Aposto e vocativo

492 visualizações

Publicada em

Aposto e vocativo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
492
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
61
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aposto e vocativo

  1. 1. APOSTO E VOCATIVO
  2. 2. Palavra ou expressão que explica ou que se relaciona com um termo anterior com a finalidade de esclarecer, explicar ou detalhar melhor esse termo. APOSTO Junta-se a um substantivo, a um pronome ou a uma oração. Entre o aposto e o termo que ele se refere há quase sempre uma pausa, marcada por uma vírgula ou, em casos especiais, por dois pontos, travessão ou parênteses.
  3. 3. Explica o termo anterior. Ex.: Gregório de Matos, autor do movimento barroco, é considerado o primeiro poeta brasileiro. Explicar FUNÇÕES DO APOSTO:
  4. 4. Individualiza, coloca à parte um substantivo. Ex.: Cláudio Manoel da Costa nasceu nas proximidades de Mariana, situada no estado de Minas Gerais. Especificar
  5. 5. Desenvolve ou especifica um termo anterior: Ex.: O aluno deve ir à escola munido de todo o material escolar: livro, caderno, agenda, lápis, borracha e caneta. Enumerar
  6. 6. Resume termos anteriores. Ex.: Funcionários da limpeza, auxiliares, coordenadores, professores, todos devem comparecer à reunião. Resumir
  7. 7. É a palavra, termo, expressão utilizada pelo falante para se dirigir ao interlocutor (real ou imaginário) por meio do próprio nome, de um substantivo, adjetivo (característica) ou apelido. VOCATIVO O vocativo aparece isolado por vírgulas ou seguido de ponto de exclamação e pode vir precedido da interjeição Ó.
  8. 8. Ex.: Amigos, vamos ao cinema hoje? substantivo Ex.: Lindos, nada de bagunça na biblioteca! adjetivo Ex.: Ó menino, vem para dentro que está interjeição chovendo!
  9. 9. Aposto http://www.youtube.com/watch?v=8jlvh7xu38U Vocativo http://www.youtube.com/watch?v=37uGyzUecFE&feature=related Música (Vídeo)
  10. 10. Página 170 – exercícios 1, 2, 4 e 5. Página 171 – exercícios 1, 3 e 4. Página 172 – exercícios 3 e 4. Página 173 – exercício 7. EXERCÍCIOS
  11. 11. Exercício 1 a) Benzedeira. b) Nhá Cirina, vocativo. Exercício 2 Vocativo. Página 170
  12. 12. Exercício 4 A benzedeira sabe resolver o problema do computador, passando um antivírus (Norton), mas deixa Hugo pensar que está usando suas rezas. Exercício 5 a) D b) A c) C d) D e) B Página 170
  13. 13. Exercício 1 a) Para se lembrarem de algo importante. b) Porque esse tipo de borracha é utilizado durante as doações para prender o sangue do braço da pessoa. c) Ela equivale a dizer: “Não esqueça que hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue; portanto, participe doando sangue”. Página 171
  14. 14. Exercício 3 a) Ele amplia o sentido da data “25 de novembro”, lembrando o que se comemora nesse dia. b) Aposto. c) (resposta pessoal) Porque, dessa forma, tanto a data quanto o seu aposto ficam destacados. Página 171
  15. 15. Exercício 4 a) As duas coisas. Para prestar uma homenagem aos que já vêm colaborando com as doações e, ao mesmo tempo, estimular tanto a eles quanto aos que ainda não colaboraram. b) Confirma, pois, com esse alcance, o anúncio não só prestigia os doadores, mas também estimula novas doações em todo o país. Página 171
  16. 16. Exercício 4 c) O aposto Dia Mundial do Doador de Sangue informa os que não sabiam, e lembra aos que esqueceram, a importância dessa data. A informação de que esse dia é comemorado internacionalmente cumpre o papel de argumento para convencer as pessoas a participar dessa mobilização mundial em prol dos necessitados de sangue. Página 171
  17. 17. Exercício 3 a) Jobim. b) Vocativo: Santos Dumont. Aposto: meu amigo. c) O da fala de Santos Dumont representa o aeroporto Galeão-Antonio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro. O da fala de Jobim, o aeroporto Santos- Dumont, também no Rio de Janeiro. Página 172
  18. 18. Exercício 4 Na segunda frase, porque a interjeição ó, precedendo o vocativo, da ênfase à pessoa a quem o locutor se dirige. Página 172
  19. 19. Exercício 7 a) O melhor aluno da classe, o Paulo, transferiu-se. b) Paulo, o melhor aluno da classe transferiu-se. Página 173

×