As linguagens da arte

1.579 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.579
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
312
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As linguagens da arte

  1. 1. As linguagens da Arte
  2. 2.  Artes Cênicas  Música  Artes Visuais Linguagens Híbridas: Artes Audiovisuais (Cinema e Vídeo)
  3. 3. ARTES CÊNICAS (Teatro, Dança, Ópera e Circo)  O objeto artístico é o próprio espetáculo;  O espetáculo só existe no momento da apresentação;  A filmagem do espetáculo é apenas o registro dele;  Atores e bailarinos são parte integrante da obra de arte;
  4. 4. DANÇA  Varia conforme a cultura, o contexto histórico e os artistas que a desenvolvem;  Principal fundamento: movimento corporal como meio de expressão;  Pode ser imrpovisada ou coreografada;
  5. 5. DANÇA PRIMITIVA DANÇA MILENAR DANÇA MODERNA DANÇA CONTEMPORÂNEA
  6. 6. TEATRO  A narrativa teatral é dividida em cenas, as quais são compostas dos elementos básicos: - Espaço - Personagens - Ação  Geralmente, as histórias acontecem por meio de CONFLITOS, os quais podem ser internos ou externos.
  7. 7. PROFISSIONAIS DAS ARTES CÊNICAS DRAMATURGO ILUMINADOR DIRETOR MÚSICOS ROTEIRISTA SONOPLASTA COREÓGRAFO CENÓGRAFO ATORES FIGURINISTA BAILARINOS OU INTÉRPRETES MAQUIADOR
  8. 8. AFINAL, COMO SURGIU O TEATRO?
  9. 9.  O Teatro ocidental tem seus pilares na Grécia Antiga;  Atenas é considerada a terra natal do Teatro Ocidental;  Surgiu a partir de celebrações a Dionísio, deus do vinho, da vegetação, do êxtase e das metamorfoses;  Pouco a pouco, os rituais dionisíacos foram se modificando e se transformando em tragédias e comédias.  O teatro apresenta variados gêneros, sendo os mais comuns: comédia, tragedia, drama, musical, ópera, farsa e auto.
  10. 10. AFINAL, O QUE É TRAGÉDIA?  É uma forma de drama, que se caracteriza pela sua seriedade e dignidade, frequentemente envolvendo um conflito entre a vontade da personagem e algum poder de instância maior, como a lei, os deuses, o destino ou a sociedade.  A exemplo, a peça “Édipo rei”, de Sófocles e “O Justo”, de Nelson Rodrigues.  Primeiros escritores importantes: Ésquilo, Eurípedes e Sófocles.
  11. 11. COMÉDIA É SÓ O QUE FAZ RIR?!  É peça teatral que tem o propósito de provocar riso nos espectadores, tanto pelas situações cómicas, pela caracterização de tipos e de costumes, quanto pelo absurdo da história;  Deve ser, ao mesmo tempo, engraçada e crítica;  Baseia-se principalmente em conflitos sentimentais humanos, muitas vezes com um tema geral triste.
  12. 12. “A TRAGÉDIA É DIGNA DOS DEUSES E A COMÉDIA DIGNA DOS HOMENS”.
  13. 13. SENTA, QUE LÁ VEM COMÉDIA!  Deu a Louca em Romeu e Julieta
  14. 14. MÃOS À OBRA!
  15. 15. MÚSICA  É a arte de coordenar fenômenos acústicos para produzir efeitos estéticos;  É imaterial e temporal;  Apresenta diferentes graus de complexidade sonora;  É uma manifestação folclórica comum a todas as culturas.
  16. 16. SOM  Não prestamos atenção nos sons, mas sim no que eles apontam;  O cerébro separa os sons musicais dos não musicais;  Elementos básicos do som musical: MELODIA HARMONIARITMO
  17. 17. PARÂMETROS DO SOM  ALTURA: frequência do som, medida em hertz. - Pode ser grave ou agudo e isso é sempre relativo;  INTENSIDADE: quantidade de energia das ondas de som, medida também em decibel. - Pode ser forte ou fraco. Sons muito forte causam danos irreparáveis ao sistema auditivo. - Sons curtos até 100db não causam danos à saúde.  DURAÇÃO: tempo de cada som. É medido em segundos ou milissegundos - Pode ser longo ou curto.  TIMBRE: qualidade do som. Gera experiencias estéticas a partir da qualidade do som: som doce, som agitado, etc. - Os timbres vocálicos podem ser: soprano, mezzo soprano e contra alto; contra tenor, tenor, falsete e barítono.
  18. 18. ARTES VISUAIS  São as manifestações artísticas que envolvem o sentido da visão: pintura, desenho, escultura, gravura e fotografia;  Existem para comunicar ideias, registrar momentos, despertar interesse, gerar emoções.
  19. 19. ELEMENTOS BÁSICOS DA LINGUAGEM VISUAL
  20. 20. CORES PRIMÁRIAS E SECUNDÁRIAS
  21. 21. As DIMENSÕES TRADICIONAIS DO ESPAÇO  ALTURA  LARGURA 2D 3D  PROFUNDIDADE
  22. 22. BIDIMENSIONAIS  Desenhos, pinturas e fotografias
  23. 23. TRIMENSIONAIS  Esculturas
  24. 24. ILUSÃO TRIDIMENSIONAL
  25. 25. ORIGENS DAS ARTES VISUAIS  Artes visuais na Pré-História: (p.47) - Uso de técnicas 2D e 3D em pinturas; - Matéria-prima (paredes das cavernas); - Materiais de pintura: carvão, pó de óxido de ferro, etc; - Faziam pinturas e gravuras, principalmente de animais vistos como fundamentais à sobrevivência humana; - As pinturas podem representar uma forma de adoração a esses seres, como também parte de rituais para garantir a caça. - Representam vários animais que não existem mais: mamute e rinoceronte de grandes chifres, leão sem juba.
  26. 26. HOMEM-LEÃO  Sugere que: - as divindades poderiam assumir a forma de animais; - Os xamãs podiam buscar nos espíritos dos animais orientação e atributos como força, agilidade e coragem.  Escultura zoomorfa mais antiga conhecida.
  27. 27.  As esculturas eram feitas em osso ou pedra e as modelagens em argila que se transforma em cerâmica por meio da queima.  Com as ocupações permanentes, o uso de cerâmcias para criar objetos utilitários se disseminou em diversos lugares no mundo.
  28. 28. FOCO NA PRÁTICA (p.51)  Vale : 2,00  Ao fim, dê um nome à sua escultura e explique qual o sentido dela. - 1,50 (escultura) - 0,50 ( Sentido da escultura)
  29. 29. GRAFITE  Arte predominantemente urbana;  Os grafiteiros criam imagem que dialogam com o cotidiano urbano;  O que há em comum entre a arte rupestre e o grafite? Ambos dialogam com o cotidiano e a realidade das pessoas. Os grafiteiros e nossos ancestrais revelam sua expressão, sua visão do meio em que vivem.
  30. 30. GRAFITEIROS DETIDOS EM SP DEVEM RESPONDER POR CRIME AMBIENTAL  Leia o texto e responda as seguintes perguntas 1. No grupo de grafiteiros presos todos eram considerados anônimos? Justifique. 2. Segundo o texto, pichação e grafite são considerados atos de vandalismo: a) Para a lei? b) Para os gratifeiros presos? 3. O que os grafiteiros poderiam ter feito para impedir o flagrante? 4. O grafite e a pichação são vistos da mesma forma pela sociedade? Justifique com a fala de um dos acusados. 5. Se forem presos, qual a pena prevista para os grafiteiros? 6. Qual a diferença entre pichação e grafite? Por que um é considerado arte e o outro vandalismo?
  31. 31. Pichar x Grafitar  Pichação é o ato de desenhar, rabiscar, ou apenas sujar um patrimônio (público, privado) com uma lata de spray ou rolo de tinta.  Grafite tem preocupação com a ordem estética.  O piche tem como objetivo a demarcação de territórios entre grupos. No geral, consiste em fazer algo que para eles é uma arte e para a sociedade é o ato de vandalismo.  O grafite apareceu no final dos anos 60 em Paris e em 70 em Nova Iorque, como movimentos culturais das minorias excluídas da cidade.  Ambos são enquadrados no art. 65 da Lei de

×