O Potencial da Tecnologia na Educacao

1.893 visualizações

Publicada em

Educação à distância e estratégias de educação digital, visa apresentar passo-apasso algumas estratégias para a construção de propostas educativas a distância com uso da tecnologia.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.893
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Potencial da Tecnologia na Educacao

  1. 1. Educação à distância e estratégias de educação digital em saúde Elomar Castilho Barilli
  2. 2. Potencial da Tecnologia 1. Ampliação da presença CHAT 3D Motivação
  3. 3. Potencial da Tecnologia 2. Interação social em tempo real <ul><li>Equipamentos necessários: </li></ul><ul><li>micro (placa de rede, microfone, web cam ): 1500,00 </li></ul><ul><li>acesso (provedor – velox) 120,00 </li></ul>1620,00 /mês CHAT Multimídia
  4. 4. 3. Simulação Passeio virtual : mecanismos de funcionamento dos órgãos; alterações provocadas por doenças Potencial da Tecnologia
  5. 5. 4. Comunicação/ acesso Potencial da Tecnologia orientação interação
  6. 6. 5. Assistência à saúde 5.1. Cirurgia robótica Cirurgia minimamente invasiva Potencial da Tecnologia
  7. 7. Precisão – menos risco Redução de custos Cirurgia cardiovascular, reabilitação, neurocirurgia, ortopedia e urologia. Em setembro de 2001 : O cirurgião em Nova York (USA) e a paciente de 68 anos em Estrasburgo – França. Foi utilizado o Sistema robótico ZEUS. A transmissão se deu por cabo de fibra ótica obtendo um retardo de 150 milisegundos apesar de existir uma distancia de 7.500 km entre as dos cidades . 5. Assistência à saúde 5.2. Telecirurgia Potencial da Tecnologia Laparoscopias com braços robóticos
  8. 8. 5. Assistência à saúde 5.3. Realidade Aumentada Potencial da Tecnologia
  9. 9. Estratégias de Educação Digital em Saúde... 1 o passo: O que entendo por EAD? ???
  10. 10. Educação a DIstância Dentro de uma visão progressista a educação tem como referenciais as noções de indissociabilidade entre a teoria e a prática, o saber como construção coletiva e o professor como pesquisador/orientador da aprendizagem. Seu pressuposto fundamental, então, é a possibilidade de crítica e da transformação, aproximando a escola da vida. Sistema educativo organizado voltado a promover a construção do saber e do auto-estudo de forma contextualizada, através da interação social e mediado por tecnologias da comunicação e informação.
  11. 11. questões principais: 2 . Educação = presencial = a distância . 4 . EAD = materiais, interface, gestão e acompanhamento. 5 . Tecnologia = uso crítico . 3 . EAD internet. 1 . Educação / tecnologia. <ul><li>A tecnologia não é um fim em si mesma. </li></ul><ul><li>A tecnologia é um recurso para potencializar o ensino/aprendizagem </li></ul>
  12. 12. oportunidade: Potencial da Tecnologia m-learning e-learning informação interação d-learning formação
  13. 13. show pirotécnico não contribui para a aprendizagem EAD & Tecnologia depende de: Projeto pedagógico Perfil da clientela Natureza do conhecimento Objetivos
  14. 14. 2 o passo: Estruturação do Projeto E S T R A T É G I A S Levantamento do perfil do público-alvo. Quem é o sujeito da aprendizagem? Quais são as suas demandas ? Sua realidade? 1. Definir os meios de acompanhamento acadêmico (gestão acadêmica). Sistema computadorizado (banco de dados, relatórios) 3. Orçamento. 4. Desenvolvimento (equipes, produção, implementação) Construção do Projeto Pedagógico (PP). Estrutura de conteúdos, definição de mídias, sistema de tutoria, sistema de avaliação 2.
  15. 15. Especialmente construído Favorecer o auto-estudo Marco conceitual sócioconstrutivismo Interação (reação) Contextualização Colaboração Definição do Projeto pedagógico a. Definição de competências atribuições? atividades? habilidades eixos de conhecimento estrutura de conteúdo Material dialógico linguagem simples cativante
  16. 16. Definição do Projeto pedagógico b. Definição da(s) mídia(s): interface Mídia impressa – livro, livreto, caderno etc. CD-ROM – mídia complementar . Ambiente Virtual de Aprendizagem – comunicação interação social acompanhamento. Modelo híbrido EAD – Setor Saúde
  17. 17. Mapa de exclusão digital
  18. 18. Definição do Projeto pedagógico c. Sistema de tutoria (acompanhamento pedagógico) atenção individual e orientação da aprendizagem; tutor desempenha papel fundamental na mediação entre o material didático oferecido pelo curso e o contexto concreto no qual o aluno desenvolve sua relação de construção do conhecimento; atua como facilitador do processo de construção do conhecimento.
  19. 19. Definição do Projeto pedagógico Interação social (Fórum / chat / sala livre) Interação pedagógica (orientação) Comunicação acadêmica (Institucional) Suporte e. Sistema de avaliação da aprendizagem Estudos de caso Situações problema Exercícios Questões para reflexão Fóruns Pesquisas
  20. 20. <ul><li>Pesquisa: </li></ul><ul><li>objetos de aprendizagem </li></ul><ul><li>bancos de dados médicos </li></ul><ul><li>ação coordenada entre </li></ul><ul><li>profissionais da saúde. </li></ul><ul><li>Suporte: </li></ul><ul><li>orientações terapêuticas </li></ul><ul><li>decisão diagnóstica </li></ul><ul><li>ação coordenada de </li></ul><ul><li>profissionais da saúde. </li></ul>Perfil do público-alvo Projeto Pedagógico Gestão acadêmica Auto-sustentabilidade Acesso educação digital em saúde
  21. 21. Educação descoberta Tecnologia colaboração diálogo acesso instrumento ampliação (re) construção transformação
  22. 22. [email_address]
  23. 23. O que é inclusão digital? Compartilhamento de saberes, realidades e contextos. Redução de desigualdades Desenvolvimento do pensamento crítico e solidário. Democratização do acesso à tecnologia. Domínio da tecnologia. Alfabetização digital. Formação de professores. Conhecer suas potencialidades e limitação. Uso pedagógico da tecnologia Instrumento de acesso ao mercado de trabalho. Aplicação da tecnologia para inclusão social.
  24. 24. Inclusão digital Pilares da inclusão digital TICs renda educação Projeto pedagógico Capacitação docente
  25. 25. Inclusão digital e EAD Política pública Responsabilização social Projetos e programas voltados para diferentes populações. Redução do custo para aquisição – “computador popular” linhas de crédito.
  26. 26. Inclusão digital e EAD Software livre P R I N C Í P I O S Política pública LIBERDADE A liberdade de executar o software, para qualquer uso . 1. LIBERDADE A liberdade de estudar o funcionamento de um programa e de adaptá-lo às suas necessidades. 2. LIBERDADE A liberdade de redistribuir cópias. 3. LIBERDADE A liberdade de melhorar o programa e de tornar as modificações públicas de modo que a comunidade inteira beneficie da melhoria. 4.
  27. 27. Educação / formação Inclusão digital e EAD Política pública governo Lato sensu Formação profissional <ul><li>novo contexto </li></ul><ul><li>novo profissional </li></ul><ul><li>novas exigências </li></ul><ul><li>formativas </li></ul>Educação popular <ul><li>ONGs </li></ul><ul><li>movimentos populares </li></ul>Strito sensu Universidades Instituições
  28. 28. EDPop & EAD <ul><li>Telecentros (Gestão Comunitária). </li></ul><ul><li>Pólos de inclusão digital. </li></ul><ul><li>Informatização / alfabetização digital. </li></ul><ul><li>capacitação docente. </li></ul><ul><li>Banco de objetos de aprendizagem. </li></ul><ul><li>Infraestrutura </li></ul>vontade aproximação Identificação de possibilidades Identificação de viabiliidades Mão na massa.
  29. 29. Distribuição de alunos por região Alunos inscritos 292 1

×