Ética

204 visualizações

Publicada em

Trate os outros como gostaria de ser tratado [texto completo]. Este é o Guia de Estudo do livro Ética é o Melhor Negócio, de John C. Maxwell, com perguntas para discussão.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
204
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ética

  1. 1. ii: “ . 1. 4 1 'l W W 'í l _- w” _. .."'-'. = : N a í_ 1 *F i : ç ; fí. :*-; c-. i , .,. -. . --, ... .-. ... ... -.. . . :. ..: ›:n~ "PX". ›Í'wÍ'| ?›'Í1'í'_Íj'Í,5F'-j'*'§'!1.'-1lj.9;-Láf5_? 'i'_'! '"1r(n, LÍaÍvfñ_¡¡| __›Í*Í_¡= Ê.fÚv”gl" . w:
  2. 2. PERGUNTAS PARA DISCUSSÃO CAPÍTULO 1 1) Ao pensar na ética, qual é a sua reação natural? É positiva ou negativa? Trata-se de um assunto sobre o qual você considera im- portante refletir, discutir e aplicar em sua vida? No fundo, acredi- ta que uma pessoa possa ser ética e, mesmo assim, vencer na vida? Explique. Você costuma usar um padrão de comportamento para todas as áreas de sua vida ou altera-o de acordo com o lugar onde está, a pessoa que o acompanha ou o que está fazendo? Essencíalmente, você é a mes- ma pessoa que segue o mesmo padrão no trabalho e em casa, no trato com os clientes e com os membros de sua família, quando está jo- gando bola ou ajudando no trabalho da igreja? Acredita que é possí- vel e desejável usar apenas um padrão de comportamento em todas as áreas da vida? Explique. Pense em alguém em que você confie completamente (se não con- segue imaginar ninguém, analise por que resiste tanto em confiar nas pessoas). Agora pense no motivo que o faz confiar nesta pessoa. Faça uma lista das qualidades que a descrevem. O que você está usando hoje em dia como referência ética? Des- creva.
  3. 3. CAPÍTULO 2 1) 3) Como você costuma avaliar as pessoas ao interagir com elas? Atém- se ao talento, à prosperidade material, inteligência, beleza, às habili- dades pessoais? Ou lança mão de outros critérios? Agora que você já identificou sua tendência natural, pense em como ela afeta seu modo de tratar as pessoas. Quanto isso influen- cia seus padrões éticos? omo você rea i às varia ões a e ra e ro veri ica as nas re i- C u d R d Ou f d l giões do mundo? Acredita que a universalidade da Regra de Ouro é importante na argumentação a favor de um padrão ético generaliza- o. or ê. d ? P u 7 Que benefícios há em usar a Regra de Ouro como referência para a orientação de sua ética pessoal? E para os negócios? Que desvanta- gens consegue identificar? Você consegue pensar em uma situação em que seria difícil aplicar a Regra de Ouro como padrão de comportamento ético? Se conse- gue, pense nas pessoas que seriam afetadas pela decisão tomada e os resultados em suas vidas. Se ainda encontra dificuldade, discuta o assunto com um amigo ou colega de trabalho e verifique se pode imaginar uma aplicação. Iim Blanchard disse que, entre os benefícios da aplicação da Regra de Ouro na Synovus, estavam "menor rotatividade de funcionários, menos ações trabalhistas por discriminação e a quase extinção de todo tipo de problema de constrangimento". Que benefícios você pode antever em seu ramo de negócios ou em sua indústria? CAPÍTULO 3 1) Que tipo de educação ou treinamento em moral ou ética você recebeu enquanto crescia? Você considera sua experiência um ponto forte ou uma deficiência? Por favor, explique.
  4. 4. 2) Pense numa situação de seu passado em que alguém com autoridade demonstrou valorização, gratidão e respeito por você. Por que aquele episódio se destacou em sua vida? Qual foi sua reação? Pense numa situação de seu passado em que alguém o tratou com desrespeito ou desconfiança. Como você reagiu? De que forma este episódio influenciou seu relacionamento com aquela pessoa? Você seria capaz de resolver essas diferenças do passado para reconstruir ou restaurar o relacionamento? Como você reage ao encontrar pessoas muito diferentes de você? a) Em geral, espero que ela se acostume com meu jeito de ser. b) Penso que o mais razoável é que cada um ceda 50%. c) Procuro me acostumar com o jeito dela. Como esta sua maneira de pensar influencia sua interação com os outros? Você está ansioso para tentar ver as coisas a partir de outro ponto de vista? Quanto lhe custaria fazer essa mudança? E, nesse caso, que área de sua vida será mais afetada? CAPÍTULO 4 1) 2) Até que ponto a pobreza de caráter limita a vida e a carreira de atletas universitários e profissionais? Até que ponto ela conspira contra a área de atuação profissionalde alguém? Iá conheceu alguém que declara ter uma posição ética, mas vive de maneira diferente? De que credibilidade essa pessoa dispõe? Como isso influencia a vida e o trabalho dela? O que é mais difícil para você: tomar uma decisão ética sozinho, quando não há ninguém por perto para descobrir, ou quando outras pessoas o pressionam para se submeter a um padrão moral menos nobre do que o seu?
  5. 5. 5) 6) Em termos de cumprimento de responsabilidade, de que recursos você dispõe em sua profissão ou carreira? Considera-os eficazes? Iá houve alguém em sua vida cuja confiança você precisou conquis- tar? Como era o relacionamento com essa pessoa? Você classificaria como bem-sucedido? Por quê? Atualmente quem poderia considerar você uma pessoa responsável? CAPÍTULO 5 1) 3) 5) Quais dos cinco fatores costumam ser áreas problemáticas para você: a pressão, o prazer, o poder, a presunção (ou orgulho) ou as priorida- des? Por que se considera especialmente suscetível nestas áreas? Como você reage sob intensa pressão, como você reage? Sua reação natural é aliviar a pressão a qualquer custo? Ou tenta crescer e apren- der com aquela experiência? Dê um exemplo. A disciplina aprendida em alguma área da vida pode ajudar a formar o caráter nas demais. Descreva experiências por meio das quais apren- deu a adiar a recompensa e desenvolver a disciplina. Como essas experiências e as lições que aprendeu o ajudaram a se tornar mais disciplinado numa área em que precisava se aprimorar? Explique. Como pretende transferir esta experiência? Líderes fortes parecem ser especialmente propensos a abusos de po- der. Como você se avalia como líder, numa escala de 1 a 10, sendo 10 o índice do mais forte? Descreva qualquer luta que tenha travado contra este sentimento de ser o detentor de todo o poder. Defina suas prioridades. (Um dado interessante: antes do século xx, a palavra "prioridade" só era regida no singular. ) Pense em três a cinco coisas (ou pessoas) que você considera mais importantes em sua vida. Coloque por escrito. Agora pense nos conflitos potenciais que você enfrentará por causa de suas prioridades. Como lidará com eles sem comprometer sua ética?
  6. 6. CAPÍTULO 6 1) Que tipo de oportunidades as pessoas costumam procurar em sua área de atuação? Como você definiria uma "oportunidade de ouro"? Que virtudes ajudariam alguém que desejasse fazer o melhor para aproveitar uma chance como essa? 2) Quais das oito características destacadas neste capítulo você tem tra- balhado para aplicar em sua vida? - Responsabilidade pelos próprios atos. - Desenvolvimento da disciplina pessoal. ° Conhecimento das próprias fraquezas. - Alinhamento das prioridades com os valores. - Admissão de erros e pedido de perdão. - Cuidado redobrado com as finanças. - A família antes do trabalho. - Valorização das pessoas. Que benefícios trouxe para sua carreira? Explique. 3) Quais são seus pontos fracos? Como a percepção de suas fraquezas pode ajudá-lo a se resguardar dos deslizes éticos? Quais delas estão relacionadas com o caráter e quais têm a ver com talento ou experiên- cia? Como incentivar seus colegas de trabalho ou colaboradores a compensar as limitações relacionadas com o talento? 4) Até que ponto você é ágil para admitir seus erros? Como aprimorar esta área? CAPÍTULO 7 1) Por que você acha difícil uma pessoa ajudar outra que não pode retri- buir, doar mais do que se espera dela ou manter promessas difíceis? 2) Você acha que vale a pena viver com excelência de caráter, indepen- dentemente do preço? Existe alguma circunstância em que se justi- fique tratar as pessoas como elas nos tratam?
  7. 7. 3) Em seu campo profissional, como o desenvolvimento do “toque de Midas” no trato com as pessoas pode beneficiar não apenas você mas também os que o cercam? 4) Como você tende a tratar as pessoas? Classifique sua maneira de ser numa escala de 1 a 10. A nota 10 equivale a tratar as pessoas melhor que elas o tratam, enquanto a l siginifica que você geralmente se envolve em conflitos por bobagens. (Para ter certeza de que sua ava- liação foi justa, peça a um colega de trabalho, amigo ou cônjuge que avalie você. ) Se sua classificação foi baixa, então dê uma olhada nessas obser- vações: ° Gente mesquinha vive sem perspectiva. - Gente mesquinha vive sem prioridades. ° Gente mesquinha vive sem paixão. ° Gente mesquinha vive sem progresso. Que área de sua vida precisa ser tratada para que você melhore o tratamento que dispensa às pessoas? Como desenvolver-se nessa área?

×