Um novo PÚBLICO – Janeiro 2007

1.012 visualizações

Publicada em

O diário português “Público” renovou-se e explica as mudanças aos leitores.

Visite outros sítios de Dinis Manuel Alves em www.mediatico.com.pt ,
www.youtube.com/mediapolisxxi, www.youtube.com/fotographarte, www.youtube.com/tiremmedestefilme, www.youtube.com/discover747 ,
http://www.youtube.com/camarafixa, , http://videos.sapo.pt/lapisazul/playview/2 e em www.mogulus.com/otalcanal

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.012
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Um novo PÚBLICO – Janeiro 2007

  1. 1. Um Novo Um Novo Novidades 2007 Janeiro 2007
  2. 2. Um Novo A Liderança
  3. 3. Um Novo A Liderança do PÚBLICO Marca com mais Líder dos jornais Terceiro jornal Superior aos valor no mercado diários de referência nacional em circulação gratuitos e (Superbrands 2006, INMA, líder nas classes A/B e paga e audiência média. económicos nos Meios & Publicidade, etc.) segundo no target A/B/C1. segmentos de leitores que interessam (Quadros Médios e Superiores, A/B, 25-45 anos) Público JN CM 42,6% 116 39,9% 34,4% 97,1 29,9% 31,9% 19,5% 11,4 47,5 9,8 5,1 A/B A/B /C1 Fonte: Marktest Bareme 2ª Vaga 2006, APCT Circulação média 1º Sem 2006
  4. 4. Um Novo O Único Jornal Diário verdadeiramente Nacional GR. LISBOA GR. PORTO LIT. NORTE LIT. CENTRO INT. NORTE SUL PÚBLICO 23.1 20 21.9 8.6 17 9.3 JN 2 34.7 33.4 2.4 27.1 0.5 CM 35.1 1 4.4 28.8 10.5 20.2 24 HORAS 21.5 11.6 21 16.4 18.6 10.9 DN 36.1 4.3 13.7 18.1 14.8 13.1 J.NEG. 31.7 15.1 17 4.9 21.7 9.6 D.ECON 35.7 13.5 15 15 11.2 9.6 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Fonte: Marktest Bareme 2ª Vaga 2006
  5. 5. Um Novo Melhor que os Gratuitos Público superioriza-se aos gratuitos em audiência nos decisores e nas classes mais elevadas (QMS e classes A/B) Gratuitos nacionais sem a capacidade de atracção de leitores jovens apresentada por congéneres internacionais Gratuitos são um investimento “de moda”, sem números que sustentem esta opção. PÚBLICO METRO DESTAK 5.4 FEM. 5.6 3.7 6.8 MASC. 6.5 6.7 15.7 25 - 44 15.8 13.4 19 A+B 23.4 34.4 5.9 QMS 12.8 20 5.9 AUD. TOT. 6 5.1 0 5 10 15 20 25 30 35 40 Fonte: Marktest Bareme 2ª Vaga 2006
  6. 6. Um Novo Melhor que os Económicos Público superioriza-se em audiência aos Económicos, em todas as variáveis socio-económicas relevantes, (QMS, A/B, 25-54 anos), em ambos os sexos mas com especial ênfase no sexo feminino e em em todas as regiões. FEM. 0.5 0.6 PÚBLICO D.ECON J.NEG 3.7 3.3 MASC. 2.4 6.7 SUL 1.6 1.2 4.2 1 INT.NORTE. 1.4 3.9 LIT.CENTRO. 0.4 1.7 2.7 1.5 LIT.NORTE 1.2 5.8 GR.PORTO 1.9 2.3 9.4 GR.LISBOA 2.2 3.4 6 5.4 25 -54 6.8 19 A+B 9 13.1 34.4 6.6 QMS 8.8 20 0 5 10 15 20 25 30 35 40 Fonte: Marktest Bareme 2ª Vaga 2006
  7. 7. Um Novo Liderança do PÚBLICO Site O PUBLICO.PT é o site de informação generalista líder em Portugal: Líder na INOVAÇÃO, Líder em UTILIZADORES através do lançamento regular únicos, sendo o site de de serviços e funcionalidades informação com maior inovadores (Público Digital, audiência (475k leitores, Público Plus, etc.). dados Marktest Netpanel, acesso residencial). Líder RECONHECIDO. Cada vez mais o Site premiado com PREFERIDO. O PUBLICO.PT regularidade por leitores, registou um crescimento de 55% no investimento 12 ANOS de Liderança sustentada. anunciantes e pares (num publicitário online, durante Primeiro site nacional de informação total de 5 prémios nacionais e generalista online (1995). 9 internacionais desde 1995). 2006.
  8. 8. Um Novo Liderança do PÚBLICO Produtos Associados Colecções 2002/2006 (1º Semestre)
  9. 9. Um Novo Perfil do Leitor PÚBLICO O PÚBLICO tem o leitor que interessa: um leitor mais urbano, mais novo, mais culto e com mais tempo de leitura. Maior poder Maior grau Maior gasto em Perfil dos Leitores de compra de literacia Cultura, CDs, DVDs do PÚBLICO vs. restantes diários 46% 27% 64% 14% 8% 70% JN 48.7% DN 44.9% 24% 36% 46% 6% 47% DN 39.8% JN 23.7% 56.5% 40% 24% DN 65.5% 24H 51.9% 83.2% 41% 37.6% 20% 62.4% DN 22.5% JN 14.6% 37% Fonte: PRM 2004 e Marktest Bareme 2ª Vaga 2006
  10. 10. Um Novo As Novidades
  11. 11. Um Novo Objectivos Reforço nos Quadros Médios e Superiores. Reforçar a liderança já afirmada face aos económicos, gratuitos e restantes generalistas. Reforço no leitor A/B e C1 urbano, 25-45 anos. O PÚBLICO já lidera o target (20,9%) entre os diários, sendo apenas ultrapassado pelo Expresso com 27%. Reforço entre Mulheres A/B. O PÚBLICO já lidera o target (12,8%) entre os diários, sendo apenas ultrapassado pelo Expresso com 19%.
  12. 12. Um Novo Objectivos RENOVAÇÃO do PÚBLICO Um PÚBLICO NOVO! rasga com o Status Quo! Objectivos: Seleccionando através de: Com interligação: Facilitar a leitura Informação Papel Permitir Múltiplos Opinião Online tempos de leitura Recomendação Plataformas móveis
  13. 13. Um Novo Âncoras do Novo Público 1. Dois Cadernos diários PÚBLICO & P2 PÚBLICO P2 Mínimo de 40 Páginas Mínimo de 24 Páginas
  14. 14. Um Novo Âncoras do Novo Público 2. Tratamento Diferenciado Semana vs. Fim-de-Semana alargado De 2ª a 5ª De 6ª a Domingo
  15. 15. Um Novo Âncoras do Novo Público 3. Nova Segmentação de Cadernos e Revistas Sexta Público Economia Ípsilon Inimigo Público Sábado Fugas Público Digital Guia TV Domingo Pública
  16. 16. Um Novo Âncoras do Novo Público 4. Uma Nova Abordagem Gráfica Cor Integral Nova Impressão Um novo grafismo, facilitador da leitura
  17. 17. Um Novo Âncoras do Novo Público 5. Integração Digital Integração total Online e Offline Coerência entre Papel e Online Um Público mais próximo do leitor: (conteúdos mobile)

×