JUSTIÇA E CORAGEM - 10 ANOS SEM ALEXANDRE MARTINSCampanha MultiplataformaA e-brand criou para a FDV (Faculdade de Direito ...
ESTRATÉGIAA comunicação deve acontecer através de um movimento coletivo que realiza um atopúblico envolvendo lideranças do...
ENDOMARKETING: O primeiro passo foi criarengajamento de professores e alunos da FDV. Eisso começou com a idéia de mudar o ...
GUERRILHA: diversas bandeiras do Espírito Santo com o lema da campanha foramproduzidas e entregues a personalidades, empre...
EVENTO: um seminário foi realizado 2 dias antes do ato público para conquistarvisibilidade e fortalecer a mobilização. Foi...
Confira mais:- Vídeos: A História do Juiz Alexandre Martins de Castro Filho e outros vídeos no Youtube.- Conteúdo Facebook...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Caso de estudo - Campanha Multiplataforma - 10 anos sem Alexandre Martins

303 visualizações

Publicada em

A e-brand criou para a FDV (Faculdade de Direito de Vitória) a campanha “Justiça e Coragem - 10 anos sem Alexandre Martins”. O objetivo foi contar a história do assassinato do juiz, relembrando seu papel na luta contra o crime organizado no Espírito Santo.

A comunicação foi desenvolvida considerando ações de endomarketing, relações públicas, propaganda, evento, mídias sociais, ações de guerrilha e conteúdo.

A repercussão, os resultados e a forma como a agência integrou diferentes ferramentas de comunicação faz da campanha um dos grandes destaque da comunicação no ES em 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
303
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Caso de estudo - Campanha Multiplataforma - 10 anos sem Alexandre Martins

  1. 1. JUSTIÇA E CORAGEM - 10 ANOS SEM ALEXANDRE MARTINSCampanha MultiplataformaA e-brand criou para a FDV (Faculdade de Direito de Vitória) a campanha “Justiça eCoragem - 10 anos sem Alexandre Martins”. O objetivo foi contar a história doassassinato do juiz, relembrando seu papel na luta contra o crime organizado no EspíritoSanto.O Juiz Alexandre Martins de Castro Filho foi uma das lideranças que militaram pormudanças e transformações no Estado durante um período muito difícil vivido peloEspírito Santo. O seu assassinato chocou o país, e foi tema de várias reportagens emjornais de circulação nacional e nas grandes redes de TV. Sua morte foi um marco namobilização da sociedade capixaba na luta contra o crime organizado.DESAFIOO desafio foi contar a história de combate ao crime organizado a uma nova geração decapixabas que desconhece o fato histórico, que não viveu a realidade de um estadomergulhado em desvios de toda ordem e que ficou refém do crime organizado.Outro ponto fundamental da campanha foi criar uma comunicação capaz de envolvertoda a sociedade. A campanha não deve ser uma iniciativa isolada da FDV, mas ummovimento articulado por diferentes segmentos da sociedade, legitimando a visão de quea luta por justiça é uma causa coletiva.
  2. 2. ESTRATÉGIAA comunicação deve acontecer através de um movimento coletivo que realiza um atopúblico envolvendo lideranças do Espírito Santo nas esferas do judiciário, legislativo,executivo, empresários, amigos e alunos, que vão convocar uma ampla participaçãopopular através dos veículos de comunicação, imprensa e redes sociais na Internet. Essemovimento deve estimular a realização de outros atos e manifestações que lembrem aimagem de Alexandre Martins e sua luta por justiça.CONCEITOA campanha conta uma história de Justiça eCoragem que mudou o rumo do Espírito Santo.O símbolo principal utilizado na comunicação foia bandeira do Espírito Santo que ganhou umnovo lema “Justiça e Coragem”, que demonstraa relevância da atuação do juiz na história doestado.MULTIPLATAFORMAA comunicação foi desenvolvida considerandoações de endomarketing, relações públicas,propaganda, evento, mídias sociais, ações deguerrilha e conteúdo.
  3. 3. ENDOMARKETING: O primeiro passo foi criarengajamento de professores e alunos da FDV. Eisso começou com a idéia de mudar o nomeda rua da faculdade como forma dehomenagear Alexandre Martins.Isso foi alcançado com atuação dos professorese alunos que criaram um abaixo assinado econquistaram apoio da Câmara Municipal deVitória, através do seu presidente, vereadorFabrício Gandini.Outra ação foi adesivar o muro da faculdadecom um grande painel que apresenta a saga deAlexandre Martins contra o crime organizado.PROPAGANDA: criação da identidade visual e das peças de outdoor, vídeos online,cartazes e comerciais de TV que foram utilizados para convocar a população paraparticipar do ato público. No dia do ato público, um grande painel foi instalado nocalçadão da praia apresentado a história de Alexandre Martins.RELAÇÕES PÚBLICAS: entidades ligadas a direitos humanos e a justiça aderiram aomovimento e ajudaram na realização do ato público e outras homenagens: ABDH(Academia Brasileira de Direitos Humanos), AMB (Associação dos Magistrados do Brasil),AMAGES (Associação dos Magistrados do ES) e o Governo do Estado (Secretaria da Justiça).Outro apoio conquistado foi a movimentação da bancada federal que realizoupronunciamentos em Brasília no Senado e na Câmara dos Deputados.
  4. 4. GUERRILHA: diversas bandeiras do Espírito Santo com o lema da campanha foramproduzidas e entregues a personalidades, empresários e políticos do estado que tiraramfotos que repercutiram nas redes sociais e imprensa. Bandeiras em diferentes formatosforam espalhadas pela cidade. No ato público, uma grande bandeira foi carregada pelamultidão.MÍDIA SOCIAL: a Internet e as redes sociais foram o foco do esforço de repercussão emobilização social em prol da homenagem. Vídeos, reportagens e conteúdos tiveram oalcance de mais de 500 mil pessoas do ES. O evento no Facebook recebeu 1.200 adesões.
  5. 5. EVENTO: um seminário foi realizado 2 dias antes do ato público para conquistarvisibilidade e fortalecer a mobilização. Foi conquistado um amplo espaço na imprensa coma CBN realizando mais de 2 horas de programação sobre o tema, além de matérias nosprincipais jornais impressos, sites de notícia, e noticiário na TV.ATO PÚBLICO: mais de 1.500 pessoas comparecem na caminha realizada na Praia deCamburi, e reuniu lideranças do estado.RESULTADOA campanha ganhou grandealcance e repercussão noestado e no país, e pautou aimprensa durante mais de 4dias com grande destaque nonoticiário em TV, Internet eimprensa.O destaque na imprensa foi areportagem em rede nacional(Jornal Nacional - Globo)repercutindo o ato públicoque contou com a presença doGovernador do Estado ePrefeitos de Vitória e VilaVelha.Um monumento foi criado em homenagem a Alexandre Martins, e leva o nome dacampanha. E a partir dessa grande repercussão, a Associação dos Magistrados do Brasilcontratou um advogado que vai acompanhar a tramitação do processo de julgamento dosmandantes do crime, processo que está parado na justiça a 5 anos.
  6. 6. Confira mais:- Vídeos: A História do Juiz Alexandre Martins de Castro Filho e outros vídeos no Youtube.- Conteúdo Facebook: Justiça e Coragem, Ação com Bandeiras, Ato Público- Monumento criado pela prefeitura de Vila Velha: Justiça e Coragem- Reportagem JORNAL NACIONAL: repercussão do Ato Público- Reportagem na TV sobre ato público: Bom dia ES - Rede Gazeta (Globo)- Pronunciamento do Senador Ricardo Ferraço: homenagem no Senado Federal

×