Propriedades específicas da matéria

  • 1,286 visualizações
Carregado em

slides de ciências 9º ano ...

slides de ciências 9º ano

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Tem certeza que quer?
    Sua mensagem vai aqui
    Seja o primeiro a comentar
    Be the first to like this
Sem downloads

Visualizações

Visualizações totais
1,286
No Slideshare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
0

Ações

Compartilhamentos
Downloads
5
Comentários
0
Curtidas
0

Incorporar 0

No embeds

Conteúdo do relatório

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Propriedades específicas dos materiais e caracterização de substâncias
  • 2. A água é um dos componentesdas seguintes misturas: água do mar água dos rios água da chuva água da copasa
  • 3. A água é sempre formada de2 átomos de hidrogênio e 1 átomo de oxigênio.A água apresenta uma fórmula fixa, que é H2O.
  • 4. A água não pode ser desdobrávelfisicamente. Quimicamente, através da eletrólise, a água se desdobra em gases: hidrogênio e oxigênio. Daí ser água uma substância pura COMPOSTA.
  • 5. OXIGÊNIO Componente da mistura conhecida como ar atmosférico.Composição fixa: dois átomos de oxigênio Fórmula definida: O2Não é desdobrável nem química nem fisicamente Substância pura SIMPLES
  • 6. SUBSTÂNCIA PURA PODE SER:SIMPLES OU ELEMENTAR :Formada de apenas 1 elementoFe(s) - O2(g) - O3(g) - P4(s) - S8(s)COMPOSTA OU COMPOSTO:Formado(a) de dois ou mais elementos, ou seja,de átomos de tipos diferentes:H2O (l) - NH3 (g) - CH4(g) - HCl(g)
  • 7. ELEMENTO ÁTOMOS Hidrogênio H D T Hidrogênio comum H1 Deutério 2D Trítio 3TÁtomos diferentes do mesmo elemento: ISÓTOPOSOxigênio 16O 17O 18O
  • 8. Ouro em pó .......... Au (s) Substância simples ou elementarOuro ...... Au .... Elemento químicoOuro 197 ...197Au..... átomo
  • 9. PROPRIEDADES QUE NÃO IDENTIFICAM: MASSA BALANÇA GRAMA ...............g KILOGRAMA......kg MILIGRAMA......mgAssim: 1,0 kg 1,0 x 103g 1,0 x106mg
  • 10. VOLUMEBURETA PROVETA OU CILINDRO GRADUADOPIPETA GRADUADA PIPETA VOLUMÉTRICA BALÃO VOLUMÉTRICO
  • 11. Metros Cúbicos ou m3 Litro ( L ) ou dm3 Mililitro (mL) ou cm3 ou c.c.Assim: 40 m3 = 40000 L = 4,0 x 104L
  • 12. PROPRIEDADES QUE IDENTIFICAM COR CHEIRO SABORSOLUBILIDADE DENSIDADEPONTOS DE FUSÃO E EBULIÇÃOASPECTO ( ESTADOS FÍSICOS)
  • 13. SÓLIDOORGANIZAÇÃO MÁXIMAMÍNIMO DE ENERGIA(ENTALPIA)FORMA E VOLUME FIXOS GASOSODESORDEM MÁXIMA(ENTROPIA)MÁXIMO DE ENERGIAFORMA E VOLUME VARIÁVEIS
  • 14. LÍQUIDOMAIS PRÓXIMO AO SÓLIDOFORMA VARIÁVELVOLUME FIXO
  • 15. FUSÃO VAPORIZAÇÃOSÓLIDO LÍQUIDO GASOSO SOLIDIFICAÇÃO CONDENSAÇÃO (LIQUEFAÇÃO) SUBLIMAÇÃO
  • 16. AQUECIMENTO DE SUBSTÂNCIA PURATemperatura (ºC) pe pf 0 Sólido Líquido + Tempo + Líquido Vapor (min.)
  • 17. Temperatura (ºC) AQUECIMENTO DE UMA MISURApe Faixa de Temperatura pf Faixa deTemperatura Tempo (min.)
  • 18. MISTURA EUTÉTICAT (ºC) Vapor Faixa de temperatura Líquido 183 Tf = constante Sólido Tempo
  • 19. Mistura AzeotrópicaT (ºC) Vapor 76,3 Te = constante Líquido Faixa de temperatura Sólido Tempo
  • 20. Propriedades da MatériaPropriedades são determinadascaracterísticas que, em conjunto, vãodefinir a espécie de matéria.Podemos dividi-las em 3 grupos:gerais, funcionais e específicas.
  • 21. PROPRIEDADES GERAISSão propriedades inerentes a todaespécie de matéria.
  • 22. MASSAé a medida da quantidade de matéria.Obs.: é importante saber a diferença entre massa e peso. O peso de umcorpo é a força de atração gravitacional sofrida por ele, ou seja, é a forçade atração que o centro da terra exerce sobre a massa dos corpos. Opeso de um corpo varia em função da posição que ele assume em relaçãoao centro da terra, enquanto a massa é uma medida invariável emqualquer local. Em Química, trabalhamos preferencialmente com massa.
  • 23. Extensão: é o espaço que a matéria ocupa, o seu volume.Inércia: é a propriedade que faz com que os corpos mantenham seu estadode movimento ou de repouso inalterado, a menos que alguma força interfira emodifique esse estado.Obs.: a massa de um corpo está associada à sua inércia, isto é, à dificuldadede se fazer variar seu estado de movimento ou de repouso.Portanto, podemos definir massa como a medida da inércia.
  • 24. Impenetrabilidade: duas porções de matéria não podemocupar, simultaneamente, o mesmo lugar no espaço.Divisibilidade: toda matéria pode ser dividida sem alterar a suaconstituição, até um certo limite ao qual chamamos de átomo.Compressibilidade: sob a ação de forças externas, o volume ocupadopor uma porção de matéria pode diminuir.Obs.: de uma maneira geral, os gases são mais compressíveis que oslíquidos, e estes, por sua vez, são mais compressíveis que os sólidos.
  • 25. Elasticidade: Dentro de um certo limite, se a ação de uma força causardeformação da matéria, ela retornará à forma original assim que essa forçadeixar de agir.Porosidade: a matéria é descontínua. Isso quer dizer que existem espaços(poros) entre as partículas que formam qualquer tipo de matéria. Essesespaços podem ser maiores ou menores, tornando a matéria mais ou menosdensa.Ex.: a cortiça apresenta poros maiores que os poros do ferro, logo adensidade da cortiça é bem menor que a densidade do ferro.
  • 26. Propriedades FuncionaisSão propriedades comuns a determinados grupos de matéria, identificadospela função que desempenham.Ex.: ácidos, bases, sais, óxidos, álcoois, aldeídos, cetonas.
  • 27. Propriedades EspecíficasSão propriedades individuais de cada tipo particular de matéria.Podem ser: organolépticas, químicas ou físicas.I- OrganolépticasSão propriedades capazes de impressionar os nossos sentidos − como acor, que impressiona a visão, o sabor, que impressiona o paladar, o odor,que impressiona o nosso olfato − e a fase de agregação da matéria (sólido,líquido, gasoso, pastoso, pó), que impressiona o tato.Ex.: água pura (incolor, insípida, inodora, líquida em temperatura ambiente)barra de ferro (brilho metálico, sólida)
  • 28. QuímicasResponsáveis pelos tipos de transformação que cada matéria é capaz desofrer. Relacionam-se à maneira de reagir de cada substância.Ex.: oxidação do ferro, combustão do etanol.
  • 29. FísicasSão certos valores encontrados experimentalmente para o comportamento decada tipo de matéria quando submetidas a determinadas condições. Essascondições não alteram a constituição da matéria, por mais diversas quesejam. As principais propriedades físicas da matéria são:Pontos de fusão e solidificaçãoSão as temperaturas nas quais a matéria passa da fase sólida para a faselíquida e da fase líquida para a sólida respectivamente, sempre em relação auma determinada pressão atmosférica.Obs.: a pressão atmosférica (pressão exercida pelo ar atmosférico) quandoocorre a 0° C, ao nível do mar e a 45° de latitude, recebe o nome de pressãonormal, à qual se atribuiu, convencionalmente, o valor de 1 atm.Ex.: água 0° C; oxigênio -218,7° C; fósforo branco 44,1° C
  • 30. Ponto de fusão normal: é a temperatura na qual a substância passa dafase sólida para a fase líquida, sob pressão de 1atm. Durante a fusãopropriamente dita, coexistem essas duas fases. Por isso, o ponto desolidificação normal de uma substância coincide com o seu ponto defusão normal.Pontos de ebulição e condensaçãoSão as temperaturas nas quais a matéria passa da fase líquida para afase gasosa e da fase gasosa para a líquida, respectivamente, sempreem relação a uma determinada pressão atmosférica.Ex.: água 100° C; oxigênio -182,8° C; fósforo branco 280° C.
  • 31. Ponto de ebulição normal: é a temperatura na qual a substância passa dafase líquida à fase gasosa, sob pressão de 1 atm. Durante a ebuliçãopropriamente dita, coexistem essas duas fases. Por isso, o ponto decondensação normal de uma substância coincide com o seu ponto deebulição normal.Densidadeé a relação entre a massa e o volume ocupado pela matéria.Ex.: água 1,00 g/cm3; ferro 7,87 g/cm3.
  • 32. Coeficiente de solubilidadeÉ a quantidade máxima de uma matéria capaz de se dissolver totalmenteem uma porção padrão de outra matéria (100g, 1000g), numa temperaturadeterminada.Ex.: Cs KNO3 = 20,9g/100g de H2O (10° c)Cs KNO3 = 31,6g/100g de H2O (20° c)Cs Ce2(SO4)3 = 20,0g/100g DE H2O (0° c)Cs Ce2(SO4)3 = 10,0g/100g DE H2O (25° c)
  • 33. DurezaÉ a resistência que a matéria apresenta ao ser riscada por outra. Quantomaior a resistência ao risco, mais dura é a matéria.Entre duas espécies de matéria, X e Y, decidimos qual é a de maior durezapela capacidade que uma apresenta de riscar a outra. A espécie de maiordureza, X, risca a de menor dureza, Y. Podemos observar esse fato, porquesobre a matéria X, mais dura, fica um traço da matéria Y, menos dura.TenacidadeÉ a resistência que a matéria apresenta ao choque mecânico, isto é, aoimpacto. Dizemos que um material é tenaz quando ele resiste a um forteimpacto sem se quebrar.Observe que o fato de um material ser duro não garante que ele seja tenaz;são duas propriedades distintas. Por exemplo: o diamante, considerado omaterial mais duro que existe, quebra-se totalmente ao sofrer um forteimpacto.
  • 34. BrilhoÉ a capacidade que a matéria possui de refletir a luz que incide sobre ela.Quando a matéria não reflete luz, ou reflete muito pouco, dizemos que elanão tem brilho. Uma matéria que não possui brilho não é necessariamenteopaca, e vice-versa. Matéria opaca é simplesmente aquela que não se deixaatravessar pela luz. Assim, uma barra de ouro é brilhante e opaca, poisreflete a luz sem se deixar atravessar por ela.