PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS 
ARQUIVÍSTICOS DIGITAIS AUTÊNTICOS: 
Estudo do Projeto de Extensão da UEL 
Prof. Eliandro dos Sa...
• Motivação 
– Produção de documentos por meio de uso de 
computadores / Rede / compartilhado / ECM / 
GED / SIGAD 
– Docu...
• Escopo do estudo 
– Aplicação do InterPARES no documento 
composto Projeto de Extensão Eletrônico da 
UEL (InterPARES II...
• Bases e fundamentos 
– InterPARES - 
• InterPARES I - Preservação da autenticidade dos 
documentos arquivísticos nado di...
• Elementos constituintes do Documento Arquivístico 
Digital
• Sistema UEL – Usuário Docente – Projeto 
de Extensão 
'
• A Gênese do Projeto de Extensão
Análise do Projeto de Extensão, conforme os 
critérios do InterPARES: 
1 - Conteúdo Estável, forma fixa e mídia estável: 
...
Análise do Projeto de Extensão, conforme os 
critérios do InterPARES: 
2 - Contexto jurídico-administrativo, proveniência,...
Análise do Projeto de Extensão, conforme os 
critérios do InterPARES: 
3 - Pessoas envolvidas: Autor, Redator, 
Destinatár...
Análise do Projeto de Extensão, conforme os 
critérios do InterPARES: 
4 - Ação motivadora: Criar, Manter, Modificar, 
Ext...
Análise do Projeto de Extensão, conforme os 
critérios do InterPARES: 
5 - Vínculo Arquivístico: relação orgânica entre os...
Considerações finais 
●Projeto piloto para demais projetos (documentos, 
sistemas ou setores) 
●Interação arquivo tradicio...
Referenciais 
ARQUIVO NACIONAL. Ações internacionais. Projeto InterPARES. Disponível em: 
<http://www.arquivonacional.gov....
Obrigado!!! 
Contato: 
eliandrocosta@gmail.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS DIGITAIS AUTÊNTICOS: Estudo do Projeto de Extensão da UEL

364 visualizações

Publicada em

Apresentação de trabalho ministrado durante o VI Congresso Nacional de Arquivologia, dias 20 a 23 de outubro de 2014.

O site do evento é http://www.aargs.com.br/cna/#

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
364
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS DIGITAIS AUTÊNTICOS: Estudo do Projeto de Extensão da UEL

  1. 1. PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS DIGITAIS AUTÊNTICOS: Estudo do Projeto de Extensão da UEL Prof. Eliandro dos Santos Costa Curso de Arquivologia da Universidade Estadual de Londrina / PR Santa Maria, RS 2014
  2. 2. • Motivação – Produção de documentos por meio de uso de computadores / Rede / compartilhado / ECM / GED / SIGAD – Documentos digitais autênticos e confiáveis – Lei Nº 12527/2011 - Acesso a Informação - LAI
  3. 3. • Escopo do estudo – Aplicação do InterPARES no documento composto Projeto de Extensão Eletrônico da UEL (InterPARES III) – Sistema Web de Cadastro de P.E.E. – Obs.: Não trata-se de um documento e sim de um sistema de gestão de cadastro de projetos de extensão
  4. 4. • Bases e fundamentos – InterPARES - • InterPARES I - Preservação da autenticidade dos documentos arquivísticos nado digitais; • InterPARES II - Documentos arquivísticos produzidos em ambientes complexos • InterPARES III - Testar a teoria e a metodologia de preservação digital produzidas nas duas fases anteriores • InterPARES Trust – Produzir esquemas teóricos metodológicos para sustentar e desenvolvimento de redes de políticas, procedimentos, regulamentações, normas e legislações para documentos de arquivos na internet.
  5. 5. • Elementos constituintes do Documento Arquivístico Digital
  6. 6. • Sistema UEL – Usuário Docente – Projeto de Extensão '
  7. 7. • A Gênese do Projeto de Extensão
  8. 8. Análise do Projeto de Extensão, conforme os critérios do InterPARES: 1 - Conteúdo Estável, forma fixa e mídia estável: São estáveis, pois não podem ser alteradas sem a intervenção da Assessoria de Tecnologia da Informação (ATI). Obs.: quando o usuário Docente precisa inserir quaisquer dados no Projeto Inicial (Projeto de Extensão), ou seja, nos dados do cadastro do Projeto é necessário que esse usuário procure a ATI para que possa ser inserido
  9. 9. Análise do Projeto de Extensão, conforme os critérios do InterPARES: 2 - Contexto jurídico-administrativo, proveniência, procedimentos documental tecnológicos: Resolução n. 1295 de 24 de novembro de 1988 que aprova a política de Extensão da UEL. Natureza e proveniência estão diretamente vinculados à PROEX
  10. 10. Análise do Projeto de Extensão, conforme os critérios do InterPARES: 3 - Pessoas envolvidas: Autor, Redator, Destinatário, Produtor, Originador. São os docentes, discentes, as comissões de avaliação e os funcionários da PROEX. A autoridade produtora é a PROEX.
  11. 11. Análise do Projeto de Extensão, conforme os critérios do InterPARES: 4 - Ação motivadora: Criar, Manter, Modificar, Extinguir situações: é a extensão universitária
  12. 12. Análise do Projeto de Extensão, conforme os critérios do InterPARES: 5 - Vínculo Arquivístico: relação orgânica entre os documentos de uma mesma ação – é identificado entre os documentos que compõem o conjunto de documentos que envolvem o Projeto de Extensão.
  13. 13. Considerações finais ●Projeto piloto para demais projetos (documentos, sistemas ou setores) ●Interação arquivo tradicionais e eletrônicos ●Projeto de Extensão Eletrônico da UEL, é um documento arquivístico em potencial ●Documento é autêntico e confiável ●Melhor acompanhamento pela PROEX, visando a evitar a necessidade de inclusão de arquivos anexos
  14. 14. Referenciais ARQUIVO NACIONAL. Ações internacionais. Projeto InterPARES. Disponível em: <http://www.arquivonacional.gov.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=328&sid=42>. Acesso em: 08 jun. 2013. DURANTI, Luciana. (Coord.). InterPARES Project: International Research on Permanent Authentic Records in Electronic Systems. Disponível em: <http://www.interpares.org>. Acesso em: 20 Maio 2013. FERREIRA, Miguel. Introdução a preservação digital: conceitos, estratégias e actuais consensos. ed. electrónica. Guimarães, Portugal: Escola de Engenharia da Universidade do Minho, 2006. Disponível em: <http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/5820/1/livro.pdf>. Acesso em: 21 mar. 2013. ROCHA, Claudia Lacombe. Projeto InterPARES: Entrevista com Luciana Duranti. Ponto de Acesso, América do Norte, 3, mar. 2009. Disponível em: <http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/3316/2425>. Acesso em: 05 Jun. 2013. Rondinelli, Rosely Curi. Gerenciamento arquivístico de documentos eletrônicos: uma abordagem teórica da diplomática arquivística contemporânea. 4. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2005. ROUSSEAU, Jean-Yves; COUTURE, Carol. Os fundamentos da disciplina arquivística. Lisboa: Dom Quixote, 1998.
  15. 15. Obrigado!!! Contato: eliandrocosta@gmail.com

×