PALESTRANTE:DOUGLAS XAVIER
-| Recrutamento por via das mídias digitais-| Uso de ferramentas tecnológicas e da WEB-| Plataformas digitais corporativas...
Você S/A diz: Qual é a sua dica de ourosobre marca pessoal?Arthur diz: Acredite, a reputação é vital para a carreira. Éda ...
“(...) as pessoas podemacumular capital dereputação e transformá-loem atenção. Cabe a cada umdescobrir como converterisso ...
“Não queria fazer um perfil no Twitter porque sabia que ficariaviciado. Mas um amigo insistiu e acabei cedendo. Na mesmaép...
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Mídias Digitais & o Profissional 2.0
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mídias Digitais & o Profissional 2.0

188 visualizações

Publicada em

Apresentação utilizada em palestra realizada no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) e também na Kronos Nexus, escola profissionalizante, ambos em 2011.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
188
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mídias Digitais & o Profissional 2.0

  1. 1. PALESTRANTE:DOUGLAS XAVIER
  2. 2. -| Recrutamento por via das mídias digitais-| Uso de ferramentas tecnológicas e da WEB-| Plataformas digitais corporativas-| Novos modelos de trabalho# Homeoffice# Anywhere office
  3. 3. Você S/A diz: Qual é a sua dica de ourosobre marca pessoal?Arthur diz: Acredite, a reputação é vital para a carreira. Éda reputação que vem a credibilidade, que nos faz serescolhidos ou não para uma promoção.Você S/A diz: Qual o peso da marca pessoal quando acarreira está estagnada ou à deriva?Arthur diz: Se estamos assim é porque não construímosvalores, e aí somos gerenciadores da sobrevivência. Essa éuma boa hora para pensar no reposicionamento da própriamarca, como fazem as empresas quando têm problemascom suas marcas.
  4. 4. “(...) as pessoas podemacumular capital dereputação e transformá-loem atenção. Cabe a cada umdescobrir como converterisso em dinheiro, se for odesejado (a maioria daspessoas não quer isso), mas,atualmente, a quantificaçãoda atenção e da reputação éum empreendimento global.Este é o mercado no qualtodos nós jogamos, cientesdisso ou não. A reputaçãojá foi intangível e agoraestá cada vem maisconcreta.” (grifos meus)(ANDERSON, Chris. Free – Ofuturo dos preços, 2009)
  5. 5. “Não queria fazer um perfil no Twitter porque sabia que ficariaviciado. Mas um amigo insistiu e acabei cedendo. Na mesmaépoca, me inscrevi no processo seletivo de estágio na TV GloboSão Paulo. Fui passando as fases até chegar a entrevista. Sempreusei o Twitter como algo muito pessoal, de brincadeira mesmo.Torço pelo Santos e também usava o Twitter para criticar o time.Coisa de torcedor. Escrevia comentários pesados. Quando oTiago Leifert foi me entrevista, trouxe duas frases polêmicas queeu tinha postado meses atrás. Uma delas dizia que o presidentedo Santos da época era ladrão e corrupto. Leifert me perguntouse eu, como jornalista, poderia afirmar aquelas coisas semprovas. Fiquei numa saia justa. Até tentei argumentar que otuíte sobre o Santos era algo pessoal. Mas ele rebateu dizendoque, se eu fosse jornalista de TV, seria uma figura pública epoderia ser alvo dessas indagações. Saí da entrevista sabendoque minhas chances de passar na seleção eram nulas.” (GustavoLongo, 23 anos, Jornalista)

×