Rádio Modem RM2071

1.149 visualizações

Publicada em

O transceptor RM2071 incorpora circuito pré-amplificador com sensibilidade de (–100) dBm. Sua construção robusta e a simplicidade de utilização o tornam perfeito para a comunicação de dados em chão de fábrica.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.149
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rádio Modem RM2071

  1. 1. Observe Pense Solucione RM2071 Rádio modem spread spectrum 2.4GHz para chão de fábrica Manual de Operação e Utilização Revisão 1.2 - 07/01/2011
  2. 2. Sumário Introdução ao transceptor RM2071 _______________________________________________3 Características técnicas ..................................................................................................................................................... 3 Conexões e sinalização _________________________________________________________4 Interface serial RS232 ........................................................................................................................................................ 4 Interface serial RS485 ........................................................................................................................................................ 5 Conexões internas.............................................................................................................................................................. 5 Fixação em trilho DIN___________________________________________________________6 Funcionamento serial do transceptor _____________________________________________6 Buffer da porta serial .......................................................................................................................................................... 6 Controle de fluxo ................................................................................................................................................................ 7 Protocolos da interface serial ............................................................................................................................................. 7 Operação em modo transparente....................................................................................................................................... 7 Operação em modo API ..................................................................................................................................................... 7 Testando rádios passo a passo __________________________________________________8 Conectando equipamentos para o teste de ECO ............................................................................................................... 8 Teste de ECO utilizando o software AirTest....................................................................................................................... 9 Ferramenta de configuração X-CTU ______________________________________________11 PC Setting ........................................................................................................................................................................ 11 Host Setup........................................................................................................................................................................ 11 User COM ports ............................................................................................................................................................... 12 Dados e tamanho do pacote ............................................................................................................................................ 12 RSSI ................................................................................................................................................................................. 12 API Function..................................................................................................................................................................... 12 A janela Main Terminal..................................................................................................................................................... 13 A opção Assemble Packet................................................................................................................................................ 13 Lendo o firmware do rádio................................................................................................................................................ 13 Alterando o firmware do rádio .......................................................................................................................................... 13 Escrevendo o firmware do rádio....................................................................................................................................... 14 Baixando atualizações de firmware.................................................................................................................................. 14 Perfis de modem .............................................................................................................................................................. 14 Algumas antenas recomendadas ________________________________________________15 Antena TL-AN2405C – Omni direcional 5dBi ................................................................................................................... 15 Antena MM2412S60 – Setorial 12dBi .............................................................................................................................. 16 Antena MM2415 – Omni direcional 15dBi ........................................................................................................................ 17 Antena ARS ASA-2.4 GHz – Yagi 9 dBi ........................................................................................................................... 18 Kit RPE1 - Rádio em ponto elevado ______________________________________________19 Kit Rádio Enlace 2.4GHz _______________________________________________________20 Perguntas e respostas_________________________________________________________21 Dúvidas Comuns .............................................................................................................................................................. 21 RM2071 - Manual de Operação e Utilização 2
  3. 3. Introdução ao transceptor RM2071 Este é o manual de operação e utilização do rádio modem RM2071 e contém informações sobre a configuração e operação dos transceptores. As informações incluem teoria de funcionamento, especificações técnicas, configuração da interface serial, instalação e diagnóstico de falhas. Transceptor, módulo e rádio modem são as formas pelas quais o manual se refere ao equipamento RM2071. O transceptor Alfacomp RM2071 atende a especificação IEEE 802.15.4 e opera na faixa ISM 2.4 GHz. O produto final é um rádio modem dotado de interfaces RS232 e RS485 simultâneas. A parametrização de fábrica permite utilização imediata, transmitido dados seriais entre dois ou mais dispositivos dotados de portas RS232 ou RS485. Uma ferramenta de programação de fácil utilização permite ajustar os transceptores para a composição de redes ponto multiponto e com parametrizações específicas. O rádio modem Alfacomp RM2071 pode substituir milhares de metros de cabos de comunicação em ambientes industriais ruidosos. Utilizando a comprovada tecnologia DSSS (Direct Sequence Spread Spectrum), que dispensa licença de operação junto a Anatel, o transceptor RM2071 estabelece comunicação entre computadores, clps e instrumentos diversos que possuem porta serial em padrão RS232 e RS485 com taxas de 1200 a 115.200 bps. As duas interfaces, RS232 e RS485 são interconectadas e funcionam paralelamente. O texto pode se referir às mesmas como porta serial ou portas seriais, pois estão conectadas ao mesmo canal serial. Por operar na mesma faixa de freqüência utilizada pelas redes Ethernet Wi-Fi, existe um grande número de antenas no mercado que podem ser utilizadas com o RM2071. O RM2071 é configurado e fornecido de fábrica com a seguinte parametrização básica: 9600 bps, sem paridade, sem RTS/CTS. Características técnicas Potência de saída 60 mW Alcance 100 m em ambiente fechados e 1600 metros com antenas direcionais e visada Baud rate serial 1200 a 115.2 kbps Baud rate de RF 250 kbps Sensibilidade do receptor -100 dBm Software de configuração Baseado em Windows - fácil utilização Faixa de operação ISM 2.4 GHz Tecnologia IEEE 802.15.4 — Frequency Hopping Spread Spectrum (Espalhamento Espectral por Saltos de Freqüência) Topologia de rede Ponto a ponto e ponto-multiponto Número de redes 13 Conexão RF SMA fêmea Conexão serial RS232 RJ12 Conexão serial RS485 Borne destacável modelo STL(Z) – Juntamente com a alimentação Tensão 10 a 30 VCC Consumo de energia 100 mA durante transmissão e 80 mA fora de transmissão (em 12 V). 50 mA durante transmissão e 40 mA fora de transmissão (em 24 V). Temperatura de operação -40° a +80°C Umidade 10% a 90% (não condensante) Dimensões Altura 80 x Largura 25 x Profundidade 98 mm Peso 220 g Forma Gabinete em aço com fixação para trilho DIN RM2071 - Manual de Operação e Utilização 3
  4. 4. Conexões e sinalização Quatro LEDs localizados no painel frontal do rádio indicam o funcionamento do equipamento conforme tabela que segue. LED Descrição PWR Ligado indica que a unidade está alimentada. LINK Indicador de estado da unidade. TX Pulsando indica que a unidade está transmitindo dados pelo RF. RX Pulsando indica que a unidade está recebendo dados pelo RF. A figura abaixo apresenta as conexões do RM2071. Interface serial RS232 O transceptor Alfacomp RM2071 é dotado de interface RS232. A pinagem do conector serial é apresentada na tabela que segue. Configuração do Conector RJ12 (RS232) Pino Descrição Sentido 2 RXD - Dados recebidos pelo rádio Saída 3 TXD - Dados a serem transmitidos pelo rádio Entrada 4 RTS - Request to send Entrada 5 GND 6 CTS - Clear to send Saída RM2071 - Manual de Operação e Utilização 4
  5. 5. O transceptor Alfacomp RM2071 é chamado DCE (Data Communication Equipment). Um DCE pode ser conectado a um DTE (Data Terminal Equipment), por exemplo um pc, através de um cabo pino a pino. A figura a seguir apresenta a configuração do cabo para interligar o rádio à porta serial de um pc. Rádio – RJ12 PC - DB9 fêmea 2 - RXD 2 - RXD 3 - TXD 3 - TXD 5 - GND 5 - GND 4 - RTS 7 - RTS 6 - CTS 8 - CTS Uso dos sinais RTS e CTS Os sinais RTS (Request To Send) e CTS (Clear To Send) têm a função de controlar o fluxo de dados entre o rádio e o dispositivo conectado a ele. O dispositivo ligado ao rádio, um microcomputador por exemplo, informa que vai transmitir dados acionando o RTS. O rádio responde que está disponível para receber os dados acionando o CTS. Ao detectar o CTS ativo, o microcomputador inicia a transmissão de dados. Se o rádio ficar sobrecarregado de dados em sua memória buffer, este irá desacionar o CTS o que obrigará o microcomputador a interromper a transmissão de dados até que o CTS esteja ativo novamente. Esta forma de controle de fluxo é também chamada de handshaking por RTS/CTS. Se o RTS for desabilitado na programação do rádio, o fluxo de dados se dará por XON/XOFF, ou seja, o fluxo de dados em TXD e RXD determina o momento de transmitir. Interface serial RS485 A porta serial RS485 está presente no mesmo conector utilizado para alimentar o rádio. O conector é do tipo STL(Z) da Phoenix Mecano. A pinagem do conector é apresentada na tabela que segue. Configuração do Conector de Alimentação e RS485 Pino Descrição Sentido +V Alimentação: 10 a 30 VCC 0V Alimentação: 0V GND Conectar a malha do cabo RS485 RS485 (GND) A A (+) RS485 (+TX/+RX) B B (-) RS485 (-TX/-RX) Conexões internas O circuito parcial ao lado apresenta as conexões internas da porta RS485. Observe-se que os sinais A e B da conexão serial RS485 são protegidas contra sobre tensões por diodo TVS. O Jumper J1 conecta a terminação resistiva de 120 ohms. Esta terminação deve ser utilizada nas pontas da rede RS485. Consulte as normas EIA para saber mais sobre este padrão serial. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 5
  6. 6. O rádio possui um orifício na tampa de fechamento que dá acesso ao Jumper. O Jumper pode ser colocado e retirado utilizando-se um alicate de bico fino. As fotos a seguir apresentam o orifício de acesso e a disposição interna do Jumper. Orifício de acesso Jumper da terminação resistiva Interconexão das interfaces seriais As interfaces RS232 e RS485 estão interligadas internamente no rádio. Isso significa que um frame serial recebido pelo rádio será simultaneamente reproduzido na RS232 assim como na RS485. Da mesma forma, os frames recebidos na RS232 assim como na RS485 serão transmitido pelo rádio. Não existe seleção de interfaces, ambas estão ativas. Isto pode ser útil na composição de repetidoras, por exemplo, em que interligamos o rádio pela RS485 e comunicamos com um clp local pela RS232, ou interligamos rádios pelas RS232, cruzando TX e RX, e ligamos um clp à RS485. Fixação em trilho DIN O rádio pode ser fixado em trilho DIN por meio do grampo plástico localizado na face traseira. Utilize uma chave de fenda para liberar o equipamento do trilho. Funcionamento serial do transceptor Buffer da porta serial Quando os dados seriais chegam ao transceptor pelas portas RS232 ou RS485, os bytes são armazenados no buffer da porta serial até que sejam processados. Conforme o momento, o transceptor pode não estar pronto para processar os dados recém chegados. Se grandes quantidades de dados são enviados à porta serial do rádio, os sinais de RTS e CTS devem ser utilizados. Algumas situações que requerem a utilização de RTS e CTS: • Se o módulo está recebendo uma seqüência continua de dados pelo canal de RF, os dados que estão sendo armazenados no buffer da porta serial terão de aguardar até que a recepção de rádio encerre. • Quando o módulo está transmitindo um pacote pelo canal de RF, talvez seja necessário descobri o endereço de destino e estabelecer uma rota de comunicação. Após transmitir, a retransmissão pode ser requerida caso não haja confirmação de recepção pelo dispositivo destino, ou se a transmissão for um broadcast. Nestes casos, o processamento dos dados armazenados no buffer da porta serial será lento. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 6
  7. 7. Buffer do canal de RF Os dados recebidos por rádio são armazenados pelo buffer do canal de RF. Se o buffer ultrapassar sua capacidade de armazenamento, o pacote inteiro é descartado. Algumas situações em que acontece a perda do pacote: • Quando a taxa de comunicação RF é mais alta que a velocidade da porta serial, o módulo pode estar recebendo dados pelo canal de RF em uma velocidade mais alta do que os dados são entregues a porta serial. • Quando o equipamento conectado ao rádio impede que os dados seriais sejam entregues por controle de fluxo. Controle de fluxo O sinal de CTS fornece ao equipamento conectado ao rádio um sinal habilitando que o mesmo envie dados à porta serial. O RTS é o sinal enviado ao rádio para indicar que o equipamento solicita enviar dados. Se a utilização dos sinais de RTS e CTS estiver habilitada na programação do rádio, o sinal de CTS impedirá o envio de dados quando o buffer do canal serial estiver a 17 bytes do seu limite máximo de armazenamento. O sinal de CTS irá permitir o envio de dados novamente, quando o buffer possuir pelo menos 34 bytes livres. Quando o equipamento conectado ao rádio acionar o sinal de RTS, o rádio será impedido de enviar à porta serial os dados recebidos pelo canal de RF. Isso pode provocar a perda de pacotes recebidos por RF. Protocolos da interface serial O transceptor funciona de forma transparente para a maioria dos protocolos. O transceptor opera em dois modos: funcionamento transparente e funcionamento API - Application Programming Interface ( Interface de Programação). Operação em modo transparente Quando operando em modo transparente, o transceptor funciona como um cabo serial. Os dados recebidos pela porta serial são transmitidos pelo canal de RF. Os dados recebidos pelo canal de RF são reproduzidos pela porta serial. O equipamento é configurado por meio de comandos AT. Os dados são armazenados pelo buffer da porta serial até que uma das seguintes situações a seguir provoca o empacotamento e transmissão via rádio: • Cessa o fluxo de dados sendo recebidos na porta serial por tempo ajustado no parâmetro packetization timeout. • A seqüência de comandos ( GT + CC + GT ) é recebida na porta serial. Os bytes recebidos, menos a seqüência de comando são empacotados e transmitidos. • O número máximo de bytes (100) que o pacote de RF suporta é atingido. Operação em modo API O modo API - Application Programming Interface ( Interface de Programação) é baseado em frames de comunicação. Este modo de funcionamento permite operação em redes de comunicação. Quando o transceptor opera em API, todos os dados são encapsulados em frames que definem operações ou eventos com o módulo. Frames de transmissão incluem: • Frames de transmissão de dados; • Frames de comandos (equivalentes aos comandos AT). Frames de recepção incluem: • Frame de dados recebidos pelo canal de RF; • Respostas a comandos; • Notificação de eventos, como por exemplo, reset, associação, desassociação, etc. O modo API oferece ao equipamento conectado, formas alternativas para configurar os transceptores e rotear dados. O equipamento conectado ao transceptor pode enviar frames contendo endereço e carga de dados no lugar de utilizar comandos para modificar endereços. O transceptor devolverá frames de dados contendo status dos pacotes recebidos, origem da transmissão e carga de dados. O modo API facilita operações tais como as listadas abaixo: • Transmitir dados a múltiplos destinos sem ter que entrar no modo de comando; • Receber status de sucesso/falha para cada pacote enviado por RF; • Identificar o endereço de origem de cada pacote recebido por RF. Para mais informações sobre o modo API consulte o manual XBee/XBee-PRO™ OEM RF Modules - 802.15.4 - v1.xAx da Digi. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 7
  8. 8. Testando rádios passo a passo Sugerimos a seguinte seqüência para testar e configurar uma rede de rádios. OBS: PROGRAMAR OS RÁDIOS PELA RS232 E TESTAR A COMUNICAÇÃO PELA RS485. DESTA FORMA, AMBAS AS PORTAS SERÃO TESTADAS. 1 – Os módulos XBP24 são programados em fábrica para 9600 bps sem paridade e um stop bit. 2 – Executar o teste serial com ECO em bancada que será descrito a seguir. Afaste os rádios de pelo menos 2 metros. 3 – Executar o teste de comunicação entre os equipamentos definitivos, em bancada, exemplo: software supervisório e clp. 4 – Instalar os rádios no campo e testar os enlaces utilizando o software de teste de enlaces. 5 – Executar novamente o teste de ECO, agora utilizando antenas à distância. 6 – Por fim, testar a comunicação entre os equipamentos definitivos como foi feito em bancada. Conectando equipamentos para o teste de ECO Conecte o rádio SERVIDOR à COM1 do PC utilizando o cabo de programação descrito abaixo. Rádio – RJ12 PC - DB9 fêmea 2 - RXD 2 - RXD 3 - TXD 3 - TXD 5 - GND 5 - GND 4 - RTS 7 - RTS 6 - CTS 8 - CTS Prepare um conector RJ12 com os pinos 2 (RXD) e 3 (TXD) interligados e encaixe no rádio CLIENTE. O objetivo é retransmitir todos os bytes recebidos. Rádio – RJ12 2 - RXD 3 - TXD 5 - GND 4 - RTS 6 - CTS RJ12 TX-RX COM1 Rádio 1 Rádio 2 Ligue os rádios às suas fontes de alimentação, instale as antenas de teste e afaste os mesmo de pelo menos 2 metros, pois o excesso de sinal causa falhas de comunicação. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 8
  9. 9. Teste de ECO utilizando o software AirTest Para realizar o teste de ECO, pode ser utilizado qualquer programa de comunicação serial, como por exemplo o Hyper Terminal do Windows. Nosso teste é baseado no programa AirTest que a Teledesign disponibiliza em seu site www.teledesignsystems.com e que pode ser baixado sem custos. Depois de instalado o AirTest, a tela inicial aparece como ao lado. Na barra de menus clique em Setup para ter acesso a janela ao lado. Marque o “Repeated Message:” Digite uma mensagem a ser transmitida como a do exemplo. Marque a caixa “Send and Receive Packet Number” para que cada mensagem seja transmitida com um número seqüencial. Clique na aba Port para ativar a próxima tela. Esta janela permite ajustar os parâmetros seriais. Ajuste como na figura para 9600 bps, sem paridade, 1 stop bit e 8 bits de dados. Clique na aba “Control Line”. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 9
  10. 10. A aba “Control Line” permite ajustar as linhas de controle. Desmarque a caixa “Active transmit with RTS”. Clique no botão OK para efetivar os ajustes e voltar para a tela de monitoração. Na tela de monitoração, clique no botão “Start transmission” para iniciar o teste. Na janela Tx Data, irá aparecer a mensagem digitada sendo transmitida com um contador incremental para cada transmissão. Se estiver tudo correto, a mensagem transmitida será repetida na janela Rx Data como na figura ao lado. Com este teste, foi verificado o funcionamento dos rádios passando pelas portas seriais em 9600 bps, sem paridade. O teste pode ser repetido para outros ajustes seriais. Procure testar dentro das condições que os equipamentos definitivos irão utilizar. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 10
  11. 11. Ferramenta de configuração X-CTU X-CTU é baseado na plataforma Windows. O programa foi desenvolvido para interagir com os arquivos de firmware encontrados nos produtos Digi, e possui uma interface gráfica de fácil utilização. O programa deve ser utilizado em computadores rodando o Windows 98 ou superior. O X-CTU pode ser baixado do web site da Digi. Quando instalado corretamente, o programa pode ser ativado clicando no ícone presente na tela Desktop, ou selecionando pelo Menu Iniciar. Quando lançado, você verá uma janela com quatro abas no topo. PC Settings: Permite selecionar a porta de comunicação e configurar os parâmetros de comunicação com o rádio. Range Test: Permite realizar um teste de alcance entre dois rádios. Terminal: Implementa um hyper terminal. Esta aba também permite acessar o firmware via comandos AT. Modem Configuration: Permite programar o firmware do rádio para ajuste de configurações internas ao rádio. Nesta aba também é possível alterar a versão de firmware do rádio. PC Setting Quando o programa é lançado, a aba PC Setting é automaticamente selecionada. A aba é dividida nas seguintes áreas: COM Port Setup Permite ajustar os seguintes parâmetros da comunicação serial entre pc e rádio: • Baud Rate: Standard e non-standard • Flow Control: Hardware, Software (Xon/Xoff), None • Data bits: 4, 5, 6, 7, e 8 data bits • Parity: None, Odd, Even, Mark e Space • Stop bit: 1, 1.5, e 2 Para alterar qualquer dos ajustes listados acima, selecione o menu pull down à esquerda do valor e selecione o ajuste desejado. Para introduzir um valor não padrão de baud rate, digite o valor no campo à esquerda. O botão Test/Query é utilizado para testar a porta COM selecionada e os ajustes de comunicação serial. Se os ajustes ou a porta não estiverem ajustados corretamente, será apresentada uma mensagem como ao lado. Host Setup A aba Host Setup permite ao usuário configurar como o programa X-CTU irá comunicar com o firmware do rádio. Nesta aba são selecionados os modos API ou comandos AT para acessar o firmware, assim como o modo e seqüência dos caracteres. Os ajustes default são os seguintes: API mode: not enabled (Not checked) Command mode Character: + (ACSII) 2B (Hex). Before Guard Time: 1000 (1 Sec) After Guard Time: 1000 (1 Sec) Se o rádio conectado não estiver ajustado como acima, altere os ajustes para combinar com os do rádio. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 11
  12. 12. User COM ports Esta opção permite adicionar ou remover portas seriais criadas pelo usuário. O efeito é temporário, pois as portas criadas são desativas quando o programa é encerrado. Aba Range Test Nesta aba é possível verificar o alcance de um enlace de rádio. Para isso, é enviado um pacote de dados definido pelo usuário e é avaliada a recepção do pacote devolvido dentro de um tempo pré-definido. Dados e tamanho do pacote O tamanho default do pacote é de 32 bytes. Os dados e o tamanho do pacote podem ser alterados pelo usuário. Para alterar o tamanho do pacote, altere o valor próximo ao campo “Create Data” e clique no botão “Create Data”. Para alterar os dados do pacote, delete o texto na janela de transmissão e digite os dados desejados. RSSI A opção RSSI permite apresentar o valor RSSI (Receive Signal Stehgth Indicator = Indicador de Intensidade de Sinal Recebido) do pacote recebido durante o teste de alcance. API Function O X-CTU também permite ao usuário testar a função API do rádio durante o teste de alcance. Para realizar este teste, siga os passos abaixo: 1: Configure o rádio BASE com API habilitado e um único endereço de origem de 16 bits ou de 64 bits 2: Configure o rádio REMOTO com um endereço único de origem e selecione o endereço de destino igual ao do rádio BASE (origem). 3: Habilite a opção API do X-CTU na aba PC Settings, e conecte o rádio BASE ao PC. 4: Instale o conector de loopback (eco) na porta serial do rádio REMOTO e deixe os rádios afastados pelo menos 1 metro entre si. 5: Digite ou o endereço de destino de 16 bits ou o de 64 bits do rádio REMOTO no campo Destination Address na aba Range Test. 6: Crie um pacote de dados próprio. 7: Para iniciar um teste de alcance, clique em Start. Você irá visualizar as mensagens TX failures, Purge, CCA, and ACK incrementando conforme o teste transcorre. Para interromper o teste, clique no botão Stop. A Aba Terminal A aba TERMINAL possui três funções básicas: Emulador de terminal; Função de enviar e receber pacotes pré-definidos de dados; Função de enviar e receber dados em formatos Hexa e ASCII (Show/Hide hex) RM2071 - Manual de Operação e Utilização 12
  13. 13. A janela Main Terminal A parte em branco da janela desta aba é a área onde as informações de comunicação podem ser vistas quando o X-CTU é utilizado como emulador de terminal. O texto digitado aparece em azul. Este texto é direcionado a porta serial do rádio para ser transmitido. O texto em vermelho apresenta os dados recebidos pelo rádio. Os indicadores em Line Status apresentam o estado das linhas de controle fluxo de hardware do RS232. Verde indica sinal ativo, enquanto que preto indica sinal inativo. A opção Break permite inserir quebras de linha. Isso faz inserir um DI line high, evitando de enviar dados ao rádio. A opção Assemble Packet Esta opção permite ao usuário montar um pacote de dados, tanto em ACII como em Hexa. Selecione a janela Assemble Packet e escolha entre ASCII e Hex. Feita a seleção, os dados devem ser inseridos como mostra o exemplo ao lado. A aba Modem Configuration Esta aba possui quatro frunções: • Fornece uma interface gráfica para o usuário interagir com o firmware do rádio • Permite ler e escreve o firmware microcontrolador do rádio • Permite fazer baixar atualizações de firmware da web ou de arquivos compactados • Salvar e carregar perfis de modem Lendo o firmware do rádio Para ler o firmware do rádio, siga os passos abaixo: • Conecte o rádio a porta serial do PC • Ajuste os parâmetros da aba PC Settings para os valores de fábrica • Na aba Modem Configuration, selecione “Read” na seção Modem Parameters and Firmware Alterando o firmware do rádio Uma vez lido o firmware do rádio, os ajustes de configuração são apresentados três diferentes cores: • Preto – não alterável, apenas pode ser lido • Verde – valor de fábrica (default) • Azul – Alterado pelo usuário RM2071 - Manual de Operação e Utilização 13
  14. 14. Para modificar qualquer dos parâmetros alteráveis, click no comando associado e digite o novo valor. Para facilitar a compreensão, uma descrição simples e limites de ajuste são apresentados na base da janela. Uma vez alterados todos os parâmetros desejados, basta salvá-los na memória não volátil do rádio. Escrevendo o firmware do rádio Para enviar os parâmetros alterados para a memória não volátil do rádio, pressione o botão Write localizado na seção Modem Parameters and Firmware. Baixando atualizações de firmware Outra função da aba Modem Configuration é a de permitir baixar atualizações de firmware da web ou de arquivos contidos em disco. Isto é feito seguindo os passos abaixo: • Clique em Download New Versions; • Clique em Web para baixar pela internet; • Clique em File para atualizar de arquivos salvos em disco. Encontre o arquivo e clique em Open; • Clique em OK e em Done. Perfis de modem O X-CTU possui recursos para enviar perfis de configuração previamente criados ao rádio. Este recurso é útil quando diversos rádios irão possuir receber os mesmos ajustes. Para salvar um perfil, siga os passos abaixo: • Parametrize o rádio conforme descrito anteriormente; • Clique Save na seção Profile; • Digite o nome desejado para o perfil no campo File Name; • Procure a pasta onde o perfil será armazenado; • Clique Save. Como carregar um perfil salvo: • Clique em Load na seção Profile; • Encontre a pasta e clique no arquivo desejado; • Clique Open. Para enviar o arquivo carregado ao rádio, pressione o botão Write localizado na seção Modem Parameters and Firmware. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 14
  15. 15. Algumas antenas recomendadas Antena TL-AN2405C – Omni direcional 5dBi RM2071 - Manual de Operação e Utilização 15
  16. 16. Antena MM2412S60 – Setorial 12dBi RM2071 - Manual de Operação e Utilização 16
  17. 17. Antena MM2415 – Omni direcional 15dBi RM2071 - Manual de Operação e Utilização 17
  18. 18. Antena ARS ASA-2.4 GHz – Yagi 9 dBi RM2071 - Manual de Operação e Utilização 18
  19. 19. Kit RPE1 - Rádio em ponto elevado RM2071 - Manual de Operação e Utilização 19
  20. 20. Kit Rádio Enlace 2.4GHz RM2071 - Manual de Operação e Utilização 20
  21. 21. Perguntas e respostas A elaboração deste item foi motivada pelas perguntas e dúvidas mais freqüentes dos usuários que pela primeira vez tem contato com rádios modem. Quando se faz a primeira tentativa de comunicar equipamentos dotados de portas seriais via rádio e a comunicação não funciona, a pergunta é: ONDE ESTÁ O PROBLEMA? A resposta pode ser, entre outras: • Baud rate; • Paridade; • Time-out de comunicação; • Pinagem de cabos; • Endereçamento de rádios; • Endereçamento dos equipamentos. Nossa sugestão é separar os sistemas e testar os rádios isoladamente. Os procedimentos descritos na seção “Testando rádios passo a passo” permitem testar os rádios em bancada assim como a distância. Dúvidas Comuns • Quais protocolos o RM2071 suporta? RESPOSTA: O RM2071, assim como a maioria dos rádios modem de sua categoria, não interpreta protocolos. Os rádios se limitam a receber bytes e transmiti-los para serem recebidos por outro rádio que irá emitir os mesmos bytes por sua porta serial. • Como funciona a paridade? RESPOSTA: O rádio não interpreta a paridade do byte transmitido. Quando ajustamos o rádio para trabalhar com paridade, este se prepara para transmitir bytes de 11 bits (start + 8 bits + paridade + stop). Quando ajustamos o rádio para trabalhar sem paridade, este transmite bytes de 10 bits (start + 8 bits + stop). Se a paridade transmitida corresponde aos 8 bits, isso não faz diferença para o rádio. • Qual o comprimento máximo do cabo entre o rádio e a antena? RESPOSTA: Quem determinará isto será a intensidade de sinal. O cabo RGC 213 tem uma perda aproximada de 50 dB a cada 100 metros. Se o sinal é forte, podemos admitir cabos mais longos. Apenas o projeto de rádio pode determinar o comprimento máximo. Uma resposta simplista seria: TENTAR MANTER O COMPRIMENTO ABAIXO DE 5 METROS. Utilizando o KIT RPE1 as perdas são minimizadas. RM2071 - Manual de Operação e Utilização 21

×