O Despertar – 8100 – 4.01.2002

2.058 visualizações

Publicada em

Versão integral da edição n.º 8100 do bi-semanário “O Despertar”, que se publica em Coimbra. Ao tempo dirigido por Artur Almeida e Sousa. Jornal fundado em 1917. 4.01.2002.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.058
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Despertar – 8100 – 4.01.2002

  1. 1. COBRIAGEM – NIQUELAGEM CROMAGEM – PRATEAGEM ZINCAGEM – SERRALHARIA CIVIL SOLDADURAS A ELECTROGÉNEO E AUTOGÉNEO – ALUMÍNIO anos 36 E FERRO DESEMPENO DE JANTES CROMAGEM Rua Pedro Roxa, 27 a 31 de AVENIDA, LDA. Director: Artur Almeida e Sousa FUNDADO EM 1917 3000-330 COIMBRA Tel. 239 822 216 - Fax 239 838 141 serviço INSTALAÇÕES PRÓPRIAS: Email: despertar@netc.pt BI-SEMANÁRIO REPUBLICANO INDEPENDENTE RELVINHA PORTE Telef. e Fax: 239 825 294 PAGO 3020 COIMBRA Sexta feira • 4 de Janeiro de 2002 • Ano 84 • N.º 8100 – 100$00 - 0,5 1964-2000 Hoje Novos presidentes tomam posse Nas câmaras municipais de Oliveira do Hospital (15 horas), Penacova (16 horas), Góis (17 horas) e Arganil (18.30 horas) tomam posse hoje os novos executivos camarários eleitos nas eleições autárquicas de 16 de Dezembro. Orquestra Russa actua no TAGV A Delegação do Inatel de Coimbra inicia hoje, pelas 21.45 horas, as actividades do ano de 2002, com a apresentação, no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), da Osquestra “Silver Strings” de S. Petersburgo. Com este espectáculo o TAGV dá as boas vindas ao ano 2002. Integrar assina protocolo A Associação Integrar assina hoje, pelas 19 horas, um protocolo de colaboração com a “Gel Casa” e, paralelamente, tomam posse os elementos que constituem a comissão executiva do Centro de Acolhimento e Inserção Social, um dos serviços da Integrar, a funcionar na Rua do Brasil, em Coimbra, e que tem como finalidade servir de resposta a todos aqueles que se encontram sem apoio familiar de retaguarda ou “sem abrigo”. Nelo Cunha expõe no IPJ Nos primeiros dias da nova moeda Está patente, até 14 de Janeiro, no átrio de exposições da Delegação Regional de Coimbra do Instituto Português da Juventude, uma exposição de pintura do artista pástico Nelo Escudo impõe-se ao Euro Última página Cunha. Nascido em Aveiro, Nelo Cunha licenciou-se em Belas Artes, é colaborador de agências publicitárias nas áreas de design e maquetismo e monitor de artes plásticas no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro. A sua obra “OBERION” foi publicada na revista Belart-Bellas Artes, tendo sido galardoada com o primeiro prémio. Professores querem reunião com “O Par do Ano” na Lousã No Cine-Teatro da Lousã estreia hoje um dos novos autarcas filmes mais esperados do panorama Página 5 cinematográfico. “O Par do Ano”, para maiores de 12 anos, é o título da película que pode ser vista hoje à noite neste Cine-Teatro. Rodoviária vive Amanhã situação financeira Carlos Encarnação Serviços de Saúde Câmaras mudam de mãos As câmaras municipais da Figueira da Foz e de difícil empossado dia 15 analisados a “pente fino” Montemor-o-Velho mudam amanhã de mãos. Página 5 Os presidentes eleitos nas eleições autárquicas Página 5 Página 8 de Dezembro tomam posse amanhã. MARCO DE INCÊNDIO “SOMEPAL” VÁLVULA DE CUNHA ELÁSTICA Estanquicidade a 500 mm abaixo da linha de solo Construção segundo Normas Europeias Ensaiado por diversas corporações de bombeiros Ferro Fundido Dúctil GGG50 Sede: Apartado 467 - Coselhas - Tel. 239 490 100 - Fax. 239 490 198 / 99 e organismos oficiais 3001-906 Coimbra Pintura Époxica Fabricado segundo normas europeias Filial: Apartado 4 – R. de Aveiro 50 - Tel. 231 949 261 - Fax 231 949 292
  2. 2. opinião 2 16 artes & artistas A Capela de Mucela e o seu Padroeiro Colectiva de pintura na Galeria Santa Clara Rosa Campos Continuação Manuel Bontempo personalidade. José Berardo dizem tudo de um grande Alguns Historiadores, como Mário Nunes, têm investigado e Há como uma descoberta da artista e de um homem humanista que estudado a vida e obra deste Santo, dando origem a trabalhos É sempre espinhoso fazer um conceito beleza e de ânimo aos artistas, que tem honra a cultura de Coimbra. publicados que fazem parte da nossa riqueza cultural. crítico duma exposição colectiva tanto vindo a esta galeria de várias partes do Imagens de Santo António em gesso, que nas minhas horas de são os artistas, os rumos, as tendências, país, em que a arte constitui o único repousante silêncio, vou pintando, dando-lhes cor e vida, são também as linhas e os volumes, que se objectivo. Pintura na particulas do meu senso de beleza. desencontram e também se encontram Gostámos do que vimos. Sabe-se que em 30 de Maio de 1233, menos de dois anos depois por empatia ou pela especificidade da Arte Galeria-Estúdio da sua morte, foi canonizado pelo Papa Gregório IX, seu amigo pessoal. própria arte. Foi um dos mais rápidos processos de canonização da história da igreja. Na galeria Santa Clara, da outra Pinho Dinis Nesta conceituada galeria estiveram A explosão do culto do Santo deu-se, em Portugal, entre os Margem, estão os escultores António presentes obras de De Mar. Helena séculos XV e XVI. Bouça e Artur Varela, discursivos e homenageado Toscano, Francisco Matias, Margarida Doutor da igreja, criou-se em torno dele uma forte devoção interessantes nas formas e os pintores Tenreiro, Schussler, Valdemar Peixoto, popular, fazendo mais tarde parte do que se convencionou chamar em João Viola, Lúcia Maia, Manuel Um grupo de amigos e, sobretudo, de Susan Harrison e Alberto Nunes, numa Portugal os “ Santos Populares”- ao lado de São João Batista e São Oliveira, Nuno Fonseca e Rosa Ubeda, admiradores do decano dos pintores de curiosa colectiva de formas, de gostos, Pedro. A devoção espalhou-se mais tarde pelo Brasil onde, como em num válido processo de conhecimento Coimbra homenageou este artista de vocações diferentes, ou escolas Portugal, é “Santo casamenteiro” e padroeiro da fartura. e transmissão estética. versátil e que projectou com verti- díspares, enfim oito pintores que não O povo elegeu-o pela crença nos milagres que lhe atribuíram. Neste breve apontamento temos calidade a sua personalidade, a sua morrem antes do tempo e surgem O Santo, também protector dos leiteiros e dos marinheiros e o fim somente de salientar o papel pintura, que se casam admiravelmente, sempre que haja oportunidade ou, o das moças casadoiras. Foi eleito patrono de Lisboa. cultural desta galeria que usa um pois não se pode dissociar a indi- que é melhor, com trabalhos originais, Há quem diga que o facto de ter nascido a 24 de Junho é razão cientismo pinturial cujos resultados são vidualidade e a obra. frescos, dando a impressão do aparente para justificar os festejos em honra de quem é chamado o “ a bem dizer a arte pela arte, a cultura Podemos dizer com rigor que a incessante trabalho que os caracteriza. Apóstolo do amor”. viva, numa franca exposição de ideias. pintura de Pinho Dinis, é o seu espírito A cidade não pára neste aspecto Alguns etnólogos e antropólogos relacionam os festejos deste E esta exposição trouxe-nos à humanista, a sua linguagem, o cons- e é ver o sucedâneo de colectivas mas mês de Junho com cerimónias mais antigas, muito antes do advento mente as grandes colectivas de Lisboa tante reencontro criativo, a sua louvamos ainda mais as individuais do cristianismo, quando os povos festejavam o solstício de verão. Tudo dos anos 70 onde se evidenciaram insatisfação, o estudioso de formas e pela coragem, pelo esforço, pelo começava com a primavera. nomes como Bual, Carlos Botelho, conteúdos, a sua própria alma que é reforço da personalidade. O dia de Santo António, ainda hoje é festejado, um pouco por Relógio e outros numa sequência filosofia irredutível da forma sui Aqui nesta galeria o espectador todo o país e em especial em Lisboa. No dia 13 de Junho de cada ano, lógica da cultura que se vive nos meios generis de estar na vida, na cultura fica entusiasmado pelo que está destacam-se as célebres marchas de Santo António. lisboetas, as suas tertúlias, que incluiam concebida genuinamente num respeito exposto de pintores há muito Na noite de 12 de Junho, a Avenida da Liberdade enche-se com escritores e jornalistas que era pano de à sua sinceridade. referenciados individualmente pelo o cortejo dos Bairros Lisboetas. fundo para extravasar. Por motivos inerentes ao nosso nosso Jornal através do merecimento. Mal o mês de Junho se anuncia, logo se pensa no dia 13. Esta exposição na galeria Santa estado de saúde não nos foi possível Embora se reconheça que nesta Alegram-se os mais foliões, os bairros enfeitam-se, o cheiro a sardinhas Clara deu-nos essa lembrança. E mais estar presente mas o evento foi de colectiva não haja caras novas, ou seja, assadas invade as ruas e o vinho “ carrascão” encorpado escorre pelas vimos na outra Margem belíssimos franca simpatia por um artista valores novos (uma galeria tem de gargantas. A música enche os ouvidos e toca o coração de cada um. artistas com afirmado valor intrínseco carismático e que sempre mostrou renovar o seu stock de personalidades Alcachofras, manjericos, marchas cheias de luz com arcos e balões, e não a mera habilidade tão em voga qualidades específicas em qualquer artísticas), o certo, estarmos em face dão cor e vida às ruas e à cidade de Lisboa. em certas colectivas. ponto de vista e muito aconselhou os de oito bons artistas, pintores neste Esta é ,a cidade que viu nascer o Santo que é adorado e amado Apetecia-nos tecer conceitos novos nas suas inconfundíveis caso, a quem nos liga admiração e não só em Lisboa, como em muitas partes do país e do mundo cristão. individuais, a cada um dos oito artistas singularidades de pedagogo. afecto. Pode dizer-se também, sem sombra de dúvida, que Santo representados, mas o tempo e o espaço Outro artista notável e caris- E o afecto não nasce pelo contacto António foi o primeiro português de renome internacional e que ainda leva-nos à brevidade. Ainda assim não mático, José Berardo disse-nos a diário nasce, também, pelo conheci- hoje será o nosso compatriota mais conhecido em todo o planeta. podíamos neste lugar de deixar passar propósito “Pinho Dinis transfigura a mento da arte. E nós há muito que No decorrer deste ano de 1998, foi estabelecido a “arranque em claro tal evento a condizer com o vida pela sublime pintura nos efeitos conhecemos estes artistas e a eles imediato” do processo de geminação de Coimbra com Pádua. O Reitor prestígio de tal espaço. especiais de grande criador de formas. temos dedicado o nosso espaço da Basílica de Pádua sublinhou que, em sua opinião, a ligação de Santo A direcção desta galeria vai É toda uma arte de afecto, de verdade crítico. António ao triângulo Lisboa - Coimbra - Pádua, facilita a geminação concebendo as “exposições” num pela pintura sem a manipulação das O período do Natal foi pródigo que o Presidente da Câmara de Pádua propôs ao seu homó- logo em profundo sentido arquitectural, como imagens, sem quaisquer deformações em colectivas. Coimbra. Também adiantou que “as pessoas, em Pádua, começam a um edifício, onde se pode dar um e alterações sofisticadas numa rara Antes isso. Depois da exposição saber que Santo António é Português e não italiano”. Frei Eliseu, de passeio ver arte e tomar uma bebida no técnica de nos encantar. Eu, como de Alda Belo e Rosa Campos, foi bom origem Italiana e membro da Comunidade Franciscana de Santo seu “bar”, recatado, singelo, que produz artista, como comparsa neste mundo estar na Arte Vária, na Galeria Santa António dos Olivais foi o intérprete Italiano neste processo. Frei Eliseu uma atmosfera transfiguradora. da arte admiro Pinho Dinis por ter Clara, na Minerva e na Arte Galeria- é o responsável em Portugal da Revista “Mensageiro de Santo Apetece, portanto, estar na galeria Santa reforçado como poucos as técnicas -Estúdio. António”. Clara. Junta-se o útil ao agradável. na pintura com elementos típicos E quando se enxerga Helena A igreja de Santo António dos Olivais na Idade Média chamava- E nesta exposição, repetimos, há dando-nos, de mão beijada, a realidade Toscano, Susan Harrison, De Mar, por se igreja de Santo Antão. nomes consagrados no nosso meio mais imediata através do pensamento exemplo, a crítica ganha sempre no Santo António dos Olivais é a maior freguesia de Coimbra e como Lúcia Maia, Manuel Oliveira e e da sensibilidade”. tempo que rouba a outros compro- também uma das maiores do país. todos os outros na sua própria Achamos que estas palavras de missos! Continua Paróquia de S. José disse: CRISTO O SALVADOR “Mas, a todos quantos “E os que fizeram o bem sairão O receberam, deu-lhes o poder A ceia de Natal dos “sem família” para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação”. de serem feitos filhos de Deus; aos que creem no Seu Nome”. guineenses tiveram festa idêntica no Presidiu o Rv.º Pároco, Pe. João Evang. S. João 1:12 Joaquim Fonseca mesmo dia mas em local diferente... Castelhano, concelebrando o Pe. Evang. S. João 5:29 Paulo da Cruz Monteiro. Aceitai-O. O tempo está próximo. Estas 30 eram oriundas de Angola e F.R. Santos Dando continuação à louvável Moçambique. Estavam também Os cânticos litúrgicos desta iniciativa que vem acontecendo há presentes uns 20 emigrantes dos Missa (a Paróquia estava em festa!) mais de 20 anos, no último dia 21, teve países de Leste; Ucrânia e Bielorussia. foram interpretados pelos africanos LUMEL lugar, no Salão Paroquial de S. José, Os emigrantes, a residir na área de com as suas “fatiotas”, música e letra a “ceia” dos “sem família” que os Coimbra, procedentes da Ucrânia, dos seus países de origem... Sim- Vicentinos e o Conselho Paroquial Albânia, Rússia e Bielorussia, têm plesmente impressionante!!! organizam anualmente, na quadra aulas de português, na igreja de S. Embora a cor da pele fosse mais natalícia, proporcionando, deste José, duas vezes por semana às quais clara e mais escura existia, certamente, modo, um pouco de calor humano aos são assíduos e muito interessados em o mesmo objectivo e pelo facto nos Lusa Mecânica de Coimbra, Lda. “deslocados”, já que a tradição manda aprender o português; são 40, sentimos mais irmanados... FERROS FORJADOS - ALUMÍNIOS ANODIZADOS que seja a festa da família... aproximadamente, divididos em 2 Sem mais comentários, dese- Na refeição tomaram parte umas turnos. jamos, muito sinceramente, que E LACADOS - METALIZAÇÃO esta iniciativa se mantenha cada vez Sala de Exposições Escritórios e Oficinas 130/140 pessoas, 30 (mais ou menos) Antes do repasto, às 19 horas foi eram africanas; eram poucas porque a celebração da Eucaristia à qual se mais viva já que é de suma impor- Rua João Cabreira, 20-22 Zona Industrial da Pedrulha este ano os santomenses e os associaram muitos paroquianos. tância. Telef. 239 825 881 COIMBRA Tels. 239823890-239493475 Denominação Social: Redacção e Administração: ANTÓNIO DE SOUSA (HERDEIROS), LDA. Composição, Montagem e Oficinas Gráficas: Impressão nas Oficinas Rua Pedro Roxa, 7-1.º Contrib. N.º 502 137 258 - Capital Social: 1.500.000$00 Rua Pedro Roxa, 27 a 31 Gráficas de “O Despertar” BI-SEMANÁRIO Fax 239 838 141 Gerência: Fax 239 838 141 Tiragem média no mês de (Sai às quartas e sextas feiras) Tels 239 822 216 - 239 825 173 Artur Almeida e Sousa; Lúcia Maria Sousa Correia Tels 239 822 216 - 239 825 173 Dezembro 18.000 Exemplares Número de Registo 100117 e José Carlos Antunes 04/01/02
  3. 3. coimbra 3 Trabalhadores da Fábrica da Cerveja Câmara celebra contrato analisam encerramento da unidade para obra da circular externa coordenador da União de Sindicatos 1976 e privatizada passados 14 anos, A Câmara de Coimbra assinou “desenvolvimento viário da cidade Os trabalhadores de Coimbra (USC), foi analisada quando foi adquirida pelo grupo ontem o contrato de empreitada e fluidez do trânsito automóvel”. da Fábrica da Cerveja de para a construção de um troço da Segundo uma nota da autar- durante a reunião a proposta de colombiano “Santo Domin-go”. circular externa da cidade entre o quia, o projecto inclui um conjunto Coimbra reuniram-se ontem rescisão de contratos por mútuo A fábrica já há dez anos que não cruzamento da Ribeira de Coselhas de nós rodoviários de “grande em plenário para analisar a acordo para se evitar recorrer ao produz cerveja, funcionando como e o cimo da Avenida Elísio de importância”, nomeadamente o processo de despedimento colectivo, entreposto comercial e procedendo situado junto à antiga fábrica Ideal. situação da unidade, que “mais moroso”. ao enchimento de garrafas e barris Moura. deverá encerrar até ao fim Este troço da circular externa A assinatura do contrato pelo Fundada em 1934 junto ao com o líquido transportado de tem custos da ordem dos dois presidente cessante da Câmara de do próximo mês. parque Manuel Braga, a unidade foi Vialonga em camiões cisterna. milhões de contos (cerca de dez Coimbra, Manuel Machado, decor- transferida para a Pedrulha em 1962, Vendida recentemente ao gru- milhões de euros) e vai contribuir, reu, por volta das 15 horas, nos Os cerca de 120 trabalhadores sendo então incorporada na po “Parfil”, a fábrica poderá juntar- de forma significativa, para o paços do município. da empresa analisaram as hipóteses Sociedade Central de Cervejas. se às dezenas que têm encerrado no que se colocam para o seu futuro, A Fábrica de Cerveja de concelho nos últimos anos, con- Agradecimentos e retribuições perante a decisão do grupo pro- Coimbra chegou a ter mais de trezentos figurando para os seus traba- prietário de desactivar a unidade, que trabalhadores, que nela produziam as lhadores, com idades entre 40 e 53 desde 1962 se situa na zona industrial marcas “Topázio” (cerveja branca), anos, uma “situação muito delicada da Pedrulha. “Onix” (preta) e “Cergal”. em tempo de Boas Festas e difícil de encarar”, como referiu o Segundo António Moreira, A empresa foi nacionalizada em funcionário José Rasteiro. Sociedade de Porcelanas em greve Têm chegado ao jornal “Despertar” várias mensagens de Boas Festas. Partilhando estes desejos, vimos retribuir e agradecer a todos quantos se lembraram de nós. Que o novo ano venha ao encontro dos anseios, Os trabalhadores da fábrica Socie- Na origem do protesto está a pagamento dos vencimentos em dade de Porcelanas de Coimbra falta de pagamento do subsídio atraso. sonhos e realizações dos assinantes, leitores, anunciantes e amigos, iniciaram às 00:00 de ontem uma de Natal aos cerca de 200 ope- Além do atraso dos pagamen- que o bi-semanário de Coimbra tem granjeado ao longo dos seus greve de 24 horas para reclamar o rários e da remuneração de De- tos, os trabalhadores, que se quase 84 anos de vida. pagamento do subsídio de Natal e do zembro. sentem revoltados com a situação, ACunha - Empresa de Transportes; ADAC; A Beltrónica; A salário de Dezembro. O segundo período de greve temem pelo futuro dos seus postos Previdência Portuguesa; Administração Regional de Saúde do Centro; Durante a paralisação, a realizou-se depois do fracasso dos de trabalho, receando que a Agência Central da Caixa Geral de Depósitos em Coimbra; Agenda segunda no período de uma semana, contactos estabelecidos entre os empresa encerre à semelhança do Setting; Alda Constança de Oliveira; Alice Berardo; Álvaro Almeida foi realizado um plenário nas representantes dos trabalhadores e o que se tem verificado com outras Machado; Amílcar de Carvalho; Ana Maria Caria Peixoto; Ana Maria instalações da empresa. proprietário da unidade para o unidades fabris do concelho. Peixoto; André da Silva Campos Neves; António Albuquerque; António Bronze de Carvalho Dias; António Carlos Pitarma Sabino; António Figueiredo; António Henriques Castanheira; António Moita Tomás ; António Prata; António da Silva; Artur Gil Fonseca; Associação Incêndio na baixa de Coimbra Cultural Recreativa e Social de Samuel; Associação do Centro de Cultura e Biblioteca de Palheiros e Zorro; Associação Distrital de Judo de Coimbra; Associação Empresarial de Paços de Ferreira; Associação Fernão Mendes Pinto; Associação Integrar; Associação desaloja quatro pessoas Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral - Delegação Regional de Coimbra; Avic Mondego; Augusto Ribeiro; Banda Tambu; CINCA; Um incêndio num quarto andar de Segundo a fonte, o incêndio Das quatro pessoas que ficaram Caixa Geral de Depósitos; Câmara Municipal de Cantanhede; um prédio da baixa de Coimbra ocorreu às três horas da manhã, na sem casa, uma foi realojada em casa Câmara Municipal de Condeixa; Câmara Municipal de Miranda do desalojou na madrugada de ontem noite de quarta para quinta-feira, de familiares, enquanto os restantes Corvo; Carla Oliveira; Carlos Amaral Dias; Carlos Gonçalves; quatro pessoas, disse à Lusa fonte na Rua da Moeda, na baixa da três serão temporariamente realoja- Carlos Inácio; Carlos Manuel dos Santos Seco; Carlos Monteiro de dos Bombeiros Sapadores de cidade, uma zona repleta de prédios dos pela autarquia. Carvalho; Carlos Páscoa; Casa de Angola em Coimbra; Casa do Coimbra. antigos e onde têm ocorrido deze- As causas do incêndio são até Povo de Ceira; Castanheira Barros; Centro Difusor de Publicidade nas de fogos. ao momento desconhecidas. Regional, Lda; Clube de Campismo e Caravanismo de Coimbra; CoimbraPolis; Cristina Henriques; Cristina Quintas; Direcção Regional de Educação do Centro; Domingos Grilo; EDP; Ernesto Seguro Fernandes; Escola EB 2,3 de Carregal do Sal; ExpoCoimbra; Fausto Martins de Carvalho; Fausto Sousa da Cruz; Federação PRIMEIRO CARTÓRIO NOTARIAL Portuguesa de Basquetebol; Fernando Albergaria, Lda; Fernando José de Oliveira Amaral Gomes; Fernando Peixinho de Cristo; DE COIMBRA Fernando Regateiro; Ferragens MC; Francisco Osório Gomes; FA L E C E U Fundação Bissaya Barreto; Galeria do Casino da Figueira da Foz; Certifico, para efeitos de publica- Que o referido prédio veio à posse Galeria Grade; Governo Civil do Distrito de Coimbra; Grupo Maria de Lourdes ção, que por escritura de vinte e seis de Dezembro de dois mil e um, exarada de do justificante por doação, ainda no estado de solteiro, de seus pais José Gonçalves Folclórico da Casa do Povo de Ceira; Grupo Primeira; Grupo de Teatro do CPT de Sobral de Ceira; Guilherme da Cunha Luís; Hernâni Torres dos Santos folhas cinquenta e quatro a folhas cinquenta e cinco verso, do livro de notas Gomes, e esposa, Conceição Gomes, residentes na Póvoa do Pinheiro, não Caniço; Horácio André Antunes; Horácio José Santiago; Hotel Quinta Com 72 anos de idade e após das Lágrimas; Humberto Coelho; Inatel; Instituto Nacional do para escrituras diversas número titulada, ocorrida em mil novecentos e Desporto; Instituto Superior Miguel Torga; Internacional House de doença prolongada, faleceu no “DUZENTOS E OITENTA E OITO-A”, do setenta e oito. Santa Clara; Irene Noronha da Silveira; J. M. Franklin Mouzinho; J. passado dia 29 de Dezembro a nossa 1.º Cartório Notarial de Coimbra, a cargo Após a referida doação, de facto, amiga de longa data Maria de S. Alves da Costa; Jaime Neves Rolim; João Maria André; João Silva; da Lic.ª Maria de Fátima Pereira Pessoa, passou a possuir o aludido prédio em Lourdes Torres dos Santos. nome próprio, tendo pago desde Jorge Alves; Jorge Cosme; Jorge Manuel Caria Peixoto; José Aurélio Natural da freguesia de Santo Notária do referido Cartório desta cidade, o senhor: sempre a respectiva contribuição, Veiga; José Ferreira dos Santos; José Luís de Abreu Couceiro da António dos Olivais, ali viveu Costa; José Maria Amado; José Santos Ferreira; José Silva Pais; ELISEU GONÇALVES GOMES DE amanhando-o e colhendo os seus durante algumas décadas no lugar Junta de Freguesia Simões; Luís Marinho; Lusatenas; MCA - Móveis SOUSA, casado no regime de comunhão frutos, posse que foi sempre exercida de S. Sebastião, onde a estimada Carpintaria Alívio, Lda.; M. Coutinho; Manuel Fonseca; Manuel de adquiridos, com Isabel Maria de Sousa por ele de forma a considerar tal pré- Família Torres Santos se radicou. Gonçalves Lopes; Maria Cândida Novais dos Santos; Maria do Marques Fernandes Gomes, residente dio como seu, sem interrupção, Apesar de há muito se ter Carmo; Maria Helena Toscano; Maria São João Cid C. Ferreira habitualmente no lugar de Póvoa do intromissão ou oposição de quem quer mudado para outra zona da cidade, Tavares Amaral Gomes; Mário Andrade; Miguel Gonçalves; Pinheiro, freguesia de Antuzede, concelho que fosse, à vista de toda a gente do os seus antigos vizinhos e amigos Ministério da Juventude e do Desporto; Movimento Artístico de de Coimbra, donde é natural, contribuinte lugar e outros circunvizinhos, sempre não a esqueceram, e foram muitos os que se associaram à última número 143.173.812, disse: na convicção de exercer um direito Coimbra; NEA Centro, Lda.; NERCAB; Norberto Guimarães; Olímpio homenagem, acompanhando-a até Que é dono e legítimo possuidor, próprio sobre coisa própria. Dias Ferreira Vinagre; Olivais Futebol Clube; Omniconsul - ao cemitério da Conchada no últi- com exclusão de outrém, de um prédio Que, esta posse assim exercida ao Consultores em Comunicação; Outra Música; Paula Nunes; Partido rústico, composto de terreno de sequeiro, longo de vinte e dois anos se deve reputar Ecologista “Os Verdes”; Patrícia Quadros; Pedro Martins; Pinho mo dia do ano. com oitocentos e quatro metros de pública, pacífica e contínua. Dinis; Piscicoimbra; Portugal Telecom; Quarteto; RDP - Radio A Missa do 7.º dia, realiza-se quadrados, sito na Ladeira da Póvoa do Assim, na falta de melhor título, ele Difusão Portuguesa; Rádio 94 FM; Rádio Santo André; Reitoria da hoje, sexta feira, pelas 18H30 na Pinheiro, freguesia de Antuzede, concelho justificante adquiriu o mencionado prédio, Universidade de Coimbra; Revigres; Rodaveiro - Comércio de Pneus; Igreja de Santo António dos Olivais. de Coimbra, a confrontar do norte e por usucapião, que aqui invoca, por não Rosa Campos; Rui de Alarcão; Rui Fonseca; Saúde em Português; A seu marido Alfredo Mar- nascente com estrada, do sul com Isaías lhe ser possível provar pelos meios Secção de Andebol da Associação Académica de Coimbra; Secção ques de Oliveira, seus filhos Carlos Neves Seco e do poente com José normais. Manuel Torres de Oliveira e Mar- de Rugby da Associação Académica de Coimbra; Secção Regional Marques Simões Costa. garida Helena Torres de Oliveira Este prédio não se encontra Está conforme. do Centro da Ordem dos Enfermeiros; Sindicato dos Bancários do Lopes, e a seu irmão Edmundo Tor- Centro; Sindicato dos Professores da Região Centro; Sindicato dos descrito na Conservatória do registo Primeiro Cartório Notarial de res dos Santos, também nosso Professores da Zona Centro; Sindicato dos Trabalhadores Têxteis, Predial de coimbra e acha-se inscrito na Coimbra, em 26/12/2001. assinante, e restante família, o Lanifícios e Vestuário do Centro; Sistemas e Valores - Formação matriz predial rústica, em nome do Jornal “O Despertar” e todos os que Profissional e Consultoria Económica; Sotinar; Sousa Costa; Teatro justificante sob o artigo 2539, com o valor A Ajudante: aqui trabalham, apresentam à Académico de Gil Vicente; Teixeira Simões; Universidade de Coimbra; patrimonial de 43.776$00, e a que atri- (Maria Vitorina Paulino Cabral) família enlutada, os nossos sinceros Valentim de Azevedo; Xavier Zarco bui o valor de CINQUENTA MIL ESCU- pêsames. DOS. “O Despertar” N.º 8100, de 02/01/5 04/01/02
  4. 4. coimbra 4 SEGUNDO CARTÓRIO NOTARIAL Grupo Fiscal da GNR apreende DE COIMBRA 25 mil litros de aguardente ilegal Certifico para efeitos de publicação que por escritura de doze de Dezembro de dois mil e um, exarada a folhas de DUZENTOS MIL ESCUDOS, não descrito na Conservatória do Registo Predial de Coimbra. Segundo a nota do Grupo Fiscal produto foi fabricado numa destilaria sessenta e sete e seguintes, do livro O mesmo veio à sua posse em mil Vinte e cinco mil litros de de Coimbra, o proprietário do pesado clandestina, a funcionar numa quinta SEISCENTOS E NOVENTA E QUATRO novecentos e setenta e cinco por doação – B deste Cartório a cargo do notário Lic. feita pelos pais do justificante marido aguardente ilegal foram foi detido pouco depois no interior dos arredores de uma cidade da António dos Santos Elias e mulher Maria Joaquim Manuel Sales Guedes Leitão, os de um ligeiro que “batia” o itinerário, Região Centro, adianta a nota. apreendidos, na sexta feira tendo alegado tratar-se de aguardente As bebidas alcoólicas estão senhores: do Céu, residentes que foram no referido ELIAS DA COSTA SANTOS ELIAS lugar de Marmeleira do Botão, sem que passada, pela Brigada a 50 graus, fabricada por destilação sujeitas ao imposto sobre o álcool e e mulher LAURINDA JESUS BATISTA, no entanto ficassem a dispor de título Fiscal de Coimbra numa de mandioca. ao regime de impostos especiais casados no regime da comunhão geral, formal que lhes permita obter o seu operação desencadeada A operação levou à detenção de consumo. naturais, ele da freguesia de Souselas, registo na Conservatória. dos três homens envolvidos no Neste caso verificou-se que nas concelho de Coimbra, ela da freguesia Todavia, possuem-no como se vê, junto à Ponte do Espinhal, transporte, que aguardam julgamento instalações, propriedade de um dos de Vacariça, concelho da Mealhada e há mais de vinte anos e, tal posse, sempre foi exercida de forma pública, Penela. em liberdade. arguidos, foram produzidas bebidas residentes na Marmeleira, na dita pacífica e sem interrupção, tal como se Foram apreendidos também o alcoólicas sem controlo aduaneiro e freguesia de Souselas, contribuintes correspondesse ao exercício do direito de Um comunicado divulgado pesado que transportava o álcool, o sem cumprimento das formalidades fiscais números 141.774.231 e propriedade, por isso, habitando-o e anuncia que o Grupo Fiscal de ligeiro que acompanhava o transporte exigidas para a fiscalização e 141.774.223, respectivamente. fazendo obras de conservação, pagando Coimbra da Brigada Fiscal da GNR e três telemóveis na posse dos controlo do imposto. Disseram que são donos e as respectivas contribuições ao longo de fiscalizou um pesado que circulava arguidos, tudo num valor apro- Por outro lado - esclarece a nota legítimos possuidores, com exclusão de todos esses anos. ximado de 33 mil contos (cerca de do Grupo Fiscal - o produto circulava outrém, de um prédio que se destina a Por tal motivo, perante a ine- naquela zona da Estrada Nacional nº habitação e se compõe de rés do chão e 110, que transportava uma cisterna e 165 mil euros), sem contabilizar os sem a documentação exigível, o que xistência do título de aquisição, alegam andar, com a superfície coberta de os justificantes terem adquirido o referido dois depósitos, com um total de 25 impostos em dívida. permite concluir encontrarem-se noventa e sete metros quadrados e As investigações desenvolvidas introduzidas de forma irregular no imóvel por um outro modo de adquirir, a mil litros de aguardente, sem os descoberta com cento e oitenta e cinco usucapião, insusceptível porém, de documentos legais obrigatórios. antes desta operação indiciam que o consumo. metros quadrados, sito na Marmeleira do comprovar pelos meios extrajudiciais Botão, freguesia de Souselas, concelho normais. de Coimbra, a confrontar do norte com Rosa Maria Batista Elias Ventura, Conferida está conforme. Despiste em viaduto do IC2 nascente com Maria de Lurdes Lopes Reis Parente de Carvalho, sul com Segundo Cartório Notarial de Coimbra, 12 de Dezembro de 2001. Joaquim Almeida Serra e poente com a Uma criança e dois adultos feridos estrada pública, inscrito na matriz em nome do justificante marido sob o artigo número 1080 e com o valor patrimonial O Ajudante: Assinatura Ilegível “O Despertar”, N.º 8100, 02/01/04 O despiste de um automóvel num da cidade, enquanto um homem e a linha férrea, junto à Estação Velha, de 171.428$00, ao qual atribuem o valor viaduto do Itinerário Complementar uma mulher deram entrada nos e o Rio Mondego. 2 (IC-2), em Coimbra, causou, no Hospitais da Universidade (HUC). A água da chuva misturada domingo, três feridos, entre os quais Nenhum dos feridos corre com resquícios oleosos do pavi- uma criança, e interrupção do trânsito no sentido Norte-Sul durante cerca perigo de vida, acrescentou a fonte. O acidente ocorreu cerca das mento terão estado na origem do despiste. JUÍZOS CÍVEIS VARA MISTA DE de uma hora. Fonte dos Bombeiros Sapado- 10:15, quando um carro que seguia para Fátima entrou em despiste à O veículo embateu de frente na protecção metálica da saída do IC2 DE COIMBRA COIMBRA res de Coimbra disse que a criança entrada de Coimbra, numa curva para a avenida Fernão de Magalhães foi assistida no Hospital Pediátrico acentuada do viaduto que atravessa e outras zonas da cidade. ANÚNCIO 2.ª VARA MISTA 2.ª PUBLICAÇÃO ANÚNCIO Falando de Ceira… e não só João Baptista FAZ SABER-SE que: pelo 3.º 2.ª PUBLICAÇÃO Juízo Cível deste Tribunal, correm éditos Processo: 1008-B/1999 Festa do Natal Grupo de Teatro do CPT do Sobral concedido qualquer subsídio para obras de TRINTA DIAS contados da Segunda No dia 14 de Dezembro, realizou-se na de Ceira tem nesta acção mais uma Execução Sumária em virtude da construção da nova sede e última publicação, citando o Exequente: FAUSTO FERREIRA sede da Associação Recreativa e vertente positiva da sua intensa estar dependente da ultimação do Reclamado DUOCONSTROI, LDA, c/ PEREIRA e Outros Musical de Ceira, a festa anual dedicada actividade artística que envolve não processo de apoio por parte de entidade última residência conhecida em Rua Executado: MARIA VIRGINIA aos alunos das Escolas Básicas do 1.º apenas o espectáculo propriamente dito estatal. Pedro Monteiro, para no prazo de PINHEIRO VAZ REBELO SANTOS e ciclo da freguesia (Cabouco, São mas também jornadas de solidariedade, Grupo Folclórico da Casa do Po- QUINZE DIAS, posteriores aos éditos, Outro Frutuoso e Vendas) e ainda do Jardim como esta, o que nunca será de mais vo de Ceira - Festival de Folclore cento impugnar, querendo os créditos de Infância das Vendas de Ceira. registar e louvar. e cinquenta mil escudos mas com a reclamados, na Reclamação de Créditos Correm éditos de 20 dias para Festa promovida pelo Conselho responsabilidade de, por parte do Grupo, N.º 640-b/1995, em que são citação dos credores desconhecidos que Escolar da freguesia ela tem por Subsídios ser satisfeito o pagamento da quantia Reclamantes Josefina Rosa Queiróz, gozem de garantia real sobre os bens objectivo não só festejar com as crianças Durante o ano de 2001, entre outros, a devida pelo aluguer de uma noite de residente na Rua Fonte da Talha, Ed. da penhorados aos executados abaixo a quadra natalícia, como ainda, o que é Junta de Freguesia de Ceira concedeu Fonte - 5.º esq. Coimbra e outros. indicados, para reclamarem o pagamento aparelhagem e som. Romaria do Senhor importante, juntar os alunos de todas as os seguintes subsídios e apoios: Centro da Serra, cinquenta mil escudos. Jogos dos respectivos créditos pelo produto de escolas da freguesia num convívio que de Convívio do Carvalho - Ul trofeu para Coimbra, 18 de Dezembro de tais bens, no prazo de 15 dias, findo o dos tradicionais e Fogueiras, trinta mil 2001. permite um melhor conhecimento entre o Torneio de Bilhar. Cem mil escudos escudos. Cem mil escudos para a feitura éditos, que se começará a contar da data todos e que, talvez, devesse ser durante para as obras de beneficiação da sede. da segunda e última publicação do de 1000 CDs com a contrapartida da O Juiz de Direito, anúncio. o ano mais repetido. E não apoiou, como sempre tem feito, a entrega de 12 exemplares para que a Isabel Lourenço A organização contou, como nos organização do festival de folclore anos anteriores, com o apoio da Junta porque este não se realizou. Junta de Freguesia possa ofertá-los a Bens penhorados: IMÓVEL. pessoas ou entidades quando o julgar A Escrivã Adjunta de Freguesia de Ceira, consubstanciado Casa do Povo de Ceira - Trinta e Maria dos Anjos no transporte dos alunos, na obtenção cinco e cem mil escudos, respecti- oportuno. Executados: Agrupamentos de Escuteiros - MARIA VIRGINIA PINHEIRO VAZ da disponibilidade das instalações vamente, para os Torneios de Ténis “O Despertar”, N.º 8100, 02/1/04 REBELO SANTOS, Quinta da Maia, Lote respectivas e ainda na oferta de uma de Mesa e de Judo. Trofeu para o Rali Madeira e Ferro. Associação Celium - Duzentos mil 12, r/c Esq.º, 3000 Coimbra, prenda, a cada aluno, do valor de Associação Recreativa e Musical CÉSAR SANTOS, Quinta da Maia, quatrocentos escudos por aluno, cujo de Ceira - Cem mil escudos para o escudos para apoio à importante obra critério de escolha foi entregue às respectivas professoras. festival de Bandas Filarmónicas. Cento e cinquenta mil escudos para as social desenvolvida. Apoio na aquisição de material DI DONNA Lote 12, r/ch Esq.º, 3000 Coimbra. Coimbra, 21-09-2001 Como sempre vem acontecendo actividades culturais que mantém. Um desportivo a um valoroso jovem atleta PERFUMARIA N/Referência: 47286 esta festa não tem lugar durante o fim instrumento musical no valor de cerca da nossa freguesia que teve a honra de ESTÉTICA / PROFISSIONAL de semana o que inibe muitos pais e de seis centenas de contos para incluir a selecção nacional de pesca DEPILAÇÃO / LIMPEZA O Juiz de Direito, outros familiares, por deveres homenagear a Banda Filarmónica de desportiva que, na Hungria, participou Alberto Ruço DE PELE profissionais, a não estarem, contra a sua Ceira na comemoração das suas Bo- no Campeonato Mundial da modali- vontade, a poderem estar presentes. das de Diamante. dade destinado aos pescadores do seu Galerias Avenida, 3.2 P Loja 302 O Oficial de Justiça, Um pequeno esforço de boa Centro Cultural, Desportivo e escalão etário - trinta e nove mil escudos. Telef. 239 836 468 AFonseca vontade e de sacrifício por meia dúzia Social de São Frutuoso - Secção de De acordo com as instruções que 3000 COIMBRA de horas de lazer permitiria uma Atletismo cem mil escudos. Nova peça “O Despertar”, N.º 8100, 02/1/04 a Junta de Freguesia transmitiu em 1998 presença de maior número de familiares de teatro cinquenta mil escudos. os apoios e subsídios são concedidos dos alunos que gostaria de estar Jornadas Culturais cinquenta mil mediantes os planos de actividades presentes em hora de evidente felicidade escudos. apresentados depois de constatado AGÊNCIA FUNERÁRIA para as crianças. Rancho Típico Estrelas do ADELINO MARTINS, LDA. cumprimento pontual dos mesmos. Cabouco - Trinta e cinco mil e sessenta Critério rigorosamente observado Festa da Criança mil escudos pela participação na Mantendo uma tradição já enraízada Ceirarte, e organização do festival de cujos montantes não podem ser mais elevados como seria por todos O ORGULHO DE BEM SERVIR DESDE 1940 também o Grupo de Teatro do CPT do Folclore. Sobral de Ceira, levou a efeito, no dia CPT do Sobral de Ceira - Pesca desejável, face ao magro orçamento da FUNERAIS – FLORES – TRASLADAÇÕES 23 de Dezembro uma festa que é desportiva cinquienta mil escudos e autarquia que, como fica demonstrado dedicada a todas as crianças em geral e um troféu. Grupo de Teatro - trinta não deixa de colaborar com todo o às do Sobral de Ceira, em particular. e cinco mil escudos pela partici- interesse no desenvolvimento cultural SERVIÇO PERMANENTE Foi uma animada tarde onde os pação na Ceirarte, cinquenta mil duma freguesia cheia de potenciali- Telefs. 239 824 825 - 239 820 406 alegres momentos de diversão escudos pela apresentação de um novo dades e tantas vezes esquecida pelos culminaram com o habitual lanche trabalho e igual quantia pelas Jornadas responsáveis pela cultura municipal e R. Corpo de Deus, 118-120 3000 COIMBRA recheado de boas iguarias. Culturais. A esta colectividade não foi nacional. 04/01/02
  5. 5. coimbra 5 SPRC quer reunir-se Carlos Encarnação com os novos eleitos toma posse dia 15 O anúncio foi feito, na sexta feira balho que fizemos. Do que não O Sindicato dos Professores materiais pedagógico-didácticos ne- O novo executivo da passada, em reunião ordinária da foi possível concretizar, a respon- da Região Centro (SPRC) cessários a um estabelecimento de Câmara de Coimbra, da Assembleia Municipal, a última a sabilidade é apenas minha”, susten- ensino no início do Século XXI”, são coligação PSD/PP/PPM e realizar-se com o executivo cessante, tou. vai escrever aos recém- alguns desses problemas. de maioria socialista, ainda em Ao intervir na sessão, o autarca eleitos presidentes de O Sindicato dos Professores da liderado por Carlos socialista teceu críticas aos que funções. Câmara dos seis distritos da Região Centro alerta também para o Encarnação, toma posse dia Ao proceder ao balanço dos “mudam de opinião na cidade”, reduzido financiamento das escolas 15 de Janeiro, revelou o assuntos tratados durante estes quatro ironizando sobre a “maleabilidade e zona, disponibilizando-se do 1.º ciclo e dos jardins de infância e adaptabilidade da coluna vertebral” presidente cessante da anos, Santana Maia destacou a decisão para reuniões em todos os para a “ausência generalizada” de res- governamental de instalar a co- que revelam, mas, em declarações aos concelhos, a fim de abordar posta social para as crianças do 1.º Assembleia Municipal, incineração de resíduos industriais jornalistas, escusou-se a especificar, ciclo que responda às necessidades Santana Maia. perigosos na cimenteira de Souselas assim como se tomará posse como matérias importantes para a das famílias. e o “repúdio unânime” que suscitou. vereador da futura oposição. qualidade do ensino. “O SPRC exigirá aos novos res- Segundo Santana Maia, a data da Manuel Machado, presidente da Na sessão foram aprovados o ponsáveis do poder local que as prio- cerimónia, marcada para as 11H30, autarquia há três mandatos programa Estações Com Vida, para a O reordenamento da rede esco- ridades das autarquias sejam também teve o acordo de Carlos Encarnação e consecutivos, reafirmou-se disponível transformação e requalificação das lar municipal, a aprovação da Carta dirigidas à área da educação”, é frisa- de Manuel Porto, primeiro nome da para continuar a dar o seu contributo estações ferroviárias da cidade, e o Escolar concelhia, a constituição de do no comunicado. lista para a Assembleia pela coligação à cidade. regulamento de controlo de acesso de Conselhos Locais de Educação e a Na perspectiva dos dirigentes que venceu as eleições do dia 16. “A história dirá a valia do tra- veículos ao centro histórico. relação das autarquias com as esco- sindicais, as reuniões devem iniciar- las, são algumas das questões que a -se logo após a tomada de posse dos direcção do SPRC pretende discutir novos responsáveis autárquicos e ne- com os novos eleitos. Na carta a enviar a todos os no- vos presidentes dos seis distritos da las disponibilizam-se para colaborar, de forma construtiva, “na valorização e qualificação das escolas e, de uma Horários dos enfermeiros acrescidos Região Centro, o SPRC afirma pre- forma geral, da educação na Região tender abordar também aspectos como os transportes escolares, a acção social escolar e o desenvolvimento de Centro”. “Fa-lo-á apresentando pro- postas, reunindo sempre que necessário com os responsáveis autár- dividem Sindicato e Sub-Região de Saúde respostas sócio-educativas. quicos, criticando quando for caso trabalho extraordinário. trabalho ficará por fazer”, acrescentou. Numa nota divulgada sábado em disso, denunciando situações negati- O Sindicato dos Através de circular normativa, a Paulo Anacleto, da direcção do Coimbra, o SPRC - que faz parte da vas e envolvendo-se institucio- Enfermeiros Portugueses Sub-Região anunciou que “fará cessar SEP, disse à agência Lusa que o FENPROF - observa que no Centro nalmente com todas as instâncias (SEP) alertou, todos os horários acrescidos atribuídos sindicato “não tem conhecimento de do país “persiste um conjunto largo municipais criadas ou a criar, nomea- recentemente, para o aos enfermeiros”, a partir do último decisões iguais ou idênticas” noutras de problemas a que os novos respon- damente os Conselhos Locais de dia do ano. sub-regiões do país. sáveis do poder local têm que dar Educação”, adianta o Sindicato. eventual encerramento de Segundo o Sindicato, a circular “A modalidade de regime de resposta, nomeadamente no 1.º ciclo Para o SPRC, a educação deve unidades de saúde da Sub- fundamenta a medida com a exis- horários acrescidos (42 horas do Ensino Básico e educação pré-es- ser “uma prioridade e uma preocupa- Região de Coimbra, depois tência de “graves restrições orçamen- semanais, em vez de 35) é para fazer colar”. ção permanente”. tais”. face a necessidades imperiosas dos Edifícios degradados com bar- “Se assim acontecer, o poder lo- de cessarem, no dia 31, Hermínia Simões, por seu turno, serviços, de algum modo prolongadas reiras arquitectónicas e, em muitos cal contribuirá decisivamente para o todos os horários acrescidos disse que a circular destina-se a no tempo, adequando-se à situação de casos, sem condições de higiene e desenvolvimento global da socieda- atribuídos aos enfermeiros. informar os enfermeiros sobre “o que carência de enfermeiros”, explica o salubridade e escolas do 1.º ciclo e de portuguesa e, particularmente, da vai acontecer” a partir de 1 de Janeiro SEP, em comunicado. jardins de infância sem os “mínimos Região Centro do país”, sublinha. e evitar “qualquer instabilidade nos Para o sindicato, a Sub-Região A coordenadora da Sub-Região de Saúde de Coimbra, Hermínia serviços”. de Coimbra, ao fazer cessar o regime Simões, negou “qualquer risco” de A mesma responsável adiantou das 42 horas, “irá comprometer o encerramento de serviços, frisando que os horários acrescidos em vigor normal funcionamento das unidades Morreu o Ferreirita! que o défice de enfermeiros nos quadros pode ser colmatado por recurso aos horários acrescidos ou ao cessaram, em todo o caso, no dia 31. “Os enfermeiros não serão lesados no seus direitos, nem o de saúde na prestação e continuidade de cuidados de enfermagem e no acesso dos utentes a essas unidades”. Era assim como o tratavam e também como F.F. Quem não o conhecia nos meios desportivos das hostes unionistas e não só, principalmente na tertúlia Empresa vive situação financeira difícil junto ao Café Santa Cruz e na Baixa de Coimbra? Fernando Marques Dias Fer- Trabalhadores da RBL ainda reira, nasceu na Alta de Coimbra, freguesia de Almedina, no dia 5 de Janeiro do ano de 1934 e morreu com 67 anos, no dia 24 de Dezembro, com não receberam subsídio de Natal doença súbita. nizações congéneres e posteriormente direitos dos seus trabalhadores”, Ninguém contava com este Os cerca de 400 confirmada pela agência Lusa junto da frisando que o subsídio de Natal desenlace, a morte ceifou a vida de trabalhadores da Rodoviária administração da RBL. deveria ser pago até 15 de Dezembro. um amigo, que deixa saudades da Beira Litoral (RBL) A administração da transpor- Esta falta implicou, segundo a profundas à sua família e ao inúmero tadora alega que a empresa atravessa nota, que “os trabalhadores e as suas de amigos, que sempre teve na sua ainda não receberam o uma situação financeira difícil famílias não tivessem direito e vida; se todos fossem assim o mundo Perdi um irmão, um amigo e um subsídio de Natal, situação provocada por dívidas de câmaras possibilidades de qualquer con- seria melhor. grande camarada, nos momentos que a administração da municipais da região superiores a 130 fraternização” na quadra natalícia. Afável, compreensivo, respeita- difíceis das nossas vidas! mil contos. Os sindicatos afirmam que a dor e de uma educação exemplar, era Partiste para sempre, mas podes transportadora atribui a “Os salários continuam a ser difícil situação laboral da RBL é do o predicado do Ferreirita. ter a certeza, que a tua imagem reflec- dívidas das câmaras pagos a prestações e o subsídio de Natal conhecimento do governo e que a Já há longos anos, vivia junto ao te em mim uma esperança de que a municipais a quem presta (...) hoje, dia 26, ainda não foi pago”, Inspecção do Trabalho “tem-se Largo da Conchada, onde tinha de tua pessoa ainda está junto de todos acusam o STTRUC, o Sindicato dos limitado a deixar andar o barco”. todos, que conviviam com ele um serviços. Trabalhadores do Comércio e “Vamos continuar a denunciar e nós! carinho e simpatia pelo trato que ele Adeus, irmão Fernando, e pede Escritórios de Portugal e o Sindicato exigir à administração e ao governo que dedicava a todas as pessoas. A denúncia do atraso no pa- das Indústrias Metalúrgicas de cumpram as suas obrigações”, por todos nós, principalmente pelos gamento foi feita, na quarta feira, pelo O Ferreirita deixou-nos. Como teus irmãos e sobrinhos, que tu tanto Coimbra e Leiria. sublinham, lembrando que a RBL é irmão e filho foi um exemplo, viveu Sindicato dos Trabalhadores de Jorge Amaral, administrador da uma das empresas criadas com a adoravas! Transportes Rodoviários e Urbanos com a irmã durante muitos anos, após RBL, disse à agência Lusa que as privatização da Rodoviária Nacional. a morte dos pais, sozinhos e quando do Centro (STTRUC) e duas orga- Teu irmão António (ADIFER) dívidas das autarquias à empresa, da separação pela morte da irmã, ficou relativas a transportes escolares, na sua casa, nunca procurando outro oscilam entre 130 mil e 150 mil contos. modo de vida, nunca constituiu família, respeitando a morte de sua “Elas dizem que pagam. Não se Móveis GRILO sabe é quando”, lamentou. irmã. O mesmo responsável frisou que Rua Marcos Pires A morte do Fernando, reflecte IMOBILIÁRIA PATROCÍNlO TAVARES, S. A. alguns procedimentos dos bancos estão Montes Claros em mim um “sonho” e uma perda de valor humano, porque durante a também na origem dos atrasos no Telef. 239 828 842 – CONSTRUÇÃO CIVIL semana reuniamo-nos na minha casa pagamento do subsídio de Natal. – COMPRA, VENDA DE PROPRIEDADES Os sindicatos acusam a admi- VISITE-NOS e os dois conversávamos, meditando Rua da Sofia, 175 C 3000 COIMBRA nas nossas conversas variadas e na Tels . 2 39 854 730 Fax 239 854 735 nistração da Rodoviária da Beira solidão que a vida nos dava. Litoral de “desrespeitar os elementares 04/01/02

×