Prioridades de Deus - Tema 12/02/12

1.526 visualizações

Publicada em

Documento tema da aula do dia 12/02, Prioridades de Deus.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.526
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prioridades de Deus - Tema 12/02/12

  1. 1. Existem 5 áreas relacionais de maior importância em nossa vida, que devem estar organizadas em níveis de prioridade paraque possamos prosseguir para o alvo, tendo Cristo no centro de nossas vidas.1º lugar: Eu e DeusMeu relacionamento íntimo com Deus deve ser a primeira prioridade. Reservar um tempo diário a sós com o Pai, orando,adorando e lendo Sua palavra, desenvolvendo o relacionamento íntimo da verdadeira adoração, falando com Ele e ouvindoSua voz, em obediência e amor; refletir a Glória de Cristo, assumindo minha nova natureza, ESPIRITUAL, vivendo um novoestilo de vida, como um autêntico discípulo de Jesus, transformando meu caráter para ser cada dia mais semelhante a Ele;ser guiado pelo Espírito Santo e não mais pelas minhas vontades, sentimentos e emoções, mas sim, desenvolvendo o fruto doEspírito, revestindo-me de toda armadura espiritual, orando e louvando sem cessar, em novidade de vida.2º lugar: Eu e minha famíliaPreciso fazer do meu lar um pequeno céu, influenciando e contagiando meus familiares que moram comigo) com a Esperançada Glória que é Cristo habitando dia a dia em mim, refletindo Seu bom perfume através das minhas atitudes, semprepreferindo-os em honra, edificando, encorajando e consolando minha família, fazendo de cada um deles discípulos de Jesus,cheios do Espírito Santo e tementes a Deus. É necessário reservar tempo diário para desenvolver relacionamento com meusfamiliares, demonstrar meu amor por eles e me envolver com as necessidades do meu lar, como despesas, investimentos equalquer necessidade. Meu objetivo deve ser fazer de cada membro da minha família um ministro (servo e embaixador doReino de Deus na Terra), da minha casa um templo de adoração e da minha família uma igreja (a noiva de Cristo),intercedendo e amando incondicionalmente cada um deles.3º lugar: Eu e minha vida profissionalComo embaixadores do Reino de Deus na Terra e ministros do evangelho de Cristo, precisamos refletir Sua glória entre oshomens; através de nosso estilo de vida de verdadeiros adoradores e vivermos o que a bíblia diz, confrontando radicalmenteas coisas do mundo e as tentações da carne e do diabo, vencendo o pecado. Quando buscamos a excelência profissionalsomos reconhecidos entre os homens, e quando a buscamos sem deixar de lado os valores bíblicos que nos conduzem aestatura de varão perfeito, somos reconhecidos por Deus, e tudo o que fizermos é glorificado Nele, de forma que podemoslevar muitas vidas à Cristo através de nosso testemunho reto de vida. Por isso estudar e se especializar profissionalmente nãoé questão de status pessoal: para o verdadeiro adorador é sacrifício de louvor e oferta agradável ao Senhor, para honrar eexaltar Seu Santo nome, fazendo-O conhecido entre os homen s através da minha vida.4º lugar: Eu e meu ministérioSe em meu coração arde uma paixão por mais e mais intimidade com Deus, e sou capaz de abrir mão da minha própriavontade para cumprir a vontade do meu Amado na minha família e no meu trabalho, então posso servir a Deus através de umministério. O objetivo de qualquer ministério no Reino de Cristo deve ser a salvação de almas e o resgate a comunhão comDeus através da verdadeira adoração. O sonho do coração de Deus é ter na Terra uma grande família de filhos semelhantesao Seu Filho Jesus Cristo, mas o pecado afastou a humanidade de Deus. Por isso, produzir a expansão do Reino de Deus élevar vidas a um verdadeiro encontro com Jesus, formando discípulos. Ministério não tem haver com o aumento de seu ibope,com a realização de seu sonho, ou com a alimentação de seu ego, mas sim com a entrega total de sua vida para viver a vidade Cristo levando as almas perdidas a se encontrarem com Ele e s erem transformadas pelo Seu grande Amor. O ministérioonde você serve, apenas reflete quem você é no seu relacionamento com Deus, com sua família e com as autoridades queestão acima de você ou trabalhando em sua equipe no seu local de trabalho.5º lugar: Eu e minha vida de lazerÉ impossível viver, ainda mais nessa loucura de São Paulo, se você não puder desfrutar de momentos de lazer,compartilhando com amigos, viajando, passeando, praticando esportes, etc… mesmo assim, você não pode se esquecer queos outros 4 níveis anteriores não são uma máscara que você veste, faz de conta que é o que você não é, e depois “solta afranga” na vida real; ser cristão é viver a vida de Cristo em sua vida real, e isso não somente é possível como Ele mesmodisse que coisas maiores do que Ele fez nós faríamos em Seu poder. Então, enquanto você descansa desfrutando na hora delazer, reflita a Glória de Cristo em sua atitude, sempre pregando o evangelho a todos, causando sede e fome de Deus emcada coração.…” E este viver que agora vivo, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a Si mesmo se entregou por mim…” (escrito porPaulo que era Saulo mas crucificou sua natureza carnal com Cristo e foi regenerado, teve seu caráter transformado e atéhoje ensina muitas e muitas vidas a viver uma nova vida, sendo apaixonados por Cristo à imagem e semelhança de Deus).
  2. 2. Relacionamento pessoal com Jesus Cristo; “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33) Temos que estar sensíveis a voz de Deus, não colocando a Sua presença para segundo plano, vê-se que muitas vezes até nós cristãos colocamos o nosso relacionamento com Deus na reta, talvez por causa de um problema, de um pecado que não conseguimos largar. Mas se fazemos isso, onde será que o nosso relacionamento está firmado, na rocha ou na areia?o Família; Enquanto solteiro, temos que está debaixo da cobertura de nossos pais, buscando sempre ter um bom relacionamento, de amor e compreensão, não deixando que outras coisas tomem o seu tempo com eles, até mesmo as tarefas ministeriais. ”Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo” (Efésios 6.1) Depois que se casam, as prioridades serão outras, você terá que cuidar da sua família, de seu marido (esposa), filhos. Não deixando nada faltar, principalmente o respeito e o amor. ”Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne” (Gêneses 2.24) “E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor” (Efésios 6.4)o Ministério; “E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai” (Colossenses 3.17)
  3. 3. Precisamos estar inseridos no ministério que Deus nos prometeu, não podemos deixar que coisas banais nos tirem o foco. Estar participante no ministério é fundamentar para o nosso relacionamento pessoal com Deus, e fazer a sua obra é algo primordial e de relevante importância. O trabalho, a faculdade, o cansaço, a falta de tempo são sempre as desculpas que damos para fazer algo mal feito, ou até mesmo quando não queremos fazer, e muitas vezes essas desculpas são dadas quando o assunto é o ministério.o Vida profissional e tarefas assumidas; “E procureis viver quietos, e tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, como já vo-lo temos mandado. Para que andeis honestamente para com os que estão de fora, e não necessiteis de coisa alguma”. (1Tessalonissences 4.11 e 12) Não podemos nos esquecer também da nossa vida profissional, e nem deixar que os pontos acima virem desculpas para não trabalhar, estudar, assumir seus compromissos. Deus nos prometeu o melhor dessa terra, então vamos atrás disso, do melhor emprego, do melhor cargo, do serviço público, te garanto que se essa for à vontade de Deus e se você buscar, estudar, trabalhar com certeza não vai ter pra ninguém. Podemos colocar outras prioridades na nossa lista, mas sem esquecer esses pontos fundamentais que devem estar sempre no topo. Vamos colocar pessoas a frente de coisas, não limite seus investimentos em dinheiro e presentes a apenas com aqueles que você ama. A família deve ser mais importante que as ocupações, pois a bíblia afirma que não há sucesso se a família se perder(1Timóteo 3.5). Vamos estar atentos de como está a nossa lista, e vamos refletir hoje, e fazer uma oração e pedir a Deus que nos revele onde estão nossas prioridades.
  4. 4. “Pessoas antes de coisas, pessoas antes de projetos, família antes de amigos,marido (esposa) antes de filhos, marido (esposa) antes de pais, dízimos antesde desejos, a bíblia antes de opiniões, Jesus antes de tudo mais”. (Jo AnnLeavell)

×