Plano de ensino de geografia 2014

30.642 visualizações

Publicada em

Plano de Ensino 7° e 8° ano de Geografia - Ensino Fundamental - Professora Eliane Aparecida Geraldo

Publicada em: Educação

Plano de ensino de geografia 2014

  1. 1. PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA ESCOLA: E E DR SYLVIO DE AGUIAR MAYA PROFESSORA: ELIANE APARECIDA GERALDO
  2. 2. PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA ENSINO FUNDAMENTAL 7° ANO
  3. 3. PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA - 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1° BIMESTRE CONTEÚDOS E TEMAS COMPETÊNCIAS E HABILIDADES 1. FRONTEIRAS DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. - Reconhecer informações geográficas em mapas de diferentes escalas; - Transpor essas informações de uma escala para outra; - Aplicar o conceito de território em diferentes situações. - Apresentação de vídeos; - Aulas dialogadas; - Discussão em grupos. - Vídeo; - Mapas; - Roteiro de questões - Aplicar conhecimentos geográficos na explicação de acontecimentos do dia-a-dia; - Ler e interpretar diagramas e mapas. - Leitura e interpretação de mapas e modelos gráficos; - Aulas dialogadas; - Exercícios. - Dados do grupo - Internet. - Limites e fronteiras ; - Unidades federadas; - Municípios. 2. FRONTEIRAS PERMEAVEIS. - Zona de fronteira; - Fronteira permeável; - Interações econômicas. 3. ESTUDO DA FORMAÇÃO TERRITORIAL DO BRASIL POR MEIO DE MAPAS. - Cartografia da formação territorial do Brasil; - Fronteiras políticas e limites (definição, delimitação e demarcação). - Explicar a formação territorial do Brasil a partir da partir da análise de um conjunto de dados cartográficos - Exercitar a imaginação, colocandose no tempo e no espaço de textos narrativos. ESTRATÉGIAS - Leitura e interpretação de mapas síntese do processo de consolidação das fronteiras políticas do Brasil; - Aulas dialogadas; - Leitura; - Interpretação e comparação entre diferentes formas de representação cartográfica RECURSOS - Mapas do acervo histórico da Biblioteca Nacional (pesquisa). AVALIAÇÃO - Será um processo contínuo de participação e compreensão do aluno, com atividade em classe, extraclasse e avaliação bimestral
  4. 4. 4. ESTUDO DA FORMAÇÃO TERRITORIAL DO BRASIL POR MEIO DA LITERATURA: O CONTEXTO CULTURAL. - Transpor conhecimentos geográficos entre diferentes formas de linguagem. - Dimensão cultural das fronteiras políticas; - Rio Grande do Sul; - Gaúchos da fronteiras CONTEÚDO CURRICULAR - Leitura, interpretação e comparação de mapas; - Leitura, interpretação e comparação de trechos da literatura regionalista; - Aulas dialogadas e redação de narrativa. - Mapas; - Trechos de obras romanescas gaúchas. HABILIDADES - SARESP O território brasileiro H13 - Diferenciar e aplicar conceitos de limite e fronteira. (GIII) - A formação territorial do Brasil. H33 - Identificar a partir da leitura de - Limites e fronteiras. textos e mapas, o processo de formação - A federação brasileira. territorial e/ou - Organização política e o estabelecimento das fronteiras administrativa. nacionais. (GI) H34 - Identificar em registros histórico-geográficos as diferentes formas de organização políticoadministrativa do Brasil. (GI) PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA – 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2º BIMESTRE CONTEÚDOS E TEMAS COMPETÊNCIAS E HABILIDADES ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO
  5. 5. - Extrair e analisar informações a 1 – AGRUPAMENTO REGIONAL DAS UNIDADES partir de mapas e gráficos; - Elaborar e interpretar mapas FEDERADAS. temáticos. - Critérios de divisão regional. - Elaboração e interpretação de mapas temáticos de indicadores sociais das unidades federadas; - Aulas dialogadas; - Leitura, interpretação entre diferentes formas de representação cartográfica. - Dados da pesquisa nacional por amostra de domicílios. 2 – REGIONALIZAÇÃO NO - Contextualizar as diferentes propostas de regionalização do TEMPO E NO ESPAÇO. Brasil, inferindo e julgando pontos de - Regionalização do território vista de interesse geográfico. brasileiro. - Comparação de mapas temáticos com divisão regional de diferentes épocas; - Aulas dialogadas; - Leitura, - Interpretação e comparação entre diferentes formas de representação cartográfica. - Mapas; - Sites. 3 – OUTRAS FORMAS DE REGIONALIZAÇÃO. - Analisar as transformações provocadas pela revolução técnicocientífico no processo de regionalização do país, analisando e interpretando informações extraídas de mapas e gráficos. - Comparação de mapas temáticos de indicadores sociais das unidades federadas; - Aulas dialogadas; - Redação de narrativas. - Mapas temáticos; - Textos para leitura. - Problematizar o arranjo do Brasil, compreendendo contextos regionais representados em diferentes linguagens. - Observação e análise de vídeo; - Vídeo; - Aulas dialogadas; - Música. - Aplicação de conhecimentos anteriores na interpretação. - Complexos regionais. 4 – VISÃO REGINAL. - Região Nordeste. - - Será um processo contínuo de participação e compreensão do aluno, com atividade em classe, extra-classe e avaliação bimestral
  6. 6. Conteúdo Curricular Habilidades – SARESP A regionalização do território brasileiro H11 - Agrupar os estados brasileiros a partir da comparação de seus indicadores socioeconômicos. (GI) - Critérios de divisão regional. - As regiões do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os complexos regionais e a região concentrada. H12 - partir de dados expressos em tabelas e gráficos cartesianos, comparar indicadores socioeconômicos dos estados brasileiros. (GII) PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA CONTEÚDOS E TEMAS – COMPETÊNCIAS E HGABILIDADES 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 3º BIMESTRE ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO
  7. 7. 1 – As grandes paisagens naturais brasileiras. - Biomas brasileiros; - Domínios morfoclimáticos do Brasil. 2 – As florestas brasileiras. - Mata Atlântica; - Floresta Amazônica. - Comparar diferentes formas de representar as paisagens naturais; - Identificar as principais características dessas paisagens. - Aulas dialogadas; - Exercícios de interpretação de mapas; - Produção de uma exposição de trabalhos realizados em grupos. - Reconhecer os vetores de degradação - Aulas dialogadas; do patrimônio ambiental brasileiro, em - Exercícios de interpretação de espacial dos ecossistemas florestados. fotografia, de textos e de mapas; - Discussão de vídeo. 3 – Os cerrados do Brasil Central. - Uso de recortes de jornais e revistas; - Fotografias. - Textos; - Mapas; - Fotografia; - Vídeos. - Reconhecer os vetores de degradação - Aulas dialogadas; do patrimônio ambiental brasileiro, em - Exercícios de interpretação de especial dos cerrados; textos, fotografias e mapas. - Os cerrados do Brasil Central. - Comparar propostas de soluções para problemas de natureza socioambiental, respeitando valores humanos e a diversidade sociocultural; - Perceber-se integrante, dependente e agente transformador do ambiente. - Textos; - Mapas; - Fotografias. 4 – O Sistema Nacional de Unidades de Conservação. - Mapas; - Tabela; - Fotografias; - Material de pesquisa. - O Sistema Nacional de Unidades de Conservação - Identificar os processos de formação das instituições sociais e políticas que regulamentam a sociedade e o espaço geográfico brasileiro. - Aulas dialogadas; - Leitura de entrevistas; - Exercícios de interpretação de mapas, de tabelas e de fotografias; - Pesquisa. -- Será um processo contínuo de participação e compreensão do aluno, com atividade em classe, extra-classe e avaliação bimestral.
  8. 8. (SNUC); - A gestão do Parque Estadual da Serra do Mar, em São Paulo. CONTEÍDO CURRICULAR HABILIDADES- SARESP Domínios naturais do Brasil - Biomas e domínios morfoclimáticos do Brasil. -O patrimônio ambiental e a sua conservação - Políticas ambientais no Brasil. - O Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). H15 - Identificar e descrever os diferentes usos dos recursos naturais realizados pela sociedade. (GI) H16 - Caracterizar, por meio de mapas, a diversidade morfoclimática do território brasileiro, identificando fatores que colocam em risco a sua preservação e/ou a importância destas na distribuição dos recursos naturais. (GII) H17 - Aplicar o conceito/noção de região na identificação e compreensão dos biomas brasileiros. (GIII) H18 - Reconhecer as generalidades e singularidades que caracterizam os biomas brasileiros, considerando os impactos oriundos das diferentes formas de intervenção humana em diferentes épocas. (GI)
  9. 9. H19 - Avaliar por meio de diferentes iconografias ou textos, formas de propagação de hábitos que induzam ao consumo e ao consumismo. (GIII) H20 - Identificar as características ambientais dos principais patrimônios geoecológicos nacionais e/ou os processos de formação das instituições sociais e políticas que regulamentam o patrimônio ambiental brasileiro. (GIII) PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA CONTEÚDOS E TEMAS – COMPETÊNCIAS E HABILIDADES 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 4º BIMESTRE ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO
  10. 10. 1 – O Brasil dos imigrantes. - A população brasileira e os fluxos migratórios. 2 – As diferenciações nos território. - A revolução de informação; - A rede de cidades. - Estabelecer relações entre diferentes informações geográficas expressas em diversas linguagens; - Descrever aspectos da população brasileira utilizando informações extraídas de mapas; - Explicar a mobilidade populacional a partir de sua própria experiência de vida. - Elaboração e interpretação de mapas de percurso; - Aulas dialogadas; - Leitura, interpretação e comparação de diferentes formas de representação cartográfica. - Mapas temáticos e textos narrativos. - Construir e interpretar mapas e modelos; - Comparar informações geográficas expressas em diferentes linguagens. - Comparação de mapas temáticos; - Aulas dialogadas; - Leitura, elaboração e comparação de diferentes formas de representação cartográfica. - Mapas; - Modelos. - Comparação e elaboração de mapas temáticos de indicadores sociais das unidades federadas; - Aulas dialogadas; - Trabalho em grupo. - Mapas temáticos; - Tabelas de dados estatísticos. 3 – A distribuição da atividade industrial no Brasil. - Explicar a diferencialidade espacial a partir da análise da distribuição - Concentração e territorial da atividade industrial; descentralização do espaço - Construir e interpretar cronogramas. industrial. 4 – Perspectivas do espaço agrário brasileiro. - O espaço agrário e a questão da terra no Brasil - Inferir e julgar opiniões e pontos de Análise de dados estatísticos e - Mapas vista; mapas temáticos; temáticos; - Aplicar conhecimentos geográficos na - Aulas dialogadas; - Textos. compreensão de diferentes atores - Aplicação de conhecimentos à sociais. interpretação de textos - Será um processo contínuo de participação e compreensão do aluno, com atividade em classe, extra-classe e avaliação bimestral -
  11. 11. narrativos. CONTEÚDO CURRICULAR Brasil: população e economia HABILIDADES - SARESP H14 - Com base em dados expressos em mapas e gráficos, identificar os - A população e os fluxos principais fluxos econômicos do Brasil migratórios. com os demais países do mundo. (GI) - A revolução da informação e a H35 - Identificar as principais rede de cidades influências socioculturais resultantes - O espaço industrial. das etnias que compõem a matriz étnica - Concentração e brasileira. (GI) descentralização. H36 - Interpretar por meio de - O espaço agrário e a questão iconografias ou textos, o processo de da terra. formação da sociedade brasileira e/ou as diferentes formas de ocupação do território. (GII) H37 - A partir da leitura de tabelas e gráficos identificar faixas de crescimento e/ou distribuição por gênero da população brasileira. (GI) H38 - Identificar por meio de textos ou iconografias elementos constituintes e/ou representativos da paisagem rural e urbana. (GI)
  12. 12. PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA ENSINO FUNDAMENTAL 8° ano PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA CONTEÚDOS E TEMAS – COMPETÊNCIAS E HABILIDADES 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º BIMESTRE ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO
  13. 13. 1 – O MEIO NATRUAL: O CONTEXTO DO SENHOR DS VENTOS. - Representação cartográfica; - Visão de mundo e suas tecnologias. 2 – O MEIO TÉCNICO: A FORÇA DAS MÁQUINAS NA PRODUÇÃO E NA CIRCULAÇÃO. - Compreender processos sociais utilizando conhecimentos históricos e geográficos; - Identificar representações do espaço geográfico em textos científicos, imagens, fotos, gráficos etc. - Leitura e interpretação de - Imagens mapas medievais e portulanos digitais, (cartas náuticas textos e mapas. antigas); - Aulas dialogadas, leitura, e interpretação e comparação entre diferentes formas de representação cartográfica. - Compreender o processo histórico de ocupação dos territórios; - Interpretar a formação e organização do espaço geográfico, considerando diferentes escalas. - Leitura e interpretação de textos e mapas; - Trabalhos em grupos. - Textos; - Imagens; - Mapa mudo. - Analisar criticamente as implicações sociais e ambientais do uso das tecnologias em diferentes contextos histórico-geográficos; - caracterizar formas de circulação de informação, capitais, mercadorias, e serviços no tempo e no espaço - Aulas dialogadas; - Leitura e interpretação de textos e mapas; - Trabalhos em grupos. - Mapas; - Textos. - Comparar propostas e ações das - Aulas dialogadas; - Vídeos. - Será um processo contínuo de participação e compreensão do aluno, com atividade em classe, extra-classe e avaliação bimestral - O meio técnico; - A indústria; - A ferrovia. 3 – O MEIO TÉCNICOCIENTIFICO E A INCLUSÃO NO MUNDO DIGITAL. - O meio técnico-científicoinformacional; - ciberespaço; - globalização. 4 – ANÁLISE CRÍTICA DO -
  14. 14. PROCESSO DE COMUNICAÇÃO. - Desigualdades internacionais no processo de globalização. instituições sociais e políticas, no enfrentamento de problemas de ordem econômico-social; - Interpretar realidades históricas e geográficas estabelecendo relações entre diferentes fatos e processos sociais. - Trabalhos em grupos. HABILIDADES – SARESP H16 - Interpretar e comparar diferentes Representação cartográfica formas de representação cartográfica - Visão de mundo e suas dos espaços globalizados. (GI) tecnologias. H17 - Interpretar mapas e gráficos relativos aos Índices de Globalização em três tempos Desenvolvimento Humano. (GII) - O meio técnico e o H18 - Identificar relações de encurtamento das distâncias. interdependência entre diferente redes - O meio técnico-científicoilegais. (GIII) informacional e a globalização. H19 - Interpretar mapas temáticos, - O processo de globalização e tabelas ou gráficos relativos às questões as desigualdades energéticas em diferentes escalas. (GI) internacionais. H20 - Identificar por meio de gráficos ou mapas a distribuição e apropriação desigual dos recursos naturais. (GI) CONTEÚDO CURRICULAR PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA CONTEÚDOS E TEMAS – COMPETÊNCIAS E HABILIDADES 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL – 2° BIMESTRE ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO
  15. 15. 1 – AS FONTES E AS FORMAS D ENERGIA: A FONTE ENERGÉTICA DA VIDA. - Explicar transformações ambientais;e ciclos da natureza; - Analisar e interpretar informações geográficas expressas de diversas maneiras. - Elaboração de mapas temáticos - Textos; e gráficos; - Internet; - Aulas dialogadas; - Lousa. - Leitura de diferentes formas de representação cartográfica. - Analisar e interpretar informações geográficas a partir da elaboração de gráficos e mapas temáticos. - Elaboração de mapas temáticos e gráficos; - Aulas dialogadas; - Leitura de diferentes formas de representação cartográfica. Representações gráficas; - Lousa; - Textos. - Problematizar a questão energética, estabelecendo relações entre dados e informações geográficas expressas de diferentes maneiras. - Elaboração de mapas temáticos e gráficos; - Aulas dialogadas; - Leitura de diferentes formas de representação cartográfica. - Mapas; - Lousa; - Ilustrações; - Gráficos. - Aplicar conhecimentos para posicionar-se diante de dados e informações geográficas a respeito da matriz energética brasileira, utilizando-se de diferentes linguagens. - Elaboração de mapas temáticos e gráficos; - Aulas dialogadas; - Leitura de diferentes formas de representação cartográfica. - Mapas; - Gráficos; - Dados coletados em páginas da internet. - As fontes e as formas de energia. 2 – MATRIZES ENERGÉTICAS: DA LENHA AO ÁTOMO. - Matrizes energéticas. 3 – PERSPECTIVAS ENERGÉTICAS: POTENCIAL E LIMITAÇÕES DE ENERGIA RENOVÁVEIS. - Perspectivas energéticas. 4 – A MATRIZ ENERGÉTICA BRASILEIRA. - Matriz energética; - Fontes energéticas alternativas. - Será um processo contínuo de participação e compreensão do aluno, com atividade em classe, extra-classe e avaliação bimestral
  16. 16. CONTEÚDO CURRICULAR Produção e consumo de energia HABILIDADES – SARESP H5 - Identificar e analisar dados em tabelas, gráficos e mapas relativos ao uso, forma ou consequência ambiental da atividade energética global. (GI) - As fontes e as formas de energia. - Matrizes energéticas. - Da lenha ao átomo. H6 - Extrair informações em - Perspectivas energéticas. diferentes fontes, para exemplificar e - A matriz energética mundial. explicar formas de utilização e/ou - A matriz energética brasileira. consequências do uso indiscriminado das distintas fontes de energia. (GII)
  17. 17. PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA CONTEÚDOS E TEMAS 1 – A apropriação desigual dos recursos naturais. - Reservas minerais; - Recursos minerais; - Jazidas minerais; - Minério; - Lavra; - Mina; - Recursos naturais não renováveis; - Resíduos sólidos; - Reciclagem. 2 – Desmatamento, poluição dos rios e da atmosfera. – 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL -3°BIMESTRE COMPETÊNCIAS E HABULIDADES - Identificar recursos minerais utilizados no cotidiano; - Diferenciar recursos renováveis de não renováveis; - Aplicar conceitos relativos à Geologia; - Propor formas de intervenção solidária no ambiente escolar relativas à coleta e ao envio de produtos descartáveis para a reciclagem. - Identificar as formas de poluição ambiental em diferentes ambientes; - Caracterizar as causas e conseqüências do desmatamento; ESTRATÉGIAS RECURSOS - Aulas expositivas; - Trabalho em grupo; - Observação de campo; - Exercícios individuais. - Ficha de observação; - Ilustrações; - Mapas e gráficos. - Aulas expositivas; - Trabalhos individuais e em - Mapas; - Gráficos. AVALIAÇÃO - Será um processo contínuo de participação e compreensão do aluno, com atividade em classe, extra-classe e avaliação bimestral
  18. 18. - Poluição ambiental; - Desmatamento; - Crise na disponibilidade de água; - Efeito estufa. - Analisar o impacto da expansão dos grupo. meios de transporte em áreas florestadas; - Posicionar-se diante de argumentos sobre a implantação ou não de rodovias na região Centro-Oeste; - Analisar os impactos causados pelas atividades humanas que contribuem para a escassez hídrica; - Analisar questões naturais relativas à distribuição dos recursos hídricos; - Identificar elementos naturais e sociais responsáveis pelo aumento do efeito estufa: - Analisar as conseqüências climáticas relativas à intensificação do efeito estufa. 3 – Do clube de Roma ao desenvolvimento sustentável. - Compreender as formas multilaterais de regulamentação das sociedades e do espaço geográfico; - Conferências internacionais - Comparar propostas de soluções para sobre a problemas de natureza socioambiental; questão ambiental; - Identificar modelos de produção e - Desenvolvimento sustentável. consumo que induzam a sistemas produtivos predatórios ao ambiente e à sociedade. - Aulas expositivas; - Análise de mapas e documentos. - Mapas; - Textos teóricos. 4 – Alterações climáticas e desenvolvimento: Análise de relatório de desenvolvimento humano. - Aulas expositivas; - Análise de textos; - Textos teóricos; - Gráficos; - Mapas. - Comparar diferentes modos de vida; - Analisar criticamente as implicações ambientais do uso das tecnologias;
  19. 19. - A “pegada do carbono”; - As responsabilidades sobre a alteração climática global. CONTEÚDO CURRICULAR A crise ambiental - A apropriação desigual dos recursos naturais. - Poluição ambiental e efeito estufa. - Do Clube de Roma ao desenvolvimento sustentável. - Alterações climáticas e desenvolvimento. - Consumo sustentável. - Identificar aspectos da realidade socioambiental em suas diversas escalas, a partir de indicadores graficamente representados. HABILIDADES - SARESP H7 - Identificar a presença de recursos naturais na organização do espaço geográfico, relacionando transformações naturais e intervenção humana. (GIII) H8 - Identificar o grau de vulnerabilidade de diferentes áreas do planeta aos impactos ambientais decorrentes da ação antrópica. (GI) H9 - Compreender o significado e a importância da água para a sociedade, sabendo qualificar diferentes formas de uso resultantes da intervenção humana. (GII) H10 - Identificar e caracterizar elementos responsáveis pela poluição atmosférica. (GI) - Gráficos; - Mapas.
  20. 20. H11 - Comparar documentos e/ou ações propostas por diferentes instituições sociais e políticas para o enfrentamento de problemas de caráter ambiental. (GII) H12 - Analisar criticamente implicações socioambientais resultantes das formas predatórias de utilização dos recursos naturais. (GIII) H13 - Analisar, de forma qualitativa, situações-problema referentes à poluição atmosférica, reconhecendo suas transformações e/ou efeitos ambientais. (GIII) H14 - Analisar situações-problema representativas da propagação de hábitos de consumo que induzam ao consumismo.(GIII) H15 - Analisar as implicações sociais decorrentes das atividades turísticas com relação à sua participação econômica e/ou às técnicas de preservação ambiental em diferentes partes do mundo. (GIII)
  21. 21. PLANO DE ENSINO DE GEOGRAFIA CONTEÚDOS E TEMAS – COMPETÊNCIAS E HABILIDADES 1 – Peru e México: a herança - Identificar elementos pré-colombiana. representativos da herança pré- A arquitetura inca e maias; colombiana no Peru e no México. - As tradições agrícolas; - As cidades pré-colombianas. 2 – Brasil e Argentina: As correntes de povoamento. - Densidades demográficas; - Vetores de povoamento, do território na Argentina e no Brasil. 3 – Colômbia e Venezuela: entre os Andes e o Caribe. 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL -4°BIMESTRE ESTRATÉGIAS - Leitura e interpretação de mapas e fotografias ; - Aulas dialogadas; - Leitura, interpretação e comparação entre diferentes formas de representação cartográfica. RECURSOS - Imagens digitais; - Tabelas; - Mapas; - Filme. - Diferenciar correntes de povoamento, - Leitura e interpretação de tabelas - Mapas; relacionando-as com a formação e mapas; - Textos; socioespacial. - Produção de mapa. - Fotografia. - Estabelecer semelhanças e - Aulas dialogadas; - Mapas; AVALIAÇÃO - Será um processo contínuo de participação e compreensão do aluno, com atividade em classe, extra-classe e avaliação bimestral
  22. 22. - Processo de apropriação e valorização territorial na Colômbia na Colômbia e no Caribe. 4 – Haiti e Cuba: As revoluções. - Processo de independência; - Características da revolução; - Conquistas e problemas sociais e políticos. diferenças socioculturais; - Leitura e interpretação de mapas. - Fotos. - Caracterizar processos de apropriação e valorização territorial. - Analisar histórica e geograficamente processo de formação política e econômica; - Comparar informações de interesse geográfico, interpretando diversos indicadores sociais e econômicos. CONTEÚDO CURRICULAR HABILIDADES - SARESP Geografia comparada da América: H21 - Identificar na América elementos histórico-geográficos representativos de heranças précolombianas. (GI) - Peru e México. - A herança pré-colombiana. - Brasil e Argentina. - As correntes de povoamento. - Colômbia e Venezuela. - Entre os Andes e o Caribe. - Haiti e Cuba. - As revoluções. H22 - Comparar a formação territorial de países latino-americanos levando em consideração a influência colonial. (GII) H23 - Estabelecer semelhanças e diferenças socioculturais entre as correntes de povoamento sulamericanas. (GIII) H24 - Diferenciar as correntes de - Aulas dialogadas; - Trabalhos individuais e em grupo. - Tabelas de dados; - Textos; Representações gráfica.
  23. 23. povoamento responsáveis pela formação territorial da Argentina e do Brasil.(GII) H25 -Na América do Sul, caracteriza e/ou distinguir os processos de povoamento e ocupação da região andina H26 - Analisar geograficamente os processos de formação política e/ou econômica de Cuba e do Haiti estabelecendo relações destes com a situação atual dos dois países. (GIII) o Caribe. (GIII) TEMAS TRANSVERSAIS Os temas transversais dizem respeito a conteúdos de caráter social, que devem ser incluídos no currículo do ensino fundamental, de forma “transversal”, ou seja: não como uma área de conhecimento específica, mas como conteúdo a ser ministrado no interior das várias áreas estabelecidas. no decorrer do ano letivo . Ética - É o tema transversal inserido em todas as disciplinas e que engloba todos os demais temas transversais, contribuindo para a concretização do ensino e da aprendizagem. Reflete a preocupação com a constituição de valores de cada aluno, ajudando-o a se posicionar nas relações sociais dentro da escola e da comunidade como um todo. São quatro blocos temáticos principais: respeito mútuo, justiça, diálogo e solidariedade.
  24. 24. Meio Ambiente - O Meio Ambiente não se restringe ao ambiente físico e biológico, mas inclui também as relações sociais, econômicas e culturais. O objetivo é propor reflexões que levem o aluno ao enriquecimento cultural, à qualidade de vida e à preocupação com o equilíbrio ambiental. Pluralidade Cultural - Participação do homem e da mulher na vida doméstica, o papel das crianças, com ênfase no apoio mútuo e solidariedade que se constrói no cotidiano, com a divisão das responsabilidades familiares, valores de liberdade de escolha de vínculos socioafetivos, etnias e povos nativos, cultura, habitações e organizações espacial de diferentes sociedades, diferentes formas de interação com ambiente.

×