberto Landell de Moura – que viveu em Mogi entre 1906 e 1907 emRoberto Landell de Moura. 1861–1925 substituição ao pároco da cidade.Landell fez a primeira transmissão radiofônica em 1892 emCampinas, SP. Em 1893, repetiu a experiência na capital,transmitindo do alto da Avenida Paulista para o Alto de Santana.
  7. 7. O RÁDIOComo veículo de comunicação, orádio começou a ser utilizado nosEUA nos anos 1920.Frank Conrad, empregado daWestinghouse Electric, paraocupar o tempo livre, montou umtransmissor e começou atransmitir notícias lidas de jornaise músicas de discos, numagaragem de Pittsburgh,Pensilvânia.
  8. 8. O RÁDIOComo veículo de comunicação, o Em 1922, nos EUA járádio começou a ser utilizado nos existiam 300EUA nos anos 1920. emissoras. Foi nesteFrank Conrad, empregado da ano que surgiu aWestinghouse Electric, para primeira emissoraocupar o tempo livre, montou um comercial do mundo, atransmissor e começou a WEAFtransmitir notícias lidas de jornaise músicas de discos, numagaragem dePittsburgh, Pensilvânia.
  9. 9. O RÁDIONo Brasil, a primeira utilização Do alto dopública do rádio ocorreu em Corcovado, a antena1922, durante as comemorações transmitiu para 80do Centenário da Independência, receptorescom discurso do então presidente instalados no Rio deEpitácio Pessoa e execução da Janeiro, em Niterói,ópera “O Guarani”, de Carlos em Petrópolis e emGomes. São Paulo.
  10. 10. O RÁDIOEm 20 de abril de 1923 foiinaugurada a primeiraemissora, a RádioSociedade do Rio deJaneiro – iniciativa deEdgard Roquette-Pinto eHenrique Morize. Edgard Roquette-Pinto. 1884–1954A Rádio Clube dePernambuco tambémreivindica o título de maisantiga do Brasil.
  11. 11. O RÁDIONo começo da década de Em março de 1932, o1930 já existiam mais de 50 presidente Getúlioemissoras em funcionamento. Vargas,A programação era composta autorizou e regulamentoude música erudita e leitura de a publicidade e atextos culturais. propaganda pelo Rádio, embora no primeiro ano de funcionamento experimental era vedada a veiculação comercial.
  12. 12. O RÁDIOOs primeiros textos Segundo GOMESpublicitários limitavam-se ao JÚNIOR, a introduçãonome dos patrocinadores no da publicidadeinício e no fim dos programas. revolucionou o rádio.Anúncios publicados em “De erudito, instrutivojornais e revistas eram lidos e cultural, passou anos microfones das primeiras seremissoras. veículo de lazer e diversão popular”.
  13. 13. O RÁDIOEm 1932 a verba publicitária destinada ao rádiosuperou verba a painéis e cartazes.As emissoras começaram acontratar “corretores dereclames” para venderespaços na programação.
  14. 14. O RÁDIOUm dos principais nomes docomeço da propaganda norádio é Ademar Casé.Fez tanto sucesso comocorretor da Rádio Philips queacabou tendo seu próprioprograma.
  15. 15. O RÁDIOSeguindo a filosofia de Roquette-Pinto, inicialmente oprograma de Casé tocava música erudita eapresentava conteúdos de educação e cultura.Por causa da publicidade, dividiu o programa emduas partes: a primeira, de música popular, comanúncios publicitários; a segunda, de música erudita.Introduziu cantores populares e humoristas norádio, estabelecendo as condições para a chamadaEra de Ouro do Rádio.
  16. 16. O RÁDIONo Brasil, o auge do rádio ocorre entre os anos 1940 e1950.A Era de Ouro caracteriza-se pela sagração de cantores eatores de radionovela, no período em que o meio alcançoumaior penetração. Carmen e Aurora Miranda
  17. 17. O RÁDIOArtistas do Programa do Casé.
  18. 18. O RÁDIONo rádio, a mensagem publicitária tradicionalmente éformatada no padrão de 30 segundos, admitindo-sereduções para 15’ ou ampliações para 45’.São classificadas em:a) SPOT: locução informativa, acompanhada ou não de música e/ou sonoplastia. Utilizada para informações diretas e objetivas de produtos e serviços. Apoia-se na credibilidade do locutor.
  19. 19. O RÁDIOb) SKETCH: mensagem dialogada ou dramatizada. À informação sobre o produto, acrescenta-se sua utilidade e benefícios. O ouvinte têm a sensação de participar da cena juntamente com os atores.c) VINHETA: mensagem curta, de 2 a 4 segundos, que dá destaque ao nome do anunciante. Também é utilizada para abrir programas.d) TEXTO-FOGUETE: mensagem lida pelo próprio apresentador do programa. Tem por volta de 10’.e) JINGLE: mensagem musical de estrutura melódica simples, que tem por objetivo favorecer a fixação da mensagem publicitária.
  20. 20. O RÁDIOA chegada da televisão ao Brasil nos anos 1950, e o crescimentodesta a partir de 1960, reduz drasticamente a influência do rádio.Entre 1962 e 1978, a participação do rádio no bolo publicitário caiude 23,6% para 8%. No mesmo período, a TV passou de 24,7% para56,2%.O rádio passou a receber apenas anunciantes sem verba suficientepara a TV ou sobras de verbas de campanhas feitas para atelevisão.
  21. 21. O RÁDIOAinda na década de 1960 surgem as primeiras emissorasFM no Brasil, especializadas na transmissão de músicaambiente. A primeira foi a Rádio Imprensa do Rio deJaneiro.As FMs conseguiram reconstruir um pouco do prestígioperdido pelo rádio. Caracterizam-se por uma abordagemsegmentada do público.
  22. 22. O RÁDIODIVISÃO DO BOLO PUBLICITÁRIO EM 2010:TV Aberta (63,2%), Jornal (13,2%), Revista (6,1%), Rádio (4,6%), Internet(4,5%), Mídia Exterior (3,7%), TV por Assinatura (3,3%), Guias e Listas (1,2%) eCinema (0,2%)FONTE: Projeto Inter-Meios / ref. 1º bimestre/2010
  23. 23. O RÁDIOReferências:GOMES JÚNIOR, José. A publicidade no rádio:origem e evolução.MARANGONI, Nivaldo. Memória do rádio de Mogidas Cruzes. Mogi das Cruzes, Ed. GráficaBrasil, 2005

×