Aula 03 - Modelo de Lasswell

7.560 visualizações

Publicada em

Método formulado para estudar a Comunicação acabou aceito como paradigma teórico.
Laswell pretendia apresentar uma alternativa à Teoria Matemática da Comunicação (Shannon e Weaver), focada muito mais nas condições técnicas de transmissão da mensagem, do que propriamente na mensagem e em seus efeitos.

Publicada em: Educação
0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.560
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
350
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 03 - Modelo de Lasswell

  1. 1. Teorias da Comunicação Modelo de Lasswell Prof. Ms. Elizeu Silva
  2. 2. MODELO DE LASSWELL Harold Lasswell (1902–1978) foi psicólogo, cientista político, teórico da Comunicação e presidente da Academia Mundial de Arte e Ciência. Membro destacado da Escola de Chicago, dedicado a altos estudos nas áreas da Sociologia, da Psicologia Social e das Ciências da Comunicação.
  3. 3. MODELO DE LASSWELL Método formulado para estudar a Comunicação acabou aceito como paradigma teórico. Laswell pretendia apresentar uma alternativa à Teoria Matemática da Comunicação (Shannon e Weaver), focada muito mais nas condições técnicas de transmissão da mensagem, do que propriamente na mensagem e em seus efeitos.
  4. 4. MODELO DE LASSWELL Na Teoria Matemática da Comunicação, conhecida também como Teoria da Informação, “o processo começa com uma fonte que seleciona a mensagem, que é então transmitida na forma de um sinal, num canal, para um receptor que transforma o sinal novamente para o receptor. (MCQUAIL, 2003:48)
  5. 5. MODELO DE LASSWELL O modelo matemático visava identificar as diferenças entre a mensagem emitida e a mensagem efetivamente recebida – sendo estas diferenças consideradas ruídos ou interferências nos canais. Portanto, não tinha a mensagem como foco da pesquisa, mas tão- somente o sucesso na transmissão da mensagem.
  6. 6. MODELO DE LASSWELL Lasswell propõe que a descrição “adequada” do ato comunicacional pressupõe respostas às seguintes questões: Quem Diz o quê Através de que canal Com que efeito
  7. 7. MODELO DE LASSWELL No modelo lasswelliano observa-se, ainda que implicitamente, pressupostos típicos da pesquisa hipodérmica, de que a iniciativa seja exclusivamente do comunicador e que os efeitos alcançam um público passivo.
  8. 8. MODELO DE LASSWELL Pressupostos do Modelo de Lasswell: a) Processo comunicacional assimétrico: emissor ativo produz estímulo na massa passiva. b) Comunicação é intencional, com efeito observável e passível de avaliação, pois gera comportamentos (behaviorismo) que podem ser associados à intenção.
  9. 9. MODELO DE LASSWELL Pressupostos do Modelo de Lasswell: c) Comunicador e receptor surgem como papeis isolados, independentes de relações sociais e repertórios culturais. “... dava-se pouca atenção às relações que lhe estavam implícitas ou às ligações informais. Não porque os estudiosos (...) ignorassem que os componentes do público tinham família e grupo de amigos, mas porque se considerava que nada disso influenciava o resultado de uma campanha propagandística”. (Katz, 1969, 113)
  10. 10. MODELO DE LASSWELL Contudo, o modelo lasswelliano é reconhecido como importante marco na organização da Mass Communication Research nos EUA na primeira metade do século XX. Estabelece as bases para as pesquisas em torno das análise dos efeitos e da análise do conteúdo.
  11. 11. MODELO DE LASSWELL Estudos sobre o emissor e os processos de produção e emissão das mensagens. Mensagem: estudos focados na análise de conteúdo. Análise da mídia: tecnologias, linguagens etc. Estudos de audiência, de recepção e de efeitos.
  12. 12. MODELO DE LASSWELL • Katz e Lazarsfeld observam que “aqueles que viram nos mass media uma nova alvorada de democracia e aqueles que, pelo contrário, viram neles os instrumentos de um desígnio diabólico, tinham, na realidade, a mesma imagem do processo das comunicações de massa” – o modelo lasswelliano. • Ambas as vertentes teóricas conceberam a audiência como massa atomizada e passiva, e a mensagem como estímulo poderoso de cujos efeitos a massa não podia escapar.
  13. 13. MODELO DE LASSWELL • Embora represente um avanço em relação à Teoria Matemática, o modelo de Lasswell também se caracteriza pela unidirecionalidade, pela pré-definição de papéis, pelo congelamento e simplificação do processo. • Se na Teoria da Informação a preocupação está na eficácia do canal – cálculo da quantidade de informação, variações, ruídos –, Lasswell desloca o problema para os efeitos provocados pelas mensagens. (ARAÚJO, 2011:124)
  14. 14. MODELO DE LASSWELL Bibliografia recomendada HOHLFELDT, Antonio; MARTINO, Luiz C.; FRANÇA, Vera Veiga. Teorias da Comunicação – conceitos, escolas e tendências. 11ª edição, ed. Vozes, Petrópolis, 2011 MCQUAIL, Denis. Teoria da comunicação de massas. Lisboa, Fund. Calouste Gulbenkian, 2003 RÜDIGER, Francisco. As teorias da comunicação. Porto Alegre, editora Penso, 2011 WOLF, Mauro. Teorias da Comunicação. 5ª edição, Lisboa, Editorial Presença, 1999

×