Comunicação como processo

607 visualizações

Publicada em

Comunicação como processo

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
607
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunicação como processo

  1. 1. Vamos especular a respeito da realidade? • Que é Comunicação? • 20 min. para formular um conceito.
  2. 2. CONCEITO DE COMUNICAÇÃO “A comunicação é uma das formas pelas quais os homens se relacionam entre si. É a forma de interação humana realizada através do uso de signos” (BORDENAVE, 1983, p. 12).
  3. 3. CONCEITO DE COMUNICAÇÃO Comunicação e contexto “Como qualquer outro elemento que integra a sociedade, a comunicação somente tem sentido e significado em termos das relações sociais que a originam, nas quais ela se integra e sobre as quais influi. Quer dizer que a comunicação que se dá entre as pessoas manifesta a relação social que existe entre essas mesmas pessoas. Neste sentido, os meios de comunicação devem ser considerados, não como meios de informação, mas como intermediários técnicos nas relações sociais” (RAMOS apud BORDERNAVE, 1983).
  4. 4. CONCEITO DE COMUNICAÇÃO Comunicação como um processo “Por comunicação – dizem os sociólogos Loomis e Beagle – entendemos o processo pelo qual informação, decisões e diretivas circulam em um sistema social, e as formas em que o conhecimento, as opiniões e as atitudes são formadas ou modificadas” (BORDENAVE, 1983, p. 16)
  5. 5. PROCESSO DA COMUNICAÇÃO Modelo mínimo – interação interpessoal A - B 1o passo: Percepção Dinâmica mental em função do repertório
  6. 6. PROCESSO DA COMUNICAÇÃO Percepção Interpretação Significado atribuído ao percebido Interpretação mútua A - B Percepção, decodificação, interpretação Estereótipos Novos significados
  7. 7. RESULTADO DO PROCESSO Diálogo Comunhão Convergência Divergência
  8. 8. AS INTENÇÕES EM COMUNICAÇÃO “Na comunicação há sempre uma intenção básica: como fonte codificadora, certamente a pessoa espera que o receptor selecione sua mensagem, a compreenda, a aceite e, finalmente, a aplique. O receptor decodificador, por sua vez, também tem uma intenção básica: deseja selecionar o que é importante para ele, entender, avaliar para decidir se aceita ou não, e aplicar o que achar válido na mensagem” (BORDENAVE, 1983, p. 20).
  9. 9. CODIFICAÇÃO – DECODIFICAÇÃO - COMPORTAMENTO Codificação – Emissor / Decodificação – Receptor “Dizíamos que os novos significados induzidos pelas mensagens entram em interação com os significados originais. É desta interação que dependem os efeitos da mensagem sobre o repertório global da pessoa: seus conhecimentos, crenças, valores, atitudes. Destes efeitos internos vai depender, por sua vez, a resposta externa que a pessoa eventualmente vai expressar na forma de COMPORTAMENTO” (BODERNAVE, 1983, p. 22).
  10. 10. COMUNICAÇÃO É TUDO Além do discurso, a paralinguagem Cacoetes, vícios de linguagem Silêncio A comunicação não verbal Tom da mensagem
  11. 11. PRÓXIMA AULA… As funções da comunicação O mundo dos signos

×