Inovação tecnológica na             EEFE-USPI Feira USP de Inovação e Empreendedorismo                   23 a 25 de Agosto...
FRAMIsoftware ajuda a analisar lutas de judô                                      O programa, nomeado FRAMI, é pioneiro no...
aplicação   O FRAMI oferece uma análise da estrutura temporal das açõesnos combates, apresentando descrições de elementos ...
equipe e contatos                                                                                             grupo de est...
Protótipo de treinamento deforça experimental  Protótipo é inovador ao estabelecer um modelo para aplicação de treinamento...
o equipamento  Idealizado há cerca de dois anos, trata-se de uma espécie decaixa aonde o animal entra e, a partir de um si...
equipe e contatoslab. de nutrição e metabolismo                antonio herbert lancha jr.,da atividade motora             ...
Esteira                                               A E750 conta com o exclusivo sistema de                             ...
equipe e contatos                                                  não apenas pela contribuição na formação               ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação us pi_tec

315 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
315
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
52
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação us pi_tec

  1. 1. Inovação tecnológica na EEFE-USPI Feira USP de Inovação e Empreendedorismo 23 a 25 de Agosto de 2012
  2. 2. FRAMIsoftware ajuda a analisar lutas de judô O programa, nomeado FRAMI, é pioneiro no Brasil e facilita o estudo técnico-tático dos combates da modalidade. Até o momento, esse tipo de análise é normalmente realizada por meio de programas menos específicos e pode demorar até três horas para um vídeo de cerca de cinco minutos. No FRAMI, o mesmo trabalho pode ser feito em cerca de quinze minutos. Os dados coletados podem ser utilizados no treinamento dos atletas, que têm a oportunidade de se familiarizar mais facilmente com as habilidades e estratégias de seus oponentes.
  3. 3. aplicação O FRAMI oferece uma análise da estrutura temporal das açõesnos combates, apresentando descrições de elementos que pos-sibilitam o aprimoramento do treino dos atletas, além de fornecerinferências sobre a demanda de esforço específico de luta, o quepode ser utilizado na preparação física dos judocas.e desenvolvamseu senso crítico e participativo.interface amigável O programa indexa os combates estudados armazenando dados como nome dos oponentes, evento, data, entre outros. A partir disso, ousuário registra quais movimentos e técnicas foram realizados em cada momento da luta, por meio de atalhos programados. O registro éfeito de maneira fácil e detalhada, já que se encontram listadas as ações principais do judô, pela ordem em que normalmente acontecem.
  4. 4. equipe e contatos grupo de estudos e pesquisas em artes marciais, lutas e modalidades de combate Criado em 2002 na Universidade Presbiteriana Mackenzie e credenciado pela EEFE-USP em 2006. Os membros do grupo possuem publicações na forma de capítulos de livros e em periódicos E-mail: efranchini@usp.br E-mail: biancamiarka@usp.br internacionais, com repercussões em Te l e f o n e : 3 0 9 1 - 3 1 7 3 periódicos como a Science.bianca miarka, autora emerson franchini, orientador Dois integrantes foram responsáveis Doutoranda na EEFE-USP, tem Professor da Escola de Educação Física pela edição dos Anais do Simpósioexperiência na área de Educação Física, e Esporte da USP. Tem experiência na área Científico da FIJ. Alguns de seus membroscom ênfase em Treinamento Esportivo. de Educação Física e Esporte, com ênfase atuam na preparação de atletas de nívelPossui como foco de pesquisa lutas em em lutas e modalidades de combate, internacional, incluindo medalhistasgeral. Atualmente, estuda técnica e tática especialmente quanto aos aspectos olímpicos. Atualmente, o coordenador dono judô. fisiológicos, de avaliação e de prescrição grupo é o Prof. Dr. Emerson Franchini. de treinamento para atletas de judô.
  5. 5. Protótipo de treinamento deforça experimental Protótipo é inovador ao estabelecer um modelo para aplicação de treinamento de força em ratos sem a necessidade de punição. O projetofoi financiado pela Fapesp e desenvolvido em conjunto com a empresa Poli Júnior. Além de facilitar a aplicação do treinamento de força nosanimais, o protótipo baseia-se na premiação e, por isso, produz resultados mais confiáveis. Isso porque a punição dispara sinais hormonaisindesejáveis que comprometem a pesquisa. O professor complementa que o método de punição também enfrenta restrições do comitê deética, uma vez que os animais passam por um período de sofrimento.
  6. 6. o equipamento Idealizado há cerca de dois anos, trata-se de uma espécie decaixa aonde o animal entra e, a partir de um sistema mecânico, éestimulado a realizar um movimento similar ao agachamento, deflexão e extensão dos joelhos. Ao completar a ação, emite-se umsinal sonoro e o animal recebe uma premiação em forma de alimento.Depois que o rato é condicionado a essa rotina, é possível aplicarum programa de treinamento conveniente à pesquisa realizada. aplicação O protótipo já foi utilizado como base para estudos publicados. Um deles integra a pesquisa do doutorando Humberto Nicastro, que analisa o favorecimento do ganho de massa muscular pela suplementação com a leucina Inicialmente aplicado nos ratos, os efeitos dessa suplementação estão sendo avaliados em humanos. Outro estudo que também utiliza o equipamento é o da pós-doutoranda Daniela Fojo Seixas Chaves, que verifica se a suplementação com leucina funciona de forma similar em ratos jovens e ratos idosos.
  7. 7. equipe e contatoslab. de nutrição e metabolismo antonio herbert lancha jr.,da atividade motora coordenador Realiza dosagens bioquímicas, mole- Docente na EEFE-USP, possui pós-culares, incubações de músculos e técnicas doutorado pela Washington Universitycirúrgicas experimentais (modelos animais). School of Medicine em Medicina Interna.Realiza ainda avaliação de composição Doutor em Nutrição Experimental pelacorporal por técnicas de dobras cutâneas e Faculdade de Ciências Farmacêuticaspesagem hidrostática. da Universidade de São Paulo , é livre- docente em Nutrição Aplicada à Atividade e-mail: lanchajr@usp.br Motora (EEFE-USP). Professor Visitante telefone: 3091-3174 do Human Nutrition Research Center on Aging - Tufts University (Estados Unidos) e professor convidado do Programa de Pós-Graduação da Universidad de Playa Ancha (Chile). Atua, principalmente, nos seguintes temas: nutrição, suplementação nutricional, obesidade e atividade física. telefone: 3091-3096
  8. 8. Esteira A E750 conta com o exclusivo sistema de absorção de impacto, o Shock Absorber Control - SAC, que permite o treinamentoE750 com o nível de absorção de impacto ideal para seu peso. Assim a corrida fica mais confortável e segura. Esteira desenvolvida a partir de umaparceria entre a empresa Movement e aoLaboratório de Biomecânica da EEFE. Pos-sui a função Selecionador de Piso, em queo usuário pode optar entre três níveis deabsorção de impacto. Assim, caso queiracorrer com um piso mais macio, selecio-na a opção Soft. Se preferir um piso maisduro, seleciona a opção Hard. Na opçãoOptimun, corre em um nível de absorçãoideal para seu peso, garantindo maior con-forto e segurança para suas articulações.
  9. 9. equipe e contatos não apenas pela contribuição na formação acadêmica e profissional como ainda no desenvolvimento do conhecimento científi- co da Biomecânica. O laboratório tem por meta a investigação e análise do movimen- to humano em suas estruturas básicas re- lacionadas às atividades físico-esportivas e/ou atividades cotidianas, observando-se E-mail: jcserrao@usp.br as consequências para o aparelho loco- Te l e f o n e : 3 0 9 1 - 3 1 7 8 Te l e f o n e : 3 0 9 1 - 3 0 9 6 motor tanto em relação ao rendimento e júlio c. serrão, coordenador otimização técnica como em dependêncialaboratório de biomecânica das características específicas das rea- Professor na EEFE-USP, onde chefia o Com 24 anos de existência, o Laboratório ções do sistema biológico humano. Estu- Departamento de Biodinâmica e a Comis-de Biomecânica da EEFE-USP apresenta- da-se, portanto, as funções de movimento são de Graduação. É doutor e livre-docen--se hoje como um agente capaz de inte- no contexto das relações interdisciplinares te pela mesma instituição. Tem experiênciaragir com a estrutura científico-acadêmica cujas reinvidicações científicas exigem mé- na área de Biofísica com ênfase em Bio-de Graduação (Iniciação Científica) e Pós- todos próprios para a melhor compreensão mecânica. Sua linha de pesquisa envolve-Graduação (Aperfeiçoamento, Mestrado do complexo dos parâmetros que com- Biomecânica do Esporte, da Locomoção,e Doutorado). A participação do laborató- põem este fenômeno natural - o movimento do Exercício e do calçado. É editor-cheferio no sistema ensino-pesquisa destaca-se humano. da Revista Brasileira de Biomecânica.

×