Aaula

718 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
718
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
452
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aaula

  1. 1. Relata a Sra. Thompson, que no seuprimeiro dia de aula parou em frenteaos seus alunos da 5a. série primária e,como todos os demais professores,lhes disse que gostava de todos por igual.
  2. 2. No entanto, ela sabia que isto eraquase impossível, já que na primeirafila estava sentado um pequenogaroto chamado Teddy.
  3. 3. A professora havia observado queele não se dava bem com os colegasde classe e muitas vezes suas roupasestavam sujas e cheiravam mal.
  4. 4. Houve até momentos em queela sentia prazer em lhe darnotas vermelhas ao corrigirsuas provas e trabalhos.
  5. 5. Ao iniciar o ano letivo, era solicitadoa cada professor que lesse com atençãoa ficha escolar dos alunos, para tomarconhecimento das anotações feitasem cada ano. A Sra. Thompson deixoua ficha de Teddy por último.
  6. 6. Mas quando a leu foi grandea sua surpresa.
  7. 7. A professora do 1o. ano escolarde Teddy havia anotado o seguinte:Teddy é um menino brilhante e simpático.Seus trabalhos sempre estão em ordeme muito nítidos. Tem bons modos eé muito agradável estar perto dele.
  8. 8. A professora do 2o. ano escreveu: Teddyé um aluno excelente e muito querido porseus colegas, mas tem estado preocupadocom sua mãe que está com uma doençagrave e desenganada pelos médicos. A vidaem seu lar deve estar sendo muito difícil.
  9. 9. Da professora do 3o. ano constava aanotação seguinte: A morte de sua mãefoi um golpe muito duro para Teddy.Ele procura fazer o melhor, mas seupai não tem nenhum interesse e logosua vida será prejudicada se ninguémtomar providências para ajudá-lo.
  10. 10. A professora do 4o. ano escreveu:Teddy anda muito distraído enão mostra interesse algumpelos estudos. Tem poucos amigose muitas vezes dorme na salade aula.A Sra. Thompson se deu contado problema e ficouterrivelmente envergonhada.
  11. 11. Sentiu-se ainda pior quando lembroudos presentes de Natal que os alunoslhe haviam dado, envoltos em papéiscoloridos, exceto o de Teddy, queestava enrolado num papelmarrom de supermercado.
  12. 12. Lembra-se de que abriu o pacotecom tristeza, enquanto os outrosgarotos riam ao ver uma pulseirafaltando algumas pedras e um vidrode perfume pela metade.
  13. 13. Apesar das piadas ela disse que opresente era precioso e pôs a pulseirano braço e um pouco de perfume sobrea mão. Naquele dia Teddy ficou umpouco mais de tempo na escola do queo de costume. Lembrou-se ainda, queTeddy lhe disse que ela estavacheirosa como sua mãe.
  14. 14.  Naquele dia, depois que todos seforam, a professora Thompsonchorou por longo tempo... Em seguida,decidiu-se a mudar sua maneira deensinar e passou a dar mais atençãoaos seus alunos, especialmente a Teddy.
  15. 15. Com o passar do tempo ela notou queo garoto só melhorava. E quanto maisela lhe dava carinho e atenção, maisele se animava.
  16. 16. Ao finalizar o ano letivo, Teddy saiucomo o melhor da classe. Um ano maistarde a Sra. Thompson recebeu umanotícia em que Teddy lhe dizia que elaera a melhor professora que tevena vida.
  17. 17. Seis anos depois, recebeu outra carta deTeddy contando que havia concluído osegundo grau e que ela continuavasendo a melhor professora que tivera.As notícias se repetiram até que umdia ela recebeu uma carta assinadapelo Dr. Theodore Stoddard,seu antigo aluno, mais conhecidocomo Teddy.
  18. 18. Um dia a Sra. Thompson recebeu outracarta, em que Teddy a convidava paraseu casamento e noticiava a morte deseu pai. Ela aceitou o convite e o diado casamento estava usando a pulseiraque ganhou de Teddy anos antes,e também o perfume.
  19. 19. Quando os dois se encontraram,abraçaram-se por longo tempo e Teddylhe disse ao ouvido: - Obrigado poracreditar em mim e me fazer sentirimportante, demonstrando-me queposso fazer a diferença.
  20. 20. Mas ela, com os olhos banhados empranto sussurrou baixinho: - Você estáenganado! Foi você que me ensinou queeu podia fazer a diferença, afinal eunão sabia ensinar até que o conheci.
  21. 21. Aí está amigos o valor da atenção... oquanto é importante darmos um poucomais de atenção as pessoas a quemamamos ou que se encontram do nossolado, sem no entanto, esquecer do outro...A atenção, carinho e cuidado devem sersomados e nunca dividido.
  22. 22. É preciso ouvir os apelos silenciososque ecoam na alma da pessoa.
  23. 23. ““A aula” (desconheço autor)A aula” (desconheço autor)Música tema: Winter Light (Sarah Brigthman)Música tema: Winter Light (Sarah Brigthman)Álbum: ClassicsÁlbum: ClassicsFormatado por: Orlei AntônioFormatado por: Orlei AntônioE-mail: odossa@hotmail.comE-mail: odossa@hotmail.comPor favor, não retire os créditos.Por favor, não retire os créditos.

×