Empresas há muitas.                                      As familiares têm um Rosto.                              18 de ma...
Empresa Familiar                                                   vs Não Familiar                               “Em teori...
Empresa com ROSTO                                             Manuel Violasantónio nogueira da costa ©                    ...
Empresa com ROSTOantónio nogueira da costa ©                                               Salvador Caetano               ...
Empresa com ROSTO                                   Álvaro Portela                                                    Antó...
Empresa com ROSTOantónio nogueira da costa ©                                             Rui Nabeiro                      ...
Empresa com ROSTO                                                                            Paula Caetano                ...
Empresa com ROSTO                                                   Hermínia Paesantónio nogueira da costa ©              ...
Passar Testemunho                                                                                               Um dia, fi...
Quem deve ser o Sucessor                                    A ideia é reforçada por Duarte                                ...
Diferentes Pessoas                                                                                       Distintas Posiçõe...
Familiares na Empresa                                                                          Quem está       Eu quero te...
“A regra em qualquer circunstância é nomear                               para cada lugar o perfil mais adequado e a      ...
Empresa Diferente                                                                                                         ...
Tempos Difíceis                                                                                               É no lazer q...
Empresa Familiar                                                                                            vs Não Familia...
Empresa Familiar                                                                          vs Não Familiar                 ...
Empresa Familiar                                                                          vs Não Familiar                 ...
Os desafios das EFs:                                                 Comuns e previsíveis                                 ...
Sucessão: Um Grande Desafio                                     Historicamente 50% das empresas                           ...
A Tra(mal)dição                                       As empresas familiares e suas gerações:                             ...
A Tra(mal)dição                                    Empresa    A Empresa não acompanha mercado                             ...
antónio nogueira da costa ©efconsulting
Conclusão                               Os aspectos mais críticos que uma empresa                               familiar e...
As Eras da Empresa Familiar                                                       Fundador                                ...
Aspectos críticos:                                                         Era do Fundador                                ...
Aspectos críticos:                                               Era Associação de Irmãos                                 ...
Aspectos críticos:                                                    Era Confederação de Primos                          ...
Aspectos críticos:                                                                       Sucessão                         ...
Empresa Familiar:                                             …vínculo emocionalantónio nogueira da costa ©               ...
Chaves de uma                                                          Evolução com Êxito                                 ...
Chaves de uma                                                    Evolução com Êxito                                     Co...
O que é um                                                Protocolo Familiar?                               Acordo consens...
O Protocolo Familiar:                                             Aspectos mais “estratégicos”                            ...
O Protocolo Familiar:                                             Aspectos mais “operativos”                              ...
Conclusão                               Cuide com zelo de todas estas questões e não                               ceda na...
Uma Empresária                                                           Uma Visionária                               “Cad...
Principal Bibliografia                                             50 Perguntas Essenciais sobre                          ...
Empresas há muitas.                                      As familiares têm um Rosto.                              18 de ma...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ef rotary empresas com rosto 2012 05 17 excerto

409 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
409
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ef rotary empresas com rosto 2012 05 17 excerto

  1. 1. Empresas há muitas. As familiares têm um Rosto. 18 de maio de 2012, Rotary Club Porto Douroantónio nogueira da costa © antónio nogueira da costa antonio.costa@efconsulting.es
  2. 2. Empresa Familiar vs Não Familiar “Em teoria, uma empresa familiar e uma não familiar devem ser ambas geridas por profissionais competentes. A única diferença é que existe um rosto.”antónio nogueira da costa © efconsulting
  3. 3. Empresa com ROSTO Manuel Violasantónio nogueira da costa © efconsulting Rita Violas Otília Violas Manuel Violas
  4. 4. Empresa com ROSTOantónio nogueira da costa © Salvador Caetano efconsulting Ana Caetano Salvador Acácio Caetano Angelina (José Ramos)
  5. 5. Empresa com ROSTO Álvaro Portela António E. Portelaantónio nogueira da costa © Luís Portela efconsulting António Portela
  6. 6. Empresa com ROSTOantónio nogueira da costa © Rui Nabeiro efconsulting Rui Miguel Nabeiro
  7. 7. Empresa com ROSTO Paula Caetano Horácio Roqueantónio nogueira da costa © efconsulting Fátima Roque Teresa Roque Cristina Roque
  8. 8. Empresa com ROSTO Hermínia Paesantónio nogueira da costa © Palácio Brejoeira efconsulting
  9. 9. Passar Testemunho Um dia, filho... ... serás tu a mandar! E nessa altura vais blá, blá, blá, blá, blá, blá!antónio nogueira da costa © efconsulting Fonte: “50 Perguntas Essenciais sobre Empresas Familiares”, Costa, A; Negreira, F; Negreira, J
  10. 10. Quem deve ser o Sucessor A ideia é reforçada por Duarte Champalimaud. “Não pode haver conflito de interesses. É preciso ter experiência e formação”, vogal da Gestmin. “A escolha do sucessor deve serantónio nogueira da costa © orientada por critérios claros e que defendam os interesses da empresa”, José Paulo Duarte. efconsulting Fonte: www.ionline.pt, 2012-04-12
  11. 11. Diferentes Pessoas Distintas Posiçõesantónio nogueira da costa © efconsulting Fonte: “50 Perguntas Essenciais sobre Empresas Familiares”, Costa, A; Negreira, F; Negreira, J
  12. 12. Familiares na Empresa Quem está Eu quero testar Eu quero organizar para a vaga de as cordas nos receções, emprego?? cruzeiros de jantares... luxo... Eu gostava de ...sei lá... talvez...antónio nogueira da costa © Está aqui o meu CV!! efconsulting Fonte: “50 Perguntas Essenciais sobre Empresas Familiares”, Costa, A; Negreira, F; Negreira, J
  13. 13. “A regra em qualquer circunstância é nomear para cada lugar o perfil mais adequado e a pessoa mais capaz e preparada”, afirmou Soares dos Santos, reforçando que o principal desafio “é levar a família a compreender que o mérito se deve sobrepor ao sangue e que os cargos devem ser ocupados pelos maisantónio nogueira da costa © bem preparados”. efconsulting Fonte: www.ionline.pt, 2012-04-12
  14. 14. Empresa Diferente Oh! Pai... francamente!! A chegar ao altar, e ainda a despachar!antónio nogueira da costa © efconsulting Fonte: “50 Perguntas Essenciais sobre Empresas Familiares”, Costa, A; Negreira, F; Negreira, J
  15. 15. Tempos Difíceis É no lazer que vamos encontrar novos mercados para as nossas cordas! Venham!!!antónio nogueira da costa © efconsulting Fonte: “50 Perguntas Essenciais sobre Empresas Familiares”, Costa, A; Negreira, F; Negreira, J
  16. 16. Empresa Familiar vs Não Familiar Empresas familiares com uma forte presença do Fundador obtiveram uma rentabilidade sobre os activos (ROA) cerca de 18% superior às outras empresas (2006-2010).antónio nogueira da costa © efconsulting Fonte: “Are family firms better performers during financial crisis?”, Haoyong Zhou , january 2012
  17. 17. Empresa Familiar vs Não Familiar Estratégias de longo prazo, em detrimento de resultados imediatos Maior aversão ao risco e ao endividamento que a médias das empresas Grande inclinação para oantónio nogueira da costa © reinvestimento dos lucros efconsulting Fonte: Overview of Family Business Relevant Issues – Country Fiche Portugal, 2008 17
  18. 18. Empresa Familiar vs Não Familiar Preocupação com o desenvolvimento e preparação de membros da família para assegurarem a continuidade da empresa Planeamento dos períodos de transição críticos, tais como aantónio nogueira da costa © contratação de membros da família; delegação de poderes; sucessão efconsulting Fonte: Overview of Family Business Relevant Issues – Country Fiche Portugal, 2008 18
  19. 19. Os desafios das EFs: Comuns e previsíveis Liquidez financeira da empresa e da família Emprego de familiares Remuneração (familiares e outros) Captação de profissionais não familiaresantónio nogueira da costa © Sucessão (quem, como, quando) efconsulting 19
  20. 20. Sucessão: Um Grande Desafio Historicamente 50% das empresas familiares (EFs) falham na passagem do testemunho geracional Implicações:antónio nogueira da costa © Negócio Familiares efconsulting 20
  21. 21. A Tra(mal)dição As empresas familiares e suas gerações: A 1ª CRIA A 2ª DESFRUTA A 3ª RECOMEÇA GERAÇÃO País 1ª 2ª 3ªantónio nogueira da costa © Portugal Pai Rico Filho Nobre Neto Pobre Espanha Padre Bodeguero Hijo Milionario Nieto Podiocero Erwerben Vererben Verderben Alemanha efconsulting (cria) Porquê? (herda) (destroi) USA “Shirtsleeves to shirtsleeves in 3 generations”
  22. 22. A Tra(mal)dição Empresa A Empresa não acompanha mercado Uma realidade pois Externa O Estado (impostos) somente 20% das EFs conseguem manter-se na mesma família por Sucessores e ligação à EF mais de 60 anos Membros da família e diferentes interesses;antónio nogueira da costa © Família valores; objectivos; expectativas A envolvente geracional da geração seguinte. efconsulting
  23. 23. antónio nogueira da costa ©efconsulting
  24. 24. Conclusão Os aspectos mais críticos que uma empresa familiar enfrenta têm uma origem mais preponderante na família do que na empresa ou influência externa.antónio nogueira da costa © Tenho de ser sempre eu a resolver os problemas??? efconsulting Fonte: “50 Perguntas Essenciais sobre Empresas Familiares”, Costa, A; Negreira, F; Negreira, J
  25. 25. As Eras da Empresa Familiar Fundador Associação de Irmãosantónio nogueira da costa © Confederação de Primos efconsulting John L. Ward, Creating effective boards for private enterprises: meeting the challenges of continuity and competition, 1991.
  26. 26. Aspectos críticos: Era do Fundador A Transição da Liderança. A Sucessão (a primeira mudança geracional é a mais complicada). Posição pessoal do Cônjuge. A planificação patrimonial.antónio nogueira da costa © efconsulting
  27. 27. Aspectos críticos: Era Associação de Irmãos O Conselho de Administração como órgão de governo da empresa. Necessidade de harmonia e boa comunicação entre uma geração de herdeiros com forte vinculação e interesses distintos. Necessidade de assegurar um processo de sucessão que mantenha a propriedadeantónio nogueira da costa © familiar: o Protocolo Familiar é a ferramenta que deve conduzir todo o processo. efconsulting
  28. 28. Aspectos críticos: Era Confederação de Primos Progressivo distanciamento dos laços familiares. Diluição da propriedade. Expectativas de liquidez dos proprietários (“ricos-pobres”). Rendimentos do capital: diferentes perspectivas na política de remuneração.antónio nogueira da costa © Falta de acordo sobre até onde deve chegar o vínculo ou compromisso da família com respeito à empresa. O governo da família: o Conselho de Família. efconsulting
  29. 29. Aspectos críticos: Sucessão Equilíbrio instável em especial nas mudanças geracionais… Fundador Associação de Irmãos Confederação de primos …agravado pelo aspecto de aantónio nogueira da costa © sucessão sempre se atrasar. A sucessão é um processo que deve ser enfrentado com tempo e em época de paz, recorrendo às ferramentas que ajudam na sua concretização. efconsulting
  30. 30. Empresa Familiar: …vínculo emocionalantónio nogueira da costa © efconsulting
  31. 31. Chaves de uma Evolução com Êxito Planificar a sucessão com tempo. Criar órgãos de governo eficazes (Conselho de Administração e Conselho de Família). Envolver a família no processo da sucessão. Solicitar acompanhamento externo sempre que necessário. Desenhar um modelo de relação EMPRESA -antónio nogueira da costa © FAMÍLIA de futuro. Fomentar valores tais como Compromisso, Unidade, Integridade, Transparência, Respeito, Responsabilidade, etc. efconsulting
  32. 32. Chaves de uma Evolução com Êxito Como conduzir todo este processo? através do PROTOCOLO FAMILIARantónio nogueira da costa © efconsulting
  33. 33. O que é um Protocolo Familiar? Acordo consensual entre todos os membros da família (proprietários actuais ou futuros), posto por escrito, no qual se fixa o que deve ser o guia de conduta da família em relação àantónio nogueira da costa © empresa e em relação à própria família. efconsulting
  34. 34. O Protocolo Familiar: Aspectos mais “estratégicos” Reflexão estratégica sobre o futuro da empresa e da família. Diagnóstico da cultura e situação familiar. Consenso sobre o Modelo Empresarial e o seu governo: o Conselho de Administração. Consenso sobre o Modelo Familiar e o seu governo: o Conselho de Família.antónio nogueira da costa © Modelo de relação empresa-família (a palavra determinante na empresa familiar deve ser “EMPRESA”). efconsulting
  35. 35. O Protocolo Familiar: Aspectos mais “operativos” A incorporação de familiares na empresa (que possibilidades oferece a empresa e que requisitos exige). Modelo de governo e sucessão Distribuição de dividendos (legítimo direito do accionista a receber o retorno do seu investimento); o protocolo deve apresentar uma solução.antónio nogueira da costa © O controlo da propriedade e a gestão patrimonial: criação de sociedades intermédias. Obrigações familiares: testamento, doações ou outras obrigações matrimoniais. efconsulting
  36. 36. Conclusão Cuide com zelo de todas estas questões e não ceda na tarefa importante de gerir com êxito a sua empresa e manter unida a sua família.antónio nogueira da costa © gerir com êxito a sua empresa e manter unida a sua família. efconsulting
  37. 37. Uma Empresária Uma Visionária “Cada um na sua terra deverá fazer tudo o que seja para bem da humanidade”. (julho de 1855) Antónia Adelaide Ferreiraantónio nogueira da costa © “Ferreirinha” (04-07-1811, 26-03-1896) efconsulting
  38. 38. Principal Bibliografia 50 Perguntas Essenciais sobre empresas Familiares; A. Costa, F. Negreira, J. Negreira; 2011, Vida Económicaantónio nogueira da costa © • Eu não vendi. Não o façam vocês; F. Negreira, J. Negreira, A. Costa; 2007, Vida Económica efconsulting
  39. 39. Empresas há muitas. As familiares têm um Rosto. 18 de maio de 2012, Rotary Club Porto Douroantónio nogueira da costa © antónio nogueira da costa antonio.costa@efconsulting.es

×