1
2
EDITORA PROSPECTIVA
3
Copyright 2013 by Otávio Luiz Machado
Capa: Editora Prospectiva
Foto de capa: Arquivo digital de Otávio Luiz Machado
Rev...
4
SUMÁRIO
Introdução
Otávio Luiz Machado.................................................................. 05
PRIMEIRA PAR...
5
Introdução
Aqui trazemos documentos para se conhecer o pensamento de
mestres e estudantes sobre os rumos da Escola de Mi...
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
66
67
68
69
70
71
72
73
74
75
76
77
78
79
80
81
82
83
84
85
86
87
88
89
90
91
92
93
94
95
96
97
98
99
100
101
102
103
104
105
106
107
108
109
110
111
112
113
114
115
116
117
118
119
120
121
122
123
124
125
126
127
128
129
130
131
132
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Livro A Fundação Gorceix e o contexto da expansão da Escola de Minas nos anos 1960: primeiros documentos

282 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
282
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro A Fundação Gorceix e o contexto da expansão da Escola de Minas nos anos 1960: primeiros documentos

  1. 1. 1
  2. 2. 2 EDITORA PROSPECTIVA
  3. 3. 3 Copyright 2013 by Otávio Luiz Machado Capa: Editora Prospectiva Foto de capa: Arquivo digital de Otávio Luiz Machado Revisão: Otávio Luiz Machado Edição: Editora Prospectiva _____________________________ Machado, Otávio Luiz. A Fundação Gorceix e o contexto da expansão da Escola de Minas nos anos 1960: primeiros documentos. – Frutal: Prospectiva, 2013. ISBN: 978-85-67463-12-4 1. Estudantes universitários – Comportamento. 2. Memória Histórica. 3. Educação extracurricular; 4. Moradia Estudantil. CDU316.6:378.4 Contatos com o autor: Caixa Postal nº 1, 382000-000 Frutal-MG E-mail: otaviomachado3@yahoo.com.br Tel: (34) 9668-9575
  4. 4. 4 SUMÁRIO Introdução Otávio Luiz Machado.................................................................. 05 PRIMEIRA PARTE: FALAS E MOMENTOS Escola de Minas: Palavras de Devoção e Amizade Amaro Lanari – Ex-Aluno da EMOP (1959)............................. 06 Discurso Censurado Moacyr do Amaral Lisboa – Professor da EMOP (1960)........... 23 O Diretório Acadêmico e a reforma de nossa Escola Marcelo Guimarães de Mello – Presidente do DAEM (1961) ... 50 Reformas de Base na Escola de Minas de Ouro Preto Oswaldo de Magalhães Dias – Prof. da EMOP (1961) .............. 51 Alfabetização de Adultos: Universitários, Operários e Lavradores Para, Juntos, Construírem o Brasil de Amanhã José Paulo Vasconcelos Gomes – Pelo D.A.E.M. (1961) .......... 54 Construções Novas para Nova Escola Joaquim Maia – Professor da EMOP (1965).............................. 59 SEGUNDA PARTE: DOCUMENTOS E FATOS Relatório do Diretório Acadêmico – Situação Atual da Escola de Minas de Ouro Preto (1962) ............................................... 69 Comentários: à Margem de um Relatório do D.A. Diretoria da Escola de Minas de Ouro Preto (1962) .................. 79 Relatório – Síntese da Atual Situação da Escola de Minas de Ouro Preto pelo Diretório Acadêmico (1970) ...................... 123
  5. 5. 5 Introdução Aqui trazemos documentos para se conhecer o pensamento de mestres e estudantes sobre os rumos da Escola de Minas entre os anos 1960 e 1970, o que é fundamental para a realização de novos estudos e a produção de uma reflexão sobre os limites e possibilidades de uma escola superior de Engenharia. O Documento que abre a série foi produzido por um ex-aluno empenhado em dotar a sua antiga escola de dias melhores, inclusive agindo decisivamente para a criação de uma entidade que viria a apoiar intensamente a Escola de Minas: a Fundação Gorceix. Os documentos produzidos por estudantes também são uma fonte importante para entender a insatisfação estudantil, pois até hoje são os estudantes os que mais sentem ou se beneficiam quando as ações administrativas e educativas correm bem; também são sensíveis quando são prejudicados e geralmente são os primeiros a dar o grito para a mudança. Não estamos nos referindo a um tempo distante, somente, porque muito do que ocorreu lá atrás ainda permanece vivo dentro das instituições. PRIMEIRA PARTE: FALAS E MOMENTOS Aqui apresentamos inicialmente um conjunto documental que buscou pensar a Escola de Minas e os seus desafios futuros. Em outros trabalhos que focamos na análise poderão ter um roteiro mais trabalhado sobre o período.
  6. 6. 6
  7. 7. 7
  8. 8. 8
  9. 9. 9
  10. 10. 10
  11. 11. 11
  12. 12. 12
  13. 13. 13
  14. 14. 14
  15. 15. 15
  16. 16. 16
  17. 17. 17
  18. 18. 18
  19. 19. 19
  20. 20. 20
  21. 21. 21
  22. 22. 22
  23. 23. 23
  24. 24. 24
  25. 25. 25
  26. 26. 26
  27. 27. 27
  28. 28. 28
  29. 29. 29
  30. 30. 30
  31. 31. 31
  32. 32. 32
  33. 33. 33
  34. 34. 34
  35. 35. 35
  36. 36. 36
  37. 37. 37
  38. 38. 38
  39. 39. 39
  40. 40. 40
  41. 41. 41
  42. 42. 42
  43. 43. 43
  44. 44. 44
  45. 45. 45
  46. 46. 46
  47. 47. 47
  48. 48. 48
  49. 49. 49
  50. 50. 50
  51. 51. 51
  52. 52. 52
  53. 53. 53
  54. 54. 54
  55. 55. 55
  56. 56. 56
  57. 57. 57
  58. 58. 58
  59. 59. 59
  60. 60. 60
  61. 61. 61
  62. 62. 62
  63. 63. 63
  64. 64. 64
  65. 65. 65
  66. 66. 66
  67. 67. 67
  68. 68. 68
  69. 69. 69
  70. 70. 70
  71. 71. 71
  72. 72. 72
  73. 73. 73
  74. 74. 74
  75. 75. 75
  76. 76. 76
  77. 77. 77
  78. 78. 78
  79. 79. 79
  80. 80. 80
  81. 81. 81
  82. 82. 82
  83. 83. 83
  84. 84. 84
  85. 85. 85
  86. 86. 86
  87. 87. 87
  88. 88. 88
  89. 89. 89
  90. 90. 90
  91. 91. 91
  92. 92. 92
  93. 93. 93
  94. 94. 94
  95. 95. 95
  96. 96. 96
  97. 97. 97
  98. 98. 98
  99. 99. 99
  100. 100. 100
  101. 101. 101
  102. 102. 102
  103. 103. 103
  104. 104. 104
  105. 105. 105
  106. 106. 106
  107. 107. 107
  108. 108. 108
  109. 109. 109
  110. 110. 110
  111. 111. 111
  112. 112. 112
  113. 113. 113
  114. 114. 114
  115. 115. 115
  116. 116. 116
  117. 117. 117
  118. 118. 118
  119. 119. 119
  120. 120. 120
  121. 121. 121
  122. 122. 122
  123. 123. 123
  124. 124. 124
  125. 125. 125
  126. 126. 126
  127. 127. 127
  128. 128. 128
  129. 129. 129
  130. 130. 130
  131. 131. 131
  132. 132. 132

×