Crase

396 visualizações

Publicada em

CRASE

Publicada em: Direito
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
396
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
121
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
99
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Crase

  1. 1. Crateús/CE Uso adequado da CRASEUso adequado da CRASE Disciplina: PortuguêsDisciplina: Português Educador: Edson AlvesEducador: Edson Alves
  2. 2. Crase é a fusão de duas vogais idênticas. São elas: - a (prep.) + a, as (artigos) = à, às • Ele aspira à vaga de gerente comercial. • Referi-me às alunas do cursinho. -a (prep.) + a, as, aquele, aquela, aquilo (pron. demonstrativos) = à, às, àquele,àquela, àquilo. • Aspiro àquela vaga. • Não aspiro a essa vaga, mas à que foi divulgada nos jornais. • Referi-me àqueles alunos.
  3. 3. Só ocorre crase diante de palavras femininas. • Obedeço às regras. • Assisti à apresentação de Bárbara. Exceção: “moda de” ou “maneira de” subentendidas. •Cabelos à Ronaldo • Frango à passarinho Passos a se seguirem:
  4. 4. Há palavra indicando destino? Destino: ir a, vir a, voltar a, chegar a, cair a, comparecer a, dirigir-se a, ida a, vinda a, volta a, chegada a... Sim: substitua a indicação de destino pela de procedência: Procedência: chegar de, voltar de, cair de... Chegar de = Ir a (somente preposição) Chegar da = Ir à (preposição + artigo) • Cheguei de Londrina. – Irei a Londrina. • Cheguei da Bahia. – Irei à Bahia.
  5. 5. Há palavra indicando destino? Destino: ir a, vir a, voltar a, chegar a, cair a, comparecer a, dirigir-se a, ida a, vinda a, volta a, chegada a... substitua a palavra feminina por outra masculina: Diante da masculina = ao (preposição + artigo) Diante da feminina = à (preposição + artigo) • Assisti à apresentação. – Assisti ao show. • Aspiro à vaga. – Aspiro ao cargo.
  6. 6. Casos especiais: Terra: - Planeta: com artigo. Se houver a prep. “a” – com crase. - Em oposição a “mar”: sem artigo – sem crase - Especificada: com artigo. Se houver a prep. “a” – com crase. • Os astronautas chegaram à Terra. • Os marinheiros chegaram a terra. • Os viajantes chegaram à terra da cana.
  7. 7. Casos especiais: Casa: - Especificada: com artigo. Se houver a prep. “a” – com crase. - Não especificada: sem artigo – sem crase. • Cheguei a casa de madrugada. (Cheguei de casa) • Cheguei à casa de Vanusa de madrugada. (Cheguei da casa de Vanusa)
  8. 8. Casos especiais: à qual: se o verbo posterior exigir a preposição “a”. • A apresentação à qual assisti ocorreu na praça. (Assistir a algo) • A casa à qual cheguei é a de Vanusa. (Chegar a algum lugar) à distância de: só se houver a preposição “de”. • Seguia o suspeito a distância. • Seguia o suspeito à distância de 50m.
  9. 9. Casos especiais: a no sing. + palavra no plural: sem crase. • Não vou a festas sem ser convidado. • Não assisti a todas as palestras. Até a / Até -: com ou sem a prep. “a”. • Irei até a escola. • Irei até à escola.
  10. 10. Casos especiais: Expressão feminina de tempo, modo ou lugar: com crase. • Cheguei à noite. (tempo) • Saí às pressas. (modo) • Virei à direita. (lugar) Expressão feminina de meio (instrumento): sem crase. • motor a gasolina / escrever a caneta / matou a faca (usou a faca) • forno a lenha / pagar a vista (oposto de “pagar a prazo”) Obs.: Modernamente, já se admite crase nas expressões indicadoras de meio.
  11. 11. Casos especiais: Sentido genérico: sem artigo, portanto sem crase. • Não dediquei minhas poesias a mulher alguma. • Tenho aversão a gente invejosa. Pronomes possessivos adjetivos: artigo facultativo. • Não assisti a / à sua apresentação • Ele se referiu a / à minha filha.

×