Monitoramento da conduta etica

391 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
391
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Monitoramento da conduta etica

  1. 1. MONITORAMENTO DA CONDUTA ÉTICA Ms Karla Carioca
  2. 2. CONHECENDO O PROFESSORKarla Jeanny Falcão Carioca Mestre em Controladoria pela Universidade Federal do Ceará (UFC), com MBA em Gestão de Negócios de Energia Elétrica pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Professora universitária de Graduação e Pós-Graduação. Palestrante e Instrutora de cursos com enfoque em Contabilidade Internacional, Governança Corporativa e Controles Internos. Sócia-Diretora da Dominus Auditoria, Consultoria e Treinamentos. Possui 14 anos de experiência na área de contabilidade, sendo 9 anos de experiência em normas internacionais de contabilidade e controles internos. Ms Karla Carioca
  3. 3. CONDUTA ÉTICAA ética é condição fundamental para que a nossa profissãoadquira credibilidade socialA sociedade não percebendo a disposição dosprofissionais de contabilidade em proteger os valoreséticos não irá acreditar na profissãoO profissional contábil é quem constrói a sua própriavalorização, através de suas atitudes e valores Ms Karla Carioca
  4. 4. CONDUTA ÉTICAAgir corretamente implica em pensar eticamente antes detomar as decisõesPrecisamos refletir sobre o nosso papel diante dasquestões de valores moraisUma base ética é necessária para limitar a falha humanaque estamos sujeitos, principalmente no mundo dosnegócios que fazemos parte Ms Karla Carioca
  5. 5. CONDUTA ÉTICAPrecisamos compreender que a ética é o caminho para ocrescimento da nossa profissão, pois a mesma é de sumaimportância para exercermos uma cidadania plenaSejamos éticos nas nossas relações sociais eindispensáveis para a sociedadeA ética não é algo abstrato ou apenas acadêmico, masuma das maneiras de ajudar a preservação não só dasprofissões como da sociedade Ms Karla Carioca
  6. 6. POSSÍVEIS INFRAÇÕES QUE PODERÃO SER COMETIDAS POR PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE 1- Angariar clientes por meio de agenciador Utilizar-se de terceiros para obter novos clientes, oferecendo-lhe percentuais ou outros meios como forma de pagamento por cliente 2- Inexecução dos serviços contábeis para os quais foi expressamente contratado Deixar de executar os serviços contábeis contratados pelo cliente e em desobediência à Legislação e às Normas Brasileiras de Contabilidade Ms Karla Carioca
  7. 7. POSSÍVEIS INFRAÇÕES QUE PODERÃO SER COMETIDAS POR PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE 3- Inexecução de serviços contábeis obrigatórios Não executar os serviços de acordo com os princípios contábeis, sendo-os obrigatórios e resguardando ao seu cliente a situação econômico-financeira de sua empresa, por meio dos lançamentos e das Demonstrações Contábeis 4- Adulteração ou manipulação fraudulenta na escrita ou em documentos, com o fim de favorecer a si mesmo ou a clientes Trabalhar de forma inidônea para seu cliente ou com os órgãos públicos no recolhimento de impostos, deixando de conservar a boa-fé e a confiabilidade depositadas pelo empresário Ms Karla Carioca
  8. 8. POSSÍVEIS INFRAÇÕES QUE PODERÃO SER COMETIDAS POR PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE 5- Apropriação indébita Apropriar-se de valores confiados pelos clientes para recolhimento de impostos devidos pelas empresas aos cofres públicos 6- Incapacidade técnica Contratar serviços contábeis para o qual não esteja, absolutamente, capaz de executá-los, vindo, desta forma, a colocar em risco o Patrimônio da empresa pelas más execuções dos serviços e a denegrir a imagem de uma categoria Ms Karla Carioca
  9. 9. POSSÍVEIS INFRAÇÕES QUE PODERÃO SER COMETIDAS POR PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE 7- Incapacidade técnica em virtude de erros reiterados Persistir nos erros durante a execução dos trabalhos, sabendo que não está capacitado para a execução dos mesmos em que o cliente depositou tal confiança 8- Aviltamento de honorários Ocorre quando um profissional oferece seus serviços por preço bem inferior ao ofertado pelos demais profissionais atuantes no seu mercado específico. Deve ser levado em consideração o tipo de atividade desenvolvida pelo cliente “disputado”, como também a região em que deverá ser prestado o serviço Ms Karla Carioca
  10. 10. POSSÍVEIS INFRAÇÕES QUE PODERÃO SER COMETIDAS POR PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE 9- Anúncio que resulte na diminuição de colega ou de organização contábil Publicar de forma imoderada os trabalhos desenvolvidos nos meios de circulação, menosprezando os trabalhos executados pelos colegas daquela região 10- Retenção abusiva, danificação ou extravio de livros ou documentos contábeis, comprovadamente, entregue aos cuidados do contabilista Reter, abusivamente, documentos quando da troca de profissional por parte do cliente, extraviar ou danificá-los, quando os mesmos foram deixados em confiança sob responsabilidade do profissional no decorrer da prestação dos serviços Ms Karla Carioca
  11. 11. POSSÍVEIS INFRAÇÕES QUE PODERÃO SER COMETIDAS POR PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE 11- Concorrência desleal Pode ser caracterizada pela propaganda desabonadora que um profissional faça de outro colega. Poderá ocorrer na oferta de serviços de forma promocional, como, por exemplo: “seja nosso cliente e ganhe 3 meses de horários de graça”. Importante observar que, neste caso, o profissional ou a empresa de contabilidade pode até estar cobrando honorários superiores àqueles dos outros colegas, porém, por tratar-se de uma “oferta”, certamente, cativará clientes em detrimento dos demais. A concorrência desleal pode ser caracterizada também como propagandas enganosas, como, por exemplo: “seja nosso cliente e não pague imposto de renda” Ms Karla Carioca
  12. 12. DÚVIDAS?PERGUNTAS? Ms Karla Carioca
  13. 13. REFERÊNCIASPASSOS, E. Ética nas Organizações. São Paulo: Atlas,2004SÁ, A.L. Ética Profissional. São Paulo: Atlas, 2012FORTES, J.C. Manual do Contabilista. São Paulo:Saraiva, 2010Conselho Regional de Contabilidade – Cearádisponível em www.crc-ce.rg.brConselho Federal de Contabilidade – disponível emwww.cfc.org.br Ms Karla Carioca
  14. 14. karlacarioca@dominusauditoria.com.br (85) 3224-6393

×