Aprendizagem[1]

2.084 visualizações

Publicada em

picologia geral

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.084
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aprendizagem[1]

  1. 1. GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PSICOLOGIA GERAL 1º SEMESTRE ANO LECTIVO 2013/2014 APRENDIZAGEM Docente: Mestre Filipa Martinho filipa.martinho@unisla.pt Aprendizagem Muito do que fazemos e somos ultrapassa o que é inato Adquire-se com a experiência ao longo da vida TEORIA DO COMPORTAMENTO 1
  2. 2. Aprendizagem  Mudança relativamente estável e duradoura do comportamento e do conhecimento  É a aprendizagem que determina o nosso pensamento, linguagem, as motivações, as atitudes e personalidade. Condicionamento Clássico Experiência de Pavlov 2
  3. 3. Condicionamento Clássico  Experimentador apresenta carne ao animal Carne Saliva Salivação (estímulo não condicionado) (resposta não condicionada) E1 R1  A resposta do animal é inata, ou seja, não aprendida. Condicionamento Clássico  Experimentador faz acompanhar a carne de uma campainha (estimulo neutro) Saliva Campainha + Carne E2 + E1 Salivação R1  Pavlov repete várias vezes esta associação de estímulos Campainha Salivação (estímulo condicionado) (resposta condicionada) E2 R1 3
  4. 4. Condicionamento Clássico  Reflexo condicionado  resposta aprendida a um estímulo inadequado A aprendizagem por condicionamento clássico resulta da associação entre estímulos e respostas que se associam e das quais resulta uma mudança de comportamento Condicionamento Clássico  Processos que envolvem o condicionamento:  Extinção Diminuição e/ou extinção da resposta condicionada devido á ausência do estímulo não condicionado  Recuperação espontânea Aparecimento da resposta após um período de descanso 4
  5. 5. Condicionamento Clássico  Processos que envolvem o condicionamento: Generalização Tendência para responder da mesma forma a estímulos semelhantes ao estímulo condicionado  Discriminação Distinção de um estímulo face a outro semelhante. Condicionamento Clássico Actividade Luís tem 4 anos. Anda de triciclo no jardim de sua casa quando, de súbito, surge um cachorro adquirido pela vizinha no dia anterior. O Luís assusta-se caí e esfola o joelho, chorando de dor. Alertada pelo choro do filho, a mãe vem buscá-lo e faz-lhe o curativo. Mais tarde, Luís volta ao jardim mas quando, pouco tempo depois vê o cão a passar, desata a chorar. Identifica: - estímulo não condicionado - estímulo condicionado - resposta não condicionada - resposta condicionada ENC – Dor EC – Cão RNC – Chorar RC - Chorar 5
  6. 6. Condicionamento Operante Experiência de Thorndike Condicionamento Operante  Caixa – Problema  No exterior da caixa era colocado alimento (era observado e cheirado pelo animal) Ao fim de várias tentativas o animal conseguia atingir o alimento O animal aprendeu a resolver o problema Aprendizagem por tentativa e erro 6
  7. 7. Condicionamento Operante  Lei do Efeito o Com a repetição da experiência verificou-se que as respostas desadequadas eram substituídas por respostas correctas e eficazes o Há respostas que são fortalecidas e outras enfraquecidas Se a resposta for compensada, fortalecer-se-á Se não houver recompensa ou se houver castigo, a resposta enfraquecerá Condicionamento Operante  Skinner o Caixa de Skinner o Durante a exploração da caixa, o animal carrega na alavanca e recebe o alimento o O animal repete o comportamento obtendo sempre comida Reforço Reforço positivo - o estímulo cuja presença serve para manter ou fortalecer a resposta Reforço negativo – estímulo quando eliminado põe fim a uma situação aversiva, desagradável 7
  8. 8. Condicionamento Clássico e Operante Itens Condicionamento Clássico Condicionamento Operante Ocorrência durante o O estímulo não condicionado e A resposta é acompanhada condicionamento o estímulo neutro associam-se de consequências Resposta Involuntária/automática Voluntária Atitude do sujeito Passiva, mecânica Activa, toma iniciativa Aprendizagem Social  Aprendizagem por observação  Resulta da interacção e da imitação social imitação de um modelo – modelação ou modelagem o reforço directo – corresponde a um elogio devido à imitação de um comportamento desejado o reforço vicariante - orienta o individuo no sentido de um comportamento desejável 8
  9. 9. Aprendizagem Social  Efeitos da aprendizagem por observação  efeito de modelação O observador observa e imita o modelo, adquirindo novas formas de resposta  efeito desinibitório e inibitório Factores de Aprendizagem  Idade  Inteligência  Motivação  Aprendizagem anterior e experiência  Factores Sociais 9
  10. 10. Factores de Aprendizagem  Idade Interfere com a aprendizagem Nível etário e de desenvolvimento  Inteligência Sujeitos com capacidades intelectuais significativas têm maior facilidade em aprender Factores de Aprendizagem  Motivação Motivação intrínseca Motivação extrínseca  Aprendizagem anterior e experiência A experiência passada influencia profundamente as aprendizagens Uma experiência agradável dá-nos confiança para outras aprendizagens nesse domínio • transferência positiva (facilita a nova aprendizagem) • transferência negativa (dificulta a nova aprendizagem) 10
  11. 11. Factores de Aprendizagem  Factores Sociais Meio social Meio Cultural Meio económico 11

×