Mico fitopatogênicos

1.448 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.448
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mico fitopatogênicos

  1. 1. MICOLOGIA 2009 – GRUPO I
  2. 2. Fitopatogênicos (Phyton = planta, Pathos = doença)Podridão das Danos ao sistema sementes Ataque logo após vascular brotamento
  3. 3. Grande parte da economia mundial está baseada no cultivo de espéciesvegetais, as quais são passíveis de ataques de espécies fitopatogênicas. GRANDE IMPACTO ECONÔMICO A pecuária também pode ser afetada indiretamente. ALCALOIDES GRAMÍNEAS GADO FUNGOS
  4. 4. As consequências danosas que os fungos fitopatogênicos têm sobreas economias, não são apenas para àquelas de base agrícola, como também para as de base industrial. 1870, atual Sri Lanka. Cultura de café devastada pela ferrugem, causada pelo fungo Hemileia vastatrix. Consequências . economia interna abalada; . mudança cultural na Inglaterra (substituição do café pelo chá).
  5. 5. ARROZ FEIJÃO MILHO SOJA Gênero Colletotrichum Fusarium PhakopsoraPyricularia lindemuthianum moniliforme pachyrhizi
  6. 6. Características Gerais:São essencialmente terrestres.A grande maioria das espécies éfilamentosa (presença defilamentos conhecidos como hifas, eseu conjunto conhecido comomicélio).Existência de alguns exemplaresunicelulares.
  7. 7. As hifas podem ser divididas (septadas) ou não (asseptadas).Todos os fungos apresentam parede celular constituídaprincipalmente por quitina.
  8. 8. C. lindemuthianum:. micélio apocítico e ramificado. reprodução assexuada. conídios: unicelulares, oblongos ecilíndricos; formam massa de cor salmão oumel, são hialinos; apresentam extremidadesarredondadas. Conídeos: Estruturas de reprodução Micélio Apocítico Penicillium
  9. 9. Para que ocorra o processo de infecção, é necessário que o espero liberado pelo fungo penetre por via direta no hospedeiro. LENTICELAS LESÕESESTÔMATOS ESTIGMAS
  10. 10. ᴥAdesão é a capacidade de um propágulo manifestar atração específica por porções (tecidos) do hospedeiro. ᴥConsiderada pré-requisito essencial para a patogênese de fungos. Penetração via estômatoADESÃO PENETRAÇÃO INFECÇÃO
  11. 11. A adesão é favorecida pela umidade e por algumas substâncias liberadas pelo fungo, como placa deadesão e material mucilaginoso (matriz extracelular).
  12. 12. Definição: fungos fitopatogênicos usados no controlebiológico de ervas daninhas (bioherbicida). Seguro para o homem e o meio-ambiente.
  13. 13. Formulação: geralmente esporos secos ou “pellets” +adjuvantes.Estratégia: inundativa, ou do bioherbicida. Inoculado emconcentrações maciças durante a fase de crescimento dopatógeno. Aplicação População do patógeno Equilíbrio (endêmico) Tempo
  14. 14. Os micoherbicidas não endêmicos precisam ser reaplicados,pois não estão no ambiente propício para sua sobrevivência. Aplicação AplicaçãoPopulação do patógeno População do patógeno Homeostase Tempo Tempo

×