Mensuração de impacto e resultado de ações no Twitter @ Twitter Summit 2014

230 visualizações

Publicada em

Mensuração de impacto e resultado de ações no Twitter: o que realmente importa medir?

Apresentação feita no Twitter Summit 2014, em São Paulo, com intenção de levantar questionamentos sobre planejamento e métricas na rede social.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
230
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mensuração de impacto e resultado de ações no Twitter @ Twitter Summit 2014

  1. 1. FACULDADE CÁSPER LÍBERO 25 DE OUTUBRO DE 2014 MENSURAÇÃO DE IMPACTO E RESULTADO DE AÇÕES NO TWITTER. O QUE REALMENTE IMPORTA MEDIR?
  2. 2. BRIEFING @mediaeducation_ Media Education @doelio O que é realmente importante medir no Twitter? Existe alguma métrica relevante, que geralmente é deixada de lado pelos profissionais?
  3. 3. BRIEFING @mediaeducation_ Media Education @doelio O que é realmente importante medir no Twitter? Existe alguma métrica relevante, que geralmente é deixada de lado pelos profissionais? @mediaeducation_ Depende. ¯_(ツ)_/¯ @doelio Doélio Bérgamo
  4. 4. WHAT’S THE POINT? CONSIDERATION LOYALTY AWARENESS ADVOCACY SALES © Digital Tonto 2013
  5. 5. WHAT’S THE POINT? your CONSIDERATION LOYALTY AWARENESS ADVOCACY SALES © Digital Tonto 2013
  6. 6. Definidos os objetivos de negócio e de comunicação, desenhamos a estratégia para atendê-los, definimos as métricas a serem analisadas e o que seriam indicadores de sucesso, e então partimos pro tático e a mensuração, de fato. WHAT’S THE POINT? your CONSIDERATION LOYALTY AWARENESS ADVOCACY SALES © Digital Tonto 2013
  7. 7. Definidos os objetivos de negócio e de comunicação, desenhamos a estratégia para atendê-los, definimos as métricas a serem analisadas e o que seriam indicadores de sucesso, e então partimos pro tático e a mensuração, de fato. WHAT’S THE POINT? your CONSIDERATION LOYALTY AWARENESS ADVOCACY SALES © Digital Tonto 2013 Campanha ou always on, o caminho é o mesmo. E sem ter essa clareza, temos um problema: ”nenhuma métrica é favorável para quem não sabe o que quer medir”.
  8. 8. CASE STUDY: COCA-COLA http://www.youtube.com/watch?v=qLc3JWhdThY
  9. 9. O acompanhamento em real-time foi essencial para entender o comportamento dos usuários no Twitter durante o evento, como reagiam a cada tipo conteúdo, e decidir quais seriam os próximos passos para maximizar os resultados e atingir nosso objetivo inicial. Tínhamos muita coisa planejada, com base em pesquisas, dados históricos e algumas previsões. Mas visualizar o macro e medir os primeiros dias e testes é que permitiram apostar em novas abordagens de conteúdo e mídia. CASE STUDY: COCA-COLA
  10. 10. CASE STUDY: COCA-COLA Periodo: COPA DO MUNDO
  11. 11. Temos um range enorme de métricas dentro das possibilidades de Owned, Paid e Earned Media – e que, para realmente servirem à empresa, precisam corresponder aos objetivos traçado na estratégia de atuação da empresa na rede. TWITTER 4 BUSINESS SOME POSSIBLE GOALS SOME POSSIBLE METRICS Follower count, Mentions, Favorites, Retweets, Engagements, Impressions, Video view, Sentiment , Tweets per minute, CPE, etc
  12. 12. GOD IS DEAD. QUE MORTE HORRIVEL...
  13. 13. GOD IS DEAD. QUE MORTE HORRIVEL... GUT
  14. 14. GOD IS DEAD. QUE MORTE HORRIVEL... GUT @lisaarthur Lisa Arthur Five Years From Now, CMOs Will Spend More on IT Than CIOs Do
  15. 15. NOVO PANORAMA @Forbes Forbes The Future Of Marketing Combines Big Data With Human Intuition
  16. 16. NOVO PANORAMA NOVO PROFISSIONAL
  17. 17. NOVO PANORAMA NOVO PROFISSIONAL Visibilidade do todo e acompanhamento
  18. 18. NOVO PANORAMA NOVO PROFISSIONAL Visibilidade do todo e acompanhamento Capacidade de adaptação
  19. 19. NOVO PANORAMA NOVO PROFISSIONAL Visibilidade do todo e acompanhamento Capacidade de adaptação Coragem e vontade de experimentar
  20. 20. T H I S !!!!1!! MAN SHOULDN’T BE THE SERVANT OF KNOWLEDGE, KNOWLEDGE SHOULD BE THE SERVANT OF MAN.
  21. 21. T H I S !!!!1!! MAN SHOULDN’T BE THE SERVANT OF KNOWLEDGE, KNOWLEDGE SHOULD BE THE SERVANT OF MAN. DATA, DATA
  22. 22. OBRIGADO. =] @doelio

×