Aula 01 história do design gráfico

1.353 visualizações

Publicada em

História do Design Gráfico Brasileiro

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
167
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 01 história do design gráfico

  1. 1. HISTÓRIA DO DESIGN GRÁFICO Prof. Ms. Elizeu N. Silva
  2. 2. Durante os séculos XVI, XVII e XVIII era proibida qualquer atividade impressora no Brasil. Somente no começo do século XIX, em 1808, com a chegada da família real portuguesa e transferência da capital do império lusitano para o Rio de Janeiro, começaram a se instalar tipografias no Brasil. As obras escritas por autores nacionais até podiam circular por aqui, mas tinham que ser confeccionadas no exterior, mais frequentemente em Portugal. Era uma forma da Coroa manter controle sobre a circulação de informações, conhecimentos e ideias na colônia.
  3. 3. Relação de entrada... de 1747 é uma das raras peças gráficas impressas no Brasil colônia. O documento de 22 páginas foi impresso pelo português Antonio Isidoro da Fonseca. Apesar da licença do “senhor bispo”, Lisboa ordenou a interrupção da publicação no mesmo ano em que começou a circulou.
  4. 4. A Imprensa Régia foi a primeira tipografia a funcionar legalmente no Brasil. Equipada com máquinas inglesas trazidas nos navios que transportaram a corte para o Brasil, iniciou as atividades tendo das impressões na ex-colônia. Contudo, alguns anos depois a atividade foi liberada para tipógrafos independentes. A primeira tipografia particular foi instalada na Bahia, por Manoel Antonio da Silva Serva. A Imprensa Régia não produzia somente documentos oficiais. Demonstrando o interesse dos brasileiros e portugueses recém-chegados da Europa, a tipografia do império também imprimia volumes populares.
  5. 5. Oficina tipográfica do século XVIII
  6. 6. Durante os anos de 1808 a 1821, cerca de mil títulos foram impressos, sem contar os atos governamentais. A primeira publicação da Impressão Régia, no dia em que foi criada, foi a Relação dos despachos... Além da documentação oficial, a Impressão Régia imprimiu uma grande variedade de obras sobre diversos assuntos, como jurisprudência, história, belas-letras (os elogios aos soberanos e os romances), teologia, ciências e artes, e periódicos. Houve, inclusive, a impressão de livros destinados aos cursos de medicina e aos da Academia Real Militar.
  7. 7. Relação de despachos..., publicada pela Imprensa Régia em 13 de maio de 1808, no dia em que foi instituída a tipografia real. Trata-se de um documento administrativo, com 27 páginas.
  8. 8. Obras dedicadas a D. João VI, publicadas pela Imprensa Régia em 1817, 1819 e 1812. Frontispícios Em todas as peças chama a atenção a simplicidade compositiva. Observa-se a opção pela composição simétrica e a hierarquização da informação pela variação no tamanho das letras. Adota-se desde essas primeiras peças o princípio de proximidade para organizar as informações.
  9. 9. Na esteira dos documentos oficiais, as tipografias logo passaram a produzir jornais – que foram os primeiros impressos de grande circulação no Brasil. O primeiro jornal impresso no Brasil foi a Gazeta do Rio de Janeiro, que começou a circular em 1808. Tratava-se de publicação oficial do governo imperial. Primeira edição da Gazeta do Rio de Janeiro, que circulou em 10/09/1808
  10. 10. A história da imprensa rejeita a Gazeta do Rio de Janeiro como primeiro jornal brasileiro, porque em junho de 1808 Hipólito José da Costa passa a publicar desde Londres o Correio Braziliense, com o qual fazia oposição à Coroa Portuguesa. Primeira edição do Correio Braziliense, impresso em Londres em junho de 1808
  11. 11. Referência bibliográfica ALVES FILHO, Manuel. 200 anos da história do livro no país. Jornal da UNICAMP. Campinas, 21 a 27 de novembro de 2011 DELMAS, Ana Carolina. Dedicatórias impressas no Brasil joanino. Rede Memória. Disponível em http://redememoria.bn.br/2012/01/dedicatorias-impressas-no-brasil- joanino/ MELO, Chico Homem de; RAMOS, Elaine. (Orgs.) Linha do tempo do design gráfico no Brasil. São Paulo, ed. Cosac Naify, 2011

×