Inter-Ações e Aprendizado no Século 21 Promoção da Competência Informacional e Midiática (CIM) na Escola <ul><ul><li>Profa...
Objetivos  <ul><li>•  Refletir sobre a Educação no Século 21 </li></ul><ul><li>•  Estabelecer a relação entre Escola e Bib...
Educação no século 21 escolher agir decidir autonomia conhecer informação resolver LER ESCREVER FALAR CRESCER COMPREENDER ...
Imigrantes digitais Nativos  digitais Leitores naturais Aprendizes de hoje Educação no século 21
Qual é a chave?
Depende das portas queremos abrir
Para que serve a Escola? <ul><li>1. Serve para aprender a ler, escrever e contar.  </li></ul><ul><li>2. Serve para “dar ed...
Por que ir à Escola? <ul><li>Experimentar viver </li></ul><ul><li>Compreender o mundo, compreender o outro </li></ul><ul><...
A Escola no presente e no futuro do Século 21 <ul><li>Aprendizado presencial e virtual – aprendizado online </li></ul><ul>...
Pedagogia Andragogia Heutagogia O professor determina o que deve ser aprendido e como deve ser aprendido Professor ensina ...
<ul><li>E a Biblioteca? </li></ul>
Precisamos de Bibliotecas no século 21?
 
A Biblioteca Ideal <ul><ul><li>Espaço acolhedor </li></ul></ul><ul><ul><li>Ambiente agradável </li></ul></ul><ul><ul><li>P...
Biblioteca escolar 2.0 <ul><li>Paradigma custodial </li></ul><ul><li>Paradigma da Construção Coletiva </li></ul>
Objetivos da Biblioteca Escolar <ul><li>Fomentar o aprendizado </li></ul><ul><ul><li>A partir da pesquisa escolar </li></u...
<ul><li>Impacto da Biblioteca no aprendizado </li></ul>
Contribuição indireta da Biblioteca I <ul><li>Desenvolvimento do pensamento crítico, em particular relacionado aos process...
Contribuição indireta da Biblioteca II <ul><li>Desenvolvimento da leitura, incluindo aumento do interesse por diferentes g...
O que é ser competente? <ul><li>Ser competente é mobilizar um conjunto integrado de conhecimentos, habilidades, atitudes e...
<ul><li>Competência Informacional </li></ul>
Transdisciplinaridade e competência Investigar, pesquisar, resolver problemas, elaborar projetos, analisar textos, contar ...
O que é ser competente em informação? <ul><li>É... </li></ul><ul><ul><li>Mobilizar conhecimentos, habilidades, atitudes e ...
1 Percebe a necessidade de informação 2 Identifica e define  a informação necessária
3 Sabe como achar a informação 4 Sabe como organizar,  analisar, interpretar e  avaliar a informação
5 Sabe como utilizar a  informação para resolver um problema 6 Utiliza a informação de modo ético
8 Preserva a informação e reutiliza 7 Sabe como comunicar e apresentar a informação produzida
Ciclo da  Competência  em Informação
Competência midiática  Compreender o papel e as funções dos meios de comunicação Avaliar criticamente o conteúdo das mídia...
COMPETÊNCIA INFO-MIDIÁTICA (CIM) <ul><li>Competência Informacional </li></ul><ul><ul><li>Mobilização de conhecimentos, hab...
Biblioteca info-midiática Divulga conteúdos e informações em ambientes digitais – portais, plataforma Moodle, blogues, sít...
<ul><li>Cooperação com a coordenação educativa e supervisão pedagógica </li></ul><ul><li>Parceria com os docentes na concr...
<ul><li>Propõe um modelo de pesquisa de informação a ser usado por toda a escola </li></ul><ul><li>Produz e divulga, em co...
Estratégias 1. Obter envolvimento da Direção 5. Trabalhar as habilidades de entrosamento e negociação 2. Não se isolar 6. ...
<ul><li>Articular  </li></ul><ul><li>Projeto Pedagógico da Biblioteca  </li></ul><ul><li>com o projeto pedagógico da Escol...
Lição de Casa <ul><li>Qual é o nosso público (idade, desejos) ? </li></ul><ul><li>Como começamos a planejar as atividades ...
Obrigada  pela atenção Elisabeth Adriana Dudziak [email_address]
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Inter-Ações e Aprendizado no Século 21: Promoção da Competência Informacional e Midiática (CIM) na Escola FIBE 2011 october(18)

1.261 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada no dia 18 de outubro de 2011 durante o II FIBE - Fórum Internacional de Biblioteconomia Escolar, São Paulo, 2011.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.261
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Joint Information Systems Committee. De Rosa, Cathy. 2005. Perceptions of libraries and information resources: A report to the OCLC membership. Dublin, Ohio: OCLC Online Computer Library Center. De Rosa, Cathy. 2006. College students&apos; perceptions of libraries and information resources: A report to the OCLC membership. Dublin, Ohio: OCLC Online Computer Library Center. Dervin, Brenda, CarrieLynn D. Reinhard, Zack Y. Kerr, Mei Song, and Fei C. Shen, eds. 2006. Sense-making the information confluence: The whys and hows of college and university user satisficing of information needs. Phase II: Sense-making online survey and phone interview study. Report on National Leadership Grant LG-02-03-0062-03 to Institute of Museum and Library Services, Washington, D.C. Columbus, Ohio: School of Communication, Ohio State University. Connaway, Lynn Silipigni, Chandra Prabha, and Timothy J. Dickey. 2006. Sense-making the information confluence: The whys and hows of college and university user satisficing of information needs. Phase III: Focus group interview study. Report on National Leadership Grant LG-02-03-0062-03, to Institute of Museum and Library Services, Washington, D.C. Columbus, Ohio: School of Communication, The Ohio State University. Prabha, Chandra, Lynn Silipigni Connaway, and Timothy J. Dickey. 2006. Sense-making the information confluence: The whys and hows of college and university user satisficing of information needs. Phase IV: Semi-structured interview study. Report on National Leadership Grant LG-02-03-0062-03, to Institute of Museum and Library Services, Washington, D.C. Columbus, Ohio: School of Communication, The Ohio State University. Research Information Network. 2006. Researchers and discovery services: Behaviour, perceptions and needs. London: Research Information Network. Consortium of University Research Libraries, and Research Information Network. 2007. Researchers&apos; use of academic libraries and their services: A report. London: Research Information Network and Consortium of University Research Libraries (CURL). Centre for Information Behaviour and the Evaluation of Research. 2008. Information behaviour of the researcher of the future: A CIBER briefing paper. London: CIBER. Radford, Marie L., and Lynn Silipigni Connaway. 2008. Seeking synchronicity: Evaluating virtual reference services from user, non-user, and librarian perspectives: IMLS final performance report. Report on Grant LG-06-05-0109-05, to Institute of Museum and Library Services, Washington, D.C. Dublin, Ohio: OCLC Online Computer Library Center. Calhoun, Karen, et al. 2009. Online catalogs: What users and librarians want: An OCLC report. Dublin, Ohio: OCLC . Research Information Network. 2009. E-journals: Their use, value and impact. London: Research Information Network. JISC and UCL. 2009. JISC national e-books observatory project: Key findings and recommendations: Final report. Hampton-Reeves, Stuart, Claire Mashiter, Jonathan Westaway, Peter Lumsden, Helen Day, Helen Hewerston, and Anna Hart. 2009. Students’ use of research content in teaching and learning: A report of the Joint Information Systems Council (JISC). Wong, William, Hanna Stelmaszewska, Nazlin Bhimani, Sukhbinder Barn, and Balbir Barn. 2009. User behaviour in resource discovery: Final report.
  • Researchers particularly appreciate desktop access to scholarly content, from e-journals to VRS (DIS, p. 33). Researchers and discovery services, 2006 Valuation of the convenience of desktop access Researchers&apos; use of academic libraries, 2007 Immediate access from desktop computer is taken for granted Seeking synchronicity, 2008 VRS&apos; convenience is from home computer Students&apos; use of research content, 2009 Home computer is main way they gain access Consortium of University Research Libraries, and Research Information Network. 2007. Researchers&apos; use of academic libraries and their services: A report. London: Research Information Network and Consortium of University Research Libraries (CURL). “ The majority of researchers in all disciplines have adapted readily to the widespread availability of digital content, accessible directly from their desktops” (Consortium of University Research Libraries, and Research Information Network 2007, p. 23).
  • Calhoun, Karen, et al. 2009. Online catalogs: What users and librarians want: An OCLC report. Dublin, Ohio: OCLC. DIS, p. 18. “ Make it as easy as a Google Book Search,” one survey respondent requested when discussing the catalog. (Calhoun et al. 2009, p. 14) JISC national e-books, 2009 Users tend to use e-books quickly, viewing only a few pages User behaviour in resource discovery, 2009 Users make short visits, with simple searching of Google-like interfaces; power browsing for snippets of information Researchers also value human resources such as colleagues, peers, family, friends, and teachers in their information seeking. DIS, p. 39.
  • Inter-Ações e Aprendizado no Século 21: Promoção da Competência Informacional e Midiática (CIM) na Escola FIBE 2011 october(18)

    1. 1. Inter-Ações e Aprendizado no Século 21 Promoção da Competência Informacional e Midiática (CIM) na Escola <ul><ul><li>Profa. Dra. Elisabeth Adriana Dudziak </li></ul></ul><ul><ul><li>Divisão de Desenvolvimento e Inovação do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP </li></ul></ul>
    2. 2. Objetivos <ul><li>• Refletir sobre a Educação no Século 21 </li></ul><ul><li>• Estabelecer a relação entre Escola e Biblioteca Escolar </li></ul><ul><li>• Apresentar possibilidades de articulação para a promoção da Competência Midiática e Informacional na Escola </li></ul>
    3. 3. Educação no século 21 escolher agir decidir autonomia conhecer informação resolver LER ESCREVER FALAR CRESCER COMPREENDER saber planejar pesquisar PARTICIPAR
    4. 4. Imigrantes digitais Nativos digitais Leitores naturais Aprendizes de hoje Educação no século 21
    5. 5. Qual é a chave?
    6. 6. Depende das portas queremos abrir
    7. 7. Para que serve a Escola? <ul><li>1. Serve para aprender a ler, escrever e contar. </li></ul><ul><li>2. Serve para “dar educação” e disciplinar as crianças, ensinar boas maneiras e como se comportar em sociedade. </li></ul><ul><li>3. É uma instituição social que serve para adaptar e integrar crianças e adolescentes á sociedade dos adultos. </li></ul><ul><li>4. Deve transmitir o saber necessário para que os alunos desenvolvam habilidades e potencialidades pessoais e de sua classe, contribuindo para a transformação social desejada </li></ul>
    8. 8. Por que ir à Escola? <ul><li>Experimentar viver </li></ul><ul><li>Compreender o mundo, compreender o outro </li></ul><ul><li>Buscar a coesão social e a solidariedade </li></ul><ul><li>Incluir para desenvolver-se </li></ul><ul><li>Multiplicar as oportunidades de aprendizado e convivência </li></ul><ul><li>Buscar a riqueza da diversidade </li></ul><ul><li>Enriquecer a experiência de viver </li></ul>
    9. 9. A Escola no presente e no futuro do Século 21 <ul><li>Aprendizado presencial e virtual – aprendizado online </li></ul><ul><li>Espaços alternativos e mutáveis </li></ul><ul><li>Serviços, processos e dados serão interligados </li></ul><ul><li>A qualidade da educação é e será fundamental </li></ul><ul><li>A quantidade de horas dedicadas ao ensino formal deve diminuir </li></ul><ul><li>Educação informal permeia todas as atividades </li></ul><ul><li>Uso de tecnologias e conteúdos abertos </li></ul><ul><li>Uso de recursos educacionais digitais </li></ul>
    10. 10. Pedagogia Andragogia Heutagogia O professor determina o que deve ser aprendido e como deve ser aprendido Professor ensina o que sabe e o que a instituição determina Processo linear Conteúdos: “Transmissão de conhecimentos” Ensino O professor determina o que deve ser aprendido e o aprendiz participa do aprendizado Professor facilita o aprendizado Aprendizado significativo Processo sistêmico Conteúdos de aprendizagem: “Conteúdos cognitivos, procedimentais e atitudinais” Ensino e Aprendizagem O aprendiz determina o que deve ser aprendido e como deve ser aprendido O aprendiz experimenta e descobre o que deseja aprender Processo complexo Objetos de aprendizagem: “ Pedaços de conteúdos que o aprendiz reorganiza constantemente” Aprendizagem significativa
    11. 11. <ul><li>E a Biblioteca? </li></ul>
    12. 12. Precisamos de Bibliotecas no século 21?
    13. 14. A Biblioteca Ideal <ul><ul><li>Espaço acolhedor </li></ul></ul><ul><ul><li>Ambiente agradável </li></ul></ul><ul><ul><li>Profissionais qualificados </li></ul></ul><ul><ul><li>Profissionais motivados </li></ul></ul><ul><ul><li>Investimentos adequados e suficientes </li></ul></ul><ul><ul><li>Conhecimento do público-alvo </li></ul></ul><ul><ul><li>Garantia de acesso à informação demandada pelos usuários </li></ul></ul>
    14. 15. Biblioteca escolar 2.0 <ul><li>Paradigma custodial </li></ul><ul><li>Paradigma da Construção Coletiva </li></ul>
    15. 16. Objetivos da Biblioteca Escolar <ul><li>Fomentar o aprendizado </li></ul><ul><ul><li>A partir da pesquisa escolar </li></ul></ul><ul><ul><li>A partir da leitura </li></ul></ul><ul><ul><li>A partir da redação </li></ul></ul><ul><ul><li>A partir dos projetos dos alunos </li></ul></ul>
    16. 17. <ul><li>Impacto da Biblioteca no aprendizado </li></ul>
    17. 18. Contribuição indireta da Biblioteca I <ul><li>Desenvolvimento do pensamento crítico, em particular relacionado aos processos de análise e síntese, que criam o conhecimento </li></ul><ul><li>Representação do conhecimento através de uma série de produtos </li></ul><ul><li>Aumento da motivação e interesse em compartilhar informações para aprender e trabalhar eficazmente com os outros </li></ul>
    18. 19. Contribuição indireta da Biblioteca II <ul><li>Desenvolvimento da leitura, incluindo aumento do interesse por diferentes gêneros literários, contribuindo para o desenvolvimento de leitores mais fluentes e exigentes </li></ul><ul><li>Desenvolvimento da escrita, englobando atividades de pesquisa e organização de redações e textos diversos </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de competências pessoais e interpessoais, incluindo o desenvolvimento de valores positivos e éticos em relação ao uso da informação </li></ul>
    19. 20. O que é ser competente? <ul><li>Ser competente é mobilizar um conjunto integrado de conhecimentos, habilidades, atitudes e recursos para realizar uma ação </li></ul>
    20. 21. <ul><li>Competência Informacional </li></ul>
    21. 22. Transdisciplinaridade e competência Investigar, pesquisar, resolver problemas, elaborar projetos, analisar textos, contar histórias, expressar-se
    22. 23. O que é ser competente em informação? <ul><li>É... </li></ul><ul><ul><li>Mobilizar conhecimentos, habilidades, atitudes e recursos, apropriando-se do universo da informação para agir, decidir, realizar </li></ul></ul><ul><ul><li>Saber como buscar, acessar, organizar e apresentar a informação </li></ul></ul><ul><ul><li>Avaliar criticamente esta informação </li></ul></ul><ul><ul><li>Considerar as implicações de suas ações e conhecimentos </li></ul></ul><ul><ul><li>É ser um aprendiz independente </li></ul></ul><ul><ul><li>É aprender ao longo da vida </li></ul></ul><ul><ul><li>É abrir-se à mudança </li></ul></ul>
    23. 24. 1 Percebe a necessidade de informação 2 Identifica e define a informação necessária
    24. 25. 3 Sabe como achar a informação 4 Sabe como organizar, analisar, interpretar e avaliar a informação
    25. 26. 5 Sabe como utilizar a informação para resolver um problema 6 Utiliza a informação de modo ético
    26. 27. 8 Preserva a informação e reutiliza 7 Sabe como comunicar e apresentar a informação produzida
    27. 28. Ciclo da Competência em Informação
    28. 29. Competência midiática Compreender o papel e as funções dos meios de comunicação Avaliar criticamente o conteúdo das mídias Saber expressar-se pela mídia
    29. 30. COMPETÊNCIA INFO-MIDIÁTICA (CIM) <ul><li>Competência Informacional </li></ul><ul><ul><li>Mobilização de conhecimentos, habilidades e atitudes relacionadas à informação: necessidade, busca e uso, incluindo: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Pesquisa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Leitura e escrita (redação) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Manipulação de dados e informações </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Produção e disseminação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Preservação e reuso </li></ul></ul></ul><ul><li>Competência Midiática </li></ul><ul><ul><li>Resulta da convergência de conhecimentos, habilidades e atitudes mobilizados em relação ao uso e compreensão: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Meios e processos de comunicação de massa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Uso crítico e contextual </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Produção e Preservação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Convergência midiática </li></ul></ul></ul>
    30. 31. Biblioteca info-midiática Divulga conteúdos e informações em ambientes digitais – portais, plataforma Moodle, blogues, sítio Web, outros Recorre a todos os meios de comunicação, incentivando a comunicação via digital Aproveita as reuniões do(s) departamento(s) curricular(es) para apresentar/ divulgar os serviços e reunir opiniões sobre a logística de implementação de novos serviços e atividades
    31. 32. <ul><li>Cooperação com a coordenação educativa e supervisão pedagógica </li></ul><ul><li>Parceria com os docentes na concretização das atividades curriculares </li></ul><ul><li>Fusão pedagógica e didática das atividades escolares </li></ul><ul><li>Articulação das atividades entre alunos, pais, professores e bibliotecários </li></ul>Diretrizes para a promoção da CIM
    32. 33. <ul><li>Propõe um modelo de pesquisa de informação a ser usado por toda a escola </li></ul><ul><li>Produz e divulga, em colaboração com os docentes, guias de pesquisa e outros materiais de apoio ao trabalho escolar </li></ul><ul><li>Faz o levantamento nos currículos das competências info-midiáticas inerentes a cada área de conteúdo/ disciplina </li></ul><ul><li>A equipe da BE participa, em cooperação com os docentes, nas atividades de educação </li></ul>BE e a promoção da competência em informação
    33. 34. Estratégias 1. Obter envolvimento da Direção 5. Trabalhar as habilidades de entrosamento e negociação 2. Não se isolar 6. Ter foco nas ações 3. Combater a resistência dos professores <ul><li>Criar indicadores claros e verificar os resultados </li></ul>4. Superar a dificuldade em traduzir o conceito em ações 8. Clarear seus objetivos
    34. 35. <ul><li>Articular </li></ul><ul><li>Projeto Pedagógico da Biblioteca </li></ul><ul><li>com o projeto pedagógico da Escola, seu currículo e atividades diárias </li></ul><ul><li>visando a “inter-ação” com as atividades e pessoas </li></ul>
    35. 36. Lição de Casa <ul><li>Qual é o nosso público (idade, desejos) ? </li></ul><ul><li>Como começamos a planejar as atividades de ECI? </li></ul><ul><li>Quem são nossos colaboradores potenciais? </li></ul><ul><li>Que materiais são necessários? </li></ul><ul><li>Como capacitamos nosso pessoal? </li></ul><ul><li>Como promovemos nosso programa de CI? </li></ul><ul><li>Como podemos saber que resultados foram alcançados? </li></ul><ul><li>Como podemos garantir a continuidade das atividades? </li></ul>
    36. 37. Obrigada pela atenção Elisabeth Adriana Dudziak [email_address]

    ×