História         HO teatro grego        Sofia de Matos Pedrosa,       nº 23, 7º Ano Turma B3       Escola Básica nº 2 de A...
ÍndiceIntrodução.............................................................................................................
Introdução      Pensei realizar este trabalho porque durante o tempo que passamos no Clube deJornalismo uma das nossas fun...
O teatro     A palavra teatro “theatron / θέατρον” significa o "local onde se vê". Deriva do grego“theaomai/ θεάοµαι” que ...
A orquestra inicialmente teria uma forma quadrangular, como acontece no Teatro de       Tóricos. No seu centro ficava o al...
Os géneros de representação teatralDurante o século V a.C., período clássico da História da Grécia, apareceram os géneros ...
Comédia – representação humor                        humorística que retratava os aspectos da vida quotidiana Faziam a    ...
Figura nº 8 – Máscara teatral do tipo, século V a.C.      Os actores interpretavam, durante o mesmo espectáculo, diversos ...
Os tragediógrafos e os comediógrafos      Muitas das tragédias gregas escritas perderam-se. Salientam-se apenas três ostra...
Conclusão     Ao realizar este trabalho eu compreendi que o teatro não é apenas a representação quenós, público, vimos. Há...
Bibliografia e WebgrafiaOliveira, Ana e outros, História 7, Texto EditoraFichas fornecidas pela Sra. Professorahttp://pt.w...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2011 08-30 - teatro

3.585 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.585
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
110
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2011 08-30 - teatro

  1. 1. História HO teatro grego Sofia de Matos Pedrosa, nº 23, 7º Ano Turma B3 Escola Básica nº 2 de Anadia 27-03-2011 2011 Professora – Teresa Paula
  2. 2. ÍndiceIntrodução..................................................................................................................................................................... 3Como surgiu o teatro grego .................................................................................................................................... 3 2O teatro........................................................................................................................................................................... 4Os géneros de representação teatral .................................................................................................................. 6Os actores ...................................................................................................................................................................... 7Os tragediógrafos e os comediógrafos ............................................................................................................... 9Conclusão .................................................................................................................................................................... 10Bibliografia e Webgrafia ........................................................................................................................................ 11
  3. 3. Introdução Pensei realizar este trabalho porque durante o tempo que passamos no Clube deJornalismo uma das nossas funções é a procura de informação. Assim, ao fazermos umainvestigação sobre datas importantes encontrámos a que celebra o Dia Nacional do Teatro, a28 de Março. Lembrei-me das aulas de História e de nelas termos estudado que a civilizaçãoda Grécia Antiga deu uma grande importância ao pensamento e à arte e, particularmente, ao 3teatro. Decidi, então, fazer um trabalho sobre a invenção do teatro para ficar a conhecer melhoresta arte.Como surgiu o teatro grego O teatro grego apareceu, ligado à religião e integra-se na cultura grega, com as artes e ascerimónias gregas e nasceu em Atenas. Os antecedentes do teatro têm a ver com a festa em homenagem ao deus da vegetação,da fertilidade, da vinha, do vinho e das festas, o Deus Dionísio. Estas festas dionisíacasrealizavam-se no início da Primavera, em que os jovens dançavam e entoavam cantos líricos,os ditirambos com fantasias e máscaras dentro do templo deste Deus, oferecendo-lhe vinho. Com o passar do tempo, esta festa foi-se organizando e passou a ser representada paraas pessoas em recintos ao ar livre: os teatros. Por isso, são chamadas festas dionisíacas. Muitos dos habitantes de Atenas tinham muito tempo livre os cidadãos e, por isso,dedicavam-se ao convívio, ao culto e a actividades culturais com vista ao seu plenodesenvolvimento. Um dos seus espectáculos preferidos era o teatro. Figura nº 1 – Teatro grego.
  4. 4. O teatro A palavra teatro “theatron / θέατρον” significa o "local onde se vê". Deriva do grego“theaomai/ θεάοµαι” que significa olhar com atenção, perceber, contemplar, meditar, daí que o seusignificado ultrapasse o simples sentido de ver. Os teatros surgiram a partir do século VI a.C.. Naquela altura o Teatro podia ser definido como o espaço semicircular que comportava 4cerca de quinze mil espectadores. Figura nº 2 – Planta de um teatro grego. Durante o século V a.C., os gregos construíram vários teatros ao ar livre. Elesaproveitavam os declives das encostas das montanhas e das colinas de pedra para colocaremas bancadas. O som (acústica) e a visibilidade eram excelentes, pois as pessoas que sesentassem na parte superior ouviam tão bem os actores, como aquelas que estivesse sentadojunto à arena. Primeiro as bancadas foram construídas em madeira e, só a partir do século IV a.C.começaram a ser em pedra. Os teatros eram constituídos por várias partes com funções distintas: Bancadas – rodeavam a orquestra comportavam os espectadores. Cena – palco onde actuavam os actores. Orquestra – área circular em terra batida ou com lajes de pedra situada no centro das bancadas. No seu centro estava o altar do Deus (em honra ao Deus Dionísio), em torno do qual os músicos, o coro e os dançarinos se movimentavam cantando os seus cânticos.
  5. 5. A orquestra inicialmente teria uma forma quadrangular, como acontece no Teatro de Tóricos. No seu centro ficava o altar “thymele”, que para além de servir de adereço servia para se fazerem os sacrifícios, em honra a Dionísio. Os “parodoi” localizados um de cada lado da orquestra serviam para o coro entrar. O cenário, “skene”, localizava-se por detrás da orquestra e era uma estrutura que inicialmente servia como camarim para os actores trocarem de roupa. Mais tarde representava a fachada de um palácio ou de um templo. 5 O proscenium, localizado em frente à skene, era o local onde os actores representavam, muito embora eles também utilizassem a orquestra.Alguns dos mais importantes teatros da Antiga Grécia são: Teatro de Delfos Teatro de Dionísio Teatro de Dodona, o Odeon de Herodes Ático Teatro de Epidauro Teatro de Mileto Teatro de Segesta Teatro de Siracusa Figura nº 3 – As ruínas do teatro de Delfos. Figura nº 4 – As ruínas do Teatro de Mileto. Os gregos desenvolveram de tal modo o teatro que ainda hoje é visível a sua influêncianos artistas, dramaturgos e em todas as pessoas ligadas a esta arte. Esta influência do teatro grego é particularmente visível, na encenação actual de peçasteatrais que foram criadas na Grécia Antiga.
  6. 6. Os géneros de representação teatralDurante o século V a.C., período clássico da História da Grécia, apareceram os géneros derepresentação mais conhecidos de teatro: a tragédia e a comédia. Estes dois géneros derepresentações teatrais eram apresentados ao público, intercaladamente, durante os festivais.Tragédia – esta representação tinha como objectivo levar o espectador a reflectir sobre osentido e a sua própria vida inspirando-se ou sendo retratada normalmente em: 6 Problemas emocionais e psicológicos, em que representavam histórias da existência humana, nomeadamente o sofrimento do Homem como vítima do seu próprio destino (paixões, vingança e ambição); Lendas e mitos; Homenagear os deuses gregos e retratar as relações entre eles e os Homens. Representar as histórias dos heróis gregos (factos heróicos ou a sua queda, muitas vezes atribuída à sua arrogância, hybris1). Neste tipo de representação as personagens estavam sempre condenadas a um fimtrágico: o sofrimento e a morte. Esta representação é mais antiga que a comédia. Julga-se que tenha surgido em meados doséculo VI a.C. Figura nº 5 – Calumnia de Apelles1 – Botticelli, Sandro.1 Em grego ὕὕρις, "hýbris") é um dos elementos da tragédia grega que revela insegurança da vida, atitude perante um desafio, acontecendo quando os protagonistas se interrogam sobre o seu destino sobre a validade das leis dadas aos homens pelos deuses ou pela polis.
  7. 7. Comédia – representação humor humorística que retratava os aspectos da vida quotidiana Faziam a tos quotidiana.crítica social de uma maneira cómica, ridiculariza ridicularizando figuras e situações da época, mostrandoos seus defeitos e fraquezas. Por exemplo, c criticava os políticos de uma forma humorística. Acomédia caricaturava, enfim, o absurdo do comportamento humano. 7 Figura nº 6 – Cena de comédia em vaso da Apúlia, século IV a.C. Nesta representação o coro assumia uma importância superior àquela que possuía natragédia. Na comédia os actores dialogavam com o público criando uma interactividade .superior à existente na tragédia xistente tragédia.Os actores Os actores eram todos homens e desempenhavam tanto os papéis masculinos comofemininos. Os actores usavam máscaras que tornavam a representação das personagens mais representaçãoexpressivas e, simultaneamente projectavam o som das suas vozes de forma mais intensa taneamente, intensa. Figura nº 7 – Máscara teatral.
  8. 8. Figura nº 8 – Máscara teatral do tipo, século V a.C. Os actores interpretavam, durante o mesmo espectáculo, diversos papéis. O número de actores era diferente na tragédia e na comédia. Assim, na tragédia eram 8apenas três e na comédia quatro. As vestes utilizadas pelos actores nas duas representações também eram diferentes.Enquanto na tragédia as vestes consistiam numa túnica até aos pés, chamada quiton, e nunssapatos muito altos, chamados o coturno, na comédia as vestes utilizadas eram semelhantesàs dos cidadãos e o calçado era composto por umas sandálias. As vestes, túnicas, utilizadas pelos actores da tragédia eram de cores vivas e nos péscalçavam os tais coturnos. O uso de máscaras, das vestes garridas e dos «coturnos» que lhe aumentava a estatura,davam-lhes um aspecto majestoso, tornando-os mais visíveis. Para além disso, as máscaras decomédia e mesmo de tragédia, juntamente com o vestuário, permitiam aos actoresrepresentar o estado de espírito da personagem, aumentar o tom de voz e possibilitavam arepresentação de vários papéis, nomeadamente os papéis femininos. Também recorriam muito à mímica para representar os papéis das diversaspersonagens. Muitas vezes o teatro recorria à música, que era cantada por um coral. Os cenários eram decorados de maneira a permitir um maior realismo à representaçãoteatral. Figura nº 9 – Teatro Grécia Antiga, século V a.C.
  9. 9. Os tragediógrafos e os comediógrafos Muitas das tragédias gregas escritas perderam-se. Salientam-se apenas três ostragediógrafos considerados importantes (as datas de vida deles são aproximadas): Ésquilo (525 a.C. a 456 a.C.); Sófocles (497 a.C. a 406 a.C.); Eurípedes (485 a.C. a 406 a.C.). 9 Principais obras destes autores: Ésquilo – Prometeu Acorrentado. o Obra sobre os Deuses e os Mitos. Sófocles – Édipo Rei. o Esta obra tratava das grandes figuras Reais. Eurípedes – As Troianas. o Esta obra tratava dos renegados, dos vencidos. Figura nº 10 – Busto de Eurípides. Aristófanes (456 a.C. – 380 a.C.) destacou-se como um dos maiores autores da ComédiaAntiga, muito embora haja outros dramaturgos conhecidos, como é o exemplo de Menandro(341 a.C. - 290 a.C.) O comediógrafo Aristófanes encontrava na vida de Atenas, na educação dos sofistas e naguerra a inspiração para os seus trabalhos, que se caracterizavam essencialmente pela críticaaos governantes. Figura nº 11 – Aristófanes. Como exemplos de trabalhos deste dramaturgo temos: “Os Cavaleiros” e “Os Acarnenses” inspirados na vida ateniense “As Nuvens” inspirada na educação dos sofistas. A “Lisístrata” inspirada na guerra.
  10. 10. Conclusão Ao realizar este trabalho eu compreendi que o teatro não é apenas a representação quenós, público, vimos. Há todo um trabalho anterior, como por exemplo a redacção do texto, queé um trabalho que deve demorar muito. Também há a confecção das vestes, adornos e aconstrução do cenário, que antes é pensado e desenhado para dar a sensação que a cenarepresentada é real. Depois há a escolha dos actores e todo o trabalho que estes têm em 10decorar as suas falas (nome que é dado aos textos que eles têm de saber), em saber quais assuas posições, as suas deixas, que é o momento em que devem representar. Aprendi que representar não é só dizer as tais falas, mas há uma parte mímica e demovimentação do corpo, de gestos do corpo e da face que são muito importantes efundamentais no teatro. Aprendi, também, que para além dos actores que vimos em cena, há muitas outraspessoas a trabalhar para que o teatro seja aquele que nós depois vimos. São costureiros,pessoas que maquilham os actores, que os ajudam a vestir e a despir, são os aderecistas emuitos, muitos mais! Há também o ponto que é um senhor que está normalmente enfiado debaixo do palco naparte central à frente e que ajuda os actores quando estes se esquecem da sua fala. Aprendi que desde o teatro grego muito mudou na representação, por exemplo hoje játemos mulheres a representar e os teatros são feitos em recintos fechados. Fiquei ainda a saber que o teatro nasceu na Grécia Antiga (século VI a.C.). No geral gostei muito de fazer este trabalho. Espero que a Sra. Professora também tenhagostado.
  11. 11. Bibliografia e WebgrafiaOliveira, Ana e outros, História 7, Texto EditoraFichas fornecidas pela Sra. Professorahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Teatro_na_Gr%C3%A9cia_Antigahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Delphi_amphitheater_from_above_dsc06297.jpg 11http://www.google.pt/images?hl=pt-pt&source=hp&biw=1206&bih=616&q=O+teatro+grego&gbv=2&aq=f&aqi=&aql=&oq=http://pt.wikipedia.org/wiki/H%C3%BAbrishttp://www.iscsp.utl.pt/~cepp/lexico_grecoromano/hybris.htm

×