3. Área de Ambiente Contábil
3.1. As Estruturas da Organização
Organizar é o proceso de dividir a responsabilidade pela ex...
Fonte:http://pt.shvoong.com/books/484000-que-%C3%A9-
departamentaliza%C3%A7%C3%A3o/#ixzz1YQeItTL1
.
Segundo OLIVEIRA (2001...
 Elaboração do Contrato de Trabalho,
 Elaboração da Folha de Pagamento,
 Apuração dos impostos incidentes na Folha de P...
O Departamento de Marketing é responsável pela propaganda da
empresa bem como a política de marcas, a publicidade e os est...
4. Conhecimento do Processo Empresarial
4.1. Seleção e Treinamento
...Em termos, a seleção busca entre os candidatos recru...
 Ter a descrição do cargo da vaga em aberto;
 Conhecer os pré-requisitos da vaga em aberto;
 Conhecer os principais des...
.Cursos atendimento ao cliente – tem como diretriz a comunicação dirigida
para as necessidades do cliente;
.Atividade de c...
" Nos contratos individuais de trabalho só é lícita a alteração das respectivas
condições por mútuo consentimento, ainda a...
Anexo modelo de carteira profissional.
4.5. Folha de Pagamento
Especificamente, na área trabalhista, há dezenas de questõe...
FEVEREIRO
Contribuição Sindical Dos Autônomos e Profissionais Liberais
Contribuição Sindical Rural
Indústrias da Construçã...
(- Salário Família) por cabeça e a observar o valor do salário e idade dos
menores.
• Contribuição Sindical:
É anual e som...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatório estágio tópicos 3 e 4.

104 visualizações

Publicada em

estagio ciencias contabeis

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
104
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório estágio tópicos 3 e 4.

  1. 1. 3. Área de Ambiente Contábil 3.1. As Estruturas da Organização Organizar é o proceso de dividir a responsabilidade pela execução de tarefas entre pessoas e agrupá-las em uma estrutrura, segundo algum criterio ou principio de classificação. A estrutura, chamada estrutura organizacional, coordena o trabalho entre os diferentes grupos, para posibilitar a realização dos objetivos do projeto (MAXIMIANO, 2009, p.146). Sempre pautados na administração, transparência e comprometimento com os clientes é de suma importância a participação ativa e funcional de todos que fazem parte da empresa nesta atividade que tanto é exigida do mercado e órgãos reguladores. Seus departamentos hoje são compostos por um quadro de 05 colaboradores, distribuídos em seus respectivos setores representados em organograma anexo. 3.2. Organização Linear Segundo CHIAVENATO (1994, p. 118) “Organização linear é a estrutura organizacional baseada na autoridade linear, o que significa que cada superior tem autoridade única e absoluta sobre seus subordinados e que não a reparte com ninguém.” 3.2.1. Departamentalização É o agrupamento, de acordo com um critério específico de homogeneidade, das atividades e correspondentes recursos (Humanos, Materiais e Tecnológicos ) em unidades organizacionais. A “departamentalização” é uma característica típica das grandes organizações. Ela é diretamente relacionada com o tamanho da organização e com a complexidade das operações. É um meio para se obter homogeneidade de tarefas em cada órgão. Essa homogeneidade somente poderia ser alcançada, segundo Gulick, quando se reunissem, na mesma unidade, todos aqueles que estivessem executando “ o mesmo trabalho, pelo mesmo processo, para a mesma clientela, no mesmo lugar …” Tipos de departamentalização: Departamentalização por funções; Por produtos e serviços; Por localização geográfica; Por clientes; Por fases do processo (ou processamento); Por projetos.
  2. 2. Fonte:http://pt.shvoong.com/books/484000-que-%C3%A9- departamentaliza%C3%A7%C3%A3o/#ixzz1YQeItTL1 . Segundo OLIVEIRA (2001, p. 118) “Departamentalização é o agrupamento, de acordo com um critério específico de homogeneidade, das atividades e correspondentes recursos (humanos, materiais e equipamentos) em unidades organizacionais”. 3.2.2. Documentos utilizados no Departamento Departamento Pessoal  Registro de Funcionários: Documentação Necessária para Registro de Funcionário: *CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), *1 Foto 3X4, *Cópia da Carteira de Identidade - RG, *Cópia do Cadastro de Pessoa Física - CPF, *Cópia do Titulo de Eleitor; *Cópia do Certificado de Reservista ou Alistamento Militar (Sexo Masculino idade entre18 anos e 45anos) *Cópia do Comprovante de Residência; *Cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento; *Cópia da Certidão de Nascimento de filhos menores de 14 anos, (salário família); *Cópia da Carteira de Vacinação de filhos entre 1 e 7 anos de idade, *Atestado de Freqüência Escolar para menores de 18 anos; *Atestado de Saúde Ocupacional - ASO,  Preenchimento na CTPS,  Preenchimento no Livro de Registro de Funcionário,  Preenchimento no Livro de Inspeção do Trabalho (quando receber a visita do MTE),
  3. 3.  Elaboração do Contrato de Trabalho,  Elaboração da Folha de Pagamento,  Apuração dos impostos incidentes na Folha de Pagamento,  Rescisão de Contrato de Trabalho;  Formulário para Seguro Desemprego;  CAGED,  RAIS, 3.3. A organização Funcional Organização Funcional é o tipo de estrutura organizacional que utiliza o chamado princípio funcional. Ela proporciona o máximo de especialização nos diversos órgãos ou cargos da organização, permitindo que cada qual se concentre única e totalmente no seu trabalho (CHIAVENATO 1994, p. 370). 3.3.1. Funções e responsabilidades de seus departamentos Uma vez identificadas as funções, a etapa seguinte consiste em definir uma estrutura de trabalho, com departamentos e cargos dentro desses departamentos... As funções são grupos de responsabilidades, e, uma vez que essas responsabilidades tenham sido definidas, é necessário determinar como e onde elas serão executadas (MAXIMIANO, 1995.p. 259). O Departamento de Gerencia: é responsavel por administrar ou gerir a organização, ou seja, um agrupamento de pessoas que se relacionam num determinado ambiente, físico ou não, orientadas para um objetivo comum que é a empresa (organização). O Departamento de Compras é responsável por trazer melhores produtos, com qualidade e menor custo, o responsável por esse departamento deve ser qualificado para tal função, demonstrando conhecimentos dos procedimentos a serem adotados, das características dos materiais, bem como da arte de negociar, essencial na prática das transações.
  4. 4. O Departamento de Marketing é responsável pela propaganda da empresa bem como a política de marcas, a publicidade e os estudos de mercado. O Departamento de Recursos Humanos é responsável pela seleção e treinamento de pessoal, procura verificar se os recursos humanos são suficientes quantitativa e qualitativamente para as atividades da empresa. O Departamento de Recursos Humanos analisa se os empregados estão dotados de habilidades, conhecimento e atitudes desejadas pela organização. O Departamento Contábil é responsavel pela Contabilidade da empresa bem como a elaboração das Demonstrações Contabeis, sendo elas o Balanço Patrimonial, Demonstraçao de Resultado de Exercicio, Fluxo de Caixa, Demonstraçao das Mutações do Patrimonio Liquido, Demonstrações dos Lucros ou Prejuizos Acumulados, Demonstraçao de Valor Adicionado com tais informações, a gerencia ou diretor tem condições de avaliar se a empresa está cumprindo sua missão. O Departamento Fiscal é responsável pela parte fiscal da empresa, apurando o faturamento e emitindo o imposto de acordo com a legislação em que a empresa esta enquadrada. O Departamento Pessoal é responsável por todas as tarefas e atividades específicas, que cuidam dos funcionários que nela trabalham. Desde a admissão, elaboração da folha de pagamento, Gfip –Sefip, Caged, Rais, Nas empresas de menor porte, normalmente, inexiste o Departamento Pessoal, pois as atividades são normalmente supridas pelo “Contador” da empresa. 3.4. A organização de assessoria de linha “As unidades e posições de linha (que tem autoridade linear) passam a se concentrar no alcance dos objetivos da empresa através da delegação de autoridade, serviços especializados, atribuições marginais a outras unidades e posições da empresa”. (CHIAVENATO, 1994, p. 372).
  5. 5. 4. Conhecimento do Processo Empresarial 4.1. Seleção e Treinamento ...Em termos, a seleção busca entre os candidatos recrutados, aqueles mais adequados aos cargos existentes na empresa, visando a manter ou aumentar a eficiência e o desempenho do pessoal, bem como a eficácia da organização.(MICROLINS,2002,p.17). Selecionar pessoas é comparar seres completamente desiguais. Para tal, o profissional de recursos humanos deve cercar-se de cuidados, para diminuir a subjetividade na hora da comparação. Hoje o profissional de recursos humanos é obrigado a interagir com o solicitante da vaga para entender a complexidade da mesma, do contrário esse profissional não terá condições de assessorar corretamente o solicitante da vaga. Selecionar pessoas não é uma tarefa fácil. O profissional de recursos humanos deve dispor de um conjunto de elementos a fim de tornar este processo menos subjetivo e mais pragmático. Estes cuidados passam por: Diretoria Departamento de Recursos Humanos Departamento Contabil Departamento Marketing Departamento de Compras
  6. 6.  Ter a descrição do cargo da vaga em aberto;  Conhecer os pré-requisitos da vaga em aberto;  Conhecer os principais desafios esperados pela área solicitante;  Ter a percepção correta do perfil comportamental esperado/desejado;  Conhecer a cultura, os valores e os princípios, não só da empresa, mas da área, bem como da equipe da vaga em aberto;  Conhecer (e entender) a missão, a visão, os objetivos estratégicos, os princípios da empresa para não contratar “um estranho no ninho”; e  Buscar sempre a participação do solicitante da vaga. Sem esta participação o processo seletivo ficará comprometido.  Saber sugerir e apresentar ao contratante as observações e orientações sobre os melhores profissionais encontrados para a vaga. A seleção por competências é nada mais nada menos que as organizações ter em seus quadros de colaboradores, pessoas capazes de desempenhar determinada atividade com eficácia, em qualquer situação. Assim, para finalizar, devemos entender que:  Á tarefa de recrutar e selecionar profissionais, é estratégica;  Esta atividade deve ser entregue a área de recursos humanos e essa tem que estar preparada para assumir esse desafio; e  Recrutar e selecionar pessoas no mercado,é uma atividade com metodologia própria e não pode ser encarada como um evento pontual, subjetivo e sem importância. Os treinamentos se constituem num processo sistematizado e organizado de ações com os objetivos de orientar os colaboradores e facilitar suas aprendizagens práticas, de forma que estes possam desenvolver rapidamente suas competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) dentro de um padrão de excelência estabelecido. . Integração institucional - destinada aos funcionários recém-admitidos; .Treinamento técnico em serviço – realização de ações que envolvem o trabalho no dia-a-dia, de forma sistemática, com orientação e supervisão do líder; .Treinamento e reciclagem teórico aplicado - desenvolvido em sala de aula ou espaço próprio, com o objetivo de aprendizagem e atualização de procedimentos, favorecendo melhor desempenho dos colaboradores; .Cursos externos - oferecidos por empresas do mercado, envolvendo solicitação de auxílio financeiro; .Desenvolvimento de lideranças – focado no aprimoramento das competências gerenciais dirigidas à gestão de processos e de pessoas;
  7. 7. .Cursos atendimento ao cliente – tem como diretriz a comunicação dirigida para as necessidades do cliente; .Atividade de consultoria e de assessoria em parceria com áreas específicas – visa o desenvolvimento da equipe e dos profissionais. 4.2 . Admissão O setor de Admissão de Pessoal tem por atribuição cuidar de todo o processo de integração do indivíduo na empresa, dentro dos critérios administrativos e jurídicos. Tem início na busca do profissional no mercado de trabalho, adequar nas funções do cargo e efetuar o registro de acordo com as conformidades da legislação do trabalho.  Recrutamento e Seleção  Integração  Registro 4.3. Contrato de Experiência O contrato de experiência é uma modalidade do contrato por prazo determinado, cuja finalidade é a de verificar se o empregado tem aptidão para exercer a função para a qual foi contratado. Da mesma forma, o empregado, na vigência do referido contrato, verificará se adapta-se à estrutura hierárquica dos empregadores, bem como às condições de trabalho a que está subordinado. DURAÇÃO Conforme determina o artigo 445, parágrafo único da CLT, o contrato de experiência não poderá exceder 90 dias. PRORROGAÇÃO O artigo 451 da CLT determina que o contrato de experiência só poderá sofrer uma única prorrogação, sob pena de ser considerado contrato por prazo indeterminado. Via de regra, quanto mais detalhada e mais alternativas forem transcritas no contrato, menos problemas haverá no futuro. O artigo 468 da CLT, cita o seguinte:
  8. 8. " Nos contratos individuais de trabalho só é lícita a alteração das respectivas condições por mútuo consentimento, ainda assim, desde que não resultem, direta ou indiretamente, prejuízos ao empregado, sob pena de nulidade da cláusula infringente desta garantia. " Para efeito de alteração contratual, as hipóteses não previstas no contrato estarão subordinadas à anuência do empregado, e ainda desde que não acarretem prejuízos ao empregado. Basicamente o contrato deverá conter:  Tipo de trabalho a ser prestado;  Local de trabalho;  Transferência entre empresas;  Jornada de trabalho;  Remuneração;  Danos;  Natureza do contrato;  Testemunhas;  E outros, de acordo com a particularidade de cada empresa. Anexo modelo de contrato de experiência. 4.4. Carteira Profissional A Carteira de Trabalho e Previdência Social é hoje, por suas anotações, um dos únicos documentos a reproduzir a vida funcional do trabalhador. Assim, garante o acesso a alguns dos principais direitos trabalhistas, como seguro- desemprego, benefícios previdenciários e FGTS. Para registro do empregado serão necessárias as seguintes anotações em página destinada a Contrato de Trabalho da CTPS:  Nome do empregador;  N.º do CPF (onde estará constando "CGC/MF" ou CNPJ/MF");  Endereço do empregador [logradouro (rua, avenida, praça, travessa, etc.), n.º, município e Estado];  Espécie do estabelecimento: Residência, Sítio ou Chácara de Recreio, Casa de Veraneio;  Cargo, ocupação (função), CBO (Classificação Brasileira de Ocupações);  Data de admissão: data do efetivo início do trabalho (importante: a experiência deve ser estabelecida em Contrato de Trabalho Doméstico, obviamente com o empregado já registrado);  Registro n.º, fls./ficha: não preencher;  Remuneração especificada: anotar o salário real contratado [por exemplo: R$545,00 (quinhentos quarenta e cinco reais) por mês.
  9. 9. Anexo modelo de carteira profissional. 4.5. Folha de Pagamento Especificamente, na área trabalhista, há dezenas de questões que devem ser observadas. OBRIGAÇÕES MENSAIS Salário INSS PIS – Cadastramento FGTS CIPA Exame Médico Acidente do Trabalho Vale-Transporte Salário-Família GPS - Guia da Previdência Social Contribuição Sindical dos Empregados PAT - Programa de Alimentação do Trabalhador OBRIGAÇÕES EM DETERMINADOS MESES DO ANO JANEIRO 13º Salário Acidentes do Trabalho - Doenças Ocupacionais - Agentes de Insalubridade Salário-Educação Contribuição Sindical da Empresa Entidade Beneficente de Assistência Social - Plano de Ação
  10. 10. FEVEREIRO Contribuição Sindical Dos Autônomos e Profissionais Liberais Contribuição Sindical Rural Indústrias da Construção - Anexo II - Resumo Anual MARÇO Contribuição Sindical dos Empregados Engenharia e Medicina do Trabalho - Serviço Único JANEIRO A MARÇO RAIS - RELAÇÃO ANUAL DE INFORMAÇÕES SOCIAIS ABRIL Contribuição Sindical dos Empregados – Recolhimento Entidade Beneficente de Assistência Social Contribuição Sindical - Relação – Entrega MAIO Contribuição Sindical - Relação – Entrega Salário-Família - Documentação a ser Apresentada NOVEMBRO 13º Salário - 1ª Parcela Salário-Família - Documentação a ser Apresentada DEZEMBRO 13º Salário - 2ª Parcela 4.6 – Encargos Sociais • Contribuição Previdenciária: FPAS+ SAT+FAP = 21,80 % Pró-labore + FPAS = 20,00 % RPA x FPAS = 20,00 %
  11. 11. (- Salário Família) por cabeça e a observar o valor do salário e idade dos menores. • Contribuição Sindical: É anual e somente a quota patronal, pois existe a declaração de não autorização do desconto por parte dos funcionários. • FGTS: Alíquota de = 8,00% • Imposto de Renda na Fonte: Valores a serem observados de acordo com a tabela do imposto de renda retido na fonte e suas respectivas deduções.

×