SIMETRICO
PRE - UNIVERSITARIO
30
CIENCIAS DA NATUREZA E
SUAS TECNOLOGIAS
Questoes de 1 a 45
Questa° 01
SIMULADO - 2012
Est...
Questa° 05
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
A fotossintese é importante para a vida na Terra. Nos
cloroplastos dos organismo...
SIMETRICO
PRE - UNIVERSITARIO
Questa° 08
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
O manual de instrucoes de um aparelho de ar-condi-...
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Questa° 10
0 onibus espacial Atlantis foi lancado ao espaco corn
cinco astronautas a bordo ...
PRA- UNIVERSITARIO
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Dentre os fenOmenos decorrentes da intervalo entre a
radiacao e os atomo...
Questa° 16
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Uma vitima de acidente de carro foi encontrada carboni-
zada devido a uma explos...
SIMETRICO
PRA- UNIVERSITARIO
a) gasolina, GLP e gas natural.
b) gas natural, gasolina e GLP.
c) gasolina, gas natural e GL...
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
O desaparecimento da faixa sul pode ter sido determinado
por uma alteracao
a) na temperatur...
SIMETRICO
PRE - UNIVERSITARIO
Questa° 26
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
As misturas efervescentes, em pó ou em comprimidos...
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Atualmente, uma das formas de se utilizar a energia solar
tem sido armazend-la por meio de ...
SIMETRICO
PRE - UNIVERSITARIO
leitura atual
9 9 i 1 1 9 9
3
8
7
2
leitura do roes passado
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
F...
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
PbSO4 + Na2CO3 PbCO3 + Na2SO4
Dados: Massas Molares em g/mol Pb = 207; S = 32;
Na= 23; 0= 1...
SIMETRICO
PRA UNIVERSITARIO
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Essa afirmacao baseia-se no use de cimento-solo, mistura
rica e...
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Scientific American Brasil, ago. 2004, (adaptado).
Analisando os testes I, II e III, para a...
SIMETRICO
PRE - UNIVERSITARIO
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
CARACTERISTICAS TECNICAS
Especificagao
Mode lo A B
Tensao (V ...
Questa° 49
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
0 ano de 1968 ficou conhecido pela efervescencia social,
tal como se pode compro...
SIMETRICO
PRE - UNIVERSITARIO
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Acerca das expectativas quanto a formacao do Brasil, a
senten...
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
c) do apoio que escravos e negros forros deram a
monarquia, corn a perspectiva de receber s...
SIMETRICO
PRA- UNIVERSITARIO
30 SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
a) o percurso dos imigrantes ate o interior, antes das
ferrovi...
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Questa° 62
Entre 2004 e 2008, pelo menos 8 mil brasileiros foram
libertados de fazendas ond...
SIMETRICO
PRE - UNIVERSITARIO
Questa° 65
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Yosins
- Frontetre do Tratado de Tordesilhas (1 94...
Questa° 69
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Pensando nas correntes e prestes a entrar no bravo que
deriva da Corrente do Gol...
SIMETRICO
PRA- UNIVERSITARIO
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
Os impasses, resistencias e desafios associados a cons-
trucao...
3° SIMULADO - 2012
Estilo ENEM
d) a abertura de estradas, que permitiu o rompimento do
isolamento que vigorava entre as pr...
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1

665 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
665
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1

  1. 1. SIMETRICO PRE - UNIVERSITARIO 30 CIENCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS Questoes de 1 a 45 Questa° 01 SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Estima-se que haja atualmente no mundo 40 milhoes de pessoas infectadas pelo HIV (o virus que causa a AIDS), sendo que as taxas de novas infeccoes continuam cres- cendo, principalmente na Africa, Asia e Riissia. Nesse cenario de pandemia, uma vacina contra o HIV teria imenso impacto, pois salvaria milhOes de vidas. Certa- mente seria urn marco na historia planetaria e tambem uma esperanca para as populac nes carentes de tratamento antiviral e de acompanhamento medico. TANURI, A.; FERREIRA JUNIOR, 0. C. Vacina contra Aids: dcsafios c csperancas. Ciacia Hoje (44) 26,2009 ( adaptado). Lima vacina eficiente contra o HIV deveria a) induzir a imunidade, para proteger o organism() da c ont am inac ao viral. b) ser capaz de alterar o genoma do organismo portador, induzindo a sintese de enzimas protetoras. c) produzir antigenos capazes de se ligarem ao virus, impedindo que este entre nas celulas do organismo humane. d) ser amplamente aplicada em animais, vista que esses sao os principais transmissores do virus para os seres humanos. e) estimular a imunidade, minimizando a transmissao do virus por goticulas de saliva. Questa° 02 Em urn experimento, pre parou-se urn conj unto de plantas por tecnica de clonagem a partir de uma planta original que apresentava folhas verdes. Esse conjunto foi dividido em dois grupos, que foram tratados de maneira identica, corn excecao das condicoes de iluminacao, sendo urn grupo exposto a ciclos de iluminacao solar natural e outro mantido no escuro. Apes alguns dias, observou-se que o grupo exposto a luz apresentava folhas verdes como a planta original e o grupo cultivado no escuro apresentava folhas amareladas. Ao final do experiment°, os dois grupos de plantas apre- sentaram a) os genotipos e os fencitipos identicos. b) os genotipos identicos e os fenotipos diferentes. c) diferencas nos genotipos e fenotipos. d) o mesmo fenotipo e apenas dois genotipos diferentes. e) o mesmo fenotipo e grande variedade de genotipos. Questa° 03 O ciclo biogeoquimico do carbon() compreende diversos compartimentos, entre os quais a Terra, a atmosfera e os oceanos, e diversos processos que permitem a transfe- rencia de compostos entre esses reservatorios. Os esto- ques de carbono armazenados na forma de recursos nao renovaveis, por exemplo, o petroleo, sao limitados, sendo de grande relevancia que se perceba a importancia da substituicao de combustiveis fosseis por combustiveis de fontes renovaveis. A utilizacao de combustiveis fosseis interfere no ciclo do carbono, pois provoca a) aumento da porcentagem de carbono contido na Terra. b) reducao na taxa de fotossintese dos vegetais superiores. c) aumento da producao de carboidratos de origem vege- tal. d) aumento na quantidade de carbono presente na atmosfera. e) reducao da quantidade global de carbon() armazenado nos oceanos. Questa° 04 A economia moderna depende da disponibilidade de muita energia em diferentes formas, para funcionar e crescer. No Brasil, o consumo total de energia pelas indtistrias cresceu mais de quatro vezes no periodo entre 1970 e 2005. Enquanto os investimentos em energias limpas e renovaveis, como solar e eolica, ainda sao incipientes, ao se avaliar a possibilidade de instalacao de usinas geradoras de energia eletrica, diversos fatores devem ser levados em consideracao, tais como os impactos causados ao ambiente e as populaceies locais. Ricardo. B. e Campanili, M. Almanaque Brasil Socioambiental. Institute Socioambiental. Sao Paulo, 2007 (adaptado) Em uma situacao hipotetica, optou-se por construir uma usina hidreletrica em regiao que abrange diversas quedas d'agua em rios cercados por mata, alegando-se que causaria impacto ambiental muito menor que uma usina termeletrica. Entre Os possiveis impactos da instalacao de uma usina hidreletrica nessa regiao, inclui-se a) a poluicao da agua por metais da usina. b) a destruicao do habitat de animais terrestres. c) o aumento expressivo na liberacao de CO2 para a atmosfera. d) o consumo nao renovavel de toda agua que passa pelas turbinas. e) o aprofundamento no leito do rio, corn a menor deposicao de residuos no trecho de rio anterior a represa. Simetrico Pre-Universitano - Turma SaUde 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  2. 2. Questa° 05 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM A fotossintese é importante para a vida na Terra. Nos cloroplastos dos organismos fotossintetizantes, a energia solar e convertida em energia quimica que, juntamente corn agua e gas carbonic° (CO2), é utilizada para a sintese de compostos organicos (carboidratos). A fotossintese é o tinico processo de importancia biolOgica capaz de realizar essa conversao. Todos os organismos, incluindo os produ- tores, aproveitam a energia armazenada nos carboidratos para impulsionar os processos celulares, liberando CO2 para a atmosfera e agua para a celula por mein da respiracao celular. Alem disso, grande fracao dos recursos energeticos do planeta, produzidos tanto no presente (bio- massa) como em tempos remotos (combustive] fossil), é resultante da atividade fotossintetica. As informacoes sobre obtencao e transformacao dos re- cursos naturais por meio dos processos vitais de fotossintese e respiracao, descritas no texto, permitem concluir que a) o CO2 e a agua san moleculas de alto teor energetic°. b) os carboidratos convertem energia solar em energia quimica. c) a vida na Terra depende, em tiltima analise, da energia proveniente do Sol. d) o processo respiratOrio é responsavel pela retirada de carbono da atmosfera. e) a producao de biomassa e de combustive' fOssil, por si, é responsavel pelo aumento de CO2 atmosferico. Questa° 06 A eficiencia de um processo de conversao de energia é definida como a razao entre a producao de energia ou trabalho util e o total de entrada de energia no processo. A figura mostra urn processo corn diversas etapas. Nesse caso, a eficiencia geral sera igual ao produto das eficien- cias das etapas individuais. A entrada de energia que ndo se transforma em trabalho util é perdida sob formas nao utilizaveis (como residuos de calor). Eficiencia geral - 1,6% Usina de forca = 0,35 Linhas de transmissao = 0,90 Luz E3 = 0,05 Eficiencia geral da conversao de energia = Et x E2 x E3 = 0,35 x 0,90 x 0,05 = 0,016 qulmica em energia luminosa HINRICHS, R.A. Energia e Meio Ambiente. Sao Paulo: Pioneira. Thomson Learning, 2003 (adaptado). PRE - UNIVERSITARIO Aumentar a eficiencia dos processos de conversao de energia implica economizar recursos e combustiveis. Das propostas seguintes, qual resultard em maior aumento da eficiencia geral do processo? a) Aumentar a quantidade de combustive' para queima na usina de forca. b) Utilizar lampadas incandescentes, que geram pouco calor e muita luminosidade. c) Manter o menor ntimero possivel de aparelhos eletricos em funcionamento nas moradias. d) Utilizar cabos corn menor diametro nas linhas de transmissao a fim de economizar o material condutor. e) Utilizar materiais corn melhores propriedades condutoras nas linhas de transmissao e lampadas fluorescentes nas moradias. Questa° 07 A figura seguinte representa urn modelo de transmissao da informayan genetica nos sistemas biologicos. No fim do processo, que inclui a replicacan, a transcricao e a traducao, ha tres formas proteicas diferentes denominadas a,h e c. replicagao DNA transcricao traducao Proteina "a" RNA - Proteina "b" Proteina "c" Depreende-se do modelo que a) a tinica molecula que participa da producao de pro- teinas e o DNA. b) o fluxo de informacdo genetica, nos sistemas bio1O- gicos, é unidirecional. c) as fontes de informacao ativas durante o processo de transcricao sao as proteinas. d) é possivel obter diferentes variantes proteicas a partir de um mesmo produto de transcricao. e) a molecula de DNA possui forma circular e as demais moleculas possuem forma de fita simples linearizadas. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  3. 3. SIMETRICO PRE - UNIVERSITARIO Questa° 08 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM O manual de instrucoes de um aparelho de ar-condi- cionado apresenta a seguinte tabela, corn dados tecnicos para diversos modelos: Capacidade de refrigeracao kW/(BTU/h) Potencia (W) Corrente eletrica - ciclo trio (A) Eliciencia energetica COP (W/W) Vazno de (m31h) Frei:anda (Hz) 3,52412.000) 1193 5,8 2,95 550 60 5,42418.000) 1.790 8,7 2,95 800 60 5,424181)00) L790 8,7 2,95 800 60 6,45422.000) 2188 10,2 2,95 960 60 6,45422.000) 2.188 10,2 2,95 960 60 Disponivel em: http.//www.institueionalbrastemp.com.br-Acesso em: 13 jut. 2009 (adaptado). Considere-se que um auditorio possua capacidade para 40 pessoas, cada uma produzindo uma quantidade media de calor, e que praticamente todo o calor que flui para fora do auditOrio o faz por mein dos aparelhos de ar-condi- cionado. Nessa situacao, entre as informacoes listadas, aquelas essenciais para se determinar quantos elou quais aparelhos de ar-condicionado sao precisos para manter, corn lotacdo maxima, a temperatura interna do auditorio agradavel e constante, bem como determinar a espessura da fiacao do circuito eletrico para a ligacao desses aparelhos, sao a) vazdo de ar e potencia. b) vazdo de ar e corrente eletrica - ciclo frio. c) eficiencia energetica e potencia. d) capacidade de refrigeracao e frequencia. e) capacidade de refrigeracao e corrente eletrica - ciclo frio. Questa° 09 A instalacao eletrica de uma casa envolve varias etapas, desde a alocacao dos dispositivos, instrumentos e aparelhos eletricos, ate a escolha dos materiais que a compoem, passando pelo dimensionamento da potencia requerida, da fiacao necessaria, dos eletrodutos*, entre outras. Para cada aparelho eletrico existe um valor de potencia associado. Valores tlpicos de potencias para alguns aparelhos eletricos sao apresentados no quadro seguinte: Aparelhos Potencia (W) Aparelho de som 120 Chuveiro eletrico 3.000 Ferro eletrico 500 Televisor 200 Geladeira 200 Radio 50 *Eletrodutos sao condutos por onde passa a fiacao de uma instalacao eletrica, corn a finalidade de protege-la. A escolha das lampadas e essencial para obtencao de uma boa iluminacao. A potencia da lampada devera estar de acordo corn o tamanho do comodo a ser iluminado. 0 quadro a seguir mostra a relacao entre as areas dos comodos (em m2) e as potencias das lampadas (em W), e foi utilizado como referencia para o primeiro pavimento de uma residencia. Area do Ciimodo (m 2) Potencia da Lampada (W) Salakopa /cozinha Quarto, varanda e corredor Banheiro Ate 6,0 60 60 60 6,0 a 7,5 100 100 60 7,5 a 10,5 100 100 100 3m 2,8 m geladeira 0 lampada Ferro eletrico Chuveiro Ele r CO 0 lampada 1,5 m Televisor 2,1 m 0lampada Aparelho de Som Radio (-Ira rampada 10 Obs.: Para efeitos dos calculos das areas, as paredes sao desconsideradas. Considerando a planta baixa fornecida, corn todos as aparelhos em tuncionamento, a potencia total, em watts, sera de a) 4.070. b) 4.270. c) 4.320. d) 4.390. e) 4.470. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  4. 4. 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Questa° 10 0 onibus espacial Atlantis foi lancado ao espaco corn cinco astronautas a bordo e uma camera nova, que iria substituir uma outra danificada por urn curto-circuito no telescopio Hubble. Depois de entrarem em orbita a 560 km de altura, os astronautas se aproximaram do Hubble. Dois astronautas safram da Atlantis e se dirigiram ao telesc6pio. Ao abrir a porta de acesso, urn deles exclamou: "Esse telescopio tern a massa grande, mas o peso é pequeno." Considerando o texto e as leis de Kepler, pode-se afirmar que a frase dita pelo astronauta a) se justifica porque o tamanho do telesc6pio determina a sua massa, enquanto seu pequeno peso decorre da falta de acao da aceleracao da gravidade. b) se justifica ao verificar que a inertia do telescopio grande comparada a dele proprio, e que o peso do telescopio e pequeno porque a atracao gravitactonal criada por sua massa era pequena. c) nao se justifica, porque a avaliacao da massa e do peso de objetos em orbita tem por base as leis de Kepler, que nao se aplicam a satelites artificiais. d) nao se justifica, porque a forca-peso 6 a forca exercida pela gravidade terrestre, neste caso, sobre o telescopio e 6 a responsavel por manter o prOprio telesc6pio em orbita. e) nao se justifica, pois a acao da forca-peso implica a acao de uma forca de reacao contraria, que nao existe naquele ambiente. A massa do telescopio poderia ser avaliada simplesmente pelo seu volume. PRE - UNIVERSITARIO Questa° 11 O processo de industrializacao tem gerado serios problemas de ordem ambiental, econOmica e social, entre os quais se pode citar a chuva acida. Os acidos usualmente presentes em maiores proporcoes na agua da chuva sao o H2CO3, formado pela reacao do CO2 atmosferico corn a agua, o HNO3, o HNO2, o H2SO4 e o H2S03. Esses quatro tiltimos sao formados principalmente a partir da reacao da agua corn os Oxidos de nitrogenio e de enxofre gerados pela queima de combustiveis f6sseis. A formacao de chuva mais ou menos acida depende nao so da concentracao do acid° formado, como tambem do tipo de acid°. Essa pode ser uma informacao util na elaboracao de estrategias para minimizar esse problema ambiental. Se consideradas concentracoes identicas, quais dos acidos citados no texto conferem maior acidez as aguas das chuvas? a) HNO3 e HNO2. b) H2SO4 e H2S03. c) H2S03 e HNO2. d) H2SO4 e HNO3. e) H2CO3 e H2S03. Questa° 12 Considere urn equipamento capaz de emitir radiacao eletromagnetica corn comprimento de onda bem menor que a radiacao ultravioleta. Suponha que a radiacao emitida por esse equipamento foi apontada para um tipo especiffico de fame fotografico e entre o equiparnento e o filme foi posicionado o pescoco de urn individuo. Quanto mais exposto a radiacao, mais escuro se torna o filme apos a revelacao. Alp& acionar o equiparnento e revelar o filme, evidenciou-se a imagem mostrada na figura abaixo. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  5. 5. PRA- UNIVERSITARIO 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Dentre os fenOmenos decorrentes da intervalo entre a radiacao e os atomos do individuo que permitem a obtencao desta imagem inclui-se a a) absorcao da radiacao eletromagnetica e a consequente ionizacao dos atomos de calcio, que se transformam em atomos de Risforo. b) major absorcao da radiacao eletromagnetica pelos atomos de calcio que por outros tipos de atomos. c) major absorcao da radiacao eletromagnetica pelos atomos de carbon() que por atomos de calcio. d) major refracao ao atravessar os atomos de carbon() que os atomos de calcio. e) major ionizacao de moleculas de agua que de atomos de carbono. Questa° 13 E possivel, corn 1 litro de gasolina, usando todo o calor produzido por sua combustao direta, aquecer 200 litros de agua de 20°C a 55°C. Pode-se efetuar esse mesmo aquecimento por urn gerador de eletricidade, que consome 1 litro de gasolina por hora e fornece 110 V a um resistor de 11512, imerso na agua, durante urn certo intervalo de tempo. Todo o calor liberado pelo resistor é transferido a agua. Considerando que o calor especifico da agua é igual a 4,19 J g-1 °C-1, aproximadamente qual a quantidade de gasolina consumida para o aquecimento de agua obtido pelo gerador, quando comparado ao obtido a partir da combustao? a) A quantidade de gasolina consumida é igual para os dois casos. b) A quantidade de gasolina consumida pelo gerador duas vezes maior que a consumida na combustao. c) A quantidade de gasolina consumida pelo gerador é duas vezes menor que a consumida na combustao. d) A quantidade de gasolina consumida pelo gerador sete vezes major que a consumida na combustao. e) A quantidade de gasolina consumida pelo gerador sete vezes menor que a consumida na combustao. Questa° 14 Sab-se que o olho human° nao consegue diferenciar componentes de cores e ye apenas a cor resultante, diferentemente do ouvido, que consegue distinguir, por exemplo, dois instrumentos diferentes tocados simul- taneamente. Os raios luminosos do espectro visivel, que tern comprimento de onda entre 380 nm e 780 nm, incidem na cornea, passam pelo cristalino e sao projetados na retina. Na retina, encontram-se dois tipos de fotorreceptores, os cones e os bastonetes, que convertem a cor e a intensidade da luz recebida em impulsos nervosos. Os cones distinguem as cores primarias; vermelho, verde e azul, e os bastonetes diferenciam apenas niveis de intensidade, sem separar comprimentos de onda. Os impulsos nervosos produzidos sao enviados ao cerebro por mein do nervo Optico, para que se de a percepcao da imagem. Um individuo que, por alguma deficiencia, nao consegue captar as informacOes transmitidas pelos cones, perceberd um objeto branco, iluminado apenas por luz vermelha, como a) urn objeto indefinido, pois as celulas que captam a luz estao inativas. b) urn objeto rosa, pois haverd mistura da luz vermelha corn o branco do objeto. c) urn objeto verde, pois o olho nao consegue diferenciar componentes de cores. d) um objeto cinza, pois os bastonetes captam luminosi- dade, porem nao diferenciam cor. e) um objeto vermelho, pois a retina capta a luz refletida pelo objeto, transformando-a em vermelho. Questa° 15 Durante uma acao de fiscalizacao ern postos de combustiveis, foi encontrado um mecanismo inusitado para enganar o consumidor. Durante o inverno, o responsdvel por um post° de combustive' compra dlcool por R$ 0,50/litro, a uma temperatura de 5 °C. Para revender o liquid° aos motoristas, instalou um mecanismo na bomba de combustive' para aquece-lo, para que atinja a temperatura de 35 °C, sendo o litro de dlcool revendido a R$ 1,60. Diariamente o posto compra 20 mil litros de alcool a 5 °C e os revende. Corn relacao a situacao hipotetica descrita no texto e dado que o coeficiente de dilataca.-o volumetrica do dlcool é de lx10-3 °C-1, desprezando-se o custo da energia gasta no aquecimento do combustive', o ganho financeiro que o dono do posto teria obtido devido ao aquecimento do dlcool apps uma semana de vendas estaria entre a) R$ 500,00 e R$ 1.000,00. b) R$ 1.050,00 e R$ 1.250,00. c) R$ 4.000,00 e R$ 5.000,00. d) R$ 6.000,00 e R$ 6.900,00. e) R$ 7.000,00 e R$ 7950,00. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  6. 6. Questa° 16 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Uma vitima de acidente de carro foi encontrada carboni- zada devido a uma explosao. Indfcios, como certos aderecos de metal usados pela vitima, sugerem que a mesma seja filha de urn determinado casal. Uma equipe policial de pericia teve acesso ao material biologico carbonized° da vitima, reduzido, praticamente, a frag- mentos de ossos. Sabe-se que e possivel obter DNA em condicoes para analise genetica de parte do tecido intemo de ossos. Os peritos necessitam escolher, entre cromos- somos autossomicos, cromossomos sexuais (X e Y) ou DNAmt (DNA mitocondrial), a melhor opcao para identi- ficacao do parentesco da vitima corn o referido casal. Sabe-se que, entre outros aspectos, o mimero de copies de um mesmo cromossomo por celula maximiza a chance de se obter molecules nao degradadas pelo calor da explosao. Corn base nessas informacOes e tend° em vista os dife- rentes padrOes de heranca de cada fonte de DNA citada, a melhor °Ka° para a pericia seria a utilizacao a) do DNAmt, transmitido ao longo da linhagem materna, pois, em cada Mule humana, he verias copias dessa molecule. b) do cromossomo X, pois a vitima herdou duas copias desse cromossomo, estando assim em mimero superior aos demais. c) do cromossomo autossOmico, pois esse cromossomo apresenta maior quantidade de material genetic° quando comparado aos nucleares, como, por exemplo, o DNAmt. d) do cromossomo Y, pois, em condiceies normais, este '6 transmitido integralmente do pai para toda a prole e esta presente em duas copias em Mules de individuos do sexo feminino. e) de marcadores geneticos em cromossomos autossomi- cos, pois estes, alem de serem transmitidos pelo pai e pela mae, estao presentes em 44 copias por Mule, e Os demais, em apenas uma. Questa° 17 0 cultivo de camaroes de egua salgada vem se desenvol- vendo muito nos tiltimos anos na regido Nordeste do Brasil e, em algumas localidades, passou a ser a principal atividade economica. Uma das grandes preocupecoes dos impactos negatives dessa atividade este relacionada a descarga, sem nenhum tipo de tratamento, dos efluentes dos viveiros diretamente no ambiente marinho, em estuarios ou em manguezais. Esses efluentes possuem materia organica particulada e dissolvida, amenia,nitrito, nitrato, fosfatos, particulas de sOlidos em suspense° e PRE - UNIVERSITARIO outras substancias que podem ser consideradas contami- nantes potenciais. CASTRO, C. B.; ARAGAO, J. S.; COSTA-LOTUFO, L. V. Monitoramento da toxicidade de efluentes de uma fazenda de cultivo de camarao marinho. Anais do IX Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2006 (adaptado). Suponha que tenha sido construida uma fazenda de carci- nicultura prOximo a um manguezal. Entre as perturbacoes ambientais causadas pela fazenda, espera-se que a) a atividade microbiana se tome responsavel pela reci- clagem do fosforo organic° excedente no ambiente marinho. b) a relative instabilidade das condicOes marinhas tome as alteracoes de fatores fisico-quimicos pouco crfticas a vide no mar. c) a amOnia excedente seja convertida em nitrito por mein do processo de nitrificacao, e em nitrato, formado como produto intermediario desse processo. d) os efluentes promovam o crescimento excessivo de plantas aquaticas devido a alta diversidade de especies vegetais permanentes no manguezal. e) o impedimento da penetracao da luz pelas particulas em suspense° venha a comprometer a produtividade primaria do ambiente marinho, que resulta de atividade metabOlica do fitoplancton. Questa° 18 Nas tiltimas decades, o efeito estufa tern-se intensificado de maneira preocupante, sendo esse efeito muitas vezes atribuldo a intensa liberacao de CO2 durante a queima de combustiveis fasseis para gerayao de energia. 0 quadro traz as entalpias-padrao de combustao a 25°C (AH2°5) do metano, do butano e do octano. composto formula molecular massa molar (g/mol) MI°25 (kJ/mol) metano CH4 16 -890 butano C4F110 58 -2.878 octano C8H18 114 -5.471 A medida que aumenta a consciencia sobre os impactos ambientais relacionados ao uso da energia, cresce a importancia de se criar politicas de incentivo ao uso de combustiveis mais eficientes. Nesse sentido, consideran- do-se que o metano, o butano e o octano sejam represen- tativos do gas natural. do gas liquefeito de petroleo (GLP) e da gasoline, respectivamente, entao, a partir dos dados fornecidos, e possivel concluir que, do ponto de vista da quantidade de calor obtido por mol de CO2 gerado, a ordem crescente desses ttes combustiveis Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  7. 7. SIMETRICO PRA- UNIVERSITARIO a) gasolina, GLP e gas natural. b) gas natural, gasolina e GLP. c) gasolina, gas natural e GLP. d) gas natural, GLP e gasolina. e) GLP, gas natural e gasolina. 30 SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Questa° 19 Considere a seguinte situacao hipotetica: ao preparar o palco para a apresentacao de uma peca de teatro, o iluminador deveria colocar ties atores sob luzes que tinham igual brilho e os demais, sob luzes de menor brilho. 0 iluminador determinou, entao, aos tecnicos, que instalassem no palco oito lampadas incandescentes corn a mesma especificacao (LI a L8), interligadas em um circuito corn uma bateria, conforme mostra a figura. Li L4 L7 LS Nessa situacdo, quais saTo as tres lampadas que acendem corn o mesmo brilho por apresentarem igual valor de corrente fluindo nelas, sob as quais devern se posicionar os tr'es atores? a) LI , L2 e L3. c) L2, L5 e L7. e) L4, L7 e L8. b) L2, L3 a L4. d) L4, L5 e L6. Questa° 20 As ondas eletxomagneticas, como a luz visivel e as ondas de radio, viajam em linha reta em urn meio homogeneo. Ent-do, as ondas de radio emitidas na regiao litoranea do Brasil nao alcancariam a regiao amazonica do Brasil por causa da curvatura da Terra. Entretanto sabemos que é possivel transmitir ondas de radio entre essas localidades devido a ionosfera. Corn ajuda da ionosfera, a transmissao de ondas planas entre o litoral do Brasil e a regiao arnazonica é possivel por meio da a) reflexao, b) refracao, c) difracao. d) polarizacdo. e) interferencia. Questa° 21 Em visita a uma usina sucroalcooleira, urn grupo de alunos Ode observar a serie de processos de bene- ficiamento da cana-de-acticar, entre os quais se destacam: 1. A cana chega cortada da lavoura por meio de caminhOes e é despejada em mesas alimentadoras que a conduzem para as moendas. Antes de ser esmagada para a retirada do caldo acucarado, toda a cana é transportada por esteiras e passada por urn eletrofma para a retirada de materiais metalicos. 2. Ap6s se esmagar a cana, o bagaco segue para as caldeiras, que geram vapor e energia para toda a usina. 3. 0 caldo primario, resultante do esmagamento, e pas- sado por filtros e sofre tratamento para transformar-se em acticar refinado e etanol. Corn base nos destaques da observacao dos alunos, quais operacOes fisicas de separacao de materiais foram realizadas nas etapas de beneficiamento da cana-de- act-war? a) Separacao mecanica, extracao, decantacao. b) Separacao magnetica, combustao, filtracao. c) Separacao magnetica, extracao, filtracao. d) Imantacao, combustao, peneiracao. e) Imantacao, destilacao, filtracao. Questa° 22 Jupiter, conhecido como o gigante gasoso, perdeu uma das suas listras mais proeminentes, deixando o seus hamisferio sul estranhamente vazio. Observe a regiao em que a faixa sumiu, destacada pela seta. Disponivel em: http://www.inovacaotecnologica.com.br. Acesso em 12 maio 2010 (adaptado). A aparencia de Jupiter e tipicamente marcada por duas faixas escuras em sua atmosfera - uma no hemisferio norte e outra no hemisferio sul. Como o gas esta constan- temente em movimento, o desaparecimento da faixa no planeta relaciona-se ao movimento das diversas camadas de nuvens em sua atmosfera. A luz do Sol, refletida nessas nuvens, gera a imagem que e captada pelos telescOpios, no espaco ou na Terra. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  8. 8. 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM O desaparecimento da faixa sul pode ter sido determinado por uma alteracao a) na temperatura da superffcie do planeta. b) no formato da camada gasosa do planeta. c) no campo gravitacional gerado pelo planeta. d) na composicao quimica das nuvens do planeta. e) na densidade das nuvens que compoem o planeta. Questa° 23 A lavoura arrozeira na planfcie costeira da regiao sul do Brasil comumente sofre perdas elevadas devido salinizacao da agua de irrigacao, que ocasiona prejuIzos diretos, como a reducao de producao da lavoura. Solos corn processo de salinizacdo avancado nao sao indicados, por exemplo, para o cultivo de arroz. As plantas retiram a agua do solo quando as foreas de embebicao dos tecidos das raizes sao superiores as forcas corn que a agua e retida no solo. WINKEL, H.L.; TSCHIEDEL, M. Cultura do arroz: salinizacao de solos em cultivos de arroz. Disponivel em: httpllagropage.tripod.com/saliniza.hml. Acesso em: 25 jun. 2010 (adaptado) A presenca de sais na solucao do solo faz corn que seja dificultada a absorcdo de agua pelas plantas, o que provoca o feniameno conhecido por seca fisiolOgica, caracterizado pelo(a) a) aumento da salinidade, em que a agua do solo atinge uma concentracdo de sais maior que a das celulas das raizes das plantas, impedindo, assim, que a agua seja absorvida. b) aumento da salinidade, em que o solo atinge um nivel muito baixo de agua, e as plantas nao tern forca de succao para absorver a agua. c) diminuicdo da salinidade, que atinge urn nivel em que as plantas nao tern forca de succao, fazendo corn que a agua nao seja absorvida. d) aumento da salinidade, que atinge um nivel em que as plantas tern muita sudacdo, nao tendo forca de succao para supera-la. e) diminuicdo da salinidade, que atinge urn nivel em que as plantas ficam targidas e nao tern forca de sudacao para supera-la. PRE - UNIVERSITARIO Questa° 24 As cidades industrializadas produzem grandes proporcOes de gases como o CO2, o principal gas causador do efeito estufa. Isso ocorre por causa da quantidade de corn- bustiveis fosseis queimados, principalmente no trans- porte, mas tambem em caldeiras industriais. Alem disso, nessas cidades concentram-se as maiores areas corn solos asfaltados e concretados, o que aumenta a retencao de calor, formando o que se conhece por "ilhas de calor". Tal fen6meno ocorre porque esses materiais absorvem o calor e o devolvem para o ar sob a forma de radiaedo termica. Em areas urbanas, devido a atuacdo conjunta do efeito estufa e das "ilhas de calor", espera-se que o consumo de energia eletrica a) diminua devido a utilizacdo de caldeiras por indiistrias metaliirgicas. b) aumente devido ao bloqueio da luz do sol pelos gases do efeito estufa. c) diminua devido a nao necessidade de aquecer a agua utilizada em inthistrias. d) aumente devido a necessidade de maior refrigeracdo de inthistrias e residencias. e) diminua devido a grande quantidade de radiaedo termica reutilizada. Questa° 25 Urn ambiente capaz de asfixiar todos os animais conhecidos do planeta foi colonizado por pelo menos tres especies diferentes de invertebrados marinhos. Desco- bertos a mais de 3.000 m de profundidade no Mediterraneo, eles sao os primeiros membros do reino animal a prosperar mesmo diante da ausencia total de oxigenio. Ate agora, achava-se que so bacterias pudessem ter esse estilo de vida. Ndo admira que os bichos pertencam a urn grupo pouco conhecido, o dos loriciferos, que mat chegam a 1,0 mm. Apesar do tamanho, possuem cabeca, boca, sistema digestivo e uma carapaca. A adaptacao dos bichos a vida no sufoco e tao profunda que suas celulas dispensaram as chamadas mitociandrias. LOPES, R. J. Italianos descobrem animal que vive em agua sem oxigenio. Disponivel em: http://wwwl.folha.uol.com.br. Acesso em: 10 abr. 2010 (adaptado). Que substancias poderiam ter a mesma funedo do 02 na respiracdo celular realizada pelos loriciferos? a) S e CH4 b) S e NO3- c) H2 e NO3- d) CO2 e CH4 e) H2 e CO2 Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  9. 9. SIMETRICO PRE - UNIVERSITARIO Questa° 26 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM As misturas efervescentes, em pó ou em comprimidos, sac) comuns para a administracdo de vitamina C ou de medicamentos para azia. Essa forma farmaceutica solida foi desenvolvida para facilitar o transporte, aumentar a estabilidade de substancias e, quando em solucao, acelerar a absorclo do farmaco pelo organismo. A materias-primas que atuam na efervescencia sao, em geral, o acido tartaric° ou o acid° citrico que reagem com urn sal de carater basic°, como o bicarbonato de sOdio (NaHCO3), quando em contato com a agua. A partir do contato da mistura efervescente com a agua, ocorre uma serie de reacoes quimicas simultineas: liberacdo de ions, formacdo de acid° e liberacao do gas carbonic° - gerando a efervescencia. As equacoes a seguir representam as etapas da reacao da mistura efervescente na agua, em que foram omitidos os estados de agregacao dos reagentes, e H3A representa o acid° citric°. I. NaHCO3 -> Na+ + II. H2CO3 <=3" H2O + CO2 III. HCO3 + H2CO3 IV. H3A 3H + +A A ionizacao, a dissociacao ionica, a formacao do acid° e a liberacao do gas ocorrem, respectivamente, nas seguintes etapas: a) IV, I, II e III b) I, IV, III e II c) IV, III, I e II d) I, IV, II e III e) IV, I, III e II Questa° 27 Alguns anfibios e repteis sao adaptados a vida subter- ranea. Nessa situacao, apresentam algumas caracteristicas corporais como, por exemplo, ausencia de patas, corpo anelado que facilita o deslocamento no subsolo e, em alguns casos, ausencia de olhos. Suponha que urn biologo tentasse explicar a origem das adaptaciies mencionadas no texto utilizando conceitos da teoria evolutiva de Lamarck. Ao adotar esse ponto de vista, ele diria que a) as caracteristicas citadas no texto foram originadas pela selecao natural. b) a ausencia de olhos teria sido causada pela falta de uso dos mesmos, segundo a lei do uso e desuso. c) o corpo anelado é uma caracteristica fortemente adaptativa, mas seria transmitida apenas a primeira geracao de descendentes. d) as patas teriam sido perdidas pela falta de uso e, em seguida, essa caracteristica foi incorporada ao patri- mOnio genetic° e ent5o transmitida aos descendentes. rxssrx.:;::: e) as caracteristicas citadas no texto foram adquiridas por meio de mutacoes e depois, ao longo do tempo, foram selecionadas por serem mais adaptadas ao ambiente em que os organismos se encontram. Questa° 28 Para explicar a absorcao de nutrientes, bem como a fungdo das microvilosidades das membranas das celulas que revestem as paredes intemas do intestino delgado, urn estudante realizou o seguinte experimento: Colocou 200 mt de agua em dois recipientes. No primeiro recipiente, mergulhou, por 5 segundos, urn pedaco de papel liso, como na FIGURA 1; no segundo recipiente, fez o mesmo corn urn pedaco de papel corn dobras simulando as microvilosidades, conforme FIGURA 2. Os dados obtidos foram: a quantidade de agua absorvida pelo papel liso foi de 8 mt, enquanto pelo papel dobrado foi de 12 mt. 10 cm Figura 1 at10 cm Figura 2 5 cm Corn base nos dados obtidos, infere-se que a fungal° das microvilosidades intestinais corn relacao a absorcao de nutrientes pelas celulas das paredes internas do intestino a de a) manter o volume de absorcao. b) aumentar a superficie de absorcao. c) diminuir a velocidade de absorcao. d) aumentar o tempo de absorcao. e) manter a seletividade na absorcao. Questa° 29 0 abastecimento de nossas necessidades energeticas futuras dependera certamente do desenvolvimento de tecnologias para aproveitar a energia solar corn maior eficiencia. A energia solar e a maior fonte de energia mundial. Num dia ensolarado, por exemplo, aproxi- madamente 1 kJ de energia solar atinge cada metro qua- drado da superficie terrestre por segundo. No entanto, o aproveitamento dessa energia é dificil porque ela é diluida (distribuida por uma area muito extensa) e oscila corn o horario e as condicOes climaticas. 0 uso efetivo da energia solar depende de formas de estocar a energia coletada para uso posterior. BROWN, T. Quimica a Ciencia Central. Sao Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  10. 10. 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Atualmente, uma das formas de se utilizar a energia solar tem sido armazend-la por meio de processos quimicos endotermicos que mail tarde podem ser revertidos para liberar calor. Considerando a reacao: CH4(g) + H20(v) + calor CO(g) + 3H2(g) e analisando-a como potencial mecanismo para o apro- veitamento posterior da energia solar, conclui-se que se trata de uma estrategia a) insatisfatoria, pois a reacao apresentada ndo permite que a energia presente no meio externo seja absorvida pelo sistema para ser utilizada posteriormente. b) insatisfatOria, uma vez que ha formacao de gases poluentes e corn potencial poder explosivo, tornando-a uma reacao perigosa e de dificil controle. c) insatisfatOria, uma vez que ha formacdo de gas CO que nao possui contend() energetic° passivel de ser apro- veitado posteriormente e e considerado urn gas poluente. d) satisfatoria, uma vez que a reacao direta ocorre corn absorcdo de calor e promove a formacao das substan- cias combustiveis que poderao ser utilizadas posterior- mente para obtencdo de energia e realizacao de trabalho e) satisfatOria, uma vez que a reacao direta ocorre corn liberacdo de calor havendo ainda a formacdo das substancias combustiveis que poderdo ser utilizadas posteriormente para obtencdo de energia e realizacdo de trabalho Questa° 30 Todos os organismos necessitam de agua e grande parte deles vive em rios, lagos e oceanos. Os processos bio- logicos , como respiracdo e fotossintese, exercem pro- funda influencia na quimica das aguas naturais em todo o planeta. 0 oxigenio é ator dominante na quimica e na bioquimica da hidrosfera. Devido a sua baixa solubilidade em agua (9,0 mg/E a 20°C) a disponibilidade de oxigenio nos ecossistemas aquaticos estabelece o limite entre a vida aerobica e anaerobica. Nesse contexto, urn parametro chamado Demanda Bioqufmica de Oxigenio (DBO) foi definido para medir a quantidade de materia organica presente em urn sistema hictrico. A DBO corresponde a massa de 02 em miligramas necessaria para realizar a oxidacao total do carbono organic° em urn litro de agua. BAIRD, C. Quimica Ambiental. Ed. Bookman, 2005 (adaptado). Dados: Massas molares em g/mol: C = 12; H = 1; 0 = 16. PRE - UNIVERSITARIO Suponha que 10 mg de acticar (formula minima CH2O e massa molar igual a 30 g/mol) sao dissolvidos ern um litro de agua; em quanto a DBO sera aumentada? a) 0,4mg de 02/litro c) 2,7mg de 02/litro e) 10,7mg de 02/litro b) 1,7mg de 02/litro d) 9,4mg de 02/litro Questa° 31 Observe a tabela seguinte. Ela traz especificaceies tecnicas constantes no manual de instrucOes fornecido pelo fabricante de uma torneira eletrica. Especificaciies Tecnicas Modelo Torneira Tensao Nominal (volts-) 127 220 (Frio) Potencia Nominal (Morno) (Watts) (Quente) Desligado 2 800 3 200 2 800 3200 4 500 5 500 4 500 5500 Corrente Nominal (Amperes) 35,4 43,3 20,4 25,0 Fiacao Minima (Ate 30m) 6 mm2 10 mm2 4 mm2 4 mm2 Macao Minima (Acima 30 m) 10 mm2 16 mm2 6 mm2 6 mm2 Disjuntor (Ampere) 40 50 25 30 Disponlvel em: http://www.cardeal .com .br.manualprod/Manuais/Tomeira% 20 Suprema/"Manual...Torneira...Suprema...roo.pdf Considerando que o modelo de maior potencia da versa° 220 V da torneira suprema foi inadvertidamente conec- tada a uma rede corn tensdo nominal de 127 V, e que o apareiho esta configurado para trabalhar em sua maxima potencia. Qual o valor aproximado da potencia ao ligar a torneira? a) 1.830 W b) 2.800 W c) 3.200 W d) 4.030 W e) 5500 W Questa° 32 A energia eletrica consumida nas residencias é medida, em quilowatt-hora, por meio de urn relogio medidor de consumo. Nesse relogio, da direita para esquerda, tern-se o ponteiro da unidade, da dezena, da centena e do milhar, Se urn ponteiro estiver entre dois ralmeros, considera-se o ultimo niimero ultrapassado pelo ponteiro. Suponha que as medidas indicadas nos esquemas seguintes tenham sido feitas em uma cidade ern que o preco do quilowatt- hora fosse de R$ 0,20. Simetrico Pre-Universitario - Turma SaUde 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  11. 11. SIMETRICO PRE - UNIVERSITARIO leitura atual 9 9 i 1 1 9 9 3 8 7 2 leitura do roes passado 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM FILHO,A.G.; BAROLLI, E. Instalacao Eletrica. Sao Paulo: Scipione, 1997. O valor a ser pago pelo consumo de energia eletrica registrado seria de a) R$ 41,80. b) R$ 42.00. c) R$ 43.00. d) R$ 43,80. e) R$ 44,00. Questa° 33 Urn estudo recente feito no Pantanal da uma boa ideia de como o equilibrio entre as especies, na natureza, urn verdadeiro quebra-cabega. As pecas do quebra- cabeca sao o tucano-toco, a arara-azul e o manduvi. 0 tucano-toco e o (wilco passaro que consegue abrir o fruto e engolir a semente do manduvi sendo, assim, o principal dispersor de suas sementes. 0 manduvi, por sua vez, é uma das poucas arvores onde as araras-azuis fazem seus ninhos. Ate aqui, tudo parece bem encaixado, mas... é justamente o tucano-toco o major predador de ovos de arara-azul - mais da metade dos ovos das araras sao predados pelos tucanos. Entao, ficamos na seguinte encruzilhada: se nao ha tucanos-toco, os manduvis se extinguem, pois nao ha dispersao de suas sementes e nao surgem novas manduvinhos, e isso afeta as araras-azuis, que nao tern onde fazer seus ninhos. Se, por outro lado, ha muitos tucanos-toco, eles dispersam as sementes dos manduvis, e as araras-azuis tern muito lugar para fazer seus ninhos, mas seus ovos sao muito predados. Internet: <http://oglobo.globo.com>icom adaptacoes) De acordo corn a situagao descrita a) o manduvi depende diretamente tanto do tucano- toco como da arara-azul para sua sobrevivencia. b) o tucano-toco, depois de engolir sementes de manduvi, digere-as e torna-as inviaveis. c) a conservagao da arara-azul exige a redugao da popu- lack) de manduvis e o aumento da populagao de tucanos -taco. d) a conservagao das araras-azuis depende tambern da conservagao dos tucanos-toco, apesar de estes serem predadores daquelas. e) a derrubada de manduvis em decorrencia do des- matamento diminui a disponibilidade de locals para os tucanos fazerem seus ninhos. Questa° 34 Investigadores das Universidades de Oxford e da California desenvolveram uma variedade de Aedes aegypti geneticamente modificada que e candidata para use na busca de reducao na transmissao do virus da dengue. Nessa nova variedade de mosquito, as femeas nao conseguem voar devido a interrupcao do desenvolvi- mento do miisculo das asas. A modificacao genetica introduzida é urn gene dominante conditional, isso é, o gene tern expressao dominante (basta apenas uma copia do alelo) e este so atua nas femeas. FU, G. et al. Female-specific hightiess phenotype for mosquito control. PNAS 107 (10): 4550-4554,2010. Preve-se, porem, que a utilizacao dessa variedade de Aedes aegypti demore ainda anos para ser implementada, pois ha demanda de muitos estudos corn relacao ao impacto ambiental. A liberacao de machos de Aedes aegypti dessa variedade geneticamente modificada reduziria o mimero de casos de dengue em uma determinada regiao porque a) diminuiria o sucesso reprodutivo desses machos transgenicos. b) restringiria a area geografica de voo dessa especie de mosquito. c) dificultaria a contaminacao e reproducdo do vetor natural da doenca. d) tomaria o mosquito menos resistente ao agente etiologico da doenca. e) dificultaria a obtencao de alimentos pelos machos geneticamente modificados. Questa° 35 A composicao media de uma bateria automotiva esgotada é de aproximadamente 32% Pb, 3% PbO, 17% Pb02 e 36% PbSO4. A media de massa da pasta residual de uma bateria usada é de 6kg, onde 19% é Pb02, 60% PbSO4 e 21% Pb. Entre todos os compostos de chumbo presentes na pasta, o que mais preocupa é o sulfato de chumbo (II), pois nos processos pirometaltirgicos, em que os com- postos de chumbo (placas das baterias) sao fundidos, ha a conversdo de sulfato em di6xido de enxofre, gas muito poluente. Para reduzir o problema das emissoes de S02(g), a industria pode utilizar uma planta mista, ou seja, utilizar o processo hidrometahirgico, para a dessulfuracao antes da fusao do composto de chumbo. Nesse caso, a reducao de sulfato presente no PbSO4 é feita via lixiviagao corn solucao de carbonato de sodio (Na2CO3) 1M a 45°C, em que se obtem o carbonato de chumbo (II) corn rendimento de 91%. Apos esse processo, o material segue para a fundicao para obter o chumbo metalico. Simetrico Pre-Universitario - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  12. 12. 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM PbSO4 + Na2CO3 PbCO3 + Na2SO4 Dados: Massas Molares em g/mol Pb = 207; S = 32; Na= 23; 0= 16; C = 12 ARAUJO, R.V.V.; TINDADE, R.B.E.; SOARES, P.S.M. Reciclagem de chumbo de bateria automotiva: estudo de caso. Disponivel em: http://www.icisc.usp.br. Acesso em: 17 abr. 2010 (adaptado). Segundo as condicOes do processo apresentado para a obtencao de carbonato de chumbo (II) por meio da lixi- viacao por carbonato de sodio e considerando uma massa de pasta residual de uma bateria de 6 kg, qual quantidade aproximada, em quilogramas, de PbCO3 é obtida? c) 2,9 kga) 1,7 kg d) 3,3 kg b) 1,9 kg e) 3,6 kg Questa° 36 As mobilizacOes para promover urn planeta melhor para as futuras geracoes sdo cads vez mais frequentes. A maior parte dos meios de transporte de massa e atualmente movida pela queima de urn combustivel fossil. A titulo de exemplificacao do onus causado por essa pratica, basta saber que urn carro produz, em media, cerca de 200g de di6xido de carbono por km percorrido. Revista Aquecimento Global. Ano 2, n° 8. Publicacao do Instimto Brasileiro de Cultura Ltda. Urn dos principais constituintes da gasolina é o octano (C8H18). Por meio da combustdo do octano e possivel a liberacao de energia, permitindo que o carro entre em movimento. A equacao que representa a reacao quimica desse processo demonstra que a) no processo ha liberacao de oxigenio, sob a forma de 02. b) o coeficiente estequiometrico para a agua e de 8 para 1 do octano. c) no processo ha consumo de agua, para que haja liberacdo de energia. d) o coeficiente estequiometrico para o oxigenio e de 12,5 para 1 do octano. e) o coeficiente estequiometrico para o gas carbonic° é de 9 para I do octano. PRE - UNIVERSITARIO Questa° 37 Ao colocar urn pouco de aciicar na agua e mexer ate a obtencao de uma so fase, prepara-se uma solucao. mesmo acontece ao se adicionar urn pouquinho de sal a agua e misturar bem. Uma substancia capaz de dissolver o soluto é denominada solvente; por exemplo, a agua é urn solvente para o acticar, para o sal e para varias outras substancias. A figura a seguir ilustra essa citacdo. Solvente 7 Disponivel em: www.sobiologia. com.br. Acesso em: 27 abr. 2010. Suponha que uma pessoa, para adocar seu cafezinho, tenha utilizado 3,42g de sacarose (massa molar igual a 342 g/mol) para uma xicara de 50 mf do liquid°. Qual a concentracao final, em molM, de sacarose nesse cafezinho? a) 0,02 b) 0,2 c) 2 d) 200 e) 2000 Questa° 38 Decisdo de asfaltamento da rodovia MG-010, acompanhada da introducao de especies exoticas, e a pratica de incendios criminosos ameacam o sofisticado ecossistema do campo rupestre da reserva da Serra do Espinhaco. As plantas nativas desta regiao, altamente adaptadas a uma alta concentracao de alumfnio, que inibe o crescimento das raizes e dificulta a absorcao de nutrientes e agua, estao sendo substituidas por especies invasoras que nao teriam naturalmente adaptacao para este ambiente; no entanto, elas estao dominando as margens da rodovia, equivocadamente chamada de "estrada ecologica ". Possivelmente, a entrada de especies de plantas exoticas neste ambiente foi provocada pelo uso, neste empreendimento, de urn tipo de asfalto (cimento-solo) que possui uma mistura rica em calcio, que causou modificacoes quimicas aos solos adjacentes rodovia MG-010. Scientific American Brasil. Ano 7, n.° 79, 2008 (adaptado). Simetrico Pre-Universitario - Turma SaUde 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  13. 13. SIMETRICO PRA UNIVERSITARIO 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Essa afirmacao baseia-se no use de cimento-solo, mistura rica em calcio que a) inibe a toxicidade do alumfnio, elevando o pH dessas areas. b) inibe a toxicidade do aluminio, reduzindo o pH dessas areas. c) aumenta a toxicidade do aluminio, elevando o pH dessas areas. d) aumenta a toxicidade do aluminio, reduzindo o pH dessas areas. e) neutraliza a toxicidade do aluminio, reduzindo o pH dessas areas. Questa° 39 0 lixdo que recebia 130 toneladas de lixo e contaminava a regido coin o seu chorume (liquido derivado da decom- posicao de compostos organicos) foi recuperado, transfor- mando-se em um aterro sanitario controlado, mudando a qualidade de vida e a paisagem e proporcionando condicoes dignas de trabalho para os que dele subsistiam. Revista Promocao da Sande da Secretaria de Politicas de Sande Ano 1, n? 4, dez. 2000 (adaptado) Quais procedimentos tecnicos tornam o aterro sanitario mais vantajoso que o lixao, em relacao as problemaicas abordadas no texto? a) 0 lixo e recolhido e incinerado pela combustao a altas temperaturas. b) 0 lixo hospitalar 6 separado para ser enterrado e sobre ele, colocada cal virgem. c) 0 lixo organic° e inorganic° e encoberto, e o chorume canalizado para ser tratado e neutralizado. d) 0 lixo organic° e completamente separado do lixo inorganic°, evitando a formacao de chorume. e) 0 lixo industrial é separado e acondicionado de forma adequada, formando uma bolsa de resfduos. Questa° 40 Deseja-se instalar uma estacao de geracao de energia eletrica em um municipio localizado no interior de um pequeno vale cercado de alias montanhas de dificil acesso. A cidade e cruzada por urn rio, que e fonte de agua para consumo, irrigacao das lavouras de subsistencia e pesca. Na regiao, que possui pequena extensao territorial, a incidencia solar é alta o ano todo. A estacao em questa° ira abastecer apenas o municipio apresentado. Qual forma de obtencao de energia, entre as apresentadas, é a mais indicada para ser implantada nesse municipio de modo a causar o menor impacto ambiental? a) Termeletrica, pais e possivel utilizar a agua do rio no sistema de refrigeracao. b) &Mica, pois a geografia do local é propria para a captacao desse tipo de energia. c) Nuclear, pois o modo de resfriamento de seus sistemas nao afetaria a populacao. d) Fotovoltaica, poise possivel aproveitar a energia solar que chega a superficie do local. e) Hidreletrica, pois o rio que corta o municipio e sufi- ciente para abastecer a usina construida. Questa° 41 Tres dos quatro tipos de testes atualmente empregados para a deteccao de prions patogenicos em tecidos cerebrais de gado morto sao mostrados nas figuras a seguir. Uma vez identificado urn animal morto infectado, funcionarios das agencias de satide ptiblica e fazendeiro podem remove-lo do suprimento alimentar ou rastrear os alimentos infectados que o animal possa ter consumido. TESTE I Cerebra bovino TESTE II Camundongo (ou outro animal de teste) Anticorpo que reconhece o prion patogenico (PrPsc) TESTE III O a Protease (-6 7N MicroscOpio Marcador especifico para o prion patogenico [PrF'sc] Gel A B Legends: PrPs° - proteinas do Prion Simetrico Pre-Universitario - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  14. 14. 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Scientific American Brasil, ago. 2004, (adaptado). Analisando os testes I, II e III, para a deteccao de prions patogenicos, identifique as condicOes em que os resultados foram positivos para a presenca de prions nos tres testes: a) Animal A, lamina B e gel A. b) Animal A, lamina A e gel B c) Animal B, lamina A e gel B d) Animal B, lamina B e gel A. e) Animal A, lamina B e gel B. Questa° 42 Belem é cercada por 39 ilhas, e suas populacOes convivem corn ameacas de doencas. 0 motivo, apontado por especialistas, é a poluicao da agua do rio, principal fonte de sobrevivencia dos ribeirinhos. A diarreia frequente nas criancas e ocorre como consequencia da falta de saneamento basic°, ja que a populacao nao tern acesso a agua de boa qualidade. Como nao ha agua potavel, a alternativa d consumir a do rio. 0 Liberal. 8 jai. 2006. Disponivel em: http://www.oliberal.com.br O procedimento adequado para tratar a agua dos rios, a fim de atenuar os problemas de sadde causados por microrganismos a essas populac-bes ribeirinhas é a a) filtracao. d) fluoretacao. b) cloracao. e) decantacao. c) coagulacao. Questa° 43 Certas ligas estanho-chumbo corn composicao especi- fica formam urn eutetico simples, o que significa que uma liga corn essas caracteristicas se comporta como uma substancia pura, corn urn ponto de fusao definido, no caso 183°C. Essa é uma temperatura inferior mesmo ao ponto de fusao dos metais que compOem esta liga (o estanho puro funde a 232°C e o chumbo puro a 320°C), o que justifica sua ampla utilizacao na soldagem de compo- nentes eletn5nicos, em que o excesso de aquecimento deve sempre ser evitado. De acordo corn as normas inter- nacionais, os valores minimo e maxim° das densidades para essas ligas sao de 8,74 g/mL e 8,82 g/mL, respecti- vamente. As densidades do estanho e do chumbo sao 7,3 g/mL e 11,3 g/mL, respectivamente. Urn lote contendo 5 amostras de solda estanho-chumbo foi analisado por urn tecnico, por meio da determinacao de sua composicao percentual em massa, cujos resultados estao mostrados no quadro a seguir. PRE - UNIVERSITARIO Amostra Porcentagem de Sn (%) Porcentagem de Pb (%) I 60 40 II 62 38 III 65 35 IV 63 37 V 59 41 Disponivel em: http://www.eletrica.ufpr.br Corn base no texto e na analise realizada pelo tecnico, as amostras que atendem as normas internacionais sao a) I e II. d) III e V. b) I e III. e) IV e V. c) II e IV. Questa° 44 0 virus do papiloma humano (HPV, na sigla em ingles) causa o aparecimento de verrugas e infeccao persistente, sendo o principal fator ambiental do cancer de cold de titer° nas mulheres. 0 virus pode entrar pela pele ou por mucosas do corpo, o qual desenvolve anticorpos contra a ameaca, embora em alguns casos a defesa natural do organism° nao seja suficiente. Foi desenvolvida uma vacina contra o HPV, que reduz em ate 90% as verrugas e 85,6% dos casos de infeccao persistente em comparacao corn pessoas nao vacinadas. Disponivel cm: http://w ww.g 1 .globo.com. Accsso cm: 12 jun. 2011. 0 beneficio da utilizacao dessa vacina é que pessoas vaci- nadas, em comparacao corn as nao vacinadas, apresentam diferentes respostas ao virus HPV em decorrencia da(o) a) alta concentracao de macrofagos. b) elevada taxa de anticorpos especificos anti-HPV circulantes. c) aumento na producao de hemacias apos a infeccao por virus HPV. d) rapidez na producao de altar concentracoes de linfocitos matadores. e) presenca de celulas de memoria que atuam na resposta secundaria. Questa° 45 Em urn manual de urn chuveiro eletrico sao encontradas informacOes sobre algumas caracteristicas tecnicas, ilustradas no quadro, como a tensao de alimentacao, a pontencia dissipada, o dimensionamento do disjuntor ou fusivel, e a area da secao transversal dos condutores utlizados. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  15. 15. SIMETRICO PRE - UNIVERSITARIO 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM CARACTERISTICAS TECNICAS Especificagao Mode lo A B Tensao (V -) 127 220 Potencia (Watt) Seletor de Temperature Multitemperaturas Co 0 2.440 2.540 N 4.400 4.400 on 5.500 6.000 Disjuntor ou Fusivel (Ampere) 50 30 Secao dos condutores (mm2) 10 4 Uma pessoa adquiriu urn chuveiro do modelo A e, ao ler o manual, verificou que precisava liga-lo a urn disjuntor de 50 amperes. No entanto, intrigou-se com o fato de que o disjuntor ao ser utilizado para uma correta instalacao de urn chuveiro do modelo B devia possuir amperagem 40% menor. Considerando-se os chuveiros de modelos A e B, funcionando a mesma potencia de 4 400 W, a razdo entre as suas respectivas resistencias eletricas, RA e RB , que justifica a diferenca de dimensionamento dos disjuntores, é mais proxima de: a) 0,3 b) 0,6 c) 0,8 e) significava urn peso para a populacao egipcia, que condenava o luxo faraonico e a religiao baseada em crencas e supersticoes. Questa° 47 Hoje em dia, nas grandes cidades, enterrar os mortos uma pratica quase intima, que diz respeito apenas familia. A menos, e claro, que se trate de uma persona- lidade conhecida. Entretanto, isso nem sempre foi assim. Para urn historiador, os sepultamentos sao uma fonte de informacoes importantes pare que se compreenda, por exemplo, a vida politica des sociedades. No que se refere as praticas sociais ligadas aos sepulta- mentos, a) na Grecia Antiga, as cerimOnias ftinebres eram desva- lorizadas, porque o mais importante era a democracia experimentada pelos vivos. b) na Idade Media, a Igreja tinha pouca influencia sobre os rituais fdnebres, preocupando-se mais corn a sal- vacao da alma. d) 1,7 e) 3,0 c) no Brasil colOnia, o sepultamento dos mortos nas igrejas era regido pela observancia da hierarquia social. d) na epoca da Reforma, o catolicismo condenou os excessos de gastos que a burguesia fazia para sepultar seus mortos.CIENCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Quest6es de 46 a 90 Questa° 46 O Egito d visitado anualmente por milhoes de turistas de todos os quadrantes do planeta, desejosos de ver corn os proprios olhos a grandiosidade do poder esculpida em pedra ha milenios: as piramides de Gizeh, as tumbas do Vale dos Reis e os numerosos templos construidos ao longo do Nilo. O que hoje se transformou em atracao turistica era, no passado, interpretado de forma muito diferente, pois a) significava, entre outros aspectos, o poder que os farads tinham para escravizar grandes contingentes populacionais que trabalhavam nesses monumentos. b) representava para as populacoes do alto Egito a possibilidade de migrar para o sub e encontrar trabalho nos canteiros faraonicos. c) significava a solucao para os problemas economicos, uma vez que os farads sacrificavam aos deuses suas riquezas, construindo templos. d) representava a possibilidade de o farad ordenar a sociedade, obrigando os desocupados a trababharem em obras ptiblicas, que engrandeceram o preiprio Egito. e) no period() posterior a Revolucao Francesa, devido as grandes perturbacoes sociais, abandona-se a pratica do luto. Questa° 48 A primeira metade do seculo XX foi marcada por con- flitos e processos que a inscreveram como urn dos mais violentos periodos da histOria humana. Entre os principais fatores que estiveram na origem dos conflitos ocorridos durante a primeira metade do seculo XX estao a) a crise do colonialismo, a ascensao do nacionalismo e do totalitarismo. b) o enfraquecimento do imperio britanico, a Grande Depressao e a corrida nuclear. c) o declinio britanico, o fracasso da Liga das Nacoes e a Revolucao Cubana. d) a corrida armamentista, o terceiro-mundismo e o ex- pansionismo sovietico. e) a Revolucao Bolchevique, o imperialismo e a unifi- cacao da Alemanha. Simetrico Pre-Universitario - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  16. 16. Questa° 49 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM 0 ano de 1968 ficou conhecido pela efervescencia social, tal como se pode comprovar pelo seguinte trecho, retirado de texto sobre propostas preliminares para uma revolucao cultural: "E preciso discutir em todos os lugares e corn todos. 0 lever de ser responsavel e pensar politicamente diz respeito a todos, nao e privilegio de uma minoria de iniciados. Nati devemos nos surpreender corn o caos das ideias, pois essa e a condicao para a emergencia de novas ideias. Os pais do regime devem compreender que autonomia nao e uma palavra va; ela supoe a partilha do poder, ou seja, a mudanca de sua natureza. Que ninguem tente rotular o movimento atual; ele lido tern etiquetas e nab precisa delas". Journal de la comune etudiante. Textes et documents Paris Scull, 1969 (adaptado). Os movimentos sociais, que marcaram o ano de 1968, a) foram manifestacoes desprovidas de conotacao politi- ca, que tinham o objetivo de questionar a rigidez dos padroes de comportamento social fundados em valores tradicionais da moral religiosa. b) restringiram-se as sociedades de paises desenvolvidos, onde a industrializacao avancada, a penetracao dos meios de comunicacao de massa e a alienacao cultural que deles resultava eram mais evidentes. c) resultaram no fortalecimento do conservadorismo politico, social e religioso que prevaleceu nos paises ocidentais durante as decadas de 70 e 80. d) tiveram baixa repercussao no plano politico, apesar de seus fortes desdobramentos nos pianos social e cultural: expressos na mudanca de costumes e na contracultura. e) inspiraram futuras mobilizacOes, como o pacifismo, o ambientalismo, a promocao da equidade de generos e a defesa dos direitos das minorias. Questa° 50 Do ponto de vista geopolitico, a Guerra Fria dividiu a Europa em dois blocos. Essa divisdo propiciou a formacao de aliancas antagonicas de carater militar, como a OTAN, que aglutinava os paises do bloco ocidental, e o Pacto de Varsovia, que concentrava os do bloco oriental. E importante destacar que, na formacao da OTAN, estao presentes, alem dos paises do oeste europeu, os EUA e o Canada. Essa divisao histOrica atingiu igualmente os ambitos politico e economic° que se refletia pela opcdo entre os modelos capitalista e socialista. PRE - UNIVERSITARIO Essa divisao europeia ficou conhecida como a) Cortina de Ferro. b) Muro de Berlim. c) Uniao Europeia. d) Convencao de Ramsar. e) Conferencia de Estocolmo. Questa° 51 Na democracia estado-unidense, os cidadaos sao incluidos na sociedade pelo exercicio pleno dos direitos politicos e tambern pela ideia geral de direito de propriedade. Compete ao govern° garantir que esse direito nao seja violado. Como consequencia, mesmo aqueles que possuem uma pequena propriedade sentem-se cidadaos de pleno direito. Na tradicao politica dos EUA, uma forma de incluir socialmente os cidadaos a) submeter o individuo a protecao do governo. b) hierarquizar os individuos segundo suas posses. c) estimular a formacao de propriedades comunais. d) vincular democracia e possibilidades econOmicas indi- viduais. e) defender a obrigacao de que todos os individuos tenham propriedades. Questa° 52 Para Caio Prado Jr., a formacao brasileira se completaria no momento em que fosse superada a nossa heranca de inorganicidade social -o oposto da interligacao corn objetivos internos - trazida da colonia. Este momento alto estaria, ou esteve, no futuro. Se passarmos a Sergio Buar- que de Holanda, encontraremos algo analog°. 0 pais sera modern° e estard formado quando superar a sua heranca portuguesa, rural e autoritaria, quando entao teriamos urn pais democratic°. Tambem aqui o ponto de chegada esta mais adiante, na dependencia das decisOes do presente. Celso Furtado, por seu turno, dird que a nacao nao se completa enquanto as alavancas do comando, principal- mente do economic°, nao passarem para dentro do pais. Como para os outros dois, a conclusao do processo encontra-se no futuro, que agora parece remoto. SCHWARZ, R. Os sete folegos de urn livro. Sequencias hrasileiras. Salo Paulo, Cia. das Letras, 1999 (adaptado). Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  17. 17. SIMETRICO PRE - UNIVERSITARIO 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Acerca das expectativas quanto a formacao do Brasil, a sentenca que sintetiza os pontos de vista apresentados no texto é: a) Brasil, urn pais que vai pra frente. b) Brasil, a eterna esperanca. c) Brasil, gloria no passado, grandeza no presente. d) Brasil, terra bela, patria grande. e) Brasil, gigante pela prOpria natureza. Questa° 53 A partir de 1942 e estendendo-se ate o final do Estado Novo, o Ministro do Trabalho, Indastria e Comercio de Gettilio Vargas falou aos ouvintes da Radio Nacional semanalmente, por dez minutos, no programa "Hora do Brasil". 0 objetivo declarado do governo era esclarecer os trabalhadores acerca das inovaciies na legislacao de protecao ao trabalho. GOMES, A.C. A Invenctio do trabalhismo. Rio de Janeiro IUPERJ / Vertice. Sao Paulo: Revista dos Tribunals. 1988 (adaptado) Os programas "Hora do Brasil" contribuiram para a) conscientizar os trabalhadores de que os direitos sociais foram conquistados por seu esforco, alp& anos de lutas sindicais. b) promover a autonomia dos grupos sociais, por mein de uma linguagem simples e de facil entendimento. c) estimular os movimentos grevistas, que reivindicavam urn aprofundamento dos direitos trabalhistas. d) consolidar a imagem de Vargas como um governante protetor das massas. e) aumentar os grupos de discussao politica dos trabalha- dores, estimulados pelas palavras do ministro. Questa° 54 A formacao dos Estados foi certamente distinta na Europa, na America Latina, na Africa e na Asia. Os Estados atuais, em especial na America Latina - onde as instituicoes das populacOes locais existentes a epoca da conquista ou foram eliminadas, como no caso do Mexico e do Peru, ou eram frageis, como no caso do Brasil -, sao o resultado, em geral, da evolucao do transplante de instituicoes europeias feito pelas metropoles para suas colonias. Na Africa, as colonias tiveram fronteiras arbitrariamente tracadas, separando etnias, idiomas e tradicOes, que, mais tarde, sobreviveram ao processo de descolonizacao, dando razao para conflitos que, muitas vezes, tern sua verdadeira origem Asia, disputas pela Aexploracao de recursos naturais. Na sia, a colonizacao europeia se fez de forma mais indireta e encontrou sistemas politicos e administrativos mais sofisticados, aos quais se superpos. Hoje, aquelas formas anteriores de organizacao, ou pelo menos seu espirito, sobrevivem nas organizacOes political do Estado asiatico. GUIMARAES, S. R Nacao nacionalismo Estado Estudos Avancados Sdo Paulo: EdUSP, v. 22, n° 62 jan- abr 2008 (adaptado) Relacionando as informacoes ao contexto historic° e geografico por elas evocado, assinale a °Kilo correta acerca do processo de formacao socioecon6mica dos continentes mencionados no texto. a) Devido a falta de recursos naturais a serem explorados no Brasil, conflitos etnicos e culturais como os ocorridos na Africa estiveram ausentes no period° da independencia e formacao do Estado brasileiro. b) A maior distincao entre os processos histOrico-for- mativos dos continentes citados é a que se estabelece entre colonizador e colonizado, ou seja, entre a Europa e os demais. c) A epoca das conquistas, a America Latina, a Africa e a Asia tinham sistemas politicos e administrativos muito mais sofisticados que aqueles que lhes foram impostos pelo colonizador. d) Comparadas ao Mexico e ao Peru, as instituicoes brasileiras, por terem sido eliminadas a epoca da conquista, sofreram mais influencia dos modelos institucionais europeus. e) 0 modelo historic° da formacao do Estado asiatico equipara-se ao brasileiro, pois em ambos se manteve o espirito das formas de organizacao anteriores a conquista. Questa° 55 No tempo da independencia do Brasil, circulavam nas classes populares do Recife trovas que faziam alusao revolta escrava do Haiti: Marinheiros e caiados Todos devem se acabar, Porque so pardos e pretos 0 pais hao de habitar. AMARAL, F. P. do. Apud CARVALHO, A. Estudos pernambucanos Recife. Cultura Academica. 1907. O period() da independencia do Brasil registry conflitos raciais, como se depreende a) dos rumores acerca da revolta escrava do Haiti, que circulavam entre a populacao escrava e entre os mesti- cos pobres, alimentando seu desejo por mudancas. b) da rejeicao aos portugueses, brancos, que significava a rejeicao a opressao da Metropole, como ocorreu na Noite das Garrafadas. Simetrico Pre-Universitario - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  18. 18. 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM c) do apoio que escravos e negros forros deram a monarquia, corn a perspectiva de receber sua protecao contra as injusticas do sistema escravista. d) do repildio que os escravos trabalhadores dos portos demonstravam contra os marinheiros, porque estes representavam a elite branca opressora. e) da expulsao de varios lideres negros independentistas, que defendiam a implantacao de uma reptiblica negra, a exemplo do Haiti. Questa° 56 Ate o seculo XVII, as paisagens rurais eram marcadas por atividades rudimentares e de baixa produtividade. A partir da Revolucao Industrial, porem, sobretudo corn o advento da revolucao tecnologica, houve urn desenvolvimento continuo do setor agropecuario. Sao, portanto, observadas consequencias econOrnicas, sociais e ambientais inter-relacionadas no period() posterior a Revo lucao Industrial, as quais incluem a) a erradicacao da force no mundo. b) o aumento das areas rurais e a diminuicao das areas urbanas. c) a maior demanda por recursos naturais, entre os quais os recursos energeticos. d) a menor necessidade de utilizacao de adubos e corretivos na agricultura. e) o continuo aumento da oferta de emprego no setor primario da economia, em face da mecanizacao. Questa° 57 Como se assistisse a demonstracao de urn espetaculo magic°, ia revendo aquele ambiente tao caracteristico de familia, corn seus pesados moveis de vinhatico ou de jacaranda, de qualidade antiga, e que denunciavam urn passado ilustre, geracoes de Meneses talvez mais singelos e mais calmos; agora, uma especie de desordem, de relaxamento, abastardava aquelas qualidades primaciais. Mesmo assim era facia perceber o que haviam sido, esses nobres da roca, corn seus cristais que brilhavam mansamente na sombra, suas pratas semiempoeiradas que atestavam o esplendor esvanecido, seus marfins e suas opalinas - ah, respirava-se ali conforto, nao havia mas era apenas uma sobrevivencia de coisas idas. D ir-se- ia, ante esse mundo que se ia desagregando, que um mal oculto o rola, como urn tumor latente em suas entranhas. CARDOSO, L. Cronica da casa assassinada. Rio de Janeiro Civilizacdo Brasileira, 2002 (adaptada) 0 mundo narrado nesse trecho do romance de Ldcio Cardoso, acerca da vida dos Meneses, familia da aristocracia rural de Minas Gerais, apresenta nao apenas a historia da decadencia dessa familia, mas e, ainda, a representacao literaria de uma face de desagregacao PRE - UNIVERSITARIO politica, social e economica do pais. 0 recurso expressivo que formula literariamente essa clesagregacao hist6rica é o de descrever a casa dos Meneses como a) ambiente de pobreza e privacao, que carece de conforto minimo para a sobrevivencia da familia. b) mundo magic°, capaz de recuperar o encantamento perdido durante o period() de decadencia da aristocra- cia rural mineira. c) cena familiar, na qual o calor humano dos habitantes da casa ocupa o primeiro piano, compensando a frieza e austeridade dos objetos antigos. d) simbolo de urn passado ilustre que, apesar de superado, ainda resiste a sua total clissolucao gracas ao cuidado e asseio que a familia dispensa a conservacao da casa. e) espayo arruinado, onde os objetos perderam seu es- plendor e sobre os quais a vida repousa como lem- branca de urn passado que esta em vias de desaparecer completamente. Questa° 58 0 sumo Thomas Davatz chegou a Sao Paulo ern 1855 para trabalhar como colono na fazenda de café Ibicaba, em Campinas. A perspectiva de prosperidade que o atraiu para o Brasil deu lugar a insatisfacao e revolta, que ele registrou em livro. Sobre o percurso entre o porto de Santos e o planalto paulista, escreveu Davatz: "As estradas do Brasil, salvo em alguns trechos, sao pessimas. Em quase toda parte, falta qualquer especie de calcamento ou mesmo de saibro. Constam apenas de terra simples, sem nenhum beneficio. E facil prever que nessas estradas nao se encontram estalagens e hospedarias como as da Europa. Nas cidades maiores, o viajante pode naturalmente encontrar aposento sofrivel; nunca, porem, qualquer coisa de comparavel a comodidade que proporciona na Europa qualquer estalagem rural. Tais cidades sao, porem, muito poucas na distancia que vai de Santos a Ibicaba e que se percorre em cinquenta horas no minimo". Em 1867 foi inaugurada a ferrovia ligando Santos a Jundial, o que abreviou o tempo de viagem entre o litoral e o planalto para menos de urn dia. Nos anos seguintes, foram construidos outros ramais ferroviarios que articu- laram o interior cafeeiro ao porto de exportacao, Santos. DAVATZ, T. Memorias da urn colon() no Brasil. Sdo Paulo livraria Martins, 1941. (adaptado) O impacto das ferrovias na promocao de projetos de co- lonizacao corn base em imigrantes europeus foi impor- tante, porque Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  19. 19. SIMETRICO PRA- UNIVERSITARIO 30 SIMULADO - 2012 Estilo ENEM a) o percurso dos imigrantes ate o interior, antes das ferrovias, era feito a pe ou em muares; no entanto, o tempo de viagem era aceitavel, uma vez que o café era plantado nas proximidades da capital, Sao Paulo. b) a expansao da malha ferroviaria pelo interior de Sao Paulo permitiu que mao de obra estrangeira fosse contratada para trabalhar em cafezais de regioes cada vez mais distantes do porto de Santos. c) o escoamento da producao de cafe se viu beneficiado pelos aportes de capital, principalmente de colonos italianos, que desejavam melhorar sua situaciio econornica. d) os fazendeiros puderam prescindir da mao de obra europeia e contrataram trabalhadores brasileiros provenientes de outras regiOes para trabalhar em suas plantacoes. e) as noticias de terras acessiveis atrafram para Sao Paulo grande quantidade de imigrantes, que adquiriram vastas propriedades produtivas. Questa° 59 Alem dos inUmeros eletrodomesticos e bens eletrOnicos, o automOvel produzido pela indUstria fordista promoveu, a partir dos anos 50, mudancas significativas no modo de vida dos consumidores e tambem na habitacao e nas cidades. Corn a massificacao do consumo dos bens modernos, dos eletroeletronicos e tambem do automovel, mudaram radicalmente o modo de vida, os valores, a cultura e o conjunto do ambiente construido. Da ocupacao do solo urbano ate o interior da moradia, a transformacao foi profunda. MARICATO, E Urbanismo na periferia do mundo globalizado: metropoles brasileiras. Disponivel em http://wwwscielo.br Acesso em: 12 ago 2009 (Adaptado) Uma das consequencias das inovacOes tecnologicas das (llamas decadas, que determinaram diferentes formas de use e ocupacao do espaco geografico, e a instituicao das chamadas cidades globais, que se caracterizam por a) possuirem o mesmo nfvel de influencia no cenario mundial. b) fortalecerem os lacos de cidadania e solidariedade entre os membros das diversas comunidades. c) constituirem urn passo importante para a diminuicao das desigualdades socials causadas pela polarizacao social e pela segregacao urbana. d) terem sido diretamente impactadas pelo processo de intemacionalizacao da econonia, desencadeado a partir do final dos anos 1970. e) terem sua origem diretamente relacionadas ao processo de colonizacao ocidental do seculo XIX. Questa° 60 No period° 750-338 a.C., a Grecia antiga era composta por cidades-Estado, como por exemplo Atenas, Esparta, Tebas, que eram independentes umas das outras, mas partilhavam algumas caracteristicas culturais, como a lingua grega. No centro da Grecia, Delfos era um lugar de culto religioso frequentado por habitantes de todas as cidades-Estado. No periodo 1200-1600 d.C., na parte da Amazonia brasileira onde hoje esta o Parque Nacional do Xingu, ha vestigios de quinze cidades que cram cercadas por muros de madeira e que tinham ate dois mil e quinhentos habitantes cada uma. Essas cidades eram ligadas por estradas a centros cerimoniais corn grandes pracas. Ern torno delas havia rows, pomares e tanques para a criacao de tartarugas. Aparentemente, epidemias dizimaram grande parte da populacao que la vivia. Folha de S.Paulo ago. 2008 (adaptado). Apesar das diferencas histOricas e geograficas existentes entre as duas civilizacoes elas sao semelhantes pois a) as minas das cidades mencionadas atestam que grandes epidemias dizimaram suas populacoes. b) as cidades do Xingu desenvolveram a democracia, tal como foi concebida em Tebas. c) as duas civilizacOes tinham cidades autonomas e independentes entre si. d) os povos do Xingu falavam uma mesma lingua, tal como nas cidades-Estado da Grecia. e) as cidades do Xingu dedicavam -sea arte e a filosofia tal como na Grecia. Questa° 61 Apesar do aumento da producao no campo e da integracao entre a indUstria e a agricultura, parte da populacao da America do Sul ainda sofre corn a subalimentacao, o que gera conflitos pela posse de terra que podem ser verificados em varias areas e que frequentemente chegam a provocar mortes. Um dos fatores que explica a subalimentacao na America do Sul a) a baixa insercao de sua agricultura no comercio mundial. b) a quantidade insuficiente de mao-de-obra para o trabalho agricola. c) a presenca de estruturas agrarias arcaicas formadas por latifUndios improdutivos. d) a situacao conflituosa vivida no campo, que impede o crescimento da producao agricola. e) os sistemas de cultivo mecanizado voltados para o abastecimento do mercado interno. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  20. 20. 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Questa° 62 Entre 2004 e 2008, pelo menos 8 mil brasileiros foram libertados de fazendas onde trabalhavam como se fossem escravos. 0 govemo criou uma lista em que ficaram expostos os nomes dos fazendeiros flagrados pela fiscalizacao. No Norte, Nordeste e Centro-Oeste, regiOes que mais sofrem corn a fraqueza do poder pUblico, o bloqueio dos canais de financiamento agricola para tais fazendeiros tern sido a principal arena de combate a esse problema, mas os governos ainda sofrem corn a falta de informacOes, provocada pelas distancias e pelo poder intimidador dos proprietarios. OrganizacOes nao governamentais e grupos como a Pastoral da Terra tern agido corajosamente acionando as autoridades ptiblicas e ministrando aulas sobre direitos sociais e trabalhistas. "Piano Nacional para Erradicacao do Trabalho Escravo" Disponlvel em http://www.mte.gov.br. Acesso em 17 mar. 2009 (adaptado) Nos lugares mencionados no texto, o papel dos grupos de defesa dos direitos humanos tern sido fundamental, porque a) negociam corn os fazendeiros o reajuste dos honorarios e a reduced° da carga horaria de trabalho. b) defendem os direitos dos consumidores junto aos armazens e mercados das fazendas e carvoarias. c) substituem as autoridades policiais e juridicas na resolucao dos conflitos entre patroes e empregados. d) encaminham dentincias ao Ministerio Public° e promovem awes de conscientizacao dos trabalhadores. e) fortalecem a administracao ptiblica ao ministrarem aulas aos seus servidores. Questa° 63 Com a perspectiva do desaparecimento das geleiras no Polo Norte, grandes reservas de petroleo e minerios, hoje inacessiveis, poderao ser exploradas. E ja adorn a cobica das potencias. KOPP, D. Guerra Fria sobre o Artico. Le monde diplomatique Brasil. Setembro, n 2,2007 (adaptado) No cenario de que trata o texto, a exploracao de jazidas de petroleo, been como de minerios - diamante, ouro, prata, cobre, chumbo, zinco - torna-se atraente nao so em funcao de seu formidavel potential, mas tambem por a) situar-se em uma zona geopolitica mais estavel que o Oriente Medio. b) possibilitar o povoamento de uma regiao pouco habitada, alem de promover seu desenvolvimento economic°. c) garantir, aos paises em desenvolvimento, acesso a materias-primas e energia, necessarias ao crescimento economic°. PRE - UNIVERSITARIO d) contribuir para a reduced° da poluicao em areas ambientalmente ja degradadas devido ao grande volume da produced° industrial, como ocorreu na Europa. e) promover a participacdo dos combustiveis fosseis na matriz energetica mundial, dominada, majoritaria- mente, pelas fontes renovaveis, de maior custo. Questa° 64 No mundo contemporaneo, as reservas energeticas tornam-se estrategicas para muitos !Daises no cenario internacional. Os graficos apresentados mostram os dez paises corn as maiores reservas de petroleo e gas natural em reservas comprovadas ate janeiro de 2008. Posicao Pais Posicao Pais (1) ROssia (6) Estados Unidos (2) Ira (7) Nigeria (3) Catar (8) Argelia (4) Arabia Saudita (9) Venezuela (5) Emirados Arabes Unidos (10) Iraque Gas natural - reservas provadas {metros cUbicos) (1) 47.570.000.000.000 (2) (3) (45) ) ( (6) (7) (8) (9) (10) 26.370.000.000.000 25.790.000.000.000 6.568.000.000.000 5.823.000.000.000 5.551.000.000.000 5.015.000.000.000 4.359.000.000.000 4.112.000.000.000 3.170.000.000.000 Posicao Pais (1) Arabia Saudita (2) Canada (3) Ira (4) Iraque (5) Kuwait Posicao Pais (6) Emirados Arabes Unidos (7) Venezuela (8) RUssia (9) Libia (10) Nigeria Petroleo - reservas provadas (bards) (1) 266.800.000.000 (2) 178.800.000.000 (3) 132.500.000.000 (4) 115.000.000.000 (5) 104.000.000.000 (6) 97.800.000.000 (7) 79.730.000.000 (8) 60.000.000.000 (9) 39.130.000.000 (10) 35.880.000.000 Disponivel em: http://indexmundi.com. Acesso em: 12 ago. 2009 (adaptado) As reservas venezuelanas figuram ern ambas as classifi- cacoes porque a) a Venezuela ja esta integrada ao Mercosul. b) sao reservas comprovadas, mas ainda inexploradas. c) podem ser exploradas sem causarem alteracoes am- bientais. d) ja estao comprometidas corn o setor industrial interno daquele pals. e) a Venezuela e uma grande potencia energetica mundial. Simetrico Pre-Universitario - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  21. 21. SIMETRICO PRE - UNIVERSITARIO Questa° 65 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Yosins - Frontetre do Tratado de Tordesilhas (1 94) = Tarr-Redo portuguas conform° 0 Tratado de Tordesilhas Terribario portuguds corn base no Tratado de Madri (1750) Frontaira do Tratado de San Ildefonso (1778) BETHEL, L. Histdria da AmOrica. V. I. Sao Paulo: Edusp, 1997. As terras brasileiras foram divididas por meio de tratados entre Portugal e Espanha. De acordo corn esses tratados, identificados no mapa, conclui-se que a) Portugal, pelo Tratado de Tordesilhas, detinha o con- trole da foz do rio Amazonas. b) o Tratado de Tordesilhas utilizava os rios como limite ffsico da America portuguesa. c) o Tratado de Madri reconheceu a expansao portuguesa alem da linha de Tordesilhas. d) Portugal, pelo Tratado de San Ildefonso, perdia territo- rios na America em relacao ao de Tordesilhas. e) o Tratado de Madri criou a divisao administrativa da America Portuguesa em Vice-Reinos Oriental e Oci- dental. Questa° 66 Antes, eram apenas as grandes cidades que se apresentavam como o imperio da tecnica, objeto de modificacoes, suspensoes, acrescimos, cada vez mais sofisticadas e carregadas de artiffcio. Esse mundo artificial inclui, hoje, o mundo rural. SANTOS, M. A Natureza do Espaco. Sao Paulo: Hucitec, 1996. Considerando a transformagao mencionada no texto, uma consequencia socioespacial que caracteriza o atual mundo rural brasileiro é a) a reducao do processo de concentragao de terras. b) o aumento do aproveitamento de solos menos ferteis. c) a ampliagao do isolamento do espago rural. d) a estagnagao da fronteira agricola do pais. e) a diminuicao do nivel de emprego formal. Questa° 67 ::46:ora. 1,3% 30,5% 53% Acima de 1.000 ha De 100 a 1.000 ha De 10 a 100 ha Ate 10 ha Fonte: Incra, Estatisticas cadastrais 1998. 0 grafico representa a relacao entre o tamanho e a totalidade dos imOveis rurais no Brasil. Que caracteristica da estrutura fundiaria brasileira esta evidenciada no grafico apresentado? a) A concentragao de terras nas moos de poucos. b) A existencia de poucas terras agricultaveis. c) 0 domfnio territorial dos miniftindios. d) A primazia da agricultura familiar. e) A debilidade dos plantations modernos. Questa° 68 Muitos processos erosivos se concentram nas encostas, principalmente aqueles motivados pela agua e pelo vento. No entanto, os reflexos tambem sao sentidos nas areas de baixada, onde geralmente ha ocupacao urbana. Urn exemplo desses reflexos na vida cotidiana de muitas cidades brasileiras d a) a maior ocorrencia de enchentes, ja que os rios assoreados comportam menos agua em seus leitos. b) a contaminagao da populagao pelos sedimentos trazidos pelo rio e carregados de materia organica. c) o desgaste do solo nas areas urbanas, causado pela reducao do escoamento superficial pluvial na encosta. d) a maior facilidade de captacao de agua potavel para o abastecimento public°, ja que é maior o efeito do escoamento sobre a infiltragao. e) o aumento da incidencia de doencas como a amebiase na populacao urbana, em decorrencia do escoamento de agua poluida do topo das encostas. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  22. 22. Questa° 69 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Pensando nas correntes e prestes a entrar no bravo que deriva da Corrente do Golfo para o norte, lembrei-me de urn vidro de café sollivel vazio. Coloquei no vidro uma nota cheia de zeros, uma bola cor rosa-choque. Anotei a posicao e data: Latitude 49°49' N, Longitude 23°49' W. Tampei e joguei na agua. Nunca imaginei que receberia uma carta corn a foto de urn menino noruegues, segurando a bolinha e a estranha nota. KLINK. A. Parati: entre dois polos. Sao Paulo: Companhia das Letras, 1998 (adaptado). No texto, o autor anota sua coordenada geografica, que é a) a relacao que se estabelece entre as distancias representadas no mapa e as distancias reais da superficie cartografada. b) o registro de que os paralelos sao verticais e convergem para os polos, e os meridianos sao circulos imaginarios, horizontais e equidistantes. c) a informayao de um conjunto de linhas imaginarias que permitem localizar urn ponto ou acidente geografico na superficie terrestre. d) a latitude como distancia em graus entre urn ponto e o Meridiano de Greenwich, e a longitude como a distancia em graus entre urn ponto e o Equador. e) a forma de projecao cartografica, usada para navegnao, onde os meridianos e paralelos distorcem a superficie do planeta. Questa° 70 A Inglaterra pedia lucros e recebia lucros, Tudo se transformava ern lucro. As cidades tinham sua sujeira lucrativa, suas favelas lucrativas, sua fumna lucrativa, sua desordem lucrativa, sua ignorancia lucrativa, seu desespero lucrativo. As novas fabricas e os novos altos- fornos eram como as Piramides, mostrando mais a escraviznao do homem que seu poder. DEANE, P. A Revolucao Industrial. Rio de Janeiro: Zahar, 1979 (adaptado). Qual relnao é estabelecida no texto entre os avanos tecnologicos ocorridos no contexto da Revoluyao Industrial Inglesa e as caracteristicas das cidades industriais no inicio do seculo XIX? a) A facilidade em se estabelecerem relnOes lucrativas transformava as cidades em espnos privilegiados para a livre iniciativa, caracteristica da nova sociedade capitalista. b) 0 desenvolvimento de metodos de planejamento urbano aumentava a eficiencia do trabalho industrial. c) A constrnao de micleos urbanos integrados por meios de transporte facilitava o deslocamento dos traba- lhadores das periferias ate as fabricas. PRE - UNIVERSITARIO d) A grandiosidade dos predios onde se localizavam as fabricas revelava os avanos da engenharia e da arquitetura do periodo, transformando as cidades em locais de experimentnao estetica e artistica. e) 0 alto nivel de exploracao dos trabalhadores industriais ocasionava o surgimento de aglomerados urbanos marcados por pessimas condicoes de moradia, saride e higiene. Questa° 71 Os vestigios dos povos Tupi-guarani encontram-se desde as Missoes e o rio da Prata, ao sul, ate o Nordeste, corn algumas ocorrencias ainda mal conhecidas no sul da Amazonia. A leste, ocupavam toda a faixa litoranea, desde o Rio Grande do Sul ate o Maranhao. A oeste, aparecem (no rio da Pram) no Paraguai e nas terras baixas da Bolivia. Evitam as terras inundaveis do Pantanal e marcam sua presena discretamente nos cerrados do Brasil central. De fato, ocuparam, de preferencia, as regioes de floresta tropical e subtropical. PROUS. A. 0 Brasil antes dos brasileiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Editor, 2005. Os povos indigenas citados possuiam tradicoes culturais especificas que os distinguiam de outras sociedades indigenas e dos colonizadores europeus. Entre as tradicOes tupi-guarani, destacava-se a) a organiznao em aldeias politicamente independentes, dirigidas por um chefe, eleito pelos individuos mais velhos da tribo. b) a ritualizacao da guerra entre as tribos e o carater semissedentario de sua organiznao social. c) a conquista de terras mediante operacoes militares, o que permitiu seu dominio sobre vasto territOrio. d) o carater pastoril de sua economia, que prescindia da agricultura para investir na crindo de animais. e) o desprezo pelos rituais antropofagicos praticados em outras sociedades indigenas. Questa° 72 A usina hidreletrica de Belo Monte sera construida no rio Xingu, no municipio de Vitoria de Xingu, no Para. A usina sera a terceira maior do mundo e a maior totalmente brasileira, corn capacidade de 11,2 mil megawatts. Os indios do Xingu tomam a paisagem corn seus cocares, arcos e flechas. Em Altamira, no Para, agricultores fecharam estradas de uma regiao que sera inundada pelas Aguas da usina. BACOCCINA, D. QUEIROZ, G.: BORGES, R. Fim do leilao, comeco da confusao. Istoe Dinheiro. Arm 13, n? 655, 28 abri 2010 (adaptado). Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  23. 23. SIMETRICO PRA- UNIVERSITARIO 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM Os impasses, resistencias e desafios associados a cons- trucao da Usina Hidreletrica de Belo Monte estao relacio- nados a) ao potencial hidreletrico dos rios no norte e nordeste quando comparados as bacias hidrograficas das regioes Sul, Sudeste e Centro-Oeste do pais. b) a necessidade de equilibrar e compatibilizar o investi- mento no crescimento do pais corn os esforcos para a conservagao ambiental. c) a grande quantidade de recursos disponiveis para as obras e a escassez dos recursos direcionados para o pagamento pela desapropriacao das terras. d) ao direito historic° dos indigenas a posse dessas terras e a ausencia de reconhecimento desse direito por parte das empreiteiras. e) ao aproveitamento da mao de obra especializada dispo- nivel na regiao Norte e o interesse das construtoras na vinda de profissionais do Sudeste do pais. Questa° 73 I - Para consolidar-se como governo, a Republica precisava eliminar as arestas, conciliar-se corn o passado monarquista, incorporar distintas vertentes do republicanismo. Tiradentes nao deveria ser visto como her6i republicano radical, mas sim como her6i civico- religioso, como martir, integrador, portador da imagem do povo inteiro. CARVALHO, J. M. C. A formacao das almas: 0 imaginario da Republica no Brasil. Sao Paulo: Companhia das Letras, 1990. I - Ei-lo, o gigante da praca, / 0 Cristo da multidao! E Tiradentes quem passa / Deixem passar o Titao. ALVES, C. Gonzaga ou a revolucao de Minas. In: CARVALHO. J. M. C. A formacao das almas: 0 imaginario da Republica no Brasil. Sao Paulo: Companhia das Letras, 1990. A 1.a Reptiblica brasileira, nos seus primordios, precisava constituir uma figura heroica capaz de congregar diferencas e sustentar simbolicamente o novo regime. Optando pela figura de Tiradentes, deixou de lado figuras como Frei Caneca ou Bento Goncalves. A transformacao do inconfidente em her6i nacional evidencia que o esforgo de construe-do de um simbolismo por parte da RepUblica estava relacionado a) ao caster nacionalista e republicano da Inconfid'encia, evidenciado nas ideias e na atuacao de Tiradentes. b) a identificayao da Conjuracao Mineira como o movimento precursor do positivismo brasileiro. c) ao fato de a proclamayao da RepUblica ter sido urn movimento de poucas razes populares, que precisava de legitimayao. d) a semelhanca fisica entre Tiradentes e Jesus, que proporcionaria, a urn povo catolico como o brasileiro, uma fAcil identificacao. e) ao fato de Frei Caneca e Bento Gonyalves terem liderado movimentos separatistas no Nordeste e no Sul do pais. Questa° 74 Em 2008 foram comemorados os 200 anos da mudanga da familia real portuguesa para o Brasil, onde foi instalada a sede do reino. Uma sequencia de eventos importantes ocorreu no period° 1808-1821, durante os 13 anos em que D. Joao VI e a familia real portuguesa permaneceram no Brasil. Entre esses eventos, destacam-se os seguintes: Bahia - 1808: Parada do navio que trazia a familia real portuguesa para o Brasil, sob a protegao da marinha britanica, fugindo de urn possivel ataque de Napoleao. Rio de Janeiro - 1808: desembarque da familia real portuguesa na cidade onde residiriam durante sua permanencia no Brasil. Salvador - 1810: D. Joao VI assina a carta regia de abertura dos portos ao comercio de todas as nacoes amigas, ato antecipadamente negociado corn a Inglaterra em troca da escolta dada a esquadra portuguesa. Rio de Janeiro - 1816: D. Joao VI torna-se rei do Brasil e de Portugal, devido a morte de sua mae, D. Maria I. Pernambuco - 1817: As tropas de D. Joao VI sufocam a revolucao republicana. GOMES. L. 1808: como uma rainha louca, um principe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleao e mudaram a historia de Portugal e do Brasil. Sao Paulo: Editora Planeta, 2007 (adaptado) Uma das consequencias desses eventos foi a) a decadencia do imperio britanico, em razao do contrabando de produtos ingleses atraves dos portos brasileiros, b) o fim do comercio de escravos no Brasil, porque a Inglaterra decretara, em 1806, a proibigao do trifle° de escravos em seus dominios. c) a conquista da regiao do rio da Prata em represAlia a alianca entre a Espanha e a Franca de Napoleao. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor
  24. 24. 3° SIMULADO - 2012 Estilo ENEM d) a abertura de estradas, que permitiu o rompimento do isolamento que vigorava entre as provincias do pais, o que dificultava a comunicacao antes de 1808. e) o grande desenvolvimento economic° de Portugal apos a vinda de D. Joao VI para o Brasil, uma vez que cessaram as despesas de manutencao do rei e de sua familia. Questa° 75 0 artigo 402 do Codigo penal Brasileiro de 1890 dizia: Fazer nas ruas e pracas publicas exercicios de agilidade e destreza corporal, conhecidos pela denominacao de capoeiragem: andar em correrias, com armas ou instrumentos capazes de produzir uma lesao corporal, provocando tumulto ou desordens. Pena: Prisao de dois a seis meses. SOARES, C. E. L. A Negregada instituicao: os capoeiras no Rio de Janeiro: 1850-1890. Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura, 1994 (adaptado). O artigo do primeiro Codigo Penal Republicano naturaliza medidas socialmente excludentes. Nesse contexto, tal regulamento expressava a) a manutencao de parte da legislacao do Imperio corn vistas ao controle da criminalidade urbana. b) a defesa do retorno do cativeiro e escravidao pelos primeiros governos do period° republicano. c) o carater disc iplinador de uma sociedade industrializada, desejosa de urn equilibrio entre progresso e civilizacao. d) a criminalizacao de praticas culturais e a persistencia de valores que vinculavam certos grupos ao passado de escravidao. e) o poder do regime escravista, que mantinha os negros como categoria social inferior, discriminada e segregada. Questa° 76 Nao é dificil entender o que ocorreu no Brasil nos anos imediatamente anteriores ao golpe militar de 1964. A diminuicao da oferta de empregos e a desvalorizacao dos salarios, provocadas pela inflacao, levaram a uma intensa mobilizacao politica popular, marcada por sucessivas ondas grevistas de varias categorias profissionais, o que aprofundou as tensoes sociais. Dessa vez, as classes trabalhadoras se recusaram a pagar o pato pelas sobras" do modelo economic° juscelinista. MENDONCA, S. R. A industrializacao Brasileira. Sao Paulo: Moderna, 2002 (adaptado) PRE- UNIVERSITARIO Segundo o texto, os conflitos sociais ocorridos no inicio dos anos 1960 decorreram principalmente a) da manipulacao politica empreendida pelo governo Joao Goulart. b) das contradicoes economicas do model° desenvol- vimentista. c) do poder politico adquirido pelos sindicatos populistas. d) da desmobilizacao das classes dominantes frente ao avanco das greves. e) da recusa dos sindicatos em aceitar mudancas na legislacao trabalhista. Questa° 77 Ern nosso pais queremos substituir o egoismo pela moral, a honra pela probidade, os usos pelos principios, as conveni'encias pelos deveres, a tirania da moda pelo imperio da razao, o desprezo a desgraca pelo desprezo ao vicio, a insolencia pelo orgulho, a vaidade pela grandeza de alma, o amor ao dinheiro pelo amor a gloria, a boa companhia pelas boas pessoas, a intriga pelo merito, o espirituoso pelo genio, o brilho pela verdade, o tedio da voltipia pelo encanto da felicidade, a mesquinharia dos grandes pela grandeza do homem. HUNT, L. Revolucao Francesa e Vida Privada. In: PERROT, M. (Org.) Historia da Vida Privada: da Revolucao Francesa Primeira Guerra. Vol. 4. Sao Paulo: Companhia das Letras, 1991 (adaptado). 0 discurso de Robespierre, de 5 de fevereiro de 1794, do qual o trecho transcrito e parte, relaciona-se a qual dos grupos politico-sociais envolvidos na Revolucao Francesa? a) A alta burguesia, que desejava participar do poder legislativo frances como forca politica dominante. b) Ao clero frances, que desejava justica social e era ligado a alta burguesia. c) A militares oriundos da pequena e media burguesia, que derrotaram as potencias rivais e queriam reorganizar a Franca internamente. d) A nobreza esclarecida, que, ern funcao do seu contato, corn os intelectuais iluministas, desejava extinguir o absolutism° frances. e) Aos representantes da pequena e media burguesia e das camadas populares, que desejavam justica social e direitos politicos. Simetrico Pre-Universitano - Turma Sa0de 10 - Especialista em Medicina ou Odontologia - www.simetrico.com.br PDF compression, OCR, web optimization using a watermarked evaluation copy of CVISION PDFCompressor

×