São frequentes:  Grau de destruição:  - regiões de  montanha  e  húmidas <ul><li>Depende da inclinação  </li></ul><ul><li>...
<ul><li>Fenómenos atmosféricos  </li></ul><ul><li>(precipitação intensa) </li></ul><ul><li>Erosão </li></ul><ul><li>(devid...
Previsão: meteorológica (previsão de precipitação intensa) Prevenção: - Não destruir a vegetação das vertentes - Evitar co...
<ul><li>Desabamentos/Derrocadas/Desmoronamentos/Deslizamentos de Terra </li></ul>
<ul><li>57 derrocadas num dia </li></ul><ul><li>No último sábado, durante o pico da chuva entre as nove e as onze horas, r...
Praça da Autonomia - Funchal  - Aluvião de 1993
<ul><li>As  enxurradas , (torrentes de água formada pelas chuvas torrenciais), quando acompanhadas de  derrocadas   (escor...
<ul><li>Manter comida / água potável e estojo de Primeiros Socorros para cada pessoa da família para pelo menos três dias....
<ul><li>Se estiver num lugar fechado, mantenha a calma e tente subir o máximo possível em segurança e espere. Evite passar...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Movimentos de Vertente

7.231 visualizações

Publicada em

Catástrofes Naturais - Movimentos de vertente e aluviões, Riscos na Madeira

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.231
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Movimentos de Vertente

  1. 2. São frequentes: Grau de destruição: - regiões de montanha e húmidas <ul><li>Depende da inclinação </li></ul><ul><li>das vertentes </li></ul>
  2. 3. <ul><li>Fenómenos atmosféricos </li></ul><ul><li>(precipitação intensa) </li></ul><ul><li>Erosão </li></ul><ul><li>(devido à destruição da vegetação) </li></ul>- Força da gravidade (os corpos têm tendência a descer pelas vertentes) CAUSAS <ul><li>Construções e escavações </li></ul><ul><li>(edifícios/estradas/…) </li></ul>- Actividade sísmica - Actividade vulcânica
  3. 4. Previsão: meteorológica (previsão de precipitação intensa) Prevenção: - Não destruir a vegetação das vertentes - Evitar construir em declives acentuados <ul><li>Retenção de encostas </li></ul><ul><li>Evitar construir em leitos de ribeiras </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Desabamentos/Derrocadas/Desmoronamentos/Deslizamentos de Terra </li></ul>
  5. 6. <ul><li>57 derrocadas num dia </li></ul><ul><li>No último sábado, durante o pico da chuva entre as nove e as onze horas, registaram-se 57 deslizamentos de terras em todo o concelho do Funchal </li></ul><ul><li>O resultado é conhecido: as ribeiras entupiram, galgaram as margens junto à foz. A mistura de água, lama e pedras destruiu várias pontes, inundou a baixa, os parques de estacionamento, partiu o betão e o asfalto. Há vítimas mortais, pessoas desaparecidas e muitas casas destruídas. </li></ul><ul><li>Os índices de precipitação da manhã de sábado comparam-se aos do último grande aluvião, o de 29 de Outubro de 1993 - Contas por alto, choveu o dobro e bateram-se recordes de chuva em Portugal entre as nove as onze horas do último sábado </li></ul>Notícia do Jornal Público de 25 de Fevereiro
  6. 7. Praça da Autonomia - Funchal - Aluvião de 1993
  7. 8. <ul><li>As enxurradas , (torrentes de água formada pelas chuvas torrenciais), quando acompanhadas de derrocadas (escorregamentos de vertente, avalanches rochosas, desabamento ou queda de rochas), fazem barragem aos cursos de água (ribeiros e ribeiras), que se transformam num fluxo detrítico em movimento de dimensões consideráveis. </li></ul><ul><li>Este fluxo, aliado ao declive acentuado da orografia da Ilha da Madeira (declives entre 30 a 40%, a montante, e 04 a 10%, a jusante), atinge velocidade e energia tal que transborda dos leitos, inunda e deposita nas cotas mais baixas o material detrítico transportado, caracterizando-se numa aluvião . </li></ul><ul><li>As aluviões são pouco frequentes, mas são, os desastres naturais que mais tem feito vítimas humanas e danos materiais na Madeira, no seu curto período histórico de 500 anos. </li></ul>O que se passou a 20 de Fevereiro…
  8. 9. <ul><li>Manter comida / água potável e estojo de Primeiros Socorros para cada pessoa da família para pelo menos três dias. </li></ul><ul><li>Manter um rádio, uma lanterna e respectivas pilhas. </li></ul><ul><li>Conhecer qual o local mais alto da casa e o meio mais fácil de alcançá-lo. </li></ul><ul><li>Saber quem irá ajudar as crianças, os idosos e os deficientes a ficarem em segurança. </li></ul><ul><li>Conhecer os números telefónicos de emergência. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Se estiver num lugar fechado, mantenha a calma e tente subir o máximo possível em segurança e espere. Evite passar pelas torrentes. </li></ul><ul><li>Se estiver na rua afaste-se de encostas, do litoral ou das margens de ribeiras. </li></ul><ul><li>Ligue rádio ou qualquer outro meio de comunicação para obter informações necessárias. Evite boatos e rumores, procure acalmar as pessoas. </li></ul><ul><li>Utilize os telefones de emergência, só em caso de necessidade. Evite congestionamentos na rede telefónica. </li></ul><ul><li>Auxilie as pessoas necessitadas de socorro na sua vizinhança. </li></ul>

×