Aula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda Setting

1.629 visualizações

Publicada em

Em consequência da ação dos jornais, da televisão e de outros meios de informação, o público sabe ou ignora, presta atenção ou descura, realça ou negligencia elementos específicos dos cenários públicos.
As pessoas incluem ou excluem de seus conhecimentos aquilo que o mass media inclui ou exclui de sua pauta.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.629
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
76
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda Setting

  1. 1. TEORIAS DO JORNALISMO Aula 02 – Agenda Setting Prof. Ms. Elizeu N. Silva
  2. 2. Agenda Setting Defende que “em consequência da ação dos jornais, da televisão e de outros meios de informação, o público sabe ou ignora, presta atenção ou descura, realça ou negligencia elementos específicos dos cenários públicos”. As pessoas incluem ou excluem de seus conhecimentos aquilo que o mass media inclui ou exclui de sua pauta.
  3. 3. Agenda Setting “Além disso, o público tende a atribuir àquilo que esse conteúdo inclui uma importância que reflete de perto a ênfase atribuída pelos mass media aos acontecimentos, aos problemas, às pessoas” (Shaw, 1979,96). “Os mass media, descrevendo e precisando a realidade exterior, apresentam ao público uma lista daquilo sobre o que é necessário ter uma opinião e discutir”. Trata-se de “conhecimento” por empréstimo, fornecido pelos mass media.
  4. 4. Agenda Setting “O empolamento constante de certos temas, aspectos e problemas, constitui um quadro interpretativo, um esquema de conhecimentos, um frame, que se aplica mais ou menos conscientemente para dar sentido àquilo que observamos”. (WOLF)
  5. 5. Agenda Setting “Os mass media fornecem algo mais do que um certo número de notícias. Fornecem igualmente as categorias em que os destinatários podem, sem dificuldade e de uma forma significativa, colocar essas notícias”. (SHAW; WOLF)
  6. 6. Agenda Setting Nas sociedades industriais, é virtualmente impossível para o indivíduo ter acesso a todos os temas sobre os quais precisa ter alguma opinião. Os mass media se encarregam, portanto, de oferecer “pacotes” que se caracterizam pela simplificação/redução dos temas, de modo a se tornarem assimiláveis em escala industrial.
  7. 7. Agenda Setting Os indivíduos não vivem diretamente esses “pacotes de realidade”, mas mesmo assim podem opinar sobre eles. Mediação simbólica. Impacto sobre os indivíduos em dois níveis: a. Estabelece a “ordem do dia” sobre temas, problemas e assuntos; b. Estabelece hierarquia entre os diversos temas e assuntos, organizando-os na “ordem do dia”.
  8. 8. Agenda Setting Os indivíduos não vivem diretamente esses “pacotes de realidade”, mas mesmo assim podem opinar sobre eles. Mediação simbólica. Impacto sobre os indivíduos em dois níveis: a. Estabelece a “ordem do dia” sobre temas, problemas e assuntos; b. Estabelece hierarquia entre os diversos temas e assuntos, organizando-os na “ordem do dia”.
  9. 9. Bibliografia HOHLFELDT, A.; MARTINO, L. C.; FRANÇA, V. V. Teorias da comunicação: conceitos, escolas e tendências. Petrópolis, 11ª edição, Ed. Vozes, 2011 RÜDIGER, Francisco. As teorias da comunicação. Porto Alegre, Ed. Penso, 2011 WOLF, Mauro. Teorias da comunicação. Lisboa, 5ª edição, Ed. Presença, 1999

×