1 
AA aavveennttuurraa ddooss llááppiiss ddee ccoorr 
História adaptada por: Juca
Era uma vez um estojo, que tinha dentro alguns lápis de cor… 
já eram poucos, pois todos os outros se tinham ido embora! 
...
Na verdade, há muito tempo que ninguém pegava neles, por 
isso estavam muito tristes e aborrecidos… 
3
Por isso, um dia, decidiram pôr-se a caminho até outro lugar, 
onde pudessem ser usados por alguém! 
4
5 
Encontraram um lápis de grafite, que também andava triste 
com o seu destino: ninguém escrevia, nem desenhava com 
ele!
6 
-Anda connosco! Verás que também encontras 
alguém que te use como deve ser!
7 
E assim foi, continuaram o caminho todos juntos até que 
encontraram uma casa: 
- Que estranho, uma casa tão fechada!
8 
Mas então aconteceu que… a casa abriu-se e falou: 
- Eu não sou uma casa, sou uma escola! 
E estou fechada porque as cr...
9 
- Porque nesta escola é tudo preto e branco! 
Não há cores e assim as crianças não gostam!
- Mas isso é muito fácil! Chamamos o Capitão Arco-íris e ele 
resolve logo o problema!!! 
10
O lápis de grafite começou por dar a sua ajuda, fazendo os 
contornos de diversos desenhos; 
11
12 
Logo de seguida chegou o Capitão Arco-íris, com o seu 
exército de cores! 
Sozinho não 
consigo, mas com 
este exércit...
13 
Então começou a chamar: primeiro o lápis amarelo, que 
pintou bem um castelo…
14 
Depois chegou o vermelho, que pôs o carro bem bonito!
15 
De seguida veio o lápis verde, que pintou uma casa…
Logo depois, foi a vez do azul, que tratou de colorir o 
comboio. 
16
Faltava ainda o cor-de-laranja que, todo contente, pintou 
um burrito… 
17
O lápis cor-de-rosa, bom… esse, como estava bem-disposto, 
coloriu um boneco muito engraçado! 
18
Quanto ao castanho, apesar de estar todo mordido, coisa 
que os lápis não gostam nada, ainda conseguiu pintar um 
cavalinh...
Agora a escola já nem parecia a mesma! Por todo o lado 
havia desenhos, muita cor e alegria!!! 
20
Ao verem tudo isto, as crianças começaram a ir à escola 
todos os dias! 
21
E faziam desenhos maravilhosos, que enfeitavam toda 
aquela escola! 
22
O lápis de grafite e os seus amigos lápis de cor estavam 
cansados, gastos, mas mais felizes do que nunca! 
23
24 
E foi assim que aprenderam que, trabalhando em 
conjunto, se consegue ter mais força para mudar o 
que está mal!
25 
E… vitória, vitória, acabou-se a história! 
FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A aventura dos lápis de cor

1.402 visualizações

Publicada em

...

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.402
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
843
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A aventura dos lápis de cor

  1. 1. 1 AA aavveennttuurraa ddooss llááppiiss ddee ccoorr História adaptada por: Juca
  2. 2. Era uma vez um estojo, que tinha dentro alguns lápis de cor… já eram poucos, pois todos os outros se tinham ido embora! 2
  3. 3. Na verdade, há muito tempo que ninguém pegava neles, por isso estavam muito tristes e aborrecidos… 3
  4. 4. Por isso, um dia, decidiram pôr-se a caminho até outro lugar, onde pudessem ser usados por alguém! 4
  5. 5. 5 Encontraram um lápis de grafite, que também andava triste com o seu destino: ninguém escrevia, nem desenhava com ele!
  6. 6. 6 -Anda connosco! Verás que também encontras alguém que te use como deve ser!
  7. 7. 7 E assim foi, continuaram o caminho todos juntos até que encontraram uma casa: - Que estranho, uma casa tão fechada!
  8. 8. 8 Mas então aconteceu que… a casa abriu-se e falou: - Eu não sou uma casa, sou uma escola! E estou fechada porque as crianças não aparecem por cá! As crianças não vêm à escola? Porquê?
  9. 9. 9 - Porque nesta escola é tudo preto e branco! Não há cores e assim as crianças não gostam!
  10. 10. - Mas isso é muito fácil! Chamamos o Capitão Arco-íris e ele resolve logo o problema!!! 10
  11. 11. O lápis de grafite começou por dar a sua ajuda, fazendo os contornos de diversos desenhos; 11
  12. 12. 12 Logo de seguida chegou o Capitão Arco-íris, com o seu exército de cores! Sozinho não consigo, mas com este exército de cores, tudo se resolverá!
  13. 13. 13 Então começou a chamar: primeiro o lápis amarelo, que pintou bem um castelo…
  14. 14. 14 Depois chegou o vermelho, que pôs o carro bem bonito!
  15. 15. 15 De seguida veio o lápis verde, que pintou uma casa…
  16. 16. Logo depois, foi a vez do azul, que tratou de colorir o comboio. 16
  17. 17. Faltava ainda o cor-de-laranja que, todo contente, pintou um burrito… 17
  18. 18. O lápis cor-de-rosa, bom… esse, como estava bem-disposto, coloriu um boneco muito engraçado! 18
  19. 19. Quanto ao castanho, apesar de estar todo mordido, coisa que os lápis não gostam nada, ainda conseguiu pintar um cavalinho de baloiço! 19
  20. 20. Agora a escola já nem parecia a mesma! Por todo o lado havia desenhos, muita cor e alegria!!! 20
  21. 21. Ao verem tudo isto, as crianças começaram a ir à escola todos os dias! 21
  22. 22. E faziam desenhos maravilhosos, que enfeitavam toda aquela escola! 22
  23. 23. O lápis de grafite e os seus amigos lápis de cor estavam cansados, gastos, mas mais felizes do que nunca! 23
  24. 24. 24 E foi assim que aprenderam que, trabalhando em conjunto, se consegue ter mais força para mudar o que está mal!
  25. 25. 25 E… vitória, vitória, acabou-se a história! FIM

×