Homofobia

3.404 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.086
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Homofobia

  1. 1. Instituto Santa Teresinha Trabalho de Literatura 3° Ensino Médio 2 0 1 2
  2. 2. Nome: Leandro da Costa Espírito Santo; N°: 05 - Séire: 3° ano E.M. Professora: Cristina Palmer
  3. 3. Título: “Homofobia”
  4. 4. POR EXEMPLO EXLICAÇÃO: BIFOBIA é um assunto assim ser “BI” significa BISSEXUAL, e “FOBIA” significa MEDOHETEROFOBIA é um assunto assim ser “HETERO” significa dos HOMENS e das MULHERES, e “FOBIA” significa MEDO HOMOFOBIA ou GAYFOBIA é um assunto assim ser “HOMO” significa dos HOMOSSEXUAIS, e “GAY” igual como ser HOMOSSEXUAL, e “FOBIA” é significa de MEDO LESBOFOBIA é um assunto assim ser “LESBO” significa das LESBICAS, e “FOBIA” significa MEDO XENOFOBIA é um assunto assim ser “XENO” significa ESTRANGEIRO, e “FOBIA” significa MEDO TRANSFOBIA é um assunto assim ser “TRANS” significa das pessoas TRANSEXUAIS, TRAVESTIS e TRANSGÊNEROS , e “FOBIA” significa MEDO SURDOFOBIA é um assunto assim ser “SURDO” significa MUDO, e “FOBIA” significa MEDO
  5. 5. Em 17 maio de 2011, em referência aoDia Internacional contra a Homofobia, aAlta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos,Navi Pillay, declarou: "[...] Em última análise, a homofobia e a transfobia não são diferentes do sexismo, da misoginia, do racismo ou da xenofobia. Mas enquanto essas últimas formas de preconceito são universalmente condenadas pelos governos, a homofobia e a transfobia são muitas vezes negligenciadas. A história nos mostra o terrível preço humano da discriminação e do preconceito. Ninguém tem o direito de tratar um grupo de pessoas como sendo de menor valor, menos merecedores ou menos dignos de respeito. [...]"
  6. 6. Legislação em países lusófonos Brasil Protesto contra a homofobia em Brasília
  7. 7. No Brasil, além da Constituição de 1988 proibir qualquer forma dediscriminação de maneira genérica, várias leis estão sendo discutidasa fim de proibirem especificamente a discriminação aos homossexuais.A Constituição Federal brasileira define como “objetivo fundamentalda República” (art. 3º, IV) o de “promover o bem de todos, sempreconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, ou quaisquer outrasformas de discriminação”. A expressão "quaisquer outras formas"refere-se a todas as formas de discriminação não mencionadasexplicitamente no artigo, tais como a orientação sexual, entre outras.O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006, atualmente emtramitação no Congresso[, propõe a criminalização dos preconceitosmotivados pela orientação sexual e pela identidade de gênero,equiparando-os aos demais preconceitos já objeto da Lei 7716/89.Esse projeto foi iniciado na Câmara dos Deputados, de autoria dadeputada Iara Bernardi e que ali tramitou com o número 5003/2001,que na redação já aprovada propunha, além da penalização criminal,também punições adicionais de natureza civil para o preconceitohomofóbico, como a perda do cargo para o servidor público, ainabilitação para contratos junto à administração pública, a proibiçãode acesso a crédito de bancos oficiais, e a vedação de benefíciostributários.
  8. 8. Protesto à favor dos direitos LGBT em frente aoCongresso Nacional do Brasil
  9. 9. “EXPLICAÇÃO PUBLICA” Homofobia é o termo utilizado para nomear qualquer tipo de discriminação e/ou aversão aos homossexuais. No sentido mais profundo da palavra, homofobia ainda significa medo que uma pessoa pode ter de se tornar umhomossexual. Dessa forma, pode-se perceber que o termo é um neologismo. Existem várias ramificações que justificam a homofobia. Algumas pessoasencaram a homofobia como uma manifestação semelhante ao racismo onde as pessoas se limitam às imposições da sociedade e não são abertas ao novo e outras já veem a homofobia como um problema do século que contradiz os ensinamentos recebidos pela sociedade, pela família e pela religião.Uma pessoa pode até não concordar com a homossexualidade, mas a partir do momento em que um ser humano, independente de sua cor, raça, credo ou sexo, é discriminado por ser homossexual, surge então o ato homofóbico. Atribui-se a ele a injúria, difamação, gestos e mímicas obscenas, antipatia,ironia, sarcasmo, insinuações e qualquer outra forma de criticar e banalizar o homossexual. Em relação ao medo de se tornar homossexual muitas pessoas tentam o suicídio, tentam mudar sua orientação sexual, possuem baixa auto-estima, comportamento compulsivo, afastamento da família, busca refúgio em substâncias como álcool, desconfiança, autocrítica entre outras.Há uma grande polêmica entre homossexualidade e religião, pois a Bíblia (livro utilizado pelo cristianismo) condena o ato homossexual e isso gera grande revolta nos homossexuais. Ainda existem outros grupos, independentes de religião, que não aceitam os homossexuais e por isso praticam crimes contra os mesmos, chegando até a tirar-lhes a vida.

×