Modernismo completo 2015

322 visualizações

Publicada em

.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
322
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modernismo completo 2015

  1. 1. Semana de Arte Moderna de 22 e Modernismo (Arte Moderna no Brasil) “Minha obra toda badala assim: Brasileiros, chegou a hora de realizar o Brasil.” Mário de Andrade
  2. 2. A Arte “Brasileira” antes do Modernismo Reflexo do olhar estrangeiro: Séc. XVII – Alberto Eckhout (Pintores de Nassau)
  3. 3. Arte “pobre”, feita por artesãos (e não por artistas); Séc. XVIII – Meste Ataíde (Estilo Barroco)
  4. 4. Idealização acadêmica (estrangeira) Séc. XIX – Charles Pradier (Missão Artística Francesa) Séc. XIX – Pedro Américo “A Carioca”
  5. 5. Rompimento com a Arte Acadêmica • http://www.itaucultural.org.br/modernismo/ 02.html
  6. 6. Antecedentes do Modernismo: * Volta de Oswald de Andrade da Europa (Futurismo) * Exposição do pintor expressionista Lasar Segall (1913) * Exposição da pintora Anita Malfatti (1917)
  7. 7. • http://www.itaucultural.org.br/modernismo/ 04.html • http://www.itaucultural.org.br/modernismo/ 05.html
  8. 8. Anita Malfatti (principal influência: expressionista)
  9. 9. Monteiro Lobato critica violentamente a exposição de Anita através do artigo: “Paranoia ou Mistificação” (“O Estado de São Paulo”)
  10. 10. “Lobato defendia um caminho próprio para a arte brasileira — e o ‘moderno’ era sinônimo de estrangeiro. Seu nacionalismo se voltava para o mundo rural paulista, representado por artistas como Almeida Júnior (1850-1899), mas a São Paulo que se projetava na jovem República era a cidade industrial, do progresso.” Fonte: http://oglobo.globo.com/infograficos/semana_arte_moderna/ ,acessado em 22/03/2012
  11. 11. Caipira picando fumo - 1893 óleo sobre tela - 70 x 50 cm Pinacoteca do Estado de São Paulo
  12. 12. O Violeiro - 1899 óleo sobre tela - 141 x 172 cm Pinacoteca do Estado de São Paulo
  13. 13. http://www.cecac.org.br/Artes_A lmeida_Jr.htm Obras de Almeida Júnior com legenda:
  14. 14. Para ler na íntegra o artigo “Paranoia ou Mistificação”: http://www.pitoresco.com.br/brasil/anita/lobato. htm
  15. 15. Grupo de jovens intelectuais decide fazer “A Semana” para “oficializar” a Arte Moderna no Brasil. (foi também uma atitude solidária à Anita)
  16. 16. “A Semana” ocorreria numa livraria na R. Líbero Badaró em outubro de 1921.
  17. 17. Aconteceu em fevereiro de 1922. (ano de comemoração do centenário da Independência do Brasil)
  18. 18. Além de oficializar a Arte Moderna no Brasil, os modernistas queriam criar e desenvolver uma arte que fosse verdadeiramente brasileira (sem COPIAR a arte europeia) (NACIONALISMO)
  19. 19. http://www.itaucultural.org.br/mo dernismo/06.html
  20. 20. A “nova arte” deveria expressar os elementos da cultura brasileira e não “apenas” reproduzir modelos europeus.
  21. 21. Portanto, a arte do modernismo deveria “devorar” a estética moderna (européia) e adaptá-la ao contexto nacional. (Manifesto Antropofágico) http://www.itaucultural.org.br/modernismo/07.html
  22. 22. A Semana de Arte Moderna de 1922 • Realizada no Teatro Municipal de São Paulo • Dias 13, 15 e 17 de fevereiro de 1922 • Cada noite foi reservada para uma (ou mais) abordagem(ns) artística(s).
  23. 23. Alguns dos principais integrantes da Semana: (literatura) * Oswald de Andrade * Mário de Andrade * Menotti del Picchia
  24. 24. (pintura) * Vicente do Rego Monteiro * Zina Aita * Anita Malfatti * Di Cavalcanti (escultura) * Vitor Brecheret
  25. 25. (música) Heitor Villa-Lobos Revistas: Klaxon Antropofagia
  26. 26. Di Cavalcanti (expressionista, fauvista e cubista)
  27. 27. Tarsila do Amaral (principal influência: cubista)
  28. 28. Fases: 1924 – “Pau-Brasil” 1928 – “Antropofagia”
  29. 29. Pau - Brasil
  30. 30. Antropo- fagia
  31. 31. Alguns dos principais artistas pós-22: * Portinari * Cícero Dias * Ismael Nery * Guignard *Bruno Giorgi
  32. 32. Grupos e núcleos pós-22: * Núcleo Bernardelli (RJ) * SPAM (SP) (Sociedade Pró-Arte Moderna) * CAM (SP) (Clube dos Artistas Modernos) * Grupo Santa Helena (SP)
  33. 33. Cândido Portinari “Retirantes” (década de 40 – constante influência expressionista: problemática social do Nordeste)
  34. 34. http://www.itaucultural.org.br/mo dernismo/06.html - http://oglobo.globo.com/infografi cos/semana_arte_moderna/ http://www.estadao.com.br/espec iais/semana-de-arte-moderna--- 90-anos,160718.htm Modernismo para ler, ver e ouvir:

×