Gestalt

17.772 visualizações

Publicada em

por Débora Ramos

Publicada em: Tecnologia, Educação
2 comentários
19 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.772
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
301
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
990
Comentários
2
Gostaram
19
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestalt

  1. 1. Débora Ramos 20/07/09
  2. 2. Em alemão, “forma”, “figura”. Chamada de “boa forma” pelos designers. Escola de pensamento (séc.XX): Wertheimer Kohler Koffka. Mente humana + estímulos visuais: PERCEPÇÃO
  3. 3. Algumas formas agradam mais que outras. Padrões de reconhecimento: organizar o caos. Base: “O todo é mais do que a soma das partes.”
  4. 4. Consumidor: saturação de clareza e informação organização Layout > texto + imagem mensagem= experiência completa
  5. 5. existem regras? Proporção Áurea: 1,618 Regra dos terços
  6. 6. unidades segregação unificação fechamento (clausura) figura/fundo continuidade proximidade semelhança pregnância da forma
  7. 7. Unidades Um elemento se encerra nele mesmo. Pode ainda ter vários elementos que são percebidos como um todo.
  8. 8. Segregação Desigualdade de estimulação Gera hierarquia: importância e ordem de leitura.
  9. 9. Separação de unidades de um todo por forma, dimensão e posição: mudança de fonte variações: itálico, bold,etc corpo de fonte alinhamento cores
  10. 10. Harmonia, equilíbrio visual e coerência formal: igualdade de estímulos produzidos. Proximidade e semelhança. Padrão: facilidade de leitura.
  11. 11. Fechamento Formas interrompidas: Preenchimento visual de lacunas
  12. 12. Logomarcas.
  13. 13. Forma Fechada: Forma aBerta: completa, estável dinamismo, atração, e gera passividade envolvimento ativo e tédio, ainda que equilibrada
  14. 14. Formas abertas = Limite externo < imagem Sugere continuação, guia o olhar e gera dinamismo. recorte altera escala da imagem: efeito de sentido, ênfase.
  15. 15. Enquadramento: L.
  16. 16. FiguraFundo
  17. 17. “ A forma de um objeto não é mais importante que a forma do espaço em torno dele. Todas as coisas resultam da interação com outras coisas. ” Malcolm Grear.
  18. 18. Figura (forma): sempre vista em relação ao que a rodeia (fundo) Separação do fundo: ContraSte. Fundo: passivo x ativo Contraste entre forma contra-forma: tensão entre espaços positivos e negativos. ambiguidades
  19. 19. Layout: equilíbrio entre moldura e espaço interno Livros: distribuição do espaço afeta o ritmo de leitura. www.belladesoto.us
  20. 20. traBalhando o espaço negativo: m.c. escher ilusões de óptica Mosaicos árabes: figuras entrelaçadas, repetição, padrões geométricos. Organização: espaço positivo e negativo com igual importância. Juntos, adquirem um significado maior.
  21. 21. Continuidade Impressão de sucessão: elementos acompanham outros sem quebras ou interrupções na sua trajetória visual. Mantém o movimento para uma direção: pontos, linhas, planos, cores, etc.
  22. 22. “boa continuidade”: alcançar a melhor forma, que é mais estável estruturalmente. círculo, as esferas e variantes: fluidas, sem interrupção no olhar. formas orgânicas: boa continuidade, suavidade visual, usadas na concepção de produtos (design e arquitetura).
  23. 23. Proximidade Elementos próximos tendem a ser agrupados visualmente: unidade dentro do todo. Cor: retículas, Pontilhismo Tamanho, direção e localização: tipografia
  24. 24. VIU?
  25. 25. Elementos da mesma cor e forma tendem a ser agrupados e a constituir unidades. Estímulos mais semelhantes e próximos: maior tendência a serem agrupados.
  26. 26. Pregnância da forma Lei básica da percepção da Gestalt: simplicidade. Tendência à harmonia e ao equilíbrio visual Capacidade de reconhecer formas.
  27. 27. alta pregnância Tende a estrutura mais simples, equilibrada, homogênea e regular. Possui o máximo de unificação, clareza formal e de simplificação na organização de suas partes.
  28. 28. “menos é mais” Mensagem simples= fácil compreensão e rápida leitura pelo público. Complexidade: compromete a leitura e interesse, ultrapassa os “3 segundos”. adequação Dependendo do conceito, complexidade pode ser uma opção. Evite excesso de informação: reduzir ruído, manter a clareza e integriadde da mensagem. Keep it simple ;)
  29. 29. TIPO COMO FORMA “Procure manipular as áreas positivas e negativas ao ajustar a escala das imagens e da tipografia. “
  30. 30. “ Olhe para as formas que cada elemento produz e veja como seus contornos delimitam um vazio que é igualmente atraente.”
  31. 31. NÃO TEM JOB!

×