Determinismo ambiental
O homem seria produto do meio, ou seja, as condições naturais é que
determinam a vida em sociedade....
A “indústria da seca” no nordeste
A indústria da seca, na história brasileira, é um instrumento de alguns, em detrimento
d...
Ganhos econômicos
Israel
“A potência que Israel é hoje deve à luta para vencer o deserto”.
Exportador de produtos agropecuários
Em pleno deserto do Negev, no sul
de Israel, os agricultores de Arava
conseguem colhe...
O segredo?
> Integração das universidades e da pesquisa com a extensão rural
“Quebramos o elo que trabalhava o homem para ...
Referências
http://revistagloborural.globo.com/Revista/Common/0,,ERT292798-18281,00.html
http://www.dnocs.gov.br/php/comun...
Climatologia e ideologia (determinismo x possibilismo)
Climatologia e ideologia (determinismo x possibilismo)
Climatologia e ideologia (determinismo x possibilismo)
Climatologia e ideologia (determinismo x possibilismo)
Climatologia e ideologia (determinismo x possibilismo)
Climatologia e ideologia (determinismo x possibilismo)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Climatologia e ideologia (determinismo x possibilismo)

651 visualizações

Publicada em

Nos slides encontramos os conceitos de determinismo e possibilismo ambiental. Assim, percebemos como a Climataologia ajudou a justificar atrocidades na história da humanidade. E até hoje ela ainda é evocada para justificar preconceitos contra povos ou culturas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
651
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Climatologia e ideologia (determinismo x possibilismo)

  1. 1. Determinismo ambiental O homem seria produto do meio, ou seja, as condições naturais é que determinam a vida em sociedade. O homem seria escravo do seu próprio espaço.
  2. 2. A “indústria da seca” no nordeste A indústria da seca, na história brasileira, é um instrumento de alguns, em detrimento de outros, para aumento de poder econômico, político ou social de determinado grupos.
  3. 3. Ganhos econômicos
  4. 4. Israel “A potência que Israel é hoje deve à luta para vencer o deserto”.
  5. 5. Exportador de produtos agropecuários Em pleno deserto do Negev, no sul de Israel, os agricultores de Arava conseguem colher 300 toneladas ao ano por hectare. As 600 famílias que vivem em oito assentamentos da região produzem cerca de 150.000 toneladas de vegetais por ano em estufas, a maior parte exportada para países da Europa. produtividade de leite está ao redor de 12.000 litros por vaca ao ano, a maior do mundo (no Brasil, a media não chega a 1.500 litros).
  6. 6. O segredo? > Integração das universidades e da pesquisa com a extensão rural “Quebramos o elo que trabalhava o homem para receber a tecnologia, a extensão. A irrigação a baixa pressão por gotejamento usada em Israel é aplicável no semiárido. Mas a atividade que torna o homem pronto para receber esta tecnologia, quase não existe” o perímetro irrigado São Gonçalo, do DNOCS, na Paraíba, é um dos que se destacam, apesar da escassez de água, graças à presença permanente de um núcleo de extensão do IFPB.
  7. 7. Referências http://revistagloborural.globo.com/Revista/Common/0,,ERT292798-18281,00.html http://www.dnocs.gov.br/php/comunicacao/noticias.php?f_registro=3008&f_opcao=imprimir&p_v http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/05/19/alimentada-pela-escassez-indus http://revistagloborural.globo.com/Revista/Common/0,,ERT292798-18281,00.html

×