Matematica slides tx ii

763 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
763
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Matematica slides tx ii

  1. 1. Taxa Prefixada Preço a Vista: 50.000,00 Condições de Financiamento: 48 parcelas de R$ 1.656,74* sem entrada * juros de 2,08% ao mês 1
  2. 2. Taxa Prefixada Possibilita saber, quando da data de contratação da operação, o valor final a ser pago ou regatado, sem depender do conhecimento da variação de algum indicador econômico-financeiro Taxa Pós-fixada Caderneta de Poupança Parte Fixa: 0,5% Parte Variável: TR Taxa Pós-fixada É formada por dois componentes: Atualização Monetária: calculada em função de algum indicador econômico-financeiro vigente à época da contratação (TR, IGP-M, Dólar etc.) Taxa de Juros Real: será aplicada sobre o valor do capital corrigido pelo indexador escolhido. 2
  3. 3. Taxa Nominal ou de “Mentirinha” Taxas Nominais são aquelas que se referem a um período que não coincide com o período de capitalização dos juros. Logo seu valor nunca é utilizado nos cálculos. Para poder empregá-la nas operações, é necessário convertê-la para a unidade a ser trabalhada, encontrando a taxa efetiva. Taxa Nominal ou de “Mentirinha” Quando temos uma taxa nominal, ou quando queremos uma taxa nominal, fazemos o cálculo de conversão como se estivéssemos calculando juros simples. Esse procedimento denominamos de proporcionalidade de taxa. Em outras palavras, quando temos ou queremos uma taxa nominal, calculamos uma taxa proporcional. Taxa Nominal ou de “Mentirinha” Quando temos uma taxa nominal e calculamos a taxa proporcional, encontramos uma taxa efetiva, e quando temos uma taxa efetiva e calculamos uma taxa proporcional, encontramos uma taxa nominal 3
  4. 4. Taxa Efetiva É a taxa efetivamente paga ou recebida; em outras palavras, é a taxa realmente utilizada. Sempre que temos uma taxa efetiva e queremos outras taxa efetiva, fazemos a equivalência de taxas, ou seja, calculamos uma taxa equivalente. Taxa Nominal × Efetiva Indique a taxa efetiva anual equivalente à taxa nominal de 12% ao ano com capitalização mensal: 1º Passo: conversão da taxa nominal anual para taxa efetiva mensal (unidade a ser trabalhada) 0,12 × 30 ip = ip = 0,01ou 1% 360 (Taxa efetiva mensal) Taxa Nominal × Efetiva 2º Passo: conversão da taxa efetiva mensal para a taxa efetiva anual (equivalente) ⎧ ⎫ ieq = ⎨(1 + 0,01) 30 − 1⎬ × 100 = 12,68% ao ano 360 ⎩ ⎭ (Taxa efetiva anual) 4

×